Digestivo nº 267 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
Mais Recentes
>>> O cliente encantado de Julio Lobos pela Hamburg (1995)
>>> Biplano de Richard Bach - Nota (prelúdio) Ray Bradbury pela Hemus
>>> Ganhe Mais Investindo em Opções de Marcelo Piazza pela Saraiva (2010)
>>> Bem-vindo à Bolsa de Valores de Marcelo Piazza pela Saraiva (2010)
>>> Francisco de Assis de João Nunes Maia pela Fonte Viva (1990)
>>> Palavras Abertas de Haley Caldas: Organização pela Crivo/ Belo Horizonte (2012)
>>> O Quinto Evangelho de Huberto Rohden pela Martin Claret
>>> Os Enigmas do Vaticano de Alfredo Lissoni pela Madras (2005)
>>> Henderson, o Rei da Chuva (Encadernado) de Saul Bellow pela Livros do Brasil/ Lisboa: Port
>>> Seu futuro astrológico de Linda Goodman pela Record (1968)
>>> Point, Ligne, surface: Contribution À L analyse des Éléments Picturaux de Kandinsky pela Éditions de Beaune/ Paris (1963)
>>> Vivendo Melhor Através da Numerologia - Guia Prático de Aparecida Liberato pela Best Seller (1999)
>>> Palavras essenciais de Paulo Coelho pela Vergara (1999)
>>> Um Gosto e Seis Vinténs de Somerset Maugham (William) pela Livros do Brasil Lisboa/ Portugal
>>> A Outra Comédia (encadernado) de William Somerset Maugham (Trad).: Genolino Amado pela Globo/ Porto Alegre (1956)
>>> O Agente Britânico de W. Somerset Maugham pela Livros do Brasil Lisboa/ Port
>>> Destino de um Homem de William Somerset Maugham pela Livros do Brasil Lisboa/ Port
>>> Manual do guerreiro da luz de Paulo Coelho pela Planeta (2007)
>>> Novelas (encadernado) de Alfred de Musset pela Editorial Gleba/ Lisboa
>>> Os Melhores Contos Indianos (1ª Série)/ Antologias Universais/ Encad. de Prabhakar Kanekar (Trad. Direta da Língua Marathi pela Portugália/ Lisboa (2019)
>>> Cavalheiro de Salão/(encadernado Em Couro) de W. Somerset Maugham/ Tradução: Mário Quintana pela Globo/ Porto Alegre (1959)
>>> Os Trabalhadores do Mar de Victor Hugo pela Nova Cultural (2002)
>>> O Ponto de Mutação de Fritjof Capra pela Círculo do Livro (1990)
>>> Plexus de Henry Miller pela Record (1967)
>>> Uma Questão de Fé de Jodi Picoult pela Planeta (2008)
>>> Vivendo seu Amor de Carolyn Rathbun Sutton e Ardis Dick Stenbakken (compilação) pela Casa Publicadora Brasileira (2017)
>>> O Significado da Astrologia de Elizabeth Teissier pela Bertrand (1979)
>>> Um amor de gato de Glenn Dromgoole pela Publifolha (2002)
>>> Origami & Artesanato em Papel de Paul Jackson & Angela A'Court pela Edelbra (1995)
>>> Gestão de Pessoas de Idalberto Chiavenato pela Campus (2010)
>>> Album de família de Danielle Stell pela Record
>>> Passageiros da ilusão de Danielle Stell pela Record (1988)
>>> Casa forte de Danielle Stell pela Record
>>> Segredo de uma promessa de Danielle Stell pela Record
>>> Enquanto o amor não vem de Iyanla Vanzant pela Sextante (1999)
>>> Relembrança de Danielle Stell pela Record
>>> O Egypto de Eça de Queiroz pela Porto (1926)
>>> Momentos de paixão de Danielle Stell pela Record
>>> Um desconhecido de Danielle Stell pela Record
>>> Uma vez só na vida de Danielle Stell pela Record
>>> O apelo do amor de Danielle Stell pela Record (1983)
>>> Agora e sempre de Danielle Stell pela Record (1985)
>>> O Princípio Constitucional da Igualdade e o Direito do Consumidor de Adriana Carvalho Pinto Vieira pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> Histórias Anunciadas de Djalma França pela Decálogo/ belo Horizonte (2003)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Senado Federal pela Senado Federal (2006)
>>> Eterna Sabedoria de Ergos pela Fraternidade Branca Universal do Arcanjo Mickael (1974)
>>> Leasing Agrário e Arrendamento Rural como Opção de Compra de Lucas Abreu Barroso pela Del Rey/ Belo Horizonte (2001)
>>> Contratos Internacionais de Seguros de Antonio Marcio da Cunha Guimarães pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> Amor de Perdição / Eurico, o Presbítero de Camilo Castelo Branco / Alexandre Herculano pela Círculo do livro (1978)
>>> Carajás de Paulo Pinheiro pela Casa Publicadora Brasileira (2007)
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 24/2/2006
Digestivo nº 267
Julio Daio Borges

