Mulher-Gato by Lebre | Marcel Plasse

busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> A massa e os especialistas juntos no mesmo patamar
>>> Entrevista com Jacques Fux, escritor e acadêmico
>>> Nuno Ramos, poesia... pois é
>>> Literatura e interatividade: os ciberpoemas
>>> O Valhalla em São Paulo
>>> Por dentro do Joost: o suco da internet com a TV
Mais Recentes
>>> Direito Romano - Vol. II de José Carlos Moreira Alves pela Forense (2003)
>>> Divinas Desventuras: Outras Histórias da Mitologia Grega de Heloisa Prieto pela Companhia das Letrinhas (2011)
>>> Le Nouveau Sans Frontières 1 - Méthode de Français de Philippe Dominique e Jacky Girardet e Michele Verdelhan e Michel Verdelhan pela Clé International (1988)
>>> Sobrevivência de Gordon Korman pela Arx Jovem (2001)
>>> Ética Geral e Profissional de José Renato Nalini pela Revista dos Tribunais (2001)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Abril (1982)
>>> O Menino no Espelho de Fernando Sabino pela Record (2016)
>>> Labirintos do Incesto: O Relato de uma Sobrevivente de Fabiana Peereira de Andrade pela Escrituras-Lacri (2004)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Círculo do Livro (1975)
>>> Ponte para Terabítia de Katherine Patersin pela Salamandra (2006)
>>> O Desafio da Nova Era de José M. Vegas pela Ave-Maria (1997)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1970)
>>> Trabalho a Serviço da Humanidade de Escola Internacional da Rosa Cruz Áurea pela Rosacruz (2000)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ensinando a Cuidar da Criança de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Ensinando a Cuidar da Mulher, do Homem e do Recém-nascido de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Luxúria Encadernado de Judith Krantz pela Círculo do Livro (1978)
>>> Fundamentos, Conceitos, Situações e Exercícios de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Personality: How to Unleash your Hidden Strengths de Dr. Rob Yeung pela Pearson (2009)
>>> Um Mês Só de Domingos de John Updike pela Record (1975)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
>>> Caravanas de James Michener pela Record (1976)
>>> A Terra Ainda é Jovem de J.M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> A Terra Ainda é Jovem de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> Deus Protege os Que Amam de J.M. Simmel pela Nova Fronteira (1977)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> O Quarto das Senhoras de Jeanne Bourin pela Difel (1980)
>>> Beco sem Saída de John Wainwright pela José Olympio (1984)
>>> Casais Trocados de John Updike pela Abril (1982)
>>> O Hotel New Hampshire Encadernado de John Irving pela Círculo do Livro (1981)
>>> As Moças de Azul de Janet Dailey pela Record (1985)
>>> Amante Indócil Encadernado de Janet Dailey pela Círculo do Livro (1987)
>>> A Rebelde Apaixonada de Frank G. Slaughter pela Nova Cultural (1986)
>>> Escândalo de Médicos de Charles Knickerbocker pela Record (1970)
>>> A Turma do Meet de Annie Piagetti Muller pela Target Preview (2005)
>>> O Roteiro da Morte de Marc Avril pela Abril (1973)
>>> Luz de Esperança de Lloyd Douglas pela José Olympio (1956)
>>> Confissões de Duas Garotas de Aluguel de Linda Tracey e Julie Nelson pela Golfinho (1973)
>>> Propósitos do Acaso de Ronaldo Wrobel pela Nova Fronteira (1998)
>>> Olho Vermelho de Richard Aellen pela Record (1988)
>>> A Comédia da Paixão de Jerzy Kosinski pela Nova Fronteira (1983)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Böll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ventos sem Rumo de Belva Plain pela Record (1981)
>>> Ventos sem Rumo de Belva Plain pela Record (1981)
>>> O Caminho das Estrêlas de Christian Signol pela Círculo do Livro (1987)
>>> Longo Amanhecer de Joe Gores pela Best-seller (1988)
>>> As Damas do Crime de B. M. Gill pela Círculo do Livro (1986)
>>> Os Melhores Contos de Alexandre Herculano de Alexandre Herculano pela Círculo do Livro (1982)
ENSAIOS

Segunda-feira, 7/9/2009
Mulher-Gato by Lebre
Marcel Plasse

+ de 4100 Acessos

Megan Fox como Mulher-Gato? O que houve com Johnny Depp como o Charada? E quem lembra da seleção de Philip Seymour Hoffman para o papel de Pinguim?

Sabe o que aconteceu com esse elenco? O mesmo que fez Robin Williams ter que vir a público dizer que jamais pensou em viver a cantora/caloura Susan Boyle nos cinemas.

A internet é como um vírus, espalha suas informações de forma rápida e incontrolável. Junte esse potencial pandêmico com a cultura das celebridades, que trata fofocas como notícias, e o efeito é garantido: qualquer boato ganha tratamento de versão definitiva.

Cada vez mais, as pessoas têm usado a internet como sua principal fonte de informação. Mas são os sites da imprensa tradicional os mais acessados por quem procura notícias. A razão nem é tanto "a marca", como diriam os profissionais de marketing, mas a confiança na apuração de fatos por jornalistas acostumados ao trabalho de reportagem.

Um editor responsável prefere não publicar ou então atrasar um fechamento, mesmo que isso dê prejuízo financeiro, à alternativa de passar uma informação falsa, resultado de uma notícia sem apuração devida das fontes ou plantada por fontes não confiáveis.

