Digestivo nº 254 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
70622 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> TEATRO & PODCAST_'Acervo e Memória', do Célia Helena, relembra entrevista com Nydia Licia_
>>> Projeto Cultural Samba do Caxinha cria arrecadação virtual para gravação de seu primeiro EP
>>> Designer e arquiteto brasileiro, Giovanni Vannucchi participa da VIIBienal Ibero-americana de Design
>>> Risorama anuncia retorno aos palcos com grandes nomes do humor nacional em São Paulo
>>> Inspirado nas Living Dolls, espetáculo de Dan Nakagawa tem Helena Ignez como atriz convidada
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Pouca gente sabe
>>> O chilique do cabeleireiro diante da modelo
>>> Paradiso por Metheny
>>> A nova propaganda anda ruim
>>> A Erva do Diabo, de Carlos Castaneda
>>> Manual para o leitor de transporte público
>>> Ganha-pão
>>> Comunicação: conselhos para (jovens) pesquisadores
>>> Guia Crowdfunding de Livros
Mais Recentes
>>> National Geographic Brasil Nº 224 de Diversos Autores pela National Geographic (2018)
>>> Esaú e Jacó / Memorial de Aires de Machado de Assis pela Nova Cultural (2003)
>>> National Geographic Brasil Nº 225 de Diversos Autores pela National Geographic (2018)
>>> Montaigne - Os Pensadores de Michel de Montaigne pela Nova Cultural (2004)
>>> National Geographic Brasil Nº 218 de Diversos Autores pela National Geographic (2018)
>>> Sociologia do sobrenatural de Luigi Sturzo pela Aster, Casa do castelo (1960)
>>> Do direito natural á sociologia de Jacques Leclercq pela Duas cidades
>>> Ciência x Espiritualidade de Chopra e mlodinow pela Sextante (2018)
>>> Ciência x Espiritualidade de Chopra e mlodinow pela Sextante (2018)
>>> Desvendando os Segredos da Linguagem Corporal de Allan Pease & Barbara Pease pela Sextante (2004)
>>> O Gerente Minuto de Kenneth Blanchard & Spencer Johnson pela Record (1981)
>>> Contabilidade Geral: Teoria e mais de 1.000 questões de Ed Luiz Ferrari pela Impetus (2013)
>>> Aulas de Direito Constitucional para Concursos de Vicente Paulo; Marcelo Alexandrino; Frederico Dias pela Método (2012)
>>> Finanças Públicas: Teoria e Prática no Brasil de Fabio Giambiagi; Ana Cláudia Além pela Elsevier (2011)
>>> Genética: Texto e Atlas de Eberhard Passarge pela Artmed (2004)
>>> Gestão por Processos: Uma Abordagem da Moderna Administração de José Osvaldo de Sordi pela Saraiva (2008)
>>> Gestão de Contratos: Melhores Práticas Voltadas aos Contratos Empresariais de Walter Freitas pela Atlas (2009)
>>> Desafios eclesiais e missionários da cooperação de Israel Batista (org) pela Sinodal (2007)
>>> Marketing de A a Z de Philip Kotler pela Campus (2003)
>>> Contos de Fadas e Suas Versões Originais - Sem Censura de Marina Avila (org.) pela Wish (2016)
>>> Cuidando de quem cuida de Roseli M. kuhnrich de Oliveira pela Sinodal (2007)
>>> Marketing 4.0 - do tradicional ao digital de Philip Kotler pela Sextante (2017)
>>> Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley pela Globo (2001)
>>> Crer: informações sobre fé de Helmut Thilicke (cord). pela Sinodal /EST (2007)
>>> Com Açúcar, Com Afeto: Fiz Seu Poema Predileto de Danci Ramos pela Edigal (2009)
>>> Missão e evangelização na América Latina e Caribe de Nilton Giese (org) pela Sinodal (2012)
>>> Estratégia de Richard Luecke pela Record (2009)
>>> A Homeopatia e Você de Ernst Grimm pela Plus Saber (2001)
>>> Onde está Deus? de Jon Sobrino pela Sinodal (2020)
>>> Desafios da Educação Municipal de Donaldo Bello de Souza; Lia Ciomar Macedo de Faria pela DP&A (2003)
>>> Gerenciando mudança e transição de Mike Beer ( Org. ) pela Record (2003)
>>> Eu Sou Eternamente Livre: Ensinamentos dos Mestres Ascensionados de Luiz Carlos Silveira Dias Júnior pela Divina Presença (2008)
>>> O Que Acontece em Londres - Trilogia Bevelstoke Volume 2 de Julia Quinn pela Arqueiro (2020)
>>> A autoridade da bíblia de Gottfried Brakemeier pela Sinodal, CEBI (2014)
>>> Conectando: Ciência, Saúde e Espiritualidade Volume 1 de Carlos Eduardo Accioly Durgante pela Francisco Spinelli (2012)
>>> Tentação de Diethich Bonhoeffer pela Sinodal (2007)
>>> Hagakure de Yamamoto Tsunetomo pela Hunter Books (2014)
>>> Principio de igualdade de Wilson Engelmann pela Sinodal (2008)
>>> A Vida Como Ela É Para Cada Um de Nós: Em Busca do Eu-caleidoscópio de Denise Aerts; Christiane Ganzo pela Age (2008)
>>> Orientações para a vida de Hans Jochen Boecker pela Sinodal (2004)
>>> Martim Lutero de Ricardo Willy Rieth pela Sinodal (2007)
>>> Da Revolução Francesa até Nossos Dias: Um Olhar Histórico de Samara Feitosa pela Intersaberes (2016)
>>> Tomando Decisões de Richard Luecke pela Record (2009)
>>> A diplomacia na construção do brasil: 1750 - 2016 de Rubens Ricupero pela Versal Editores (2017)
>>> Separação: Angústia e Raiva - Apego e Perda Volume 2 de John Bowlby pela Martins Fontes (1998)
>>> Ferramentas para Empreendedores de Richard Luecke pela Record (2007)
>>> As Vinhas da Ira de John Steinbeck pela Bestbolso (2008)
>>> Contratando e Mantendo as Melhores Pessoas de Peter Cappelli pela Record (2003)
>>> Processo penal - 8 Coleção Sinopes de Leonardo Barreto Moreira Alves pela Juspodivm (2014)
>>> Mentes inquietas de Ana Beatriz B. Silva pela Gente (2003)
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 25/11/2005
Digestivo nº 254
Julio Daio Borges

