Wikipedia e a informação livre | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
51690 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Prefeitura de SP institui gratificação de até R$ 1.500 reais para diminuir rotatividade de docentes
>>> Queen Immortal faz show em homenagem ao aniversário de Freddie Mercury
>>> Projeto cultural gratuito traz cinema e teatro para cidades goianas
>>> Festival da Linguiça de Bragança retorna com expectativa de 70 mil visitantes
>>> O Buraco d’Oráculo leva dois espetáculos de seu repertório a praça em São Miguel Paulista
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
>>> Leite, Coalhada e Queijo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Graciliano Ramos, o gigante
>>> Entrevista com Gerald Thomas
>>> O fim do (meu) automóvel
>>> Sobre o som e a fúria
>>> 27 de Fevereiro #digestivo10anos
>>> Minhas caixas de bombons
>>> Direto do show do Chickenfoot
>>> Suicídio da grande imprensa
>>> Como ser uma webcelebridade
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
Mais Recentes
>>> O Defunto Adão e Eva no Paraiso e Outros de Eça de Queiros pela Edição de Ouro
>>> Encontro À Meia-noite de Liliana Iacocca pela Ftd (1988)
>>> Ó (de) Itabira de Marcus Accioly pela José Olympio (1980)
>>> O Moleque Ricardo de Jose Lins do Rego pela Jose Olympio (1981)
>>> Os Colegas de Lygia Bojunga pela Jose Olympio (1995)
>>> O Velho Feiticeiro de Assis Brasil pela Melhoramentos
>>> A Filosofia Contemporanea de Wolfgand Stegmuller pela Edusp
>>> O Negócio do Século XXI - o Guia do Pai Rico de Robert Kiyosaki pela Campus (2011)
>>> Alimentos Saudáveis, Alimentos Perigosos - Guia Prático de Readers Digest pela Do Autor
>>> Antes Que o Sol Apareça de Lucília Junqueira de Almeida Prado pela Brasiliense (1984)
>>> O Velho da Horta Auto da Barca do Inferno Farsa de Inês Pereira de Gil Vicente, Segismundo Spina pela Brasiliense (1996)
>>> A Herança de Beni - uma Aventura Histórica e Virtual de Enio Rechtman / Silvio Fisberg pela Hebraica
>>> Feliz Ano Velho de Marcelo Rubens Paiva pela Brasiliense (1995)
>>> O Muiraquitã - Coleção Jovens do Mundo Todo de Odette de Barros Mott pela Brasiliense
>>> Contos de Andersen de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1958)
>>> Aprender Economia de Paul Singer pela Brasiliense (1994)
>>> Jesus de Paulo Leminski pela Brasiliense (1984)
>>> O Romance de Tristão e Isolda de Joseph Bédier pela Wmf Martins Fontes (2012)
>>> Fogo Morto de José Lins do Rego pela José Olimpio (1991)
>>> Qué Camino Tomar? de Edwin Becerra pela Santillana (2005)
>>> O Poder do Super Bicho de Edy Lima pela Melhoramentos (1979)
>>> Regras Oficiais de Beisebol de Não Consta pela Brasil (2008)
>>> Enigma na Televisão - Série Vaga-lume de Marcos Rey pela Atica (1991)
>>> Ímpar de Marcelo Carneiro da Cunha pela Projeto (2002)
>>> O Caso dos Modelos de Pernas Longas de Etle Stanley Garcher pela Circulo do Livro
COLUNAS >>> Especial Wikipedia

Quarta-feira, 2/5/2007
Wikipedia e a informação livre
Gian Danton

+ de 7000 Acessos

No livro Cibernética e sociedade, Norbert Wiener, reclamava contra a transformação da informação em uma mercadoria: "A informação deve poder circular. A sociedade da informação só pode existir sob a condição de troca sem barreiras. Ela é, por definição, incompatível com o embargo e a prática do segredo, com as desigualdades de acesso à informação e sua transformação em mercadoria. O avanço da entropia, representado pela não informação, é diretamente proporcional ao recuo do progresso".

Para seu desgosto, o modelo que acabou se impondo foi mesmo o de informação como mercadoria, uma mercadoria cara, que torna algumas pessoas ricas e relega milhões à exclusão. Mesmo a criação a Internet, em boa parte, segue essa lógica. Vejam o caso do UOL, cuja maior parte do conteúdo é de acesso livre apenas para assinantes.

As enciclopédias surgiram com proposta semelhante à da cibernética: democratizar a informação. Os filósofos iluministas acreditavam que o acesso ao conhecimento facilitaria à sociedade divorciar-se das trevas da Idade Média. A irracionalidade e a superstição sucumbiriam diante das luzes enciclopédicas.

Ocorre que a enciclopédia foi transformada em mercadoria e, se por um lado, sua existência iluminou as classes abastadas, por outro lado, deixou nas trevas toda uma camada de excluídos.

Além disso, a cristalização do conhecimento parecia não ser um grande problema na época do iluminismo, mas logo se revelou fatal. "A idéia de que a informação possa ser armazenada, num mundo em constante mudança, sem com isso sofrer enorme depreciação, é uma idéia falsa", afirmava Wiener.

Algumas enciclopédias tentaram solucionar o problema enviando aos seus assinantes, todos os anos, um livro de atualização, uma solução canhestra, pois não eliminava as informações defasadas existentes em outros livros. Como exemplo, uma enciclopédia lançada pouco antes da queda do muro de Berlin viu-se com dezenas, talvez centenas de verbetes desatualizados com a desestruturação do bloco socialista. Com a popularização dos computadores, as enciclopédias tentaram desesperadamente resolver a situação emitindo, de tempos em tempos, CD-ROM com atualizações, o que, de qualquer forma não eliminava o problema de que boa parte das informações constantes nos livros estavam desatualizadas.

Outra dificuldade das enciclopédias convencionais é que elas lidavam apenas com aquilo que os cibernéticos chamam de informação classificadora. Nesse contexto, as informações são classificadas em categorias mutuamente excludentes. Uma baleia é, ou um peixe, ou um mamífero. Não se pode incluir uma coisa em duas categorias. A informação relevante e a relacional eram totalmente ignoradas.

A informação relevante trata daquilo que é relevante para cada pessoa. Se quero aprender a engraxar sapatos, o melhor tipo de graxa é uma informação relevante para mim. Se meu vizinho quer saber como se alimenta um passarinho, essa é a informação relevante para ele.

Nas enciclopédias, só era considerada relevante a informação oficial. Você poderia encontrar facilmente a relação dos presidentes brasileiros, mas provavelmente não acharia o nome do ator que interpretou um símio no primeiro filme do Planeta dos macacos.

No universo relacional, as informações têm relevância pela sua relação com outras informações. Usando essa lógica, eu posso começar pesquisando sobre Jorge Luis Borges, encontrar informações de que o autor era fascinado por tigres e ir pesquisar tigres. Ao acessar essa informação, posso descobrir que os tigres vivem em sua maioria na Ásia, em países como a Índia. Assim, uma pesquisa que começou com Borges pode terminar com religiões indianas. Na enciclopédia convencional, fazer esse tipo de link exigiria a abertura desordenada de vários volumes e um trabalho colossal.

O surgimento da Wikipedia mudou tudo. Pela primeira vez havia surgido uma enciclopédia a que se pode ter acesso universal, na qual a informação é totalmente livre. Uma enciclopédia na qual o universo relacional é predominante. Na Wikipedia podemos viajar entre os links relacionando informações com o simples clicar de um mouse.

A Wikipedia também rompeu com a forma vertical com que se fazia enciclopédias, permitindo a emergência da informação relevante. Como o leitor pode ser também autor, ele introduz informações que são relevantes para ele, rompendo com o discurso oficial e, ao mesmo tempo, mantendo a enciclopédia atualizada quase que diariamente.

Um exemplo interessante ocorreu com o movimento "Xô Sarney". Esse movimento começou no Amapá como reação contra a campanha de censura que o senador tem imposto ao estado. Os órgãos de imprensa são quase todos aliados do senador e os que o criticam são silenciados pela justiça.

A campanha começou quando o político processou duas blogueiras, uma por ter publicado uma caricatura sua e outra por conta de um comentário de um leitor. Como resultado, a blogosfera se solidarizou e, no auge, a campanha chegou a constar em milhares de blogs do mundo todo. A grande imprensa silenciou totalmente sobre o caso e as enciclopédias convencionais registraram apenas a reeleição do senador pelo Amapá.

Na Wikipedia, no entanto, a campanha já aparecia como verbete antes mesmo da eleição e no verbete sobre Sarney foi colocado um link para o "Xô Sarney". Quem pesquisar sobre o senador em uma enciclopédia convencional terá acesso apenas às informações oficiais sobre o mesmo, mas quem consultar a Wikipedia poderá ter acesso ao outro lado da história, à face pouco conhecida do ex-presidente.

A Wikipedia tornou as outras enciclopédias dinossauros de informação. Por mais que as enciclopédias convencionais criem versões on-line com atualização constante, elas, ainda assim, estarão transmitindo apenas informações oficiais, cuja relevância é afeita apenas a um pequeno grupo de decisores oficiais.


Gian Danton
Goiânia, 2/5/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Tropikaos de Guga Schultze
02. Os 100 maiores cientistas de Gian Danton


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2007
01. Os meninos da rua Paulo - 13/8/2007
02. Orwell na pior em Paris e Londres - 8/3/2007
03. Wikipedia e a informação livre - 2/5/2007
04. Logan's run - 21/5/2007
05. Lugar Nenhum - 31/12/2007


Mais Especial Wikipedia
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Jacqueline Kennedy: Entre a Glória e o Infortúnio
Domingo Alzugaray
Três
(1999)



Cultura Escolar Em Movimento - Diálogos Possíveis (lacrado)
Andréa Serpa
Rovelle
(2011)



O Capital para crianças
Joan R. Riera (adap.)
Boitatá
(2018)



Bianca, Clara, Karina - a História de uma Mesma Mulher
Elly Costa Capalbo / Marcelo Luís Occhiutto
Instituto de Difusão Espírita
(1998)



Química - Volume único
Usberco
Saraiva
(2010)



Para Gostar de Ler Vol. 7- Crônicas (1988)
Carlos Eduardo Novaes
Atica
(1988)



Princípios de Física - Volume 3 - Eletromagnetismo
John W. Jewett Jr., Raymond A. Serway
Cengage Learning
(2011)



O Tarot Alquímico
Molinero
Mandala



As Civilizações do Mar Vermelho
Gui Annequin
Ferni
(1978)



Receitas Dukan - Minha Dieta Em 300 Receitas
Dr. Pierre Dukan
Best Seller
(2015)





busca | avançada
51690 visitas/dia
2,0 milhão/mês