Digestivo nº 252 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
38231 visitas/dia
947 mil/mês
Mais Recentes
>>> Alex Flemming inaugura intervenção "Anaconda" na Casa-Museu Ema Klabin
>>> Fundação Ema Klabin abre Festival Internacional de Música Judaica
>>> Projeto Jardim Imaginário inaugura a instalação "Penetra" de Marcius Galan
>>> Silibrina é uma das bandas brasileiras selecionadas para o SXSW
>>> Chapel Art Show comemora 50 anos e homenageia German Lorca
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A poesia afiada de Thais Guimarães
>>> Manchester à beira-mar, um filme para se guardar
>>> Noel Rosa
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Vegetativo
>>> Açaí com granola
>>> Em suspenso
>>> Nesse mundo de anjos e demônios
>>> A lâmpada
>>> Irredentismo
>>> Tabela periódica
>>> Insone
>>> Entre Súcubos e Íncubos
>>> Aonde eu quero chegar
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Adiós, muchachos
>>> Bang bang: tiroteio de clichês
>>> absolutamente
>>> Estrangeirismos, empréstimos ou neocolonialismo?
>>> Verão Poesia Internacional BH
>>> Felicidade: reflexões de Eduardo Giannetti
>>> O grande livro do jornalismo
>>> Olga e a história que não deve ser esquecida
>>> Tectônicas por Georgia Kyriakakis
>>> Crítica à arte contemporânea
Mais Recentes
>>> Einstein O Campo Unificado
>>> Dez Lições de Sociologia
>>> Manual do paulistano moderno e descolado
>>> Amor e solidão
>>> Grammar Practice for Intermediate Students
>>> Sombra Errante- a perceptora na narrativa inglesa do século XIX
>>> A mecânica das águas
>>> Judy Moody salva o mundo!
>>> O nascimento do prazer
>>> Cálculo Volume 2
>>> Engenharia de Controle Moderno
>>> Curso de Ciruitos Elétricos Volume 1
>>> Um curso de Cálculo Volume 1
>>> História da Literatura Brasileira - Vol. único
>>> A arte da Guerra - Os treze capítulos - 2ª ed.
>>> Sua Eminência o Cardeal Dom Lucas Moreira Neves
>>> A Princesa Vermelha
>>> As Ilusões Armadas: A Ditadura Envergonhada - Vol. 01
>>> Estudos sobre os Lusíadas////Estudos da Língua Portuguesa
>>> As Ilusões Armadas: A Ditadura Escancarada - Vol. 02
>>> Hamlet
>>> Fedro
>>> Número Zero
>>> Roma Antiga - De Rômulo a Justiniano. Convencional
>>> Essencial Franz Kafka
>>> The Communist Manisfesto And Other Writings
>>> Harlequin (The Grail Quest) Vol. 01
>>> Nova Visão em Ortodontia-Ortopedia Facial
>>> Sociologia - Introdução à ciência da sociedade (4ª ed.)
>>> Diagnostico,Planejamento e Condutas Clinicas na Técnica Ortodôntica
>>> The Child With Traumatic Brain Injury Or Cerebral Palsy
>>> Teoria Geral do Estado
>>> Roteiro para Mídia Eletrônica - TV, rádio, animação e treinamento corporativo
>>> The Art of The Advocate
>>> O Problema da Obediência em Hobbes
>>> Mitos e Mitologias Políticas
>>> 1946 - Le Droit Mis en Scéne
>>> Enfermagem em Cardiologia
>>> Fundamentos de Dentistica Operatoria
>>> Saude EM Contingencia Com Prudutos Quimicos
>>> O medo de Montalbano
>>> Pátria de Histórias Bahia prosa e poesia
>>> Torrentes Espirituais
>>> Azincourt
>>> A Sarsa de Horeb ou o Mistério da Serpente
>>> Homem e Mulher A Integração como caminho de desenvolvimento
>>> Terra à vista. Histórias de náufragos da Era dos Descobrimentos
>>> A Voz íntima do Amor
>>> Desenho Arquitetônico 2ª ed.
>>> Morar Só - Uma opção de vida
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 11/11/2005
Digestivo nº 252
Julio Daio Borges

+ de 7200 Acessos
+ 2 Comentário(s)




Teatro >>> Deus ex machina
O que significa ouvir o Depeche Mode hoje em dia? Sofrer de nostalgia, tentar alcançar a onda eletrônica, ou comprar um disco por engano? Provavelmente tudo junto, ao mesmo tempo. Afinal, as modulações de voz de Dave Gahan continuam lá (para quem tiver saudades de seus graves e agudos), o trio assimilou os loops e o minimalismo da geração atual (engrossando o coro dos niilistas), e Exciter é um álbum que fisga eficientemente os incautos (desde a capa, a contracapa, até a produção apurada). Em todo caso, é curioso lembrar que, no Brasil, as lamúrias dessa turma (que efetivamente flertou com o suicídio) sempre foram interpretadas e dançadas como um ato de liberação e alegria (vide os hits I just can't get enough, Strangelove, Enjoy the Silence, It's no good). Para que se tenha uma idéia, as canções que têm mais chance de emplacar nas pistas paulistas contêm versos como "We are the dead of night" (The Dead of Night) e "It's the dark night of my soul" (I Fell Loved), mas não surpreende que sejam entoadas como as mais vivazes declarações de amor. Independentemente disso, aqueles que se identificam com o som do Depeche Mode têm um motivo adicional para comprar Exciter: Airto Moreira, um percussionista brasileiro, toca em duas faixas, uma delas muito delicada e positiva, Freelove. Aliás, se existe real novidade nesse lançamento, é porque decorre essencialmente das baladas: Shine, When the body speaks e Goodnight Lovers apontam para uma espécie de lirismo esperançoso, de quem dá conselhos. Superada a depressão mais aguda, é realmente auspiciosa a notícia de que Gahan, Gore e Fletcher continuam em forma. [Comente esta Nota]
>>> Os Sete Afluentes do Rio Ota - Monique Gardenberg e Michele Matelon - Sesc Pinheiros
 



Literatura >>> Sic transit gloria mundi
O que significa ouvir o Depeche Mode hoje em dia? Sofrer de nostalgia, tentar alcançar a onda eletrônica, ou comprar um disco por engano? Provavelmente tudo junto, ao mesmo tempo. Afinal, as modulações de voz de Dave Gahan continuam lá (para quem tiver saudades de seus graves e agudos), o trio assimilou os loops e o minimalismo da geração atual (engrossando o coro dos niilistas), e Exciter é um álbum que fisga eficientemente os incautos (desde a capa, a contracapa, até a produção apurada). Em todo caso, é curioso lembrar que, no Brasil, as lamúrias dessa turma (que efetivamente flertou com o suicídio) sempre foram interpretadas e dançadas como um ato de liberação e alegria (vide os hits I just can't get enough, Strangelove, Enjoy the Silence, It's no good). Para que se tenha uma idéia, as canções que têm mais chance de emplacar nas pistas paulistas contêm versos como "We are the dead of night" (The Dead of Night) e "It's the dark night of my soul" (I Fell Loved), mas não surpreende que sejam entoadas como as mais vivazes declarações de amor. Independentemente disso, aqueles que se identificam com o som do Depeche Mode têm um motivo adicional para comprar Exciter: Airto Moreira, um percussionista brasileiro, toca em duas faixas, uma delas muito delicada e positiva, Freelove. Aliás, se existe real novidade nesse lançamento, é porque decorre essencialmente das baladas: Shine, When the body speaks e Goodnight Lovers apontam para uma espécie de lirismo esperançoso, de quem dá conselhos. Superada a depressão mais aguda, é realmente auspiciosa a notícia de que Gahan, Gore e Fletcher continuam em forma. [Comente esta Nota]
>>> Não espere pelo epitáfio: Provocações Filosóficas - Mario Sergio Cortella - Vozes Nobilis/ Vozes
 



Além do Mais >>> Niilismo, cinismo e amor
O que significa ouvir o Depeche Mode hoje em dia? Sofrer de nostalgia, tentar alcançar a onda eletrônica, ou comprar um disco por engano? Provavelmente tudo junto, ao mesmo tempo. Afinal, as modulações de voz de Dave Gahan continuam lá (para quem tiver saudades de seus graves e agudos), o trio assimilou os loops e o minimalismo da geração atual (engrossando o coro dos niilistas), e Exciter é um álbum que fisga eficientemente os incautos (desde a capa, a contracapa, até a produção apurada). Em todo caso, é curioso lembrar que, no Brasil, as lamúrias dessa turma (que efetivamente flertou com o suicídio) sempre foram interpretadas e dançadas como um ato de liberação e alegria (vide os hits I just can't get enough, Strangelove, Enjoy the Silence, It's no good). Para que se tenha uma idéia, as canções que têm mais chance de emplacar nas pistas paulistas contêm versos como "We are the dead of night" (The Dead of Night) e "It's the dark night of my soul" (I Fell Loved), mas não surpreende que sejam entoadas como as mais vivazes declarações de amor. Independentemente disso, aqueles que se identificam com o som do Depeche Mode têm um motivo adicional para comprar Exciter: Airto Moreira, um percussionista brasileiro, toca em duas faixas, uma delas muito delicada e positiva, Freelove. Aliás, se existe real novidade nesse lançamento, é porque decorre essencialmente das baladas: Shine, When the body speaks e Goodnight Lovers apontam para uma espécie de lirismo esperançoso, de quem dá conselhos. Superada a depressão mais aguda, é realmente auspiciosa a notícia de que Gahan, Gore e Fletcher continuam em forma. [1 Comentário(s)]
>>> Filosofia da Religião - Luiz Felipe Pondé - Casa do Saber Higienópolis
 
>>> EVENTOS QUE O DIGESTIVO RECOMENDA



>>> Palestra e Lançamento de Livro
* Rumo às Estrelas: Uma Viagem no espaço e no tempo - Anatoli Berezevoi e Renato Reichmann
(Seg., 14/11, 19h30, VL)

>>> Noites de Autógrafos
* Rumo às Estrelas - Ron L. Hubbard
(Seg., 14/11, 19h30, VL)
* Um Tico-Tico no Fubá - Gisela Tomanik Berland
(Qua., 16/11, 18h30, VL)
* Contos de Maldoror (Lautréamont) - Claudio Willer (tradução e prefácio)
(Qua., 16/11, 18h30, CN)
* Viva Melhor - Mike George
(Qui., 17/11, 19h30, VL)
* Caetano Veloso - Guilherme Wisnick
(Sáb., 19/11, 11h30, CN)

>>> Shows
* 12 – Jazzy Stuff - Olívia
(Sáb., 19/11, 19hs., VL)

* Livraria Cultura Shopping Villa-Lobos (VL): Av. Nações Unidas, nº 4777
** Livraria Cultura Conjunto Nacional (CN): Av. Paulista, nº 2073
*** a Livraria Cultura é parceira do Digestivo Cultural

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
12/11/2005
10h09min
Li o texto acima e compreendi que Pondé na realidade apresentou um contraponto: ele não foi falar da religião em si, mas tudo o que é negação da religião. Saindo-se de maneira admirável sobre o assunto niilístico.
[Leia outros Comentários de Iolanda Rebouças]
12/11/2005
18h56min
Caro Julio. A relação crítico e criticado e' quente, nada esta acima do bem e do mal, nem mesmo "Os Setes Afluentes do Rio Ota", mas temos que lembrar que ha' uma linhagem de críticos muito chatos. Até mais. Patricia R.Lara
[Leia outros Comentários de Patricia]

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




UMA DOBRA NO TEMPO
MADELEINE L'ENGLE
MUNDO CRISTÃO
(2000)
R$ 29,68
+ frete grátis



CRÍTICA DA RAZÃO POPULAR
JOSÉ NEDEL
SANTUÁRIO
(1990)
R$ 10,00



UMA LONGA JORNADA
NICHOLAS SPARKS
ARQUEIRO
(2014)
R$ 8,90



TRILOGIA ERIC BERNE-VOCÊ ESTÁ OK?, OS JOGOS DA VIDA,ANÁLISE TRANSACIONAL EM PSICOTERAPIA
ERIC BERNE
ARTE NOVA ( SUMMUS)
(1977)
R$ 140,40
+ frete grátis



SÃO JORGE DOS ILHÉUS
JORGE AMADO
MARTINS
(1972)
R$ 10,00



A HISTÓRIA SECRETA DAS MENINAS TEMPESTIVAS
INÊS STANISIERE
PLANETA JOVEM
(2008)
R$ 26,00



OS SEGREDOS DO PAI-NOSSO - A SOLIDÃO DE DEUS
AUGUSTO CURY
SEXTANTE
(2011)
R$ 12,40



REDESCOBRINDO O BRASIL 500 ANOS DEPOIS
INÁ ELIAS DE CASTRO & MARIANA MIRANDA & CLÁUDIO A.G. EGLER (ORGANIZADORES)
BERTRAND BRASIL
(1999)
R$ 15,00



O LIVRO VERDE DO PÔQUER - TEXAS HOLD'EM
PHIL GORDON
MARCO ZERO
(2010)
R$ 35,00



O HOMEM VOA - A VIDA DE SANTOS DUMONT O CONQUISTADOR DO AR
NANCY WINTERS
DBA
(2000)
R$ 13,00





busca | avançada
38231 visitas/dia
947 mil/mês