+ de 3200 Acessos
+ 2 Comentário(s)




Literatura >>> Prova do livro
Volta à baila o País de Não-Leitores. Desde pelo menos a última Primavera dos Livros do Rio que se discute, novamente em 2005, as razões da não-leitura no Brasil. Em relatório de Fábio Sá Earp e George Kornis, a grande causa era o preço elevado do objeto livro – por meio de gráficos, estatísticas e comparações com outros países, a intenção era mostrar que, proporcionalmente à renda dos brasileiros, os preços são exorbitantes. Outra conclusão, fatalista, era a de que: do boom dos anos 90 pra cá, as tiragens vêm sucessivamente diminuindo, enquanto que os preços, mais uma vez, seguem aumentando. (Efeito Tostines: quanto menor a tiragem, mais caro o livro.) Quem explica? Todo mundo explica: editores, livreiros, leitores. Especuladores. Entre a Primavera do Rio de 2005 e a de São Paulo, que recentemente prometeu colocar o mesmo assunto em pauta, chega a revista Panorama Editorial de novembro cuja reportagem de capa traz o seguinte título: “Em busca do leitor perdido” (com direito a tipologia à la Indiana Jones e a imagem de um labirinto). Sem tantos gráficos, estatísticas, comparativos, e com mais uma porção de opiniões e pontos de vista, para o pessoal da Panorama, o vilão parece ser, pela ordem: os pais, a escola e, em terceiro lugar, uma maçaroca que mistura internet com televisão com mídia estabelecida. Gabriel Chalita, nosso Secretário da Educação, foi, por exemplo, corajoso ao reconhecer o estrago de décadas de televisão. Já Augusto Massi, da Cosac Naify, diz que faltam “bons exemplos” tanto em casa como na escola. Alguém ainda lembrou – surpreendentemente – que, com a internet, obrigatoriamente se lê (e se escreve) mais. Principalmente entre os jovens. Pois como disse outro alguém (provavelmente Jason Epstein que, em O negócio do livro, disse quase tudo), voltamos a escrever (e a ler) como em todas as outras épocas da História humana pré-telefone. Talvez não precisemos inventar o i-Pod para escritores e leitores. O hipertexto está salvando o texto; agora, os atravessadores... vão ter de procurar outra ocupação. [Comente esta Nota]
>>> Primavera dos Livros | A Economia da Cadeia Produtiva do Livro | Panorama Editorial
 



Música >>> Too cool not to be hot
E Marcos Valle gravou, de novo, o disco que Ed Motta vem tentando há anos. Na verdade – para que o sobrinho de Tim Maia não saia tão mal na comparação –, é como se Ed Motta e seu ídolo instrumental, Moacir Santos, se dessem as mãos e, justamente, no meio do caminho ficasse Marcos Valle com este Jet-Samba. Por uma iniciativa sua e da Dubas, é o primeiro álbum, em muitos anos, totalmente concebido e realizado no País do Carnaval (e da Bossa Nova). Marcos Valle revisita sua trajetória em vários momentos, puxando desde o tema de Selva de Pedra (a novela) até lembranças do início dos tempos, sob a benção da Família Caymmi, passando pela sua ligação com o jazz americano, graças à sólida carreira internacional, e evocando, claro, Tom Jobim, também falando muito de Eumir Deodato. Reabilitando, ainda, Jacquinho Morelembaum, que parecia para sempre entregue aos arroubos latinos de Caetano Veloso. Entre tantas remixagens, samples, pastiches e, sobretudo, diluições da bossa nova nas pistas (convenhamos), é, no mínimo, revigorante encontrar um dos Pais Fundadores ainda fértil, original e criativo. Aliás, quando é que uma gravadora vai se dignar a lançar as obras completas de Marcos Valle no Brasil (antes que o CD se extinga)? Nesse sentido, Jet-Samba é uma obra-prima de nostalgia. Desde a capa até o encarte, passando pela “cozinha” (sem nenhum componente de música eletrônica) até os grooves, que nunca falham. Quanto mais se ouve, mais paira – vamos e venhamos – a sombra do maestro Moacir Santos. E Ed Motta podia ter feito parte dessa geração... Quando lemos as anotações de Marcos Valle sobre sua atual produção, concluímos que mais do que talento o que falta ao autor de Dwitza é ambiente para sua criação. Ser “anônimo”, como Valle foi, entre Ary Barroso, Dorival Caymmi e Vinicius de Moraes – vamos dar a mão à palmatória – é coisa difícil de se emular hoje. Fica o registro de Jet-Samba. [Comente esta Nota]
>>> Jet-samba - Marcos Valle - Dubas
 



Além do Mais >>> Fidelio
Dias antes de morrer, Beethoven se ocupava dos últimos quartetos em que revolucionaria, como sempre, a forma, e podia ser visto passeando com a cabeça cheia de idéias. Uma mente em ebulição, que só parou quando caiu doente, e para sempre, de cama. Beethoven teria gostado de 2005 no Brasil, em que sua biografia, por Lewis Lockwood, se consagraria desde o ano anterior; e em que o Mozarteum Brasileiro encerraria sua Temporada com a Bamberger Symphoniker e a sua Oitava Sinfonia (aquela em que, dizem, ele apelou, no último movimento, para o aplauso do público. Esse Beethoven...). Também com Brahms, seu discípulo – para Paulo Francis, “retrô” –, e o respectivo Concerto para piano nº 2, interpretado por ninguém menos que Rudolf Buchbinder. Sim, o incansável, e fiel, executor (testamenteiro?) das sonatas completas do mestre de Bonn. No intervalo entre a Oitava de Ludwig Van (como diria Kubrick) e o Concerto de Brahms por Buchbinder, a ansiedade era tamanha que, na Sala São Paulo, nem compensava sair para tomar um cafezinho. Satisfação era ver o piano retumbante surgindo no palco (aquele mesmo com que, no filme, Nelson Freire implicou; até aí, até Yamandú já implicou, na mesma Sala, com seu próprio violão...). Buchbinder não implicou (e nem o regente, Jonathan Nott); e vê-lo, novamente, em tão pouco tempo, foi um presente digno das grandes temporadas no exterior. E em 2006, o Mozarteum já anuncia, no embalo da Bamberger, a Sinfônica de Köln, o Coro Giuseppe Verdi, a Sinfônica da Rádio de Frankfurt, Gidon Kremer (remember 2004), e – mais uma vez, para ninguém dizer que não teve chance – Rudolf Buchbinder com a Orquestra de Câmara de Zurique. Entre outros. Ludwig Van que, em 2005-2006, não ouviria nem mais um pio – mas que teria marcado o tempo, com os olhos – acederia em concordância. Eyes wide shut, não precisaria de senha para adentrar no banquete de melômanos (como a mesma Orquestra do Estado de São Paulo comprovou). [Comente esta Nota]
>>> Mozarteum Brasileiro
 
>>> EVENTOS QUE O DIGESTIVO RECOMENDA



>>> Palestras
* Gestão Estratégica de Marcas - Marcos Machado, Nelson Blecher e Dilson Gabriel dos Santos
(Ter., 29/11, 19h30, VL)
* Guerra e Cinema - Paulo Arantes, Ruy Sardinha, Sérgio Dávila e Ricardo Bonalume Neto
(Qui., 01/12, 19h30, VL)

>>> Noites de Autógrafos
* O Futuro Chegou - Maílson da Nóbrega
(Ter., 29/11, 19h00, CN)
* Lucratividade pela Inovação - Nelson Barrizzelli e Rubens da Costa Santos
(Qua., 30/11, 19h30, VL)
* As Ferrovias do Brasil - João Emilio Gerodetti e Carlos Cornejo
(Qui., 01/12, 18h30, CN)
* Guerra e Cinema - Paul Virilio
(Qui., 01/12, 19h30, VL)

>>> Shows
* Mainstream – O início dos anos 50 - Traditional Jazz Band
(Sex., 02/12, 20hs., VL)

* Livraria Cultura Shopping Villa-Lobos (VL): Av. Nações Unidas, nº 4777
** Livraria Cultura Conjunto Nacional (CN): Av. Paulista, nº 2073
*** a Livraria Cultura é parceira do Digestivo Cultural

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
28/11/2005
19h53min
No Brasil, Julio, o que me surpreende são as edições de alguns poetas. Já fiz essa pergunta até para o Contador Borges, poeta e tradutor de René Char pela Iluminuras, mas ninguém me respondeu convincentemente a questão seguinte: o que leva um editor brasileiro a lançar um livro de René Char ou de Paul Celan? "O nu perdido e outros poemas", de Char, bilingue, traduzido pelo Contador Borges foi uma das mais raras e iluminadas façanhas que me contemplaram. Mas, quem souber responda, por favor: O que leva, um editor, no Brasil, a cometer tal maravilha? Baccios!!!
[Leia outros Comentários de Mário G. Montaut]
2/12/2005
09h51min
Bastante interessante este ano para a música brasileira onde os melhores trabalhos foram os discos instrumentais de Marcos Valle (Jet Samba), Moacir Santos (Choros & Alegria) e Lea Freire & Bocato (Antologia da Canção Brasileira Vol. 1 e 2), este 2005 foi um ano deliciosamente atípico pra quem escapou ileso do ilariê da Banda Calypso...
[Leia outros Comentários de VValdemar Pavan]

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




OPOSTOS QUE SE ATRAEM AS VIDAS ERICH MARIA REMARQUE E PAULETTE GODDARD
JULIE GILBERT
RECORD
(1995)
R$ 5,00



AMOR DE CAPITU
FERNANDO SABINO
ÁTICA
(2008)
R$ 30,00



BORBA GATO - COLEÇÃO SARAIVA N° 89
BARROS FERREIRA
SARAIVA
(1955)
R$ 7,00



A BÍBLIA DA MENOPAUSA
WLADIMIR TABORDA
CMS
(2006)
R$ 75,00



A CURA DO COLESTEROL EM 8 SEMANAS
ROBERT KOWALSKI
CULTURA
(1989)
R$ 6,90



A ARTE DA MODELAGEM COM PLANILHAS
STEPHEN G. POWELL -
LTC
(2006)
R$ 99,90



FAZENDO MEU FILME EM QUADRINHOS 1: ANTES DO FILME COMEÇAR
PAULA PIMENTA
NEMO
(2014)
R$ 20,00



SEXO E AMOR UMA APRENDIZAGEM
PAULA SIMÕES DANTAS
SOLUÇÕES CRIATIVAS
(1995)
R$ 5,00



FUNDAMENTOS DA DIALÉTICA DA HISTÓRIA
V. PODOSSETNIK / A. SPIRKINE
ARGUMENTOS
(1966)
R$ 12,10



ESTUDOS DE LITERATURA BRASILEIRA
DOUGLAS TUFANO
MODERNA
(1975)
R$ 7,90





busca | avançada
70622 visitas/dia
2,0 milhões/mês