Comentários de Manoel Amaral | Digestivo Cultural

busca | avançada
44531 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projeto cultural leva cinema até paradas de descanso de caminhoneiros
>>> HOMENS NO DIVÃ Ano XV
>>> Paulo Goulart Filho é S. Francisco de Assis na peça de Dario Fo
>>> Momo e o Senhor do Tempo estreia dia 15 de janeiro
>>> Rafa Castro leva canções de Teletransportar ao palco do Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
>>> O tempo é imbatível
Blogueiros
Mais Recentes
>>> No Festival de Curitiba 2010
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> O balé dos coletivos
>>> Meu malvado favorito
>>> Django Unchained, de Quentin Tarantino
>>> E não sobrou nenhum (o caso dos dez negrinhos)
>>> Vamos pensar: duas coisas sobre home office
>>> Leituras, leitores e livros – Final
>>> A culpa é dos escritores, também
>>> Entrevista com Jacques Fux, escritor e acadêmico
Mais Recentes
>>> Ocupação Maria e Hebert Duschenes de Itaú Cultural - Maria e Hebert Duschenes pela Itaú Cultural (2016)
>>> Fushigi Yugi Vol. 27 de Yu Watanabe pela Conrad (2004)
>>> Revista Pegn Pequenas Empresas N. 328 Maio 2016 - Família Hope de Globo pela Globo (2016)
>>> Contos de Perrault - Ruth Rocha de Ruth Rocha / Cárcamo Ilustrador pela Salamandra (2010)
>>> A Estréia do Novo Namor N°42 - Grandes Herois Marvel de John Byrne pela Abril (1993)
>>> Revista Marie Claire N. 302 Maio 2016 Capa Julianne Moore de Revista Marie Claire pela Globo (2016)
>>> Teias do Passado de Amarilis de / Salles Oliveira pela Mundo Maior (2003)
>>> O Pequeno Príncipe de Antoine de Saint Exupéry pela O Pequeno Príncipe
>>> Revista Harpers Bazaar Brasil Nº 52 Capa Amanda Wellsh de Harpers Bazar Brasil pela Carta Editorial (2016)
>>> Portugal (aa Essential Spiral Guides) de Automobile Association Publishing pela Automobile Association Publish (2008)
>>> Lance Corinthians Campeão Paulista 2017 1º e 2º Jogos Finais de Jornal Lance pela Jornal Lance (2017)
>>> O Irremediável - Moíses e o Espírito Trágico do Judaísmo de Santiago Kovadloff pela José Olympio (2005)
>>> Contos de Perrault - Ruth Rocha de Ruth Rocha / Cárcamo Ilustrador pela Salamandra (2010)
>>> Contos de Perrault - Ruth Rocha de Ruth Rocha / Cárcamo Ilustrador pela Salamandra (2010)
>>> Revista Roadie Crew 1986 - Heavy Rock no Mainstream 86 Discos Coment de Roadie Crew pela Roadie Crew (2016)
>>> A Nova Constituição Para as Crianças de Luiz Orlando Carneiro; Inês Carneiro Cavalcanti pela Banerj
>>> Sobre a Leitura de Marcel Proust / Carlos Vogt Tradutor pela Pontes (1989)
>>> Robinson Crusoé - Reencontro Infantil de Daniel Defoe - Laura Bacellar Adap Ivan Zigg Ilust pela Scipione (2012)
>>> Revista Lance! - Timão da América Libertadores 2012 - Corinthians de Revista Lance - Corinthians pela Lance (2012)
>>> Revista Pôster Homem de Aço Especial Super-heroi Preview de Sampa pela Sampa
>>> Superman - os Novos 52 - Avante! Nª 29 de Dc Comics pela Panini Comics (2014)
>>> Revista Lance! - Timão da América Libertadores 2012 - Corinthians de Revista Lance - Corinthians pela Lance (2012)
>>> Save Big - Cut Your Top 5 Costs and Save Thousands! de Elisabeth Leamy pela Wiley (2010)
>>> Diário de um Banana 1 - um Romance Em Quadrinhos de Jeff Kinney pela Vergara & Riba (2014)
>>> Disney - um Sonho de Princesa - Livro para Gravar de Disney / Caramelo pela Caramelo (2010)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Quinta-feira, 12/7/2012
Comentários
Manoel Amaral


Fiz uma sátira deste texto,...
Fiz uma sátira deste texto, ver no link: http://textolivre.com.br/livre/39668-ipad-cumpadi-satira-de-uma-satira

[Sobre "iPad"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
12/7/2012 às
20h54 189.12.82.173
 
Millôr era o Milhor!
Millôr era o Milhor!

[Sobre "Millôr no Digestivo"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
31/3/2012 às
07h58 189.12.34.103
 
Adoro o Ctrl + Z
Ana, acho interessante que comigo é exatamente o contrário. Adoro as teclas Ctrl + Z onde posso "refazer" o meu texto apagado da tela.

[Sobre "Pressione desfazer para viver"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
28/6/2011 às
08h03 189.107.99.107
 
Nem um milhãozinho?
Pois é, pois é, pois é! Para nós, que batalhamos há mais de quatro anos com blog de cultura (escrevemos contos), não sobrou nem um milhãozinho? Foi mesmo uma piada de muito "mau gosto".

[Sobre "O escandaloso blog de poesia de Maria Bethânia"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
29/4/2011 às
21h34 189.107.124.70
 
Magistral a sua crônica
Amiga Ana, magistral a sua crônica. Acho que sou meio cronista, ainda aprendiz. Esqueceu de dizer que o cronista pode ser sarcástico, satírico ou simplesmente um bom contista fora do contexto. Adoro seus artigos.

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
14/6/2010 às
08h38 189.107.79.106
 
A era pós-Lula
Estou com medo da era pós-Lula, quando a maioria descobrir que não era bem isso e nem aquilo e os buracos começarem a aparecer.

[Sobre "Gullar sobre Lula e Dilma"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
11/6/2010 às
08h24 189.107.30.92
 
Sempre roubando ideias
Já prestaram atenção? Estes grandes negócios da Web, da informática em geral, sempre têm uns casos interessantes como este. Lembram da história do Bill Gates? Quase a mesma coisa. Sempre estão roubando ideias de alguém. "Ben Mezrich conta que Zuckerberg praticamente roubou a ideia do Facebook do site Harvard Connection - enquanto era seu desenvolvedor -, e que também passou a perna em seu sócio investidor, por coincidência um brasileiro de nascimento, Eduardo Saverin." Antes o Facebook era restrito, hoje qualquer um pode entrar. Se o seu fim está decretado, não vou perder quase nada, frequentei muito pouco o Facebook.

[Sobre "O começo do fim do Facebook?"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
27/5/2010 às
11h08 189.107.99.50
 
Poucos impressos sobreviverão
Acho que a cova está aberta, atrás dos jornais ingleses e americanos que já fecharam as portas, os grandes jornais brasileiros também estarão fadados a quebradeira, endividados muitos já estão. As revistas semanais vão seguir o mesmo caminho. Só sobreviverão algumas de setores especializados, financiadas por entidades outras. Não vou dizer que não me farão falta, sempre guardaremos as lembranças de perder aquele tempo lendo as mesmas notícias em todos jornais, mas na internet podemos selecionar melhor o que ler e buscar o que interessar. É só.

[Sobre "A Web matando a velha mídia"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
24/5/2010 às
06h56 189.107.99.50
 
Semanais atrasadas
Não sei a "quantas andam" as dívidas das revistas semanais do Brasil, mas elas caminham para o mesmo beco: extinção. Só as especializadas sobreviverão. Notícias em jornais diários já chegam atrasadas, por causas da internet, imaginem semana... Nem é bom falar.

[Sobre "Sobre a morte da Newsweek"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
15/5/2010 às
07h51 189.107.90.122
 
Faça você mesmo o seu livro!
Eu quero que essas explodam. Há mais de 4 anos que produzo os meus próprios e-books. Quando há necessidade, mando encadernar, em qualquer copiadora, a quantidade que me interessar e a um preço bem mais baixo que R$ 19,99 (para mais de 100 páginas ainda fica mais barato cada cópia). Agora já encontramos empresas pequenas que produzem livros equivalentes a grandes empresas e podemos encomendar a quantia desejada (30, 40, 50 ou 100 exemplares) sem nenhuma complicação. O registro na BN (Biblioteca Nacional) também ficou bem mais fácil, é só entrar no seu site e baixar os impressos. Pra quê canseira? Laguem este pessoal prá lá. Faça você mesmo o seu livro! Abraços. Manoel.

[Sobre "Publique eletronicamente ou pereça: Ken Auletta na New Yorker"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
14/5/2010 às
14h31 189.107.90.122
 
São os tempos
Caro Rafael, você acertou no texto. Acho uma besteira essas conversas em fóruns, e-mail e Twitter, sobre Kindle e outros bichos. Tudo pode ser marketing das empresas, ninguém sabe. Como já sou bem velhinho, fico lembrando do meu tempo de Ginásio: caderno feinho, capa de papel vagabundo, todas rasgavam com dois meses de uso. Colégio: melhorou a capa, durinha (epa!), de aspiral e tudo mais. Faculdade: Tudo bem melhor, cadernões de mais de 100 folhas e capa a quatro cores. Pós-Graduação: um Notebook (para os que podiam) no colo e MP3 com fone de ouvido (ouvindo aulas/música). Lembram daqueles gravadores tijolão? E hoje a gente grava com um aparelhinho pequenino (tamanho de cartão de crédito) que cabe na palma da mão. São os tempos. Mas parece que hoje tudo mudou. Tem muita gente que não acordou, outros ouviram o galo cantar mas não sabem onde e os que sabem não fazem escândalos.

