Livros do amanhã | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
29267 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial O que ler

Quinta-feira, 21/6/2007
Livros do amanhã
Gian Danton

+ de 4800 Acessos
+ 4 Comentário(s)

Quando eu tinha uns 12 anos ainda se usava encerar a casa e depois espalhar um monte de jornais pelo chão. Eu nunca entendi direito porque era necessário fazer isso, mas o fato é que se fazia... e eu era encarregado de encerar, lustrar e espalhar os jornais. Numa dessas ocasiões vi algo que me interessou num dos jornais espalhados pelo chão e já meio sujos de cera vermelha. Era uma artigo sobre histórias em quadrinhos, mais especificamente sobre O Fantasma. Fiquei lá acocorado, lendo e relendo a matéria. Não tinha a noção de que os gibis, tão desprezados, pudessem ser assunto de um artigo em jornal, quanto mais de um livro. Para mim foi algo revelador. Tempos depois eu assumi aquela mesma coluna no jornal.

A descoberta de que se podia escrever de forma séria sobre HQ foi fundamental para que eu procurasse livros sobre o assunto. A relação abaixo é um relato de uma busca que se iniciou naquele dia, acocorado sobre o chão encerado de vermelho e apresenta não todos os livros sobre o assunto, ou os mais importantes, mas os que mais me marcaram.

A primeira obra que li sobre o assunto foi O que é história em quadrinhos, de Sônia Luyten, da coleção Primeiros Passos (Brasiliense), emprestado da Biblioteca Pública. Para um livro sobre quadrinhos, era muito mal ilustrado, mas mesmo assim foi através dele que conheci alguns clássicos das HQs, como Little Nemo, Tarzan e Pogo. Além disso, o texto fluido da Sônia ajudava muito. É o primeiro livro que indico para quem quer está começando a pesquisar sobre o tema.

Já na faculdade, descobri, também na Biblioteca, Shazan!, uma coletânea organizada por Álvaro de Moya. Esse livro reúne artigos na maior parte do grupo que organizou a Primeira Exposição Internacional de Histórias em Quadrinhos (em 1951), além de Jô Soares e Naumim Aizen, filho de Adolfo Aizen, dono da editora Ebal, a maior da época.

É um volume pesado, de mais 300 páginas, mas com linguagem gostosa e repleto de ilustrações. Os temas abordados vão da pedagogia à política. Destaque para o artigo "Era uma vez um menino amarelo", de Álvaro de Moya, que serve de introdução ao volume, e "Os dilemas do Fantasma e do Capitão América", de Jô Soares, em que ele analisa a situação do Fantasma numa época em que a África lutava contra o colonialismo e do Capitão América numa época em que os EUA perdiam a guerra do Vietnã. Um texto curto e divertido, mas que faz profunda análise sociológica dos super-heróis.

Enfim, Shazan! É livro para ler diversas vezes, cada vez com um enfoque diferente.

Um dia, quando visita Belém, um amigo me emprestou As incríveis aventuras de Kavalier e Clay, de Michael Chabon. Chabon pesquisou a história da origem dos quadrinhos para fazer não um livro documental, mas um romance, e acabou construindo um amplo relato dos heróis que levantaram a indústria dos comics, muitas vezes sem ter qualquer retorno, mesmo financeiro, por isso.

Kavalier e Clay são dois jovens judeus fanáticos por ficção científica que se juntam para criar um personagem para aproveitar a onda de sucesso do Super-homem. Criam então o Escapista, um herói capaz de escapar de qualquer situação, da mesma forma que Kavalier havia escapado da Europa sob dominação nazista.

O que é fascinante em Chabon é como ele monta sua trama, mostrando como os acontecimentos particulares e sociais interferem na produção e, portanto, fazem com que o Escapista seja uma obra autoral, mesmo estando dentro de uma indústria. É natural, por exemplo, que os vilões das primeiras histórias sejam nazistas. Quando Kavalier conhece uma garota e se apaixona, o romance é introduzido na história. Quando os dois primos vão assistir ao filme Cidadão Kane, a HQ ganha ares de experimentação e proximidade da linguagem do cinema.

Kavalier e Clay são a personificação de figuras reais, que fizeram a história em quadrinhos: Jack Kirby, o criador do capitão América, Jerry Siegel e Joe Shuster, criadores do Superman, e Will Eisner, criador do Spirit. Chabon uniu suas histórias em uma só trama.

Além disso, o romance tem uma estrutura espiralada que obriga o leitor a ficar atento. A história começa lá no futuro e volta para o passado remoto, depois vai retornando ao futuro, para depois retroceder de novo.

Ao contrário do que muitos esperariam de um romance baseado em quadrinhos, As incríveis aventuras de Kavalier e Clay é um livro denso e profundo, que prima pela contextualização histórica e análise psicológica de seus personagens, mostrando toda a complexidade por trás dos comics de super-heróis. Sua qualidade é atestada pelo prêmio Pulitzer de 2001 na categoria de melhor romance.

Para entender melhor o livro de Chabon, vale ter na estante Homens do Amanhã, de Gerard Jones. Jones é roteirista de quadrinhos, tendo escrito, entre outros personagens, a Liga da Justiça, mas nos últimos anos tem se dedicado a pesquisar a origem dos quadrinhos de super-heróis.

Homens do Amanhã é focado em Jerry Siegel e Joe Shuster, os criadores do Super-homem, mas dá uma ampla panorâmica do surgimento desse tipo de diversão e de seus criadores. Jones mistura história, biografia de autores e análise de histórias. Ou seja, é um livro completo para quem quer entender esses heróis que usam a cueca sobre a roupa (inclusive isso é explicado no livro: os super eram baseados nos homens musculosos que se apresentavam em circos e que usavam short e malha).

O subtítulo da obra deixa claro o objeto de estudo: "geeks, gângsteres e o nascimento dos gibis". Os primeiros autores de super-heróis eram rapazes despreparados para o mundo, fãs de ficção-científica, facilmente manipulados e explorados pelas empresas para as quais trabalhavam. Eram também judeus, já que os norte-americanos achavam indigno se envolver com esse tipo de lixo cultural. Aparentemente, boa parte do preconceito contra os gibis está relacionado ao preconceito racial: algo feito por judeus não deve ser boa coisa.

No entanto, Jones mostra que os autores colocavam suas angústias e sonhos nos quadrinhos, fazendo muitas vezes uma obra autoral.

O que Homens do Amanhã é para os quadrinhos norte-americanos, A guerra dos gibis, de Gonçalo Júnior, é para os quadrinhos nacionais.

Gonçalo acompanhou a trajetória de Adolfo Aizen, dono da editora Ebal, do início modesto como jornalista até a criação da maior editora da América Latina, culiminando na melancólica decadência da Ebal. Como a Ebal focava quase toda a sua produção na área de quadrinhos, A guerra dos gibis acaba traçando um vasto panorama da nona arte no nosso país.

O livro se destaca especialmente por mostrar que a perseguição aos quadrinhos adquiriu no Brasil traços políticos por conta das brigas entre Roberto Marinho com seus inimigos. Como Marinho fez sua fortuna publicando gibis, a maneira mais fácil de atacá-lo era batendo nos quadrinhos.

A narrativa de Gonçalo Júnior é gostosa e o livro se lê de uma topada. O autor revela uma afeição por Adolfo Aizen que acaba sendo compartilhada pelo leitor.

O senão é que o livro é centrado demais nos editores. Uma outra obra, nos mesmos moldes, focado nos quadrinistas completaria a lacuna e seria o outro grande livro sobre os quadrinhos nacionais. Mas esse ainda está por ser escrito.

Nota do Editor
Gian Danton é autor do blog Idéias de Jeca-tatu.


Gian Danton
Macapá, 21/6/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Desbloqueie seu cartão, aumente seu pênis de Luís Fernando Amâncio
02. Da Renovação Papal de Ricardo de Mattos
03. A simplicidade do humano em Pantanal de Taís Kerche
04. Cuidado: Texto de Humor de Lisandro Gaertner
05. A Morte da Ficção? de Daniel Aurelio


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2007
01. Os meninos da rua Paulo - 13/8/2007
02. Orwell na pior em Paris e Londres - 8/3/2007
03. Wikipedia e a informação livre - 2/5/2007
04. Logan's run - 21/5/2007
05. Lugar Nenhum - 31/12/2007


Mais Especial O que ler
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
21/6/2007
16h01min
Quando eu tinha uns 12 anos ainda se usava encerar a casa e depois espalhar um monte de jornais pelo chão... hahahá, sou daquele tempo!!! Que delícia! Obrigada pelas tuas preciosas informações. Desenhos são "fascinantes" em quaisquer obras!!! Aprendi muito deste maravilhoso "dom" dos talentosos desenhistas, ilustradores, chargistas... Graças também a eles vejo o mundo com outros olhos! Grande abraço Gian e continue envolvido com esta ilustrada paixão!!!
[Leia outros Comentários de Maira Knop]
21/6/2007
16h51min
Adorei seu texto, Gian! Também gostaria de ver uma obra focada nos quadrinistas.
[Leia outros Comentários de Adriana Carvalho]
21/6/2007
22h29min
Otimo texto, Gian! Importantissimo que existam caras como vc e o Paulo Ramos (Blog dos quadrinhos - UOL) para exaltar esta arte tão pouco valorizada no Brasil. E não digo isso apenas como chargista, mas tb como leitor de quadrinhos. Ah, eu tb peguei esse tempo de cera vermelha no chão... rs. Abraços
[Leia outros Comentários de Diogo Salles]
22/6/2007
10h31min
Oi, Gian, tudo bem? infelizmente, na minha formação, não contei muito com a leitura de quadrinhos, um prazer que apenas agora estou descobrindo. Nunca é tarde, enfim.
[Leia outros Comentários de Daniel Lopes]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CANDIDE ET AUTRES CONTES
FRANÇOIS MARIE AROUET VOLTAIRE
POCKET FRANCE
(2010)
R$ 15,00



TEUMBILHAO OU A SOCIEDADE PERFEITA S.A.
LEANDRO TELLES FRANZ
INSULAR
(2008)
R$ 7,00



POÉTICA DAS ARTES
ANTOLOGIA DAS SEMANAS LÍTERO-CULTURAIS DE EMBU
ARTE PAU BRASIL
(2010)
R$ 15,00



TURMA DA MÔNICA JOVEM - NOVOS DESAFIOS - 3
MAURÍCIO DE SOUSA
PANINI
(2011)
R$ 10,00



LIBERDADE DE AMAR E DIREITO A MORRER ( II): EUTANÁSIA E ENDOCRINOLOGIA
L. JIMÉNEZ DE ASÚA
DEL REY BELO HORIZONTE
(2003)
R$ 47,90



LENDAS DO CÉU E DA TERRA
MALBA TAHAN
BORSOI
R$ 24,22
+ frete grátis



ASPEKTE LEHRBUCH 3 - MITTELSTUFE DEUTSCH MIT DVD - NIVEAU C1
UTE KOITHAN; HELEN SCHMITZ; TANJA SIEBER
KLETT SPRACHEN
(2013)
R$ 130,00



A ESPANHA MUÇULMANA
MUSTAFA YAZBEK
ATICA
(1987)
R$ 4,50



JAMES DEAN
RONALD MARTINETTI
NOVA FRONTEIRA
(1996)
R$ 10,00



LEGAL GUIDE FOR FOREIGN INVESTORS IN BRAZIL
MINISTRY OF EXTERNAL RELATIONS
MINISTRY OF EXTERNAL RELATIONS
(2012)
R$ 50,00





busca | avançada
29267 visitas/dia
1,1 milhão/mês