Um inconformismo contínuo | Carlos Goettenauer

busca | avançada
62542 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Poeta Ivete Nenflidio lança obra 'Ataque - cale-se agora e para sempre'
>>> Alunos de Ribeirão Preto constroem maquete com trajetória das águas da cidade até o mar
>>> Coletivo oferece eventos de danças angolanas em outubro e novembro
>>> Releitura de Ian Soffredini, O Pequeno Príncipe faz sessões em Santos
>>> 4º Edição Point BlackCultural
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
Colunistas
Últimos Posts
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
Últimos Posts
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
>>> Singela flor
>>> O cerne sob a casca
>>> Assim é a vida
>>> Criança, minha melhor idade
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Etapas da criação de uma pintura digital * VÍDEO *
>>> Separar-se, a separação e os conselhos
>>> Genealogia da Moral, de Nietzsche
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Como escrever bem — parte 1
>>> Lendo no Kindle
>>> 89 FM, o fim da rádio rock
>>> O do contra
>>> Tecnologia de Minority Report
>>> Filipe II da Espanha: homem e rei
Mais Recentes
>>> O Primo Basílio de Eça de Queirós pela Klick (1997)
>>> The World of the First Australians de R. M ; C. H Berndt pela Lansdowne press (1977)
>>> O Guardião da Sétima Passagem: A Porteira Luminosa de Rubens Saraceni pela Madras (2018)
>>> Eleanor & Park de Rainbow Rowell pela Novo Seculo (2019)
>>> Pedagogia Crítica Uma metodologia na construção do conhecimento de Maria rosa cavalheiro marafon pela Vozes (2001)
>>> Edgar Cayce On Atlantis de Edgay Evans Cayce pela Greenhouse Publications (1989)
>>> Actas e Actos do Governo Provisório de Dunshee de Abranches pela Memória Federal (1998)
>>> Currículo: Teoria e História de Ivor F. GOodson pela Vozes (1995)
>>> O amor nos tempos do cólera de Gabriel García Márquez pela Record (2009)
>>> A Arte do Johrei - Ensinamentos Meishu Sama de Johrei no waza pela Luxriens (2000)
>>> O segredo de Jasper Jones de Craig Silvey pela Intrínseca (2012)
>>> A Família Moskat de Isaac Bashevis Singer pela Francisco Alves (1982)
>>> Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo de Leandro Narloch pela Leya (2013)
>>> Sir Lancelote, Onde Esta Voce? de Kate Mcmullan pela Rocco (2006)
>>> O começo de tudo de Robyn Schneider pela Novo Conceito (2014)
>>> Livro Infantil? Projeto Gráfico Metodologia e Subjetividade de Guto Lins pela Rosari (2002)
>>> Ame e Dê Vexame de Roberto Freire pela Master Pop (2013)
>>> We - a Chave da Psicologia do Amor Romântico de Robert A. Johnson pela Mercuryo (1987)
>>> A Economia das Crises de Nouriel Roubini e Stephen Mihm pela Intrínseca (2010)
>>> A Mala de Hana de Karen Levine pela Melhoramentos (2007)
>>> Contos Folclóricos Brasileiros de Marco Haurélio; Mauricio Negro pela Paulus (2010)
>>> Geometria Analítica de Reis pela LTC (1996)
>>> Dropz de Rita Lee pela Globo (2017)
>>> O que Precisamos Saber Sobre Liderança? de James Kouzes^Barry Posner pela Elsevier (2011)
>>> A Meta: Um processo de melhoria contínua Ano 2013 de Eliyahu M. Goldratt ; Jeff Cox pela Nobel (2002)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 14/6/2010
Comentários
Leitores


Um inconformismo contínuo
Curioso, porque também não fui o único a ficar preocupado em encontrar o tal cronista da crônica. Ou melhor, de me encontrar no tal cronista da crônica. Acho que também escrevo crônicas, mas não sou esse do texto acima. Crônica tem a ver com o tempo, algo que não se resolve. Um inconformismo contínuo com a cegueira alheia.

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por Carlos Goettenauer
http://www.estadocronico.com.br
14/6/2010 às
16h09 170.66.1.231
(+) Carlos Goettenauer no Digestivo...
 
Crônica sobre os cronistas
Excelente a sua crônica sobre os cronistas, inclusive você própria e eu mesmo, cronista aprendiz. A definição do cronista como "voyeur" é quase perfeita, pois o bom cronista, como você mesmo afirma no texto, também é um "écouteur". E gosta das pequenas coisas, dos detalhes, valoriza o que é desprezado pelos outros. O cronista vê poesia na vida mas transmuta-a em crônica, para deleite, espera ele, dos futuros e incertos leitores. Discordo apenas da visão do cronista como "meio sádico", logo ele um amante da vida e de tudo que ela contém. A Isabel não conseguirá dar um soco no seu cronista, pois cronista que se preza trabalha incógnito e oculta a origem de suas crônicas.

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por José Frid
http://blogdofrid.blogspot.com
14/6/2010 às
15h06 201.27.100.90
(+) José Frid no Digestivo...
 
O cronista canastrão
O cronista se separa da esposa (ou do marido) e só pensa em escrever uma crônica? Nossa senhora!... Eu escrevo crônicas, mas não sou cronista, não. Odeio essas crônicas de mulheres que contam como namoram ou como depilam as pernas. E se algum dia o destino me aproximar de "seu" cronista, não falarei uma palavra. Darei um soco no nariz dele, para que tenha um bom argumento para sua crônica. (Fluente e interessante seu estilo, mas não gostei desse cronista canastrão.)

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por Isabel Furini
http://isabelfurini.blogspot.com
14/6/2010 às
09h19 189.32.27.93
(+) Isabel Furini no Digestivo...
 
A exemplo do beijo de língua
Eu pertenço a um outro mundo, daquela minoria que não vê na língua qualquer pretexto para se fazer política. Outro dia encontrei um colega que disse conhecer toda a Europa e EUA, mas não conhece uma só praia do nordeste brasileiro. Fala fluentemente inglês e não está preocupado com o fato de o português ser ou não falado lá fora. Assim como ele, a grande maioria dos turistas brasileiros no exterior são míopes para problemas brasileiros. O Lula quando vai ao exterior fala apenas o português, e não cobre dele outro idioma. O FHC até no paraguai falava em inglês. A língua, voltemos à sua origem, quer apenas possibilitar a comunicação. É apenas isso o que ela deseja. Não a tome em manifesto ufanista, pois a comunicação será preterida. Agora, com todas as ferramentas de comunicação que estão surgindo no embalo da internet, muito em breve surgirá uma língua universal, de modo natural, sem imposições. A língua será de fato um idioma universal. A exemplo do beijo de língua.

[Sobre "Brazilionaires"]

por Roberto Escritor
14/6/2010 às
09h01 187.58.26.239
(+) Roberto Escritor no Digestivo...
 
Cronista descrevendo cronista
Foi simplesmente incrível a forma como conseguiu escrever sobre os cronistas. Ainda mais incrível é uma cronista descrever outro cronista! Fabuloso e coerente! Até Mais!

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por André Crevilaro
14/6/2010 às
08h57 189.58.78.173
(+) André Crevilaro no Digestivo...
 
Magistral a sua crônica
Amiga Ana, magistral a sua crônica. Acho que sou meio cronista, ainda aprendiz. Esqueceu de dizer que o cronista pode ser sarcástico, satírico ou simplesmente um bom contista fora do contexto. Adoro seus artigos.

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
14/6/2010 às
08h38 189.107.79.106
(+) Manoel Amaral no Digestivo...
 
Investigar sozinho
O melhor é pensar com a própria cabeça e investigar sozinho. Não há em quem confiar. Existem interesses dos mais variados e garotos propaganda em todo o lugar.

[Sobre "Gullar sobre Lula e Dilma"]

por SERGIO LUCIO
12/6/2010 às
15h51 189.69.76.238
(+) SERGIO LUCIO no Digestivo...
 
Comentar é fácil
Ahhh, a política!!! Como é fácil comentá-la sem vivê-la na pele. Me perdoem os contrários, mas o Lula é o melhor que já surgiu na politica brasileira desde Cabral. Mas podem nascer outros... tomara!!! Quanto ao Gullar, é muito fácil discutir política no camarim ou então em uma roda de boteco. Assim como o Gullar, eu também odeio política, e por isso nem me atrevo a comentá-la em público. Para se comentar política é preciso primeiramente amá-la, vivê-la cotidianamente, e aí ter o direito de opinar sobre ela. De outra forma, não se trata de um comentário e sim de fofoca.

[Sobre "Gullar sobre Lula e Dilma"]

por ROBERTO ESCRITOR
11/6/2010 às
14h30 189.27.123.120
(+) ROBERTO ESCRITOR no Digestivo...
 
A diferença é o salário mínimo
Ferreira Gullar, Caetano, Chico Buarque são artistas que foram inseridos na luta contra a ditadura pelo viés da liberdade de expressão, de comércio, liberdade de negócios e trocas. São classe-média e refletem as aspirações de sua classe. Este senhor aos poucos vai deixando claro sua face reacionária, conservadora, fascista, apoiando FHC e suas políticas que levaram o salário mínimo a valer 60 dólares, no fim do seu governo. Não querendo trocar um tucano de bico azul por outro de bico vermelho, temos de admitir que Lula deixa o salário mínimo valendo 330 dólares, quase 6 vezes mais! A diferença é gritante, pena que o Sr. Gullar viva tão longe dos gritos das ruas. Realmente o sr. Gullar não é um poeta sério...

[Sobre "Gullar sobre Lula e Dilma"]

por Luckyluck
11/6/2010 às
13h15 200.20.0.154
(+) Luckyluck no Digestivo...
 
Assim como Caetano e outros
Ferreira Gullar, assim como Caetano Veloso e outros, é uma dessas figuras que já tiveram sua importância mas hoje limitam-se a alimentar um "prestígio" artificial escrevendo coisas irrelevantes em mídias lidas/assistidas por muitas pessoas mas por simples inércia - Veja, Folha, Globo e outros espaços de acomodação. Gullar já teve sua força como poeta, mas seu tempo passou e ele passou junto.

[Sobre "Gullar sobre Lula e Dilma"]

por Paulo Cezar de Mello
11/6/2010 às
12h24 201.13.191.78
(+) Paulo Cezar de Mello no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Uma Viagem À Rota da Acupuntura
Hong Jin Pai
Do Autor
(2019)



Mulher Enigma Psico Sexual
Pierre Vachet
Circulo do Livro
(1974)



Um Rosto na Noite
Patrícia Highsmith
Bestseller
(1987)



Livro da Família Coleção Pessoinhas Maternal Integrado / 1ª Ed
Ruth Rocha Anna Flora
Ftd
(2010)



Natal de Sabina (pelo Espírito de Francisca Clotilde)
Francisco Cândido Xavier
Geem
(1973)



Romanceiro Gitano e Outros Poemas
Federico Garcia Lorca
Companhia Jose Aguilar
(1975)



Livro - Minhas Orações: Livro de Bolso
Masaharu Taniguchi
Seicho-no-ie
(2014)



O Palácio da Meia-noite / 1ª Ed
Carlos Ruiz Zafón; Eliana Aguiar
Suma de Letras
(2013)



O Leopardo (em Português) Premio Hans Christian Andersen
Cecil Bodker Tradução Wilma F. R. de Carvalho
Nordica
(1980)



Inglês para concursos: gramática em textos
Carlos Augusto
Elsevier
(2009)





busca | avançada
62542 visitas/dia
1,7 milhão/mês