Digestivo nº 59 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
14917 visitas/dia
954 mil/mês
Mais Recentes
>>> João da Cruz encerra temporada na Casa das Rosas
>>> 36Linhas lança Graphic Films Collection
>>> Em novo dia e horário, Trilha de Letras presta tributo a Darcy Ribeiro
>>> Teatro do Incêndio é indicado ao Prêmio Governador do Estado
>>> Nathalia Timberg é homenageada no Recordar é TV desta terça (20)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Digestivo e o texto do Francisco Escorsim
>>> Piada pronta
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba
>>> Claudio Willer e a poesia em transe
>>> Paul Ricoeur e a leitura
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto
>>> Dilúvio, de Gerald Thomas
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 11. A Quatro Braçadas
>>> Crônica de Aniversário
>>> Os Doze Trabalhos de Mónika. 10. O Gerador de Luz
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lauro Machado Coelho
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
Últimos Posts
>>> Tatuagens eólicas
>>> Terra úmida
>>> Cidadão de 2ª Classe - Você se Reconhece Como Um?
>>> Espectros
>>> Bojador
>>> Inversões
>>> Estado alterado
>>> Templo
>>> Divagações
>>> Convicto
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Burguesinha, burguesinha, burguesinha, burguesinha
>>> Nuvem Negra*
>>> Contos fantásticos no labirinto de Borges
>>> Ilustres convidados
>>> Por que comemorar o dia das mães?
>>> Poeira, pra que te quero?
>>> Notas de um ignorante
>>> Teoria do Buraco de Rua
>>> Soluções geniais para a escola e a educação
>>> Orkut, ame-o ou deixe-o
Mais Recentes
>>> A Doutrina de Buda
>>> Dívida de Sangue
>>> Com Maria, a Mãe de Jesus
>>> Leitura Dinâmica e Memorização
>>> Introdução à Morfologia
>>> Paulo Francis Nu e Cru
>>> Morte na Alta Sociedade
>>> Cupom Zero
>>> A Arte Cavalheiresca do Arqueiro Zen
>>> Caçada Mortal
>>> O Santo e a Porca e O casamento Suspeitoso
>>> Sociologia do Direito (O Fenômeno Jurídico como Fato Social)
>>> Azeite e azeitonas
>>> O Prazer Dos Aperitivos
>>> Cozinha Das Caraibas
>>> Cozinha Mexicana Sabores sedutores de uma cozinha , picante e temperada
>>> Ovos Sem Casca
>>> Tentação Da Culinária Frutas
>>> O Melhor Da Cozinha Portuguesa
>>> Cozinha Das Caraíbas
>>> Cozinha Mexicana
>>> Deliciosas Receitas De Peixe
>>> Arroz e arrozes
>>> A Mesa Com Burle Marx
>>> Flores De Jardim
>>> Ikebana
>>> Para Sempre Sua (3º Livro da Trilogia Crossfire)
>>> Profundamente Sua (2º Livro Trilogia Crossfire)
>>> Toda Sua (1º Livro da Trilogia Crossfire)
>>> Truques de Mágica
>>> Mondrian
>>> Realismo
>>> Salmo 119- O Alfabeto de Ouro
>>> O melhor Da Música Clássica
>>> Pollock
>>> Felino Selvagem Psicopata e Homicida
>>> O mundo é Mágico
>>> La Démocratie et Les Partis Politiques
>>> Sopas Receitas Caseiras
>>> Soja Receitas De Chef
>>> Tofu Receitas Chef
>>> The New Portuguese Table
>>> Receitas Do Castelo
>>> Um Rei A Mesa
>>> A Cozinha Antilhana
>>> A Cozinha Marroquina
>>> Cozinha Indonésia
>>> Pratos Basicos De Arroz
>>> Literatura, Cinema e Televisão
>>> The Bedford Reader
DIGESTIVOS

Quarta-feira, 5/12/2001
Digestivo nº 59
Julio Daio Borges

+ de 1900 Acessos
+ 5 Comentário(s)




Imprensa >>> À Sua imagem e semelhança
Miguel Sanches Neto, crítico e ensaísta episódico de Bravo, lança Chove sobre minha infância, romance autobiográfico. Depois de demolir artistas grandes e pequenos, dentro do exercício de seu ofício, Miguel sofre todo o tipo de retaliação nesse livro de estréia. Sua história, porém, é honesta e a leitura dela, absorvente. Trata do clássico conflito entre pai e filho. No caso, padrasto e filho. Um, respectivamente, bronco, trabalhador e intolerante, e o outro, letrado, revoltado e teimoso. Embora, em entrevistas, se esconda atrás de truques literários como mudança de foco narrativo, mudança de gênero ou de registro, Miguel se expõe corajosamente no livro, como só fazem aqueles que se submetem ao olhar escrutador do analista. Não temos, contudo, a obra-prima alardeada pela editora Luciana Villas-Boas. [Comente esta Nota]
>>> Batalha de Mídia
 



Música >>> I read the news today oh boy
Miguel Sanches Neto, crítico e ensaísta episódico de Bravo, lança Chove sobre minha infância, romance autobiográfico. Depois de demolir artistas grandes e pequenos, dentro do exercício de seu ofício, Miguel sofre todo o tipo de retaliação nesse livro de estréia. Sua história, porém, é honesta e a leitura dela, absorvente. Trata do clássico conflito entre pai e filho. No caso, padrasto e filho. Um, respectivamente, bronco, trabalhador e intolerante, e o outro, letrado, revoltado e teimoso. Embora, em entrevistas, se esconda atrás de truques literários como mudança de foco narrativo, mudança de gênero ou de registro, Miguel se expõe corajosamente no livro, como só fazem aqueles que se submetem ao olhar escrutador do analista. Não temos, contudo, a obra-prima alardeada pela editora Luciana Villas-Boas. [Comente esta Nota]
>>> All Things Must Pass
 



Literatura >>> Me leiam, não me deixem morrer
Miguel Sanches Neto, crítico e ensaísta episódico de Bravo, lança Chove sobre minha infância, romance autobiográfico. Depois de demolir artistas grandes e pequenos, dentro do exercício de seu ofício, Miguel sofre todo o tipo de retaliação nesse livro de estréia. Sua história, porém, é honesta e a leitura dela, absorvente. Trata do clássico conflito entre pai e filho. No caso, padrasto e filho. Um, respectivamente, bronco, trabalhador e intolerante, e o outro, letrado, revoltado e teimoso. Embora, em entrevistas, se esconda atrás de truques literários como mudança de foco narrativo, mudança de gênero ou de registro, Miguel se expõe corajosamente no livro, como só fazem aqueles que se submetem ao olhar escrutador do analista. Não temos, contudo, a obra-prima alardeada pela editora Luciana Villas-Boas. [Comente esta Nota]
>>> "Ciranda de Pedra" - Lygia Fagundes Telles - 190 págs. - Rocco
 



Gastronomia >>> O Conselheiro também come (e bebe)
Miguel Sanches Neto, crítico e ensaísta episódico de Bravo, lança Chove sobre minha infância, romance autobiográfico. Depois de demolir artistas grandes e pequenos, dentro do exercício de seu ofício, Miguel sofre todo o tipo de retaliação nesse livro de estréia. Sua história, porém, é honesta e a leitura dela, absorvente. Trata do clássico conflito entre pai e filho. No caso, padrasto e filho. Um, respectivamente, bronco, trabalhador e intolerante, e o outro, letrado, revoltado e teimoso. Embora, em entrevistas, se esconda atrás de truques literários como mudança de foco narrativo, mudança de gênero ou de registro, Miguel se expõe corajosamente no livro, como só fazem aqueles que se submetem ao olhar escrutador do analista. Não temos, contudo, a obra-prima alardeada pela editora Luciana Villas-Boas. [Comente esta Nota]
>>> O Compadre - Av. Otto Baumgart, 500 - Tel.: 3726-2694
 



Cinema >>> O herói da minha própria profecia
Miguel Sanches Neto, crítico e ensaísta episódico de Bravo, lança Chove sobre minha infância, romance autobiográfico. Depois de demolir artistas grandes e pequenos, dentro do exercício de seu ofício, Miguel sofre todo o tipo de retaliação nesse livro de estréia. Sua história, porém, é honesta e a leitura dela, absorvente. Trata do clássico conflito entre pai e filho. No caso, padrasto e filho. Um, respectivamente, bronco, trabalhador e intolerante, e o outro, letrado, revoltado e teimoso. Embora, em entrevistas, se esconda atrás de truques literários como mudança de foco narrativo, mudança de gênero ou de registro, Miguel se expõe corajosamente no livro, como só fazem aqueles que se submetem ao olhar escrutador do analista. Não temos, contudo, a obra-prima alardeada pela editora Luciana Villas-Boas. [Comente esta Nota]
>>> Lavoura Arcaica
 
>>> DIGA O SEU NOME E A CIDADE DE ONDE ESTÁ FALANDO
Roberto Araújo, de São Paulo: “Toda boa carreira é sempre feita sobre dois pilares: a fundamental formação técnica e saber o que pensam os que estão no comando do processo. Aqui você têm as duas coisas. Naturalmente que para 'fazer efeito' não basta folhear a revista. É preciso usar todos os serviços propostos e ler as reportagens. Assim, em muito pouco tempo você também vai estar 'rugindo'.”
 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
3/12/2001
05h14min
Obrigada pelo texto sobre Ligia Fagundes Telles e um pequeno resumo sobre Ciranda de Pedra. Realmente as pessoas esquecem-se do prazer de ler um bom livro, literatura e principalmente a paixao em todo o seu sentido, presente na literatura brasileira. Ligia tem um publico especial, aquele publico que tem memoria, gente de valor e por essa razao nunca sera esquecida.
[Leia outros Comentários de Marli]
3/12/2001
09h56min
Vou tentar de novo. Ler sempre, todos os que escrevem alguma coisa, nem que seja para saber que "aquele" não é para ler nunca mais. Ler Lígia sempre, para se ter a referência de uma obra rara, o deleite da leitura enriquecedora. Lavoura Arcaica, não assisti, uma pena. Selton Mello, grande ator. Pena que não queira, ou não possa (Global Power?) dar suas opiniões sinceras quando entrevistado. Fica enrolando, sai para um lado e outro...mistério! Mesmo assim, grande ator! Afinal, para ser ator não é necessário dar opinião sobre coisa alguma, não é? Auto da Compadecida, o maior barato! No livro, na telinha ou na telona, vale a pena. Eu Tu Eles, não sei, não cheguei a uma conclusão. Vi e não sei se gostei, por incrível que pareça. Tem alguma coisa que não convence, sei lá. Pode ser coisa minha, pode ser coisa nenhuma. Sonia Pereira.
[Leia outros Comentários de Sonia Pereira]
3/12/2001
14h25min
Julio, Além do prazer da própria leitura, seus contos são os melhores que já li, descobri com Lygia Fagundes Telles algumas respostas e "ganhei" muitas perguntas. "A Disciplina do Amor" é meu eterno livro de cabeceira. Vivo retornando a ele, como se não pudesse terminá-lo nunca. Lygia não precisa se preocupar, viverá para sempre... Beijos, Ana.
[Leia outros Comentários de Ana Veras]
5/12/2001
18h53min
Caro Julio, você e seus colunistas estão de parabéns pelo "Digestivo". Com um abraço, Ruy Goiaba São Paulo/SP, 5.dez.01
[Leia outros Comentários de Ruy Goiaba]
6/12/2001
14h43min
Goerge, my sweet lord. O que mais dizer? Nada, só ouvir. Como ler Lygia, eternamente. Que tal começar a clonagem por ele? Aliás, não sei porque os religiosos são contra! Afinal, não somos nós mesmos feitos à imagem e semelhança sei lá de quem? Isso não é clonar? Desculpem a brincadeira, sei que tem gente que pensa de outra forma, que segue uma religião. Mas, se está ao alcance do conhecimento humano, qual é o drama? O que pega é o uso que fazemos do conhecimento de que dispomos, e não o conhecimento em si. Mas, dá prá gente brincar com a imaginação: já pensou se uma dia você acordar e não saber quem é exatamente quem, nem se você é você ou é seu outro eu? Já não vai dar prá usar aquela: "Você sabe com quem está falando?" Não, não vai dar prá saber, mesmo! Já que é inevitável, que, ao menos, seja cômico (apesar de saber que poderá ser terrível). Sonia.
[Leia outros Comentários de Sonia Pereira]

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




RETRATO EM BRANCO E NEGRO
LILIA MORITZ SCHWARCZ
COMPANHIA DAS LETRAS
(2010)
R$ 47,50



APRENDA A RELAXAR
MIKE GEORGE
PUBLIFOLHA
(2007)
R$ 6,99



GÊNIO OBSESSIVO - O MUNDO INTERIOR DE MARIE CURIE
BARBARA GOLDSMITH
COMPANHIA DAS LETRAS
(2011)
R$ 22,55



INVISTA COMO WARREN BUFFETT
LARRY E . SWEDROE
FIGURATI
(2016)
R$ 26,00



A SABEDORIA DOS LAMAS
LOBSANG RAMPA
RECORD
(1965)
R$ 9,00



HISTÓRIA DAS RELIGIÕES: DESAFIOS, PROBLEMAS E AVANÇOS TEÓRICOS, METODOLÓGICOS E HISTORIOGRÁFICOS
IVAN AP. MANOEL E NAINORA M. B. DE FREITAS (ORG.)
PAULINAS
(2006)
R$ 32,00



HOFFMAN
AUGUST SARNITZ
TASCHEM
(2018)
R$ 40,00



O CONHECIMENTO DA VIDA
GEORGES CANGUILHEM
FORENSE UNIVERSIDADE
(2018)
R$ 60,00



O IMPÉRIO DO SOL
J.G. BALLARD
RECORD
(2007)
R$ 10,00



LIVRO DE HORAS DE SOROR DOLOROSA
GUILHERME DE ALMEIDA
NACIONAL
(1928)
R$ 20,00





busca | avançada
14917 visitas/dia
954 mil/mês