Comentários de marcus moreira lassa | Digestivo Cultural

busca | avançada
39219 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Quinta-feira, 16/1/2003
Comentários
marcus moreira lassa


Cretinices concretas
Concretinos, tribalistas, "doces"-bárbaros, pagãos, modernos, contemporâneos, neo-contemporâneos, pós-modernos, mutantes, desconstrucionistas, estruturalistas, maniqueistas, nominalistas, invejosos, rancorosos, heréticos e demais "tendências" só fazem ecoar o ditado: "pior do que um idiota é um idiota com iniciativa" ou "um idiota constrange dez sábios".

[Sobre "O Direito à Estupidez"]

por marcus moreira lassa
16/1/2003 às
14h02 200.255.122.8
 
Em tempo...
Uma amostra destes desenhos pode ser encontrada no canal Bomerangue, vinculado ao CartoonNetwork. Atualmente são exibidos os episódios da série "remake" que "não chegam aos pés" da primeira sequência; vale como recordação.

[Sobre "Jonny Quest"]

por marcus m l pimenta
15/1/2003 às
14h03 200.255.122.8
 
Recordar é viver
Desenhos, seriados e demais programas de televisão que marcaram época, principalmente para quem está na casa dos 30, precisam ser lembrados para trazer ä lume a verdadeira qualidade daquelas produções que, se comparadas com as "modernas", fica mais patente a "idiotização" e perversidade a que as crianças de hoje estão sendo submetidas. Um verdadeiro porto para se esbaldar destas vivências pode ser encontrado em www.memorychips.hpg.ig.com.br. Um abraço fraterno. P.s.: Obrigado, Nemo!

[Sobre "Jonny Quest"]

por marcus m l pimenta
15/1/2003 às
11h40 200.255.122.8
 
Oração de Verdade
Santa Tereza Dávila Nada te perturbe; Nada te espante; Tudo passa, Só Deus não muda. A paciência; Tudo alcança; Quem tem a Deus, Nada lhe falta. Só Deus basta. La verdad es lo que es / y sigue siendo verdad / aunque se piense al revés. ANTONIO MACHADO

[Sobre "Prece ao deus impossível"]

por marcus m l pimenta
14/1/2003 às
18h36 200.255.122.8
 
Finalizando
"Quando uma pessoa não acredita em Deus, não é que ela não acredita em alguma coisa, é que ela acredita em qualquer coisa". Peço desculpas por não sitar o frasista - me esqueci -, mas esta pequena sentença desnuda estes modernos tempos de nublamento da inteligência. Um abraço fraterno. P.S.: A sentença do comentário anterior que não foi dada a fonte é de Heráclito.

[Sobre "Todas as paixões desperdiçadas"]

por marcus m l pimenta
9/1/2003 às
18h58 200.255.122.8
 
Ä guisa de complemento
"Aprimore seus dons, aceite-os como a pedra fundamental para a reconstrução do lar humano. Não tenha vergonha de querer ser bom, de acreditar na bondade, na corajosa bondade de espírito, na dadivosa inteligência. Por fim, um pequeno teste para se saber se realmente o Final do Mundo irá lhe acontecer:veja se você é capaz de distinguir entre o certo e o errado, entre o bom e o ruim. Se você é capaz de fazer essa distinção veja se é capaz de lutar pelo certo e pelo bom. Caso se convença de que é incapaz em ambos os casos veja, por fim, se é capaz de sentir culpa por isso. Se disso você for capaz há luz no final do túnel. E tenha muito cuidado com quem pretender aliciá-lo para abandonar inclusive sua culpa. Que Deus [em Sua infinita misericórdia] nos abençoe e nos proteja tanto de nossa vitória quanto de nossa derrota". Ronaldo Castro

[Sobre "Todas as paixões desperdiçadas"]

por marcus m l pimenta
7/1/2003 às
15h43 200.255.122.8
 
Duas cidade: dois amores.
É extremamente revelador as duas postagens anteriores sobre o mesmo tema: Gui nos fala em "enjoy the party!!!" num mix de alienação-autohipnótica com embriaguês ideológica; Eduardo nos fala em realidade, sofrimento e esperança(a espera na confiança). Como pode a mesma coisa provocar "reações" tão diversas? A única resposta para tal dilema será uma e somente uma: um deles perdeu (ou seria, abdicou?) (d)aquele liame que nos une de forma indissociável(?) ä realidade, trocou a realidade pelo sonho utópico (do grego "lugar nenhum"); o outro sente, pensa e age como um indivíduo concreto, real e não como como uma "idéia". "Quando os homens estão dormindo, cada qual está no seu mundo. Quando estão acordados, todos estão no mesmo mundo". Fugir para o sonho é a meneira mais fácil de se furtar ao dever que nos é imposto pela realidade: o da responsabilidade de ser nós mesmos, a responsabilidade autoral de arcar com o peso da existência individual, renunciar a ilusão de uma vida vazia e falsa, calcada na tranquilidade e segurança do sonho grupal ou no solipsismo do seu mundinho hermético, cercado da vacuidade, do mundo das brumas dos sonhos alheios. " — Você acredita em Deus? — Respondo como Henry Miller: o problema não é se eu acredito em Deus, mas se Deus acredita em mim. A realidade de Deus é para mim uma evidência invencível, na medida em que Deus se identifica com a infinitude metafísica que é o fundamento de toda realidade possível. As pessoas hoje em dia têm alguma dificuldade de compreender isso porque se deixaram enganar por falsas lógicas (como a de Georg Cantor, por exemplo) e acabaram por perder todo sentido da infinitude metafísica. A resposta de Miller significa que nossa vida é uma história escrita tanto por Deus quanto por nós mesmos, e que no enredo você corre o risco de escolher o papel de farsante, de mentiroso, de vigarista. É importante ter idéias verdadeiras, mas isso não é tudo. É preciso também viver no verdadeiro, isto é, não fingir que você sabe o que não sabe, nem que não sabe aquilo que sabe perfeitamente bem. Se você não é fiel a essas duas exigências, sua vida é uma mentira e o conteúdo pretensamente verdadeiro de seus pensamentos não é senão uma parte da farsa total - aquela parcela de verdade de que a mentira precisa para se tornar mais verossímil. Aí Deus não pode acreditar em você, porque, no fundo, você não existe." Olavo de Carvalho. Um abraço fraterno; MARCUS PIMENTA

[Sobre "Todas as paixões desperdiçadas"]

por marcus moreira lassa
7/1/2003 às
15h03 200.255.122.8
 
Ypon
Caro Julio, minhas desculpas extensíveis ao outro amigo por só agora ter visto a sua postagem. Os grandes campeões de lutas - principalmente os de artes marciais - estudam as lutas dos "antigos" campeões para aprimorar suas técnicas de combate. Olhando e aprendendo com os "mestres de sempre", isto é, de TODOS os tempos, eles melhoram na Arte da luta. Uma técnica de projeção, uma pegada, uma empunhadura, um ataque, uma defesa, um contra-golpe... tudo pode-se aprender com respeito e humildade para quem tem tanto para nos ensinar.

[Sobre "Curiosidades da Idade Média"]

por marcus m l pimenta
13/12/2002 às
18h59 200.255.122.8
 
Umbigocentrismo evolutivo
Caro Bob, só agora encontrei a sua postagem nos comentários ao texto. Peço desculpas pela demora. Com todo o respeito que lhe devo vou lhe fazer uma pergunta: Porque? A "autoevidência" cronotótipa e "umbigocêntrica" de nós contemporâneos no julgamento de tudo e todos não vale! A pretença superioridade "moderna" com algo de "final [ou seria, finada?] de evolução precisa ser melhor explicada. Um "sim" não justifica. Um abraço fraterno; MARCUS PIMENTA

[Sobre "Curiosidades da Idade Média"]

por marcus m l pimenta
13/12/2002 às
18h50 200.255.122.8
 
Idade das trevas?
Normalmente se associa este período da história como algo tenebroso, sofrido ao extremo e que não vale a pena ser lembrado a não ser como um mote para pilhérias rizíveis do "modo atrasado" de vida. Para aqueles que só "relatam" e enfatizam este lado desta trama complexa que é a vida, o medievo é tão "medieval" que passa a ser um indivíduo pré-histórico; para os "historiadores" não havia nada de bom, muito menos de aproveitável. Concordo com as dificuldades da vida daqueles tempos, o que questiono é que NUNCA vi alguém falar sobre algo diferente disso! Que tal falar da cavalaria? Das universidades? Da produção intelectual? Da Igreja? (com relação a este último ítem, não vale o manjadísimo "instituição opressora": já está muito "manjado"! Para uma salutar desintoxicação sugiro Jan Huizinga com o seu "Outono da Idade Média", qualquer obra de Sto Tomás, São João da Cruz, Sta Tereza D"Ávila ou o "moderno" Chesterton com as suas biografias de São Francisco e Sto Tomás. Antres de rir poderíamos questionar: será que o período moderno, só por ser mais "atual" é o juiz e padrão de toda a história?

[Sobre "Curiosidades da Idade Média"]

por marcus m l pimenta
4/12/2002 às
09h10 200.255.122.8
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ANTON TCHEKHOV - CARTAS PARA UMA POÉTICA (LITERATURA/TEATRO RUSSO)
SOPHIA ANGELIDES
EDUSP
(1995)
R$ 45,00



VAZIOS E PLENITUDES REFLEXÕES E MEMÓRIAS
ODETE LARA
PRUMO
(2009)
R$ 4,99



TRATADO DOS RECURSOS CÍVEIS
WALTER VECHIATO JÚNIOR
JUAREZ DE OLIVEIRA
(2000)
R$ 18,00



FEUDAL SOCIETY THE GROWTH OF TIES OF DEPENDENCE
MARC BLOCH
ROUTLEDGE
(2003)
R$ 20,00



LIBERDADE NO BANCO DOS RÉUS
MAX HAYWARD
BLOCH
(1969)
R$ 14,00



SEGUIMENTO DO PACIENTE COM CARCINOMA DIFERENCIADO DA TIREOIDE
EDUARDO TOMIMORI E OUTROS
GEN; A C FARMACÊUTICA
(2014)
R$ 65,28



OS FUNDAMENTOS DA FÍSICA2- TERMOLOGIA-ÓPTICA E ONDAS
RAMALHO/ NICOLAU/ TOLEDO
MODERNA
(1997)
R$ 30,00



A VIDA DE NOSSOS FILHOS DE 2 A 16 ANOS - 6ª EDIÇÃO
DR. RINALDO DE LAMARE
EDIÇÕES O CRUZEIRO
R$ 11,00



1822
LAURENTINO GOMES
NOVA FRONTEIRA
(2010)
R$ 31,00



THE ELECTRONIC THEORY OF ACIDS AND BASES
W. F LUDER
WILEY
(1947)
R$ 27,00





busca | avançada
39219 visitas/dia
1,2 milhão/mês