Bill Clinton, da elite? | Felipe Pait

busca | avançada
75243 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
>>> Dave Brubeck Quartet 1964
Últimos Posts
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A obra-prima de Raymond Chandler
>>> A obra-prima de Raymond Chandler
>>> Apresentação
>>> Literatura e cinema na obra de Skármeta
>>> Literatura e cinema na obra de Skármeta
>>> A todos que passem por aqui
>>> João Paulo Cuenca e seu Corpo Presente
>>> Neruda, oportunista fantasiado de santo
>>> VTEX e Black & Decker sobre transformação digital
>>> Apresentação
Mais Recentes
>>> Sucesso em poucas palavras de Celso Fortes pela Globo (2006)
>>> Matemática Volume II de Eduardo Afonso de Medeiros Parente pela Epu (1984)
>>> Clássicos Góticos de Vários pela Principis (2021)
>>> Almas Bravias e Outros Poemas de Dalmar Americano pela Nagy e Filhos (1975)
>>> As extraordinárias viagens de Júlio Verne - Box com 6 títulos de Júlio Verne pela Principis (2021)
>>> Tex Coleção Nº 69 de Bonelli pela Globo (1992)
>>> A mulher diante da vida e do amor de Marion Hilliard pela Cultrix
>>> Tex Coleção Nº 81 de Bonelli pela Globo (1993)
>>> Amar é preciso de Maria Helena Matarazzo pela Gente (1992)
>>> Do jardim do éden à era de aquarius- O livro da cura natural de Greg Brodsky pela Groud (1974)
>>> Matemática Livro 8 Geometria Analítica de Roberto Miguel El Jamal et al pela Anglo vestibulares (1991)
>>> Como sonhar e realizar seus sonhos de Carlos Wizard Martins pela Wizard (2008)
>>> Tex Nº 227 de Bonelli pela Globo (1988)
>>> Livro A Conquista Da Prosperidade - Edição de Bolso de Lynn a. Robinson pela Novo Conceito (2012)
>>> Tex Edição Histórica Nº 06 de Bonelli / Galleppini pela Globo (1994)
>>> Como educar seus pais: obrigado Esparro de Vários autores pela Objetiva
>>> Atividades e jogos com quadriláteros de Marion Smoothey pela Scipione (1998)
>>> Tex Nº 470 de Nizzi / Rossi pela Mythos (2008)
>>> Auto-estima e a valorização da pessoa humana de John James Roche pela Santuário (2002)
>>> Alberto Cavalcanti: O cineasta do Mundo de Sergio Caldieri pela Fundo Nacional de cultural (2016)
>>> Fale sem medo de Sergio Stock pela Age (2002)
>>> Cancioneiro da Bahia de Dorival Caymmi pela Não identificado (1999)
>>> Histórias para aquecer o coração de Jack Canfield e Mark Victor Hansen pela Sextante (2003)
>>> Matemática através de jogos 1ª. Série de Maria Verônica Rezende de Azevedo pela Atual
>>> E a Bíblia Tinha Razão de Werner Keller pela Folio (2008)
COMENTÁRIOS

Sábado, 1/11/2008
Comentários
Leitores


Bill Clinton, da elite?
Esse comentaristas "de grife" no Brasil só dizem bobagem mesmo. O cara escrever que o Bill Clinton é "branco de elite".... Tanta desinformação já não via desde que o Paulo Francis parou de escrever.

[Sobre "Jabor sobre Obama"]

por Felipe Pait
http://fmpait.blogspot.com/
1/11/2008 às
14h33 68.239.49.141
(+) Felipe Pait no Digestivo...
 
a arte via internete
O destino das nações, o destino da arte pela arte, sim, o destino de cada um de nós, quando se interliga... Neste preciso momento o destino da humanidade está a ser traçado, pois se olharmos ao nosso redor, obrigatoriamente, somos forçados aceitar que a tecnologia e a informática chegaram e com ela também chegou uma nova era: a era da globalização, que, a partir de agora, fica por assim dizer, ao alcance de todos. Refiro-me aqui à internete, pois ela está a proporcionar uma totalidade para todos. Os artistas plásticos, a meu ver, têm que acompanhar este mesmo progresso para que possam obter mais facilidade de divulgação de suas idéias, trazendo com isso mais conhecimento a nível cultural para todas as casas, já que a humanidade, muitas vezes, não tem tempo para sair e ir ao encontro da arte. Convido assim, todos os artísticos a se unirem em uma só causa: a divulgação da arte pela arte via internete, mas dentro de uma linha que proporcione e devolva aos demais o gosto pelas artes.

[Sobre "O belo e o escalafobético"]

por Miguel Westerberg
http://miguel-westerberg.arteblog.com
1/11/2008 às
08h05 189.54.56.63
(+) Miguel Westerberg no Digestivo...
 
A Condição Humana
Caro Fernando Lima, penso que você já leu algo sobre as confusões que um e-mail ou comentários podem promover em virtude da velocidade ou pouco espaço para esclarecimentos mais longos. Quando me refiro a "cidadãos juntos", estou pautado em leituras da filósofa Hannah Arendt, sobretudo das lições provindas de "A Condição Humana", no qual Arendt trabalha com os conceitos aristotélicos de mundos do labor, do trabalho e da política (agir "entre iguais"). Deixo, aqui, a sugestão no que se refere à apresentação de uma resenha e/ou artigo do/sobre o referido livro por um dos articulistas do Digestivo Cultural: talvez ponto de partida para uma série de discussões sobre os problemas que mais nos afligem no contemporâneo. Abraços do Sílvio Medeiros.

[Sobre "Cócegas na língua"]

por Sílvio Medeiros
http://imprimis.arteblog.com.br
1/11/2008 às
07h44 201.27.196.92
(+) Sílvio Medeiros no Digestivo...
 
Sou um rato de sebos
Caro Ribamar, obrigado por (re)descobrir este texto, e justamente no dia do meu aniversário (30/10/2008)! Sou um "rato" de Sebos. Luís Eduardo Matta, você está cheio de razão: este "calendário próprio" dos sebos é algo mágico. E, independente da localização do Sebo, há sempre algo de místico em relação ao silêncio que o local promove. E quanto a rede de amigos que você constrói num Sebo... (quando saio para visitar Sebos já aviso em casa que não tenho horário para a volta)! Por outro lado, adoro os lotes de livros provindos do Rio de Janeiro: talvez pelo fato de ter sido a capital do Império, e depois do Brasil republicano, céus, quantas raridades! E geralmente com dedicatórias dos autores! Metade da minha biblioteca (cerca de 10.000 livros) é constituída por livros adquiridos em Sebos. Abraços do Sílvio Medeiros. PS. cuidado com livros de Sebo: lixar brochura (3 lados) para eliminar sujeira; em seguida, desinfetar com Removedor.

[Sobre "O discreto charme dos sebos"]

por Sílvio Medeiros
http://imprimis.arteblog.com.br
1/11/2008 às
07h14 201.27.196.92
(+) Sílvio Medeiros no Digestivo...
 
Obrigado por tantos presentes!
Querida Ana Elisa, "hoje mais cedo, aproveitei..." para visitar o Digestivo Cultural, e encontro o seu comovente texto. Ele me remeteu a "O Narrador" de Walter Benjamin; à grande lição dos gregos: jamais se rebelar contra o tempo, além do belo texto sobre a Tia Silvinha, com o qual você nos presenteou dias atrás. Obrigado por tantos presentes! Beijos do Sílvio Medeiros.

[Sobre "Minha coleção de relógios"]

por Sílvio Medeiros
http://imprimis.arteblog.com.br
1/11/2008 às
06h31 201.27.196.92
(+) Sílvio Medeiros no Digestivo...
 
Eu conheci o Obama
Muito feliz o comentário do Jabor... embora não ache que Obama represente uma mudanca ideológica dos USA. Na verdade, ele é a prova viva de que a meritocracia americana é mais forte do que todos os preconceitos e discriminações. Como tudo na vida, essa meritocracia não é perfeita (como provam os últimos 8 anos), mas ela é presente nos USA como em nehum outro lugar do mundo. Assim, eu concordo com a primeira metade do comentário do Fernando Lima, mas discordo veementemente da segunda. Obama é BRILHANTE, uma daquelas mentes raras que surgem de vez em nunca, e que agora está posicionada no lugar certo e na hora certa. É por isso que ele será eleito, não porque é negro, tem nome de muçulmano ou qualquer outra característica irrelevante ao caso. Eu tenho o privilégio de conhecê-lo pessoalmente, e aos que pensam que ele é socialista, eu afirmo que nada é mais longe da verdade; portanto, José Pereira, revise o seu voto, muito provavelmente virtual... o meu, que é real, foi para o Barack Obama.

[Sobre "Jabor sobre Obama"]

por Claudio Spiguel
31/10/2008 às
18h15 201.58.30.139
(+) Claudio Spiguel no Digestivo...
 
uma só, e olhe lá...
de vez em quando ele acerta, raramente, uma.

[Sobre "Jabor sobre Obama"]

por emilio chagas
31/10/2008 às
15h44 201.21.254.230
(+) emilio chagas no Digestivo...
 
as sensações que eu tenho
Incrivel como você conseguiu expressar tanto sentimento neste texto. São exatamente as sensações que eu tenho quando essas coisas da vida acontecem. Mais uma tacada do mestre Julião em tê-la como colunista do Digestivo. Alfredo

[Sobre "O suficiente para ser feliz"]

por Alfredo Mello
31/10/2008 às
13h17 201.54.176.4
(+) Alfredo Mello no Digestivo...
 
Obama: o passado e o presente
Obama pode muito bem ser um representante do passado e do presente dos americanos. O passado, por lembrar os sulistas, as seitas brancas que queimavam negros, Martin Luter King e sua briga por direitos iguais. O presente, por não deixar esquecer que há discriminação, preconceito (se não houvesse, por que o socorro demorou tanto a chegar a New Orleans?)...

[Sobre "Jabor sobre Obama"]

por Edi Kersting
31/10/2008 às
09h26 200.203.104.61
(+) Edi Kersting no Digestivo...
 
Amor possível
Os amores impossíveis, que não são tão impossíveis assim, têm uma particularidade singular. Todos, indiscultivelmente, trazem algum sofrimento aos amantes. Digo não tão impossíveis, porque na maioria das vezes, um componente do par ama mais que o outro. E o que ama mais está sempre pronto para a qualquer momento, voar e viver o amor possível. Basta o outro abrir os braços e ter coragem de encarar tudo o que for possível.

[Sobre "O amor que não pode"]

por Edi Kersting
31/10/2008 às
09h07 200.203.104.61
(+) Edi Kersting no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Enciclipédia Japonesa 15º Volume
Vários
Ñ Informado
(1977)



Studio D A1 Deutsch Als Fremdsprache Unterrichtsvorbereitung-com Cd
Christel Bettermann/regina Werner
Cornelsen
(2008)



Concerto para duas vozes
Fernando Lara Michel Nicolau
Dix
(2008)



O Jogo de Búzios por Odu
Adilson Antonio Martins
Pallas
(2013)



Para Salvar a Universidade
Laurent Schwartz
Tao Edusp
(1984)



Históricas Políticas
Obras Completas de J. M. Vargas Vila
Ramón Sopena



Pablo Picasso
Mike Venezia
Moderna
(1996)



Um
Marco Antonio Figueiredo
7 Letras
(2007)



Políticas Públicas no Estado Contemporâneo e Controle Jurisdicional
Gustavo de Mendonça Gomes
Juruá
(2015)



La Construcción de La Vida y de La Muerte
Dorothy Rowe
Fondo de Cultura Economica
(1989)





busca | avançada
75243 visitas/dia
2,2 milhões/mês