+ de 3900 Acessos
+ 2 Comentário(s)




Literatura >>> Política versus literatura
Há muito tempo ouvimos falar dos ensaios de George Orwell, o autor de 1984 e A Revolução dos Bichos. Sua obra de não-ficção é quase tão célebre quanto seus dois clássicos como romancista. Orwell viveu intensamente a primeira metade do século XX, experimentando os impactos diretos e indiretos de duas guerras mundiais, sendo um militante de esquerda e, depois, desiludindo-se com política. Fora a aventura de ser escritor (um salve-se-quem-puder em qualquer época, mesmo que em inglês). Um pouco dessa intensidade está em Dentro da Baleia e outros ensaios (2005, Cia. das Letras, 227 págs.), com organização de Daniel Piza e orelha de Sérgio Augusto. E Orwell vale sempre pela sua honestidade intelectual. Inesquecíveis as passagens em que ele desmonta a esquerda, apontando que a melhor motivação para alguém se converter ao socialismo é a falta de trabalho ou dinheiro. Ou então desconstruindo a classe conservadora da Inglaterra, derrubando totens como Johnatan Swift, de Viagens de Gulliver – que, para Orwell, só podia ser impotente sexualmente, para ter tanto horror ao corpo... E é incrível que, de lá pra cá, o mundo tenha mudado muito, mas não tenha, ao mesmo tempo, mudado tanto. Orwell já via sinais de decadência no maniqueísmo de esquerda & direita antes da metade do século XX – mas continuam praticando-o até hoje. No Brasil... Fora os insights literários que valem, igualmente, o livro. As vivências do escritor como resenhista e até profissional do mercado livreiro, num sebo. A fatalidade de assistir à execução de um prisioneiro de guerra; o desconcerto de ter de matar um elefante; e, de repente, o dever de ter de desmascarar Gandhi (ou qualquer outro herói com alguma aura “santa”). Orwell combina a incisividade de um bom filósofo com a clareza de um grande prosador. Sempre será um autor inevitável, para quem quiser revisitar as idéias do século passado. [Comente esta Nota]
>>> Dentro da Baleia e outros ensaios (trecho) - George Orwell - 2005 - 277 págs.
 



Cinema >>> Um Jogador
Quando Woody Allen parecia morto e enterrado, em meio às gags e ao humor pastelão dos seus últimos anos, eis que ressurge como diretor em Ponto Final. Será seu canto de cisne? Na realidade, vamos deixar de ser tão maldosos e admitir que o velho Woody encontrou um caminho entre Dostoiévski e Closer. Não Dostoiévski de verdade. O Dostoiévski de Woody Allen. O Dostoiévski de Crimes e Pecados (1989), inspirado no autor russo do século XIX desde o título, e que parece revisitado neste Ponto Final. É mais uma vez a história de uma traição que acaba em assassinato. Adaptada, certamente, para a época atual. Através de bem escolhidos atores da nova geração, com destaque para Scarlett Johansson. Parece que selecionando estreantes cada vez mais jovens (teve até aquele sujeito do American Pie), Woody Allen tira cada vez menos deles, em termos de profundidade. Mas justamente aí entra o aspecto Closer — que Woody Allen já havia explorado em Melinda e Melinda. Os relacionamentos, pós-Closer, não têm mais nenhuma densidade psicológica, são verdadeiras trombadas — as pessoas vão se trombando e se casando (ou simplesmente se acasalando) umas com as outras. No aspecto mesmo da atuação, é uma economia inclusive em matéria de caras & bocas. Claro, se você não ligar para a moral — ou, então, se se acostumar a ela; ou até praticá-laPonto Final é, no mínimo, uma bela experiência plástica. Não, não estou falando de silicone, estou falando do colorido, da fotografia, da composição das cenas. Isso Woody Allen, quando quer, sabe fazer. Londres parece mais bonita do que (a sua) Nova York. E a hipocrisia da upper class britânica dá, nos diálogos, um verdadeiro show... Felizmente, Woody Allen voltou a ser imperdível. Mesmo que reloaded; mesmo que apelando para Closer. [Comente esta Nota]
>>> Match Point (podcasts)
 



Internet >>> Get Smarter Where?
Newsvine. É o site jornalístico mais comentado do momento. Você já ouviu falar? Newsvine. Como quase tudo de quente na internet hoje, está em versão beta, para testes, e só convidados podem participar da comunidade Newsvine. Estilo Orkut. O Google lançou essa moda, que reforçou com o Gmail, e hoje qualquer bobagem na internet – mesmo que não vá dar em nada –, só pode ser conhecida se você for “convidado”. Mas, realmente: o Newsvine é um belo site jornalístico. Uma bela ferramenta, na verdade. Mas como não está aberta para todo mundo, ninguém sabe direito se ela realizará todas as suas potencialidades (mesmo com a megadivulgação por parte dos profissionais da mídia de todo o mundo, o Newsvine tem menos da metade das impressões de página deste Digestivo, por exemplo). No Newsvine, em princípio, qualquer um é colaborador. Pode escrever e indicar notícias. E o que ganha com isso? Dinheiro, além de – espera-se – prestígio. O Newsvine quer dividir a sua receita com todos os colaboradores e os mais lidos vão, obviamente, receber mais por isso. Num mundo em que as redações de papel estão encolhendo dia a dia, ainda é um enigma como o Newsvine vai conseguir (como o Newsvine vai conseguir gerar receita, para começar). Tem todas as “features” dos sites mais modernos, da chamada Web 2.0: usuários cadastrados com foto, subdomínios com o respectivo login, feeds de todos os tipos, provavelmente tags e folksonomy, daqui a pouco podcasts, videocasts... to the moon! Até assusta um pouco. E esse é, justamente, o calcanhar de Aquiles do Newsvine: todo mundo vai acessar, entender e usar tudo isso? É a grande pergunta que se coloca. Em meio a tantas outras iniciativas – tão ou mais mirabolantes – do já assumindo novo boom de internet, existe ainda público? [Comente esta Nota]
>>> Newsvine
 

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
23/2/2006
17h09min
A cada novo dia, o mundo parece encolher. Distâncias ficam desmerecidas ou se anulam, diante das benesses ofertadas pela tecnologia. Com o advento da Internet, comunicar vem se tornando uma banalidade a mais e, como todas elas, poderá perder sua funcionalidade essencial - promover entendimento e harmonia entre as pessoas. Dói constatar que, raramente, os meios de comunicação prestam-se a expressar o enigma que habita no mais profundo dos seres. E que é indizivel. As abordagens superficiais frustram. Não conseguem mudar rumos. Muito menos gerenciam, nas pessoas (como deveriam), alterações comportamentais-espontâneas ou duramente trabalhadas - à espera da oportunidade de desabrochar. Minha expectativa é a de que a comunicação virtual ainda venha a desempenhar este papel, paralelamente a tanto lixo que vem se alojando nela, e que se vale de seu caráter utilitário para fins obscuros e questionáveis. Só o tempo dirá a que se prestará o Newsvine. Aguardemos...
[Leia outros Comentários de Elizabeth Castro]
23/2/2006
18h41min
É um gostoso desafio assistir ao filme. Ele cumprirá todos os seus objetivos, e atenderá a todos os gostos. Quem gosta de romance, encontrará. Quem aprecia uma história policial, também. Entretanto uma reflexão para os dias de hoje também se revela ao espectador especulador. Desafio que se inicia com um Crime e Castigo, que passa por um Vermelho e o Negro e desemboca no Match Point. Apreciamos ao longo do tempo a uma nova maneira de lidar com a culpa. Aquele que se mortifica por uma culpa – no século dezenove - e que é ao mesmo tempo consumido por ela, sem ter mais paz de espírito, vai involuindo até chegar ao século vinte e um, onde a vida vale um pastel, ou um pouco mais que isso. O realismo de um Stendhal ficou substituído por um pós-moderno bem mais sórdido e cínico. Recebemos pelo preço de um ingresso a uma lição inesquecível do quanto é bela a arte e feia a vida. Talvez não haja mais espaço para o sonho de Kafka.
[Leia outros Comentários de Erwin]

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




VASTAS EMOÇÕES E PENSAMENTOS IMPERFEITOS
RUBEM FONSECA
PLANETA DE AGOSTINI
(2003)
R$ 10,00



FREI GALVÃO - SUA TERRA E SUA VIDA
THEREZA REGINA DE CAMARGO; TOM MAIA (DESENHOS
SANTUÁRIO
(1998)
R$ 18,28



O EREMITA DA FLORESTA EYCON
ELLIS PETERS
RECORD
(1998)
R$ 21,00



A GRANDE ESPERANCA
ELLEN G. WHITE
CPB DIDATICOS
(2011)
R$ 8,00



FÓRMULAS POLÍTICAS NO BRASIL HOLANDÊS - 2905
MÁRIO NEME
EDUSP
(1971)
R$ 10,00



O MONGE E O EXECUTIVO
JAMES C. HUNTER
SEXTANTE
(2004)
R$ 14,00



AUTOMOTIVO Nº 56 SURPREENDA SEUS CLIENTES
VÁRIOS AUTORES
SOM E ACESSÓROS
(2012)
R$ 13,90



ANAIS DA 54ª SOEAA
CONFEA
CONFEA
(1997)
R$ 15,00



BIOLOGIA 1
CÉSAR DA SILVA JÚNIOR E SEZAR SASSON ET AL...
SARAIVA
(2013)
R$ 10,00



ABC DO HOMEM SÓ A ARTE DE VIVER NOVAMENTE SEM FAMÍLIA
SANDRO TONI
GUIMARÃES
(1988)
R$ 15,63





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês