Valorização do que é nosso | Lucas R. Bispo

busca | avançada
54240 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Zé Miguel Wisnik lança VÃO, seu novo álbum de músicas inéditas no Sesc 24 de Maio nos dias 20 e 21/8
>>> Cia. Palhadiaço abre inscrições grátis para Oficina de Máscaras Utilitárias
>>> Realização do IV LEM Gastronomia - Luís Eduardo Magalhães Ba
>>> Prefeitura de SP institui gratificação de até R$ 1.500 reais para diminuir rotatividade de docentes
>>> Queen Immortal faz show em homenagem ao aniversário de Freddie Mercury
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Serge Daney: o cinema como espelho
>>> Cada dia mais jovem - um retrato de minha mãe
>>> Orkut, um sonho impossível?
>>> A política de uma bunda
>>> Sociedade dos Poetas Mortos
>>> Davi, de Michelangelo: o corpo como Ideia
>>> Um aborrecimento e uma surpresa
>>> Chaves do Inferno
>>> Legado para minha filha
Mais Recentes
>>> Arte na Educação Escolar de Maria Heloisa C. de T. Ferraz; Outros pela Cortez (2001)
>>> Impulse de Catherine Coulter pela Onyx (1996)
>>> Theories of Child Development de Alfred L. Baldwin pela John Wiley (1968)
>>> A Cidade e as Serras - Eça de Queiroz - Clube do Livro de Eça de Queiroz pela Clube do Livro
>>> Para Compreender a Ciência de Maria Amália Andery e Outros pela Espaço e Tempo (1988)
>>> Raptado (historia Em Quadrinho) de Santiago Nazarian; Fiona Macdonald; Penko Gelev pela Ibep Nacional (2008)
>>> A Ilha do Tesouro de Robert Louis Stevenson pela Ibep Nacional (2005)
>>> Ventana Al Espanol de Mais de um Autor pela Santillana Español (2016)
>>> Psicoterapia Centrada En El Cliente de Carl R. Rogers pela Paidos (1972)
>>> Como Pintar Com Aerógrafo de Miquel Ferron pela Desenhar e Pintar (1997)
>>> Os Três Incríveis de Stella Carr pela Moderna
>>> A Matemática na Escola Primária: uma Observação do Cotidiano de Maria Lucia Fraga pela Epu (1988)
>>> Ganz Leicht Ist Es Nicht de Aron Breuckner Mayer pela Epu (1977)
>>> Biologia para um Planeta Sustentável de Armênio Uzunian pela Harbra (2016)
>>> Introdução Ilustrada à Genética Com Muito Humor de L. Gonick pela Harbra (1995)
>>> Os Meninos da Biblioteca de Rômolo Dhipólito; João Luiz Marques pela Biruta (2015)
>>> Segredos de Minha Vida Em Hollywood de Jen Calonita pela Galera (2007)
>>> Xangô, O Trovão de Reginaldo Prandi & Pedro Rafael pela Comp (2003)
>>> Quem matou Nola Payne? de Walter Mosley pela Landscape (2005)
>>> Os 50 + Importantes Livros Em Sustentabilidade de Da Editora pela Fundação Peiropolis (2012)
>>> Principles of Economics de Richard W. Tresch pela Desconhecida
>>> Isabella de Medici/A vida gloriosa e o trágico fim de uma princesa da renascença de Caroline P. Murphy pela Record (2011)
>>> A casa dos Blessings/um relato magistral uma história de amor e redenção de Anna Quindlen pela Objetiva (2003)
>>> A Volta de Tarzan de Edgar Rice Burroughs pela Companhia Nacional
>>> Lições de Medicina Legal de A Almeida Jr e J B de o e Costa Jr pela Companhia Nacional (1996)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 8/4/2008
Comentários
Leitores


Valorização do que é nosso
Texto excelente, Daniel. É sempre bom valorizar os nossos escritores, principalmente para leitores como eu - acostumado aos extrangeiros - conhecê-los.

[Sobre "Voz de um passado presente"]

por Lucas R. Bispo
8/4/2008 às
15h26 189.47.41.132
(+) Lucas R. Bispo no Digestivo...
 