Infelizmente, os sites e blogs são muitas vezes escritos por adolescentes, estagiários e diletantes sem formação em jornalismo, e se autoalimentam ― isto é, citam outros sites como origens de notícias, que na verdade nunca tiveram origem, pois nunca foram notícia. Como oposto exato do ideal jornalístico, na Web a prioridade é publicar primeiro, não publicar corretamente.

O sensacionalismo, claro, não é uma invenção dos blogs e o termo "imprensa amarela" (ou marrom, no Brasil) ainda se aplica a muita tinta gasta para colorir fofocas impressas como jornal. O perigo acontece quando se juntam a má imprensa e a rapidez nos teclados dos redatores da Web. Baixa autoestima, complexo de inferioridade diante da mídia impressa ou simples inexperiência têm rendido créditos e mais créditos na internet à informações vindas de jornais e revistas notoriamente conhecidos por ter inventado o método de apuração que os blogs copiaram: publicar antes, averiguar depois.

Duas horas antes do desmentido, as palavras Megan Fox e Catwoman davam 120 mil hits no Google em 26 de agosto. Em português, Megan Fox e Mulher-Gato somavam 33 mil hits. Boa parte desses links, quando não assumia a autoria do "furo", citava outro site ou aludia ao tablóide britânico The Sun como fonte original da notícia.

Se fosse uma experiência pavloviana, seria possível dizer que os ratinhos de laboratório agiram ao estímulo conforme o esperado.

Qualquer jornalista experiente veria que a informação do tablóide The Sun não tinha fonte alguma ― nem mesmo anônima. E o jornal foi ainda além, publicando que a atriz já teria, inclusive, assinado o contrato e as filmagens começariam no ano que vem.

Claro que não há nada assinado. Ainda não há roteiro, muito menos cronograma de filmagem ou preocupação com elenco. Ninguém sabe nem sequer qual será o vilão da continuação de Cavaleiro das Trevas. Ninguém, a não ser o tablóide The Sun.

Os executivos da Warner tiveram que vir a público confirmar o que, por sinal, "todo mundo" já sabia, inclusive quem publicou a "informação". As palavras do assessor de imprensa do estúdio: "É um boato. Não é verdade. Não há roteiro. Não existe um projeto para que se comece a escolher um elenco".

A desinformação é uma tática interessante. Fere a credibilidade de quem a transmite e planta ideias no inconsciente coletivo. Teve site que conclamou seus leitores a opinar sobre a escolha da atriz para o papel. Em poucos minutos, milhares de pessoas em todo o mundo passaram a pensar em Megan Fox como Mulher Gato. E será que a produção do filme também não pensou, depois disso?

Há uma expressão brasileira que resume bem o que ocorreu: "plantar verde para colher maduro". Não se sabe se quem "plantou" a notícia ganhou por isso, mas quem a retransmitiu trabalhou de graça para cumprir uma agenda desconhecida.

O que vimos foi uma experiência de propagação, que foi efetivamente levada a contento pelas cobaias, e cujo resultado reforça o estereótipo de que blogs e sites não são confiáveis.

O "gato por lebre" da Mulher-Gato é quase uma fábula com moral da história. Mas será que a teia da Web vai ficar menos emaranhada por conta disso? Difícil. Vícios e costumes não somem da noite para o dia. E, com a abolição da necessidade de diploma de jornalismo para se exercer a profissão, notícias falsas tendem a se tornar cada dia mais comuns.

Ontem era Robin Williams como Susan Boyle. Hoje é Megan Fox como Mulher-Gato. Amanhã será algo mais sério, um escândalo capaz de arruinar uma reputação.

A internet é como um bangue-bangue em que o tecladista de cada site quer sacar primeiro que o outro. Até o público se cansar desses duelos de mentirinha, em que ele próprio é a vítima das balas perdidas.

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado no site Pipoca Moderna.


Marcel Plasse
São Paulo, 7/9/2009

Quem leu este, também leu esse(s):
01. O disco ― ou algo do gênero de Ruy Castro
02. O elogio da ignorância de Jaime Pinsky


Mais Marcel Plasse
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ATLAS DO CORPO HUMANO VOL. II 6232
DIVERSOS
ABRIL
(2008)
R$ 10,00



A CARÍCIA ESSENCIAL: UMA PSICOLOGIA DO AFETO
ROBERTO SHINYASHIKI
GENTE
(1992)
R$ 10,00



PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI
JENNY HAN
INTRINSECA
(2015)
R$ 31,77



CLARISSA
ERICO VERISSIMO
GLOBO
(1997)
R$ 4,60



LANTERNA VERDE 48 - HAL JORDAN, VIDA APÓS A TROPA
EQUIPE DC
PANINI
(2016)
R$ 8,60



OS FATOS FICTICIOS POESIA
IZACYL GUIMARAES FERREIRA
LR
(1980)
R$ 6,00



1000 PERGUNTAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO
REIS FRIEDE
FORENSE UNIVERSITÁRIA
(2005)
R$ 17,28



O PODER DOS ANIVERSÁRIOS- ESCORPIÃO
SAFFI CRAWFORD E GERALDINE SULLIVAN
PRETÍGIO
(2005)
R$ 25,90
+ frete grátis



DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO ENDÓGENO DE PEQUENOS ESTADOS INSULARES
ALBERTINO FRANCISCO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 524,00



HISTÓRIA DO DEPARTAMENTO DE VOLUNTÁRIOS
HOSPITAL ALBERT EINSTEIN
NARRATIVA UM
(2004)
R$ 14,00





busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês