O Salão e a Selva | Oswald de Andrade

busca | avançada
32696 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Michael Jackson: a lenda viva
>>> Gente que corre
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Reinaldo Azevedo no Fórum CLP
>>> Introdução ao filosofar, de Gerd Bornheim
>>> Companheiro dileto
>>> O Vendedor de Passados
>>> Eugène Delacroix, um quadro uma revolução
>>> Meus Livros
Mais Recentes
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
>>> A Igreja Católica de Hans Kung pela Objetiva (2002)
>>> O Comunismo de Richard Pipes pela Objetiva (2002)
>>> Lições para o Cotidiano de Masaharu Taniguchi pela Seicho-No-Ie (1996)
>>> Guerra sem fim – Edição especial de Joe Haldeman pela Aleph (2019)
>>> O Renascimento de Paul Johnson pela Objetiva (2001)
>>> Homeopatia a Ciência e a Cura de Ralph Twentyman pela Círculo do livro (1989)
>>> A Descoberta do Amor em Versos de Diversos pela Cen (2003)
>>> O Islã de Karen Armastrong pela Objetiva (2001)
>>> O Sumiço do Mentiroso de Lourenço Cazarré pela Atual (1998)
>>> A Turma da Tia e os Bilhetes Misteriosos de Ganymédes José pela Ftd (1991)
>>> Camões Os Lusíadas de Luís Vaz de Camões pela L&PM Pocket (2008)
>>> Destruição e Equilíbrio de Sérgio de Almeida Rodrigues pela Atual (1989)
>>> Armadilha para Lobisomem de Luiz Roberto Guedes pela Cortez (2005)
>>> A Menina que Descobriu o Brasil de Ilka Brunhilde Laurito pela Ftd (2001)
>>> Guerra no Rio de Ganymédes José pela Moderna (1992)
>>> Paraíso de Toni Morrison pela Companhia das Letras (1998)
>>> Introduction à la Psycholinguistique de Hans Hörmann pela Larousse Université (1974)
>>> A idéia de cultura de Victor Hell pela Martins Fontes (1989)
>>> Poesia Concreta de Lumna Mara Simon (Org.) pela Abril (1982)
>>> Las Armas Secretas de Julio Cortazar pela Editorial sudamericana/ Buenos Aires (1970)
>>> Maio Apagou o Inverno de Carlos Roberto Douglas pela Ateniense/ S.P (1994)
>>> Utopia Selvagem de Darcy Ribeiro pela Nova Fronteira (1982)
>>> Twittando o Amor, Contando Uma História em 140 Caracteres de Teresa Medeiros pela Novo Conceito (2014)
>>> Estrela Oculta de Robert A. Heinlein pela Francisco Alves/ RJ. (1981)
>>> O Alimento dos Deuses de H. G. Wells (herbert George - 1866-1946) pela Francisco Alves/ RJ. (1984)
>>> Focus de Arthur Miller pela Ediouro (2001)
>>> Trinta Anos Depois da Volta - o Brasil na II Guerra Mundial de Octávio Costa (ilustr): Carlos Scliar pela Expressão e Cultura (1977)
>>> Tuareg (formato Original) de Alberto Vázquez- Figueiroa pela L&pm, Porto Alegre (2000)
>>> Cenas Noturnas na Bíblia (v. 1) : Tardes e Manhãs Que Conduzem... de Christian Chen pela Tesouro Aberto/ Belo Horizonte (2001)
>>> Fall of the House of Windsor (capa Dura; Sobrecapa) de Nigel Blundell & Susan Blackhall pela Contemporay Books/ L. A. (1992)
>>> Todos os Homens do Presidente de Carl Bernstein & Bob Woodward pela Francisco Alves/ RJ. (1977)
>>> A Primeira Comunhão de Verônica de Vários: Pia Sociedade de S. Paulo pela Edições Paulinas (1959)
ENSAIOS

Segunda-feira, 8/4/2002
O Salão e a Selva
Oswald de Andrade

+ de 26300 Acessos

O fim do ano de 19 foi agitado por superficiais emoções de formatura na Faculdade de Direito, onde tirei meu diploma de bacharel, seguindo o longínquo desejo de minha mãe. Dona Inês fazia questão de que eu tivesse um título. Poderia um dia precisar. Pobre mãe que ignorava a vocação de irregularidade e de sublevações de seu filho, inconformado sempre, sempre inimigo dos diplomas e das posições.

Fui o orador do Centro Acadêmico Onze de Agosto, eleito unicamente pelo prestígio de meu amigo Jairo de Góis. Fiz alguns discursos, todos lidos. Numa encabulação invencível enchia minha cabeça de vulgaridades e tolices, se fosse improvisar.

Evidentemente, a ambiência da Faculdade de direito, com o mistério descarado de sua “bucha” divulgado depois por Paulo Duarte e pelo general Góes Monteiro, não me atrai nem distrai.

Há três placas de mármore no interior do velho casarão conventual do Largo de São Francisco. Trazem os nomes de três poetas ilustres que por ali passaram. São eles Castro Alves, Álvares de Azevedo e Fagundes Varela.

Como teriam vivido eles em meio de estudantes de Direito duma Faculdade colonial portuguesa num planalto agreste, vandalizado por cônegos, fazendeiros escravocratas e os procuradores de seus interesses que eram os advogados?

Calculo o drama obscuro dessas três almas passadas no Inferno da mesquinha vida universitária paulista. Como se sabe, ao contrário do que aconteceu na América Espanhola, nunca se tratou de trazer para o Brasil uma universidade. Fundaram-se simplesmente os cursos jurídicos. Aqui e em Recife, isso bastava porque fornecia o bacharel, a alma e o exator dos interesses da classe senhoril. O que lhes importava era a lei. E que lei! Uma legislação buscada no refolho das ordenações medievais, sem uma crítica, um avanço, uma pesquisa própria. Derivava isso tudo do Direito Romano. A Roma infame dos Césares que produziam a legislação justinianéia, fora imediatamente transportada para cá, com seus grosseiros vícios, esses atrasos e torpezas. E isso tudo era recoberto por uma aura divina. O próprio Deus mosaico, descido do Sinai, teria fornecido esse detalhado índice de recursos feudais e pré-capitalistas destinado a presidir os destinos de nossa sociedade em evolução.

Evidentemente, como se deu comigo e algumas centenas de outros refratários, o que a família queria era o que se chamava “o canudo”. Isto é, o título obtido depois de cinco anos idiotas passados no casarão conventual do Largo de São Francisco.

As farras campestres, na Ilha dos Amores, do gelado Tamanduateí, os namoros coimbrões nas ladeirinhas da cidade, as pensões onde se vara a noite boêmia ao som do violão teriam sido as migalhas atiradas a esses corações sedentos de emoção e de amor.

Castro Alves se refugiou a sua ânsia de liberdade na luta pelo escravo, Álvares de Azevedo nas cartas de amor, Fagundes nos amores de saleta. E destinavam-se os três à advocacia.

O advogado é um bicho útil às cavilações dos potentados e à vontade dos fortes. Admito que, no Brasil, a função proba do advogado tenha surgido, talvez, com o movimento de libertação dos escravos negros ou com a propaganda republicana. Mas até hoje conservo a idéia exata do que o advogado, ou melhor, o bacharel é – sempre um monstro de pequena e especializada erudição que deixou de servir os interesses do latifundiário. Porque este deixou de existir, com imoralíssimas exceções. Mas continua a ser a sentinela do negócio, pronto a esmagar a vítima que lhe cai nas unhas, sem nenhuma preocupação de justiça ética.

Quando, alguns anos atrás, disse mais ou menos isso num dos meus Telefonemas que o Correio da Manhã publica, o nobre advogado católico Sobral Pinto mandou-me uma carta, onde narrara o episódio lancinante de um vendedor de rua que ele, como patrona, salvara. Isso não mudou a minha opinião formada. Uma honrosa exceção! Guardo ainda hoje a impressão de que o bacharel não passa de um verme. É uma tênia asquerosa do sistema patriarcal. Vivendo com todas as bênçãos e emolumentos do Deus do negócio.

Como teria vegetado no covil de bestas-feras e de bestas mansas do Largo de São Francisco os três pobres românticos do século 19? Guarda-se deles uma tradição de boêmia, talvez transportada da Universidade de Coimbra para cá. As margens puras do Mondego foram substituídas pelas agrestes margens do Tamanduateí, onde um capinzal inatingível foi chamado mitologicamente de Ilha dos Amores. Ali se teriam passado orgias com prostitutas mulatas que teriam produzido A Noite na Taverna. Pobre transferência urdida pelo romantismo europeu!

Antes de passar os umbrais do casarão legalista de São Francisco, eu acreditei nas lendas de literatura e boêmia que deixaram seus herdeiros os poetas românticos.

Nota do Editor
Texto gentilmente recolhido e cedido por Luís Antônio Giron (acompanha o seu "Um homem sem profissão nem esperança", também aqui republicado). Fonte: CEDAE/Unicamp.


Oswald de Andrade
São Paulo, 8/4/2002

Quem leu este, também leu esse(s):
01. O jornal no iPad é uma frustração de Paulo Rebêlo
02. Música ainda é profissão? de Pena Schmidt
03. Yoani Sánchez no Brasil de Jaime Pinsky
04. A virtude de não enviar de Lúcia Guimarães
05. O futuro do jornalismo de Marcelo Träsel


Mais Oswald de Andrade
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




SURSIS
JEAN PAUL SARTRE
DIFUSÃO EUROPEIA DO LIVRO
(1958)
R$ 15,00



FELIZ PASCOA
GANYMEDES JOSE
GENTE NOVA
R$ 4,00



REINVENTING THE BUSINESS
ROY L HARMON (CAPA DURA)
THE FREE PRESS
(1996)
R$ 19,28



OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES - COMPLETO - EDIÇÃO ESPECIAL UNIBANCO
MONTEIRO LOBATO
BRASILIENSE
R$ 12,00



QUÍMICA NA ABORDAGEM DO COTIDIANO VOLUME ÚNICO
TITO E CANTO
MODERNA
(2008)
R$ 5,00



O CASO DOS DEZ NEGRINHOS
AGATHA CHRISTIE
GLOBO
(1972)
R$ 15,00



ICARO DE CASTRO MELLO PRINCIPAIS PROJETOS MAIN PROJECTS
ICARO DE CASTRO MELLO
J J CAROL
(2006)
R$ 30,00
+ frete grátis



CURSO DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL VOL. 2 FUNDAMENTOS ARITMÉTICOS
WILLIE A. MAURER
ED. EDGARD BLÜCHER
R$ 20,00



LINGUISTIQUE GÉNÉRALE - INTRODUCTION À LA LINGUISTIQUE THÉORIQUE
JOHN LYONS
LAROUSSE
(1970)
R$ 15,00



A ILHA DA MAGIA
WILLIAM B. SEABROOK
HEMUS
R$ 10,00





busca | avançada
32696 visitas/dia
1,3 milhão/mês