[Sobre "iPad, Kindle, salvação e histeria"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
5/5/2010 às
06h46 189.107.90.122
 
Kindle nas escolas
Não discuto aqui a substituição dos livros impessos por digital (e-books). Gostaria que as escolas adquirissem o mais rápido possível uma versão brasileira do Kindle (alguém já pirateou?). Diminuiria (e quanto!) as despesas dos pais. Só este ano (2010) gastei quase R$1.000,00 com livros da escola. E já descobri a Estante Virtual há tempos. Sem contar o peso das mochilia que diminuiria bastante, de 15 quilos para três ou quatro.

[Sobre "Cultura do livro digital?"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
1/5/2010 às
06h36 189.107.38.63
 
O peso dos livros
Não me preocupo com o que virá depois do livro eletrônico (e-book), pois já vendia livros em disquete há muito tempo. Gostaria que estes Kindles da vida custassem mais barato. Poderiam ser usados, com sucesso, na escola, na faculdade. Onde viesse um livro de R$ 150,00, poderiam comprá-los por R$10, ou R$15,00 e diminuiria o peso da mochila das meninas e meninos de 12 a 15 anos que carregam um peso que o velhinho aqui não consegue nem suspender... Quanto ao prejuizo das editoras, elas que se danem, pois já tiraram o emprego do brasileiro indo encomendar livros mais baratos na China. Deem uma olhada nos livros de seus filhos e façam esta constatação.

[Sobre "O futuro (incerto?) dos livros"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
1/5/2010 às
06h22 189.107.38.63
 
O barateamento dos livros
Julio, falou pouco e acertado! Como dizem aqui no interior. Acabei de ler sobre o iPad, o fim dos jornais, revistas e livros impressos. Acho que você tem toda razão. Os escritores de verdade devem buscar alternativas. Eu já não trabalho com livros impressos, passei para e-book há um bom tempo (2006) e já vendia em disquetes, CD e DVD, muito antes. Tenho cinco e-books, com belas capas e vendo por R$5,90 cada, envio por e-mail. Não gasto com gráfica, nem correios e outras despesas. Estou feliz, escrevo dois a três contos por semana, publico no meu blog e estamos aí para o que der e vier. Olha que não sou mais jovem, tenho 66 anos e só agora consegui entrar para a Academia Divinopolitana de Letras. Acho que com isso tudo uma coisa boa vai acontecer: o barateamento do preço dos livros. Já estou vendo livrarias vendendo livros pela metade dos preços. Na internet também. Manoel

[Sobre "Não existe pote de ouro no arco-íris do escritor"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
29/4/2010 às
05h57 189.107.125.201
 
Salve o iPad!
Há algum tempo já esperava isso. A queda da venda dos jornais, revistas e livros só teria uma solução parcial e por pequeno período se resolvessem baixar os preços. Os livros, principalmente, que ainda são muito caros no Brasil. É um absurdo um livro de 176 p. custar R$ 42,00. Tem revistas muito caras (sem chiste!). Aqui em Minas o Jornal O Tempo conseguiu emplacar com um jornalzinho de poucas "letras" e muitas fotos a um preço de R$0,25. Salve o iPad, que pelo menos para isso serviu! Manoel

[Sobre "E o iPad não salvou os jornais e as revistas..."]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
29/4/2010 às
05h30 189.107.125.201
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Quando uma criança não aprende a ler e a escrever
Elvira Souza Lima
Sobradinho 107
(2002)



Só o Amor Pode Curar
Clara Benicio
Jangada
(2015)



Three Little Pigs (inglês( "os Três Porquinhos")) (1999)
Modern Pub
Modern Pub
(1992)



O Coração da Esfinge 2
Houck Colleen
Arqueiro
(2016)



Estranhos Embora Íntimos e Outros Contos Inéditos
F. Scott Fitzgerald
Nova Fronteira
(1981)



A Criança e Seu Desenvolvimento
Zilma de M. Ramos de Oliveira
Cortez
(2001)



História Universal Vol V
Cesare Cantú
Das Américas
(1965)



Tommelise - Contos de Andersen
Mary Frana
Paradidaticos)
(1992)



Manual de Plano de Negocios
Luiz Antônio Bernardi
Atlas
(2008)



Islam e Islamismo (lacrado)
Roberto Cattani
Claridade
(2008)





busca | avançada
44531 visitas/dia
1,9 milhão/mês