O assédio como neurose
Costumava acessar o blog da escritora Simone Campos, mas um em cada três posts que ela inseria no blog falavam, indignadamente, do assédio que tinha em ônibus, bares, rua, livraria, etc. Encheu o saco. Deu um ar de garota fútil e metida, contrastando até com coisas mais autênticas dela, no mesmo blog. Eu acabei achando um padrão nestes posts que podem ser resumidos em alguns pontos. 1) Ela é gostosa (ou pensa que é); 2)Ela é neurótica, pois se chama atenção (e tem direito de pôr uma melancia no pescoço e sair por aí, assim como tem o direito de usar mini-saia, assim como os homens têm o direito de olhar) e se ofende por chamar, por que continua insistindo nisso?); 3) Ela é louca para contar para os outros (deve se sentir "a tal" em expor o quanto é desejada para gente estranha). Antes que me esqueça: gostosaaaaaaa!!!

[Sobre "Segurando o Tchan"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspha.blogspot.com
8/4/2008 às
10h07 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
E o lixo televisivo rola solto
Brilhante! Simplesmente brilhante! Infelizmente, nos dias de hoje, é raro encontrar programas BONS mesmo. Eu salvo os canais AXN e Universal Channel (destaco: únicos que assisto nos 90 e "bolinhas" de canais que me são oferecidos), porque são transmitidos excelentes seriados, como a franquia do Law and Order (da qual sou fã de carteirinha), CSI, Criminal Minds, House e outros. Fora isso, meu amigo, só existem outros canais (excluindo Discvery, A&E Mundo e People&Arts) com nomes diferentes da Globo mas que são redes de alienação também...

[Sobre "TV digital: melhores imagens e só"]

por Valéria
8/4/2008 às
06h11 200.141.64.166
(+) Valéria no Digestivo...
 
O valor de nossa arte
Assim como o Barroco chegou tardiamente por nossas terras, esse catálogo também, porque é de extrema importância um trabalho histórico e documental como esse, para que nossa iconografia seja, além de relembrada, retratada com os devidos valores e prestígios que nossa arte tem. Bela indicação, Julio. Esse livro deve ser maravilhoso! Bjs, Simone

[Sobre "Debret e o Brasil, pela editora Capivara"]

por Simone Oliveira
http://www.letrasetempestades.blogspot.com
7/4/2008 às
20h22 201.93.192.2
(+) Simone Oliveira no Digestivo...
 
Nem todo o papel!
Pois é! Infelizmente, alguns meios não podem ser salvos: o jornal está em derrocada, mesmo que não seja apressada, assim como o DVD e o CD. Pra nossa sorte - imagino, nós, leitores deste espaço, nós que amamos o ato de ler - o livro impresso ainda não pode ser substituído. E nem será tão cedo!

[Sobre "A morte do jornal, pela New Yorker"]

por Fernando Miranda
http://brazylianskies.blogspot.com/
7/4/2008 às
20h22 189.68.237.199
(+) Fernando Miranda no Digestivo...
 
Venda seu próprio livro!
Eu lamento muito, Rubem. Estou no mesmo barco que o seu, mas vou navegando de segunda classe, já que jamais ganhei um Jabuti. Mas gostaria que os caros amigos comentassem uma coisa realmente intrigante que vi recentemente numa revista de grande circulação. Vocês devem saber o que é uma loja "âncora" de um Shopping Center, não é? Pois bem, a propaganda de um novo Shopping em Brasília dizia que a Livraria Cultura seria uma das lojas "âncora" deles... Hummm... Alguém consegue me esclarecer como uma livraria pode chegar ao tamanho de uma Cultura ou uma Saraiva? Se ainda fosse pela venda de CDs, seria uma explicação, mas o que dizem as estatísticas é que as vendas de música em CD estão despencando ano a ano... O que vende então a Livraria Cultura? Acho que são livros, não são? E então livro não vende? Por que alguém enfia dinheiro numa Mega-Livraria? Não sei a resposta, mas acho que, de alguma forma, vender livro dá dinheiro, sim! Alguém pode me ajudar nesse enigma???

[Sobre "A mídia e os escritores"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
7/4/2008 às
17h06 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
O mito Piaf e seu destino
Há os que vêm para brilhar, e se vão. São os que permanecem brilhando, independentemente de estarem fisicamente aqui. Edith Piaf foi um desses mitos. Sua arte resta como inspiração e mito, suas melodias insubstituíveis continuam a comover, pela simplicidade de sua performance ao cantá-las. No mais, observa-se que álcool e drogas sempre estiveram presentes entre os que se debatem entre emoções e sentimentos conflituosos, o que é também a marca da diva Piaf. A sua vida efêmera foi um privilégio. Nada mais tinha a fazer, dizer ou cantar, por aqui. Cumpriu seu tempo mas continua sendo lembrada por ser quem foi.

[Sobre "Piaf, por Marion Cotillard"]

por Elizabeth Castro
7/4/2008 às
13h06 201.58.179.8
(+) Elizabeth Castro no Digestivo...
 
O papel é mídia morta
Eu concordo totalmente com o Julio Winck. Não podemos continuar a destruir o planeta pra fazer papel. É ineficiente, a informação eletrônica é mais barata, rápida e limpa. Um dia nossos netos vão achar que nossos avós eram loucos em destruir o planeta pra fazer papel. O papel é mídia morta, longa vida à mídia eletrônica.

[Sobre "A morte do jornal, pela New Yorker"]

por Daniela Castilho
http://www.havesometea.net/
7/4/2008 às
12h30 189.33.79.103
(+) Daniela Castilho no Digestivo...
 
Mudança de papéis
Nada pode deter o rumo de preferências ditadas pela modernidade. A Internet impôs ao mundo mudanças inevitáveis, que se refletem cada vez mais nos mais variados campos de atuação. Com relação à imprensa mundial, acertou quem investiu na mídia digital, que está substituindo o papel do papel... É certo que saudosistas ainda sentem a saudade do seu cheiro e o da tinta de impressão dos tradicionais periódicos. Também se aceita como inevitável que novos tempos exigem novas condutas adaptativas que, na sociedade atual, têm o peso do imediatismo. Lucra quem está conseguindo vislumbrar vantagens com as mudanças e age nesse sentido! Viva o Digestivo Cultural, que é um exemplo brasileiro desses novos tempos!

[Sobre "A morte do jornal, pela New Yorker"]

por Elizabeth Castro
7/4/2008 às
11h52 201.58.179.8
(+) Elizabeth Castro no Digestivo...
 
Digital substituindo o papel
Nada pode deter o rumo de preferências ditadas pela modernidade. A Internet impôs ao mundo mudanças inevitáveis, que se refletem cada vez mais, nos mais variados campos de atuação. Com relação à imprensa mundial, acertou quem investiu na mídia digital, que está substituindo o papel do papel... É certo que saudosistas ainda sentem a saudade do seu cheiro e o da tinta de impressão dos tradicionais periódicos. Também se aceita como inevitável que novos tempos exijam novas condutas adaptativas que, na sociedade atual, têm o peso do imediatismo. Lucra quem está conseguindo vislumbrar vantagens com as mudanças e age nesse sentido! Viva o Digestivo Cultural, que é um exemplo brasileiro desses novos tempos!

[Sobre "A morte do jornal, pela New Yorker"]

por Elizabeth Castro
7/4/2008 às
11h48 201.58.179.8
(+) Elizabeth Castro no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Caminho Espírita
Francisco Cândido Xavier
Ide
(1995)



João Crisóstomo. Vida e martírio
Felix Arrarás
Quadrante
(1993)



Um Equilíbrio Frágil 1919 á 1939
Seleções
Readers Digest Brasil
(2004)



O Eu Em Cena Parte 2
Ana Carla Ramos e Outros
Ei
(2020)



Profissão Vendedor
Fábio Lemos
Do Autor



Casos de Amor
Marisa Raja Gabaglia
Rocco
(1975)



A Obra Secreta da Lembrança
Rui Luis Rodrigues
Fonte Editorial
(2013)



O Prestigio do Diabo
Assis Brasil
Melhoramentos
(1988)



Jj e a Música do Tempo
Kate Thompson
Nova Fronteira
(2007)



Rapunzel
Maria Clara Machado
Ediouro
(1995)





busca | avançada
54240 visitas/dia
2,0 milhão/mês