Comentários de Pedro C. de Melo | Digestivo Cultural

busca | avançada
83119 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Quilombaque acolhe 'Ensaios Perversos' de fevereiro
>>> Espetáculo com Zora Santos traz a comida como arte e a arte como alimento no Sesc Avenida Paulista
>>> Kura retoma Grand Bazaar em curta temporada
>>> Dan Stulbach recebe Pedro Doria abrindo o Projeto Diálogos 2024 da CIP
>>> Brotas apresenta 2º Festival de Música Cristã
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
Últimos Posts
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A música que surge do nada
>>> Hackeando o Sistema Democrático
>>> Capitu, a melhor do ano
>>> Vontade de abraçar todo mundo
>>> Italo Calvino: descobridor do fantástico no real
>>> Notícias do Brasil
>>> Making it new
>>> Nick Carr sobre The Shallows
>>> O bom e velho formato site
>>> Escrever não é trabalho, é ofício
Mais Recentes
>>> Gramática de Hoje - Curso Ilustrado para 5º a 8º Série de Ernani e Nicola pela Scipione (1995)
>>> Guia do Brigadeiro de Sem Autor pela Alto astral (2012)
>>> Dinâmicas de Grupo: Redescobrindo Valores de Giovanna Leal Borges pela Vozes (2002)
>>> A Chave dos Lusíadas 11ª edição. de Luís de Camões (prefacio e notas de José Agostinho pela Figueirinhas Porto
>>> Guia Arte e Artesanato Bonecas de Pano de Varios Autores pela Casadois (2014)
>>> Guia de Ouro: Patch Apliquê - 290 Ideias de Moldes de Guia de Ouro pela Alto Astral (2013)
>>> Páginas Preferidas (versos) primeiro volume de Armando Gonçalves pela Autor (1964)
>>> Guia Arte e Artesanato Applique 52 Modelos Passo a Passo de Janaina Medeiros pela Artesanato (2013)
>>> Market Leader Upper Intermediate Business English Practice File de John Rogers pela Pearson Longman (2006)
>>> Os Temperamentos - a Face Revela o Homem- II de Norbert Glas pela Antroposofica (2011)
>>> Noções fundamentais da língua latina de Napoleão Mendes de Almeida pela Saraiva (1957)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis (14) pela Folha (2008)
>>> Uma Historia de Sabedoria e Riqueza de Mark Fisher pela Ediouro (1997)
>>> Five-minute Activities: a Resource Book of Short Activities de Penny Ur e Andrew Wright pela Cambridge University Press (1992)
>>> Sexo e Sexualidade Adolescência: Feliz... Idade de TodoLivro pela Todolivro
>>> Quem mexeu na minha bagunça ? de Celi Piernikarz pela Cortez
>>> Viagem ao Centro da Terra Em Quadrinhos de Júlio Verne pela Farol Hq (2010)
>>> Crianca Aos 9 Anos, A de Hermann Koepke pela Antroposofica (2014)
>>> Dom Quixote. O Cavaleiro Da Triste Figura - Coleção Reencontro Literatura de Miguel De Cervantes pela Scipione (paradidaticos) (2007)
>>> Quando os Lobos Uivam de Aquino Ribeiro pela Livraria Bertrand (1958)
>>> Amargo Despertar de Sardou Victorien pela O Clarim (1978)
>>> Querida Mamãe: Obrigado Por Tudo de Bradley Trevor Greive pela Sextante (2001)
>>> Os Mais Relevantes Projetos de Conclusão dos Cursos - Mbas 2014 de Strong Educacional pela Fgv (2015)
>>> Mobimento: Educação e Comunicação Mobile de Wagner Merije pela Peirópolis (2012)
>>> Go beyond students book pack 2 workbook de Nina Lauder, Ingrid Wisniewska pela Macmillan Education (2018)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Domingo, 7/2/2010
Comentários
Pedro C. de Melo

Sobre chatices: que fazer?
Muito chato o texto do Julio, mas redondamente bom. Era necessário que alguém tocasse nessa questão (a do "chato literário"). Julio foi no cerne dela. Cássia e Yuri aludem pertinentemente ao caso do "chato cultural" ou "culturaholic". Sou um tipo de "culturaholic", pois nada crio; só com uma diferença: minha cultura universal é paupérrima. Falo sem modéstia. Mas, devido ao interesse que tenho pela leitura, esporadicamente me chegam, de pessoas conhecidas, livros de contos, de poesias, romances e até de História para que eu comente. Como em nada disso sou autoridade, isso eu alego, mas há sempre os insitentes por uma opinião. Aí é onde está o problema: se disser que não gostei, é a vez do chato ser eu; se disser o contrário, posso não estar sendo muito sincero. Que fazer?

[Sobre "Edmund Wilson e os chatos da literatura"]

por Pedro C. de Melo
7/2/2010 às
13h13 189.71.26.143
 
O papel será destronado...
Escrever livros em papel ou nas páginas da web: eis a questão. Aliás, uma questão que envolve gosto. E gosto não se... Além disso, conforme você disse, tem também a vaidade que... Bom, Rafael, torço para que seu projeto de escrever livros em papel seja coroado de êxito. Para quem tem, igual a mim, o hábito de ler deitado, em filas, em ônibus, no banheiro e em muitos outros lugares e circunstâncias, certamente que o computador não oferece a mesma comodidade que o livro em papel. Pelos menos atualmente! E estou certo de que este não se extinguirá tão cedo. Mas não tenho a menor dúvida: num futuro mais distante,os tentáculos da informática alcaçarão darwinisticamente o invento de Gutemberg (aliás, já "evoluído" para o linotipo, a rotativa e o off-set). A extinção não será dinossáurica, porquanto continuará existindo nichos ao qual o papel está melhor adaptado.

[Sobre "Obsessão por livros"]

por Pedro Cordeiro
18/6/2007 às
11h19 201.79.169.203
 
livro ruim não eterniza nada
O desejo de deixar algum registro de nossa efêmera existência na Terra, de ver nosso nome numa capa de livro numa livraria, enfim a vaidade parece nos mover rumo a uma decisão arriscada: a de publicar um livro. Ante as autorizadas e sensatas ponderações de Julio Daio, se nosso fito fosse o de levar nossas idéias (ou nossos pretensos pendores literários) ao grande público, as páginas da web seriam o meio mais prudente, econômico, direto e eficaz. Funcionariam, inclusive, como laboratório para aventuras mais ousadas. Além disso, livro ruim não eterniza nome algum e é ecologicamente incorreto. Se é pra gastar celulose com porcaria, que o destinemos aos banheiros. O papel,aqui, cumprirá melhor um de seus papéis.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por Pedro Cordeiro
20/5/2007 às
12h41 201.79.170.136
 
O Darwinismo Tecnológico
É o mundo digital fazendo suas vítimas no mundo analógico. E não tem jeito: o Darwinismo chegou com força no ecossistema da tecnologia. O grande predador foi responsável pela extinção de várias espécias, entre elas a máquina de datilografia (e suas idústrias e profissões a ela ligadas) e a figura do relojoeiro. E está direcionando suas garras para a tautológica "imprensa-impressa" e para o sistema de telefonia fixa. Como os milhões de dispendiosos feixes de cabos podem concorrer com as ondas e os satélites? Como os jornalistas profissionais viverão com pouquíssimos leitores e como suplantarão seus concorrentes amadores da internet? Texto muito bom o seu!

[Sobre "Digestivo nº 321"]

por pedro cordeiro de me
25/3/2007 às
11h50 201.79.181.113
 
Honestidade sem exageros
Honestidade significa ter honradez, mormente no que concerne à palavra e às relações jurídicas. Assim, o honesto só quer o que é seu, não mente, repudia a malandragem, a “esperteza” de querer levar vantagem em tudo. Se a praga da desonestidade se instalar nos órgãos públicos, estes se convertem no grande “buraco negro” da riqueza popular. E a nação, sobretudo se em regimes totalitários, estará fadada a um subdesenvolvimento sem fim. Daí você ter razão em desejar tão veementemente o império da honradez. Mas, propugnar pela sinceridade absoluta, é lutar por uma utopia desnecessária(e indesejável). Nem toda verdade é necessária que se diga. Há até um adágio oriental que diz: “é melhor a mentira que beneficia do que a verdade que prejudica”; evidentemente ele se refere à franqueza rude, que machuca sem construir. Do berço ao túmulo, a vida social repousa no “fingimento”, porque seria absolutamente anti-social alguém morbidamente franco.

[Sobre "Honestidade"]

por Pedro Cordeiro de Ml
11/3/2007 às
16h14 201.79.165.158
 
sinestesicamente saboroso
Minha profissão, empresário, exige uma “boa conversa" com clientes e credores. O êxito comercial depende dessa habilidade; a "boa escrita”, porém, é irrelevante. No entanto, por hábito, meu lazer é ler. E, depois do Orkut, também postar para minhas comunidades. Foi isso que me trouxe até o texto acima, que reputo boníssimo. É realista, prazeroso, faz recomendações sábias e honestas. O caso da diferença entre o texto literário e o jornalístico: criar personagens e histórias é mais difícil que escrever para jornais ou contar histórias escritas por outros. A ponderação de que é o escritor quem elege seus eleitores e que, para escrever bem, exige-se treino. A recomendação de que não se deve escrever sobre o que não se sabe. Tudo isso explica o juízo que emiti. Esse tipo de leitura nos deixa mais seguros ao escrever; e, "antenados", para evitar deslizes. Obrigado, Maroldi, por um texto tão sinestesicamente saboroso.

[Sobre "Como escrever bem — parte 2"]

por pedro cordeiro de me
4/3/2007 às
13h20 201.79.169.153
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Pranto das Farpas
Therezinha Guerra del Picchia
Folco Masucci
(1964)



Almanaque 02 Neuroniôs - Guia da Mulher Superior
Jô Hallack / Nina Lemos / Raq Affonso
Record
(2002)



Eu Sou O Número Quatro
Pittacus Lore
Intrinseca
(2011)



Invenções Geniais
Various
Globo s.a
(2008)



Santos Dumont e a Conquista do Ar
Aluizio Napoleão
Itatiaia
(1988)



Cinema: trajetória no subdesenvolvimento
Paulo Emilio
Paz & Terra
(1980)



/A Árvore dos Sexos
Santos Fernando
Circulo do Livro
(1975)



O Passageiro: Segredos de Adulto
Cesario Mello Franco
Agir
(2007)



Livro de bolso Literatura Estrangeira Mozarts Journey to Prague
Eduard Morike
Future Publishing
(1993)



História das Sociedades
Aquino / Denize / Oscar
Ao Livro Técnico
(1980)





busca | avançada
83119 visitas/dia
1,8 milhão/mês