Comentários do IP 200.255.122.8 | Digestivo Cultural

busca | avançada
52947 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> O Buraco d’Oráculo leva dois espetáculos de seu repertório a praça em São Miguel Paulista
>>> Eleições 2022: Bolsonaro ganha no Nordeste e Lula no Sul e Sudeste, mas abstenções ganhará em todo o
>>> Paisagens Sonoras (1830-1880)
>>> III Seminário Sesc Etnicidades acontece no Sesc 24 de Maio nos dias 10, 11 e 12 de agosto.
>>> Longa nacional 'Dog Never Raised' estreia no 50º Festival de Gramado
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
>>> Leite, Coalhada e Queijo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Da preguiça como método de trabalho
>>> O Uso do Twitter no Brasil
>>> Górgias, de Platão, por Daniel R.N. Lopes
>>> Brothers Gather Round
>>> Poesia em Fibonacci
>>> Freud pela Companhia das Letras
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> O novo sempre vem
>>> Música para olhar
Mais Recentes
>>> Mais um drinque/uma história de amor dos anos 90 de Kate Christensen pela Ediouro (2000)
>>> Martina Em Movimento de Flávia Bolaffi pela Quelonio (2018)
>>> Tensão máxima de Suzanne Brockmann pela Landscape (2005)
>>> O anel/ A herança do último templário de Jorge Molist pela Planeta (2005)
>>> Comentários à Nova Lei de Falências e de Recuperação de Empresas 5ª edição. de Fábio Ulhoa Coelho pela Saraiva (2008)
>>> Volume 1 Curso de Direito Penal Brasileiro Parte Geral 3ª edição. arts 1º a 120 de Luiz Regis Prado pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> Livro - Crime na Polícia de Georges Simenon pela Circulo do Livro (1987)
>>> A chave de Roseta de William Dietrich pela Unicórnio Azul (2008)
>>> Sonhos e pesadelos de Odilon Fehlauer pela Do Autor (2000)
>>> A Lesson Before Dying de Ernest J. Gaines pela Vintage Books (1997)
>>> Todas as Constituições do Brasil de Adriano Campanhole / Hilton Lobo Campanhole pela Atlas (1971)
>>> Almanaque Abril 98 de Abril pela Abril (1998)
>>> Homeopatia - a Medicina do Equilíbrio de Edson Velardi Credidio pela Copola (1994)
>>> Introduccion a La Economia Positiva de Richard G. Lipsey pela Vicens Vives (1969)
>>> Kadiuéu de José Hamilton Ribeiro pela Brasiliense - Sp (1981)
>>> Conspiradores de Michael André Bernstein pela Record (2006)
>>> Boca ! Tudo o Que Você Precisa Saber para Ter um Sorriso Saudável de Fábio Bibancos pela Abril (2005)
>>> Fundamentos da Estetica de Claude R Rufenacht pela Quintessence
>>> Ensino Moderno de Matematica de J G Chaves pela Brasil
>>> Meninos sem Pátria de Luiz Puntel pela Atica
>>> Livro - Assim Nasce um Líder de Jo Owen pela Lafonte (2017)
>>> Autores Contemporaneos Brasileiros de Dulce Salles pela Giordano (1996)
>>> The Versalog Slide Rule de Não Consta pela The Frederick Post Company
>>> Contos da Alma de Alma Welt pela Palavras e Gestos (2004)
>>> Cinco Minutos / a Viuvinha de José de Alencar pela Atica (1995)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sexta-feira, 28/8/2009
Comentários
200.255.122.8


O Desenredo
"O Desenredo", de Guimarães Rosa. Porque é simples, mas impressionante. Cheio de significados. [Rio de Janeiro - RJ]

[Sobre "Promoção Contos do Eça"]

por Vanessa Destefani
28/8/2009 às
08h52 200.255.122.8
Vanessa Destefani no Digestivo...
 
Cretinices concretas
Concretinos, tribalistas, "doces"-bárbaros, pagãos, modernos, contemporâneos, neo-contemporâneos, pós-modernos, mutantes, desconstrucionistas, estruturalistas, maniqueistas, nominalistas, invejosos, rancorosos, heréticos e demais "tendências" só fazem ecoar o ditado: "pior do que um idiota é um idiota com iniciativa" ou "um idiota constrange dez sábios".

[Sobre "O Direito à Estupidez"]

por marcus moreira lassa
16/1/2003 às
14h02 200.255.122.8
(+) marcus moreira lassa no Digestivo...
 
Em tempo...
Uma amostra destes desenhos pode ser encontrada no canal Bomerangue, vinculado ao CartoonNetwork. Atualmente são exibidos os episódios da série "remake" que "não chegam aos pés" da primeira sequência; vale como recordação.

[Sobre "Jonny Quest"]

por marcus m l pimenta
15/1/2003 às
14h03 200.255.122.8
(+) marcus m l pimenta no Digestivo...
 
Recordar é viver
Desenhos, seriados e demais programas de televisão que marcaram época, principalmente para quem está na casa dos 30, precisam ser lembrados para trazer ä lume a verdadeira qualidade daquelas produções que, se comparadas com as "modernas", fica mais patente a "idiotização" e perversidade a que as crianças de hoje estão sendo submetidas. Um verdadeiro porto para se esbaldar destas vivências pode ser encontrado em www.memorychips.hpg.ig.com.br. Um abraço fraterno. P.s.: Obrigado, Nemo!

[Sobre "Jonny Quest"]

por marcus m l pimenta
15/1/2003 às
11h40 200.255.122.8
(+) marcus m l pimenta no Digestivo...
 
Oração de Verdade
Santa Tereza Dávila Nada te perturbe; Nada te espante; Tudo passa, Só Deus não muda. A paciência; Tudo alcança; Quem tem a Deus, Nada lhe falta. Só Deus basta. La verdad es lo que es / y sigue siendo verdad / aunque se piense al revés. ANTONIO MACHADO

[Sobre "Prece ao deus impossível"]

por marcus m l pimenta
14/1/2003 às
18h36 200.255.122.8
(+) marcus m l pimenta no Digestivo...
 
Finalizando
"Quando uma pessoa não acredita em Deus, não é que ela não acredita em alguma coisa, é que ela acredita em qualquer coisa". Peço desculpas por não sitar o frasista - me esqueci -, mas esta pequena sentença desnuda estes modernos tempos de nublamento da inteligência. Um abraço fraterno. P.S.: A sentença do comentário anterior que não foi dada a fonte é de Heráclito.

[Sobre "Todas as paixões desperdiçadas"]

por marcus m l pimenta
9/1/2003 às
18h58 200.255.122.8
(+) marcus m l pimenta no Digestivo...
 
Ä guisa de complemento
"Aprimore seus dons, aceite-os como a pedra fundamental para a reconstrução do lar humano. Não tenha vergonha de querer ser bom, de acreditar na bondade, na corajosa bondade de espírito, na dadivosa inteligência. Por fim, um pequeno teste para se saber se realmente o Final do Mundo irá lhe acontecer:veja se você é capaz de distinguir entre o certo e o errado, entre o bom e o ruim. Se você é capaz de fazer essa distinção veja se é capaz de lutar pelo certo e pelo bom. Caso se convença de que é incapaz em ambos os casos veja, por fim, se é capaz de sentir culpa por isso. Se disso você for capaz há luz no final do túnel. E tenha muito cuidado com quem pretender aliciá-lo para abandonar inclusive sua culpa. Que Deus [em Sua infinita misericórdia] nos abençoe e nos proteja tanto de nossa vitória quanto de nossa derrota". Ronaldo Castro

[Sobre "Todas as paixões desperdiçadas"]

por marcus m l pimenta
7/1/2003 às
15h43 200.255.122.8
(+) marcus m l pimenta no Digestivo...
 
Duas cidade: dois amores.
É extremamente revelador as duas postagens anteriores sobre o mesmo tema: Gui nos fala em "enjoy the party!!!" num mix de alienação-autohipnótica com embriaguês ideológica; Eduardo nos fala em realidade, sofrimento e esperança(a espera na confiança). Como pode a mesma coisa provocar "reações" tão diversas? A única resposta para tal dilema será uma e somente uma: um deles perdeu (ou seria, abdicou?) (d)aquele liame que nos une de forma indissociável(?) ä realidade, trocou a realidade pelo sonho utópico (do grego "lugar nenhum"); o outro sente, pensa e age como um indivíduo concreto, real e não como como uma "idéia". "Quando os homens estão dormindo, cada qual está no seu mundo. Quando estão acordados, todos estão no mesmo mundo". Fugir para o sonho é a meneira mais fácil de se furtar ao dever que nos é imposto pela realidade: o da responsabilidade de ser nós mesmos, a responsabilidade autoral de arcar com o peso da existência individual, renunciar a ilusão de uma vida vazia e falsa, calcada na tranquilidade e segurança do sonho grupal ou no solipsismo do seu mundinho hermético, cercado da vacuidade, do mundo das brumas dos sonhos alheios. " — Você acredita em Deus? — Respondo como Henry Miller: o problema não é se eu acredito em Deus, mas se Deus acredita em mim. A realidade de Deus é para mim uma evidência invencível, na medida em que Deus se identifica com a infinitude metafísica que é o fundamento de toda realidade possível. As pessoas hoje em dia têm alguma dificuldade de compreender isso porque se deixaram enganar por falsas lógicas (como a de Georg Cantor, por exemplo) e acabaram por perder todo sentido da infinitude metafísica. A resposta de Miller significa que nossa vida é uma história escrita tanto por Deus quanto por nós mesmos, e que no enredo você corre o risco de escolher o papel de farsante, de mentiroso, de vigarista. É importante ter idéias verdadeiras, mas isso não é tudo. É preciso também viver no verdadeiro, isto é, não fingir que você sabe o que não sabe, nem que não sabe aquilo que sabe perfeitamente bem. Se você não é fiel a essas duas exigências, sua vida é uma mentira e o conteúdo pretensamente verdadeiro de seus pensamentos não é senão uma parte da farsa total - aquela parcela de verdade de que a mentira precisa para se tornar mais verossímil. Aí Deus não pode acreditar em você, porque, no fundo, você não existe." Olavo de Carvalho. Um abraço fraterno; MARCUS PIMENTA

[Sobre "Todas as paixões desperdiçadas"]

por marcus moreira lassa
7/1/2003 às
15h03 200.255.122.8
(+) marcus moreira lassa no Digestivo...
 
Ypon
Caro Julio, minhas desculpas extensíveis ao outro amigo por só agora ter visto a sua postagem. Os grandes campeões de lutas - principalmente os de artes marciais - estudam as lutas dos "antigos" campeões para aprimorar suas técnicas de combate. Olhando e aprendendo com os "mestres de sempre", isto é, de TODOS os tempos, eles melhoram na Arte da luta. Uma técnica de projeção, uma pegada, uma empunhadura, um ataque, uma defesa, um contra-golpe... tudo pode-se aprender com respeito e humildade para quem tem tanto para nos ensinar.

[Sobre "Curiosidades da Idade Média"]

por marcus m l pimenta
13/12/2002 às
18h59 200.255.122.8
(+) marcus m l pimenta no Digestivo...
 
Umbigocentrismo evolutivo
Caro Bob, só agora encontrei a sua postagem nos comentários ao texto. Peço desculpas pela demora. Com todo o respeito que lhe devo vou lhe fazer uma pergunta: Porque? A "autoevidência" cronotótipa e "umbigocêntrica" de nós contemporâneos no julgamento de tudo e todos não vale! A pretença superioridade "moderna" com algo de "final [ou seria, finada?] de evolução precisa ser melhor explicada. Um "sim" não justifica. Um abraço fraterno; MARCUS PIMENTA

[Sobre "Curiosidades da Idade Média"]

por marcus m l pimenta
13/12/2002 às
18h50 200.255.122.8
(+) marcus m l pimenta no Digestivo...
 
Idade das trevas?
Normalmente se associa este período da história como algo tenebroso, sofrido ao extremo e que não vale a pena ser lembrado a não ser como um mote para pilhérias rizíveis do "modo atrasado" de vida. Para aqueles que só "relatam" e enfatizam este lado desta trama complexa que é a vida, o medievo é tão "medieval" que passa a ser um indivíduo pré-histórico; para os "historiadores" não havia nada de bom, muito menos de aproveitável. Concordo com as dificuldades da vida daqueles tempos, o que questiono é que NUNCA vi alguém falar sobre algo diferente disso! Que tal falar da cavalaria? Das universidades? Da produção intelectual? Da Igreja? (com relação a este último ítem, não vale o manjadísimo "instituição opressora": já está muito "manjado"! Para uma salutar desintoxicação sugiro Jan Huizinga com o seu "Outono da Idade Média", qualquer obra de Sto Tomás, São João da Cruz, Sta Tereza D"Ávila ou o "moderno" Chesterton com as suas biografias de São Francisco e Sto Tomás. Antres de rir poderíamos questionar: será que o período moderno, só por ser mais "atual" é o juiz e padrão de toda a história?

[Sobre "Curiosidades da Idade Média"]

por marcus m l pimenta
4/12/2002 às
09h10 200.255.122.8
(+) marcus m l pimenta no Digestivo...
 
Polêmica = Sucesso
Caro Julio, Nelson Rodrigues, a quem eu admiro, escrevia odes anti-esquedistas, mas foi cozido num inferno pessoal, quando estupefato viu seu filho sendo torturado pelos direitistas da época. Nelson percebeu que tinha sido infantil e maniqueista em sua visão de mundo. Portanto é um equivoco recortar atemporalmente frases de Nelson tira-las de um contexto histórico e usa-las como escudo.

[Sobre "Lula: sem condições nenhuma*"]

por Francis
5/11/2002 às
11h43 200.255.122.8
(+) Francis no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Folclore de Chuteiras
Alexandre de Castro Gomes
Peirópolis
(2014)



Minutos de Sabedoria
C. Torres Pastorino
Vozes
(2008)



Angola e os seus 15 distritos. Superfície 1.246.700km
Sem autor aparente
Spal
(2021)



Escolha e Acaso - uma Introdução à Lógica Indutiva
Brian Skyrms
Cultrix
(1971)



Piratininga Em Tempos Idos
Duilio Crispim Farina
Sem
(1990)



Ensinamentos de Prabhupada
Bhaktivedanta Swami
The Bhaktivedanta Book Trust
(1992)



O Caçador de Autógrafos
Zadie Smith
Companhia das Letras
(2006)



Decodificando da Vinci
Amy Welborn
Cultrix
(2011)



Alterações Constitucionais do Icms, Guerra Fiscal, Competição Tributár
Fabio Roberto Corrêa Castilho
Quartier Latin
(2012)



Tendências Atuais da Linguistica e Filologia no Brasil
Anthony Julius Naro
Francisco Alves
(1976)





busca | avançada
52947 visitas/dia
2,0 milhão/mês