Samba Meu, de Maria Rita | Digestivo Cultural

busca | avançada
69682 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> O legado de Roberto Burle Marx é tema de encontro online
>>> Sala MAS/Metrô Tiradentes - Qual é a sua Cruz?
>>> Museu de Arte Sacra de São Paulo - Imagens de ROCA e de VESTIR
>>> Mostra de Teatro de Ipatinga comemora os 15 anos do Grupo 3 de Teatro com espetáculo online
>>> Live: Como a cultura nos livros didáticos influencia a formação da criança
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
>>> A Velhice
>>> Casa, poemas de Mário Alex Rosa
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
>>> Clownstico de Antonio Ginco no YouTube
>>> A Ceia de Natal de Os Doidivanas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O inútil de cada um
>>> Pra você, eu digo sim
>>> 7 de Setembro
>>> Meu bem, meu mal
>>> Galvão responde ao Cala a Boca
>>> A Velhice
>>> Ser intelectual dói
>>> Memória Visual dos Aborígenes Australianos
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Novas leis de Murphy
Mais Recentes
>>> Aconteceu em paris de Molly Hopkins pela Novo Conceito (2013)
>>> Ementario Espirita - Espirita de Divaldo Franco pela Leal (2015)
>>> Marketing: Magia e sedução de Marcos Cobra; Aurea Ribeiro pela Cobra (2000)
>>> Compromissos de Amor - Espirita de Divaldo Franco pela Leal (2016)
>>> A Vida Secreta das Plantas de Peter Tompkins e Cristopher Bird pela Circulo do Livro (1500)
>>> A menina dos olhos molhados de Marina Carvalho pela Globo alt (2016)
>>> O Passe Magnetico seus fundamentos e sua aplicação - Espirita de Salvador Gentile pela Mundo Maior (2003)
>>> Fuego Purificador - un Tratado Químico Cabalístico de Alesch Mezareph pela Humanitas (2001)
>>> Espirito e Gente - Espirita de Carlos A. Baccelli pela Leepp (2014)
>>> Felizes para sempre de Kiera Cass pela Seguinte (2015)
>>> O livro dos Vilões de Cecily von Ziegesar/Carina Rissi/Diana Peterfreund/Fábio Yabu pela Galera (2014)
>>> O livro das princesas de Meg Cabot/Paula Pimenta/Lauren Kate/Patrícia Barboza pela Galera (2013)
>>> Magia de Redenção - Ramatis - Espirita de Hercilio Maes pela Conhecimento (1967)
>>> Água para elefantes de Sara Gruen pela Arqueiro (2007)
>>> Francisco de Assis - Miramez - - Espirita de Joao Nunes Maia pela Fonte Viva (1997)
>>> Na porta ao lado de Luiza Trigo pela Rocco (2015)
>>> Uma canção pra você de Luiza Trigo pela Rocco (2016)
>>> O Egito dos Grandes Faraós - Historia e Lendas - Historia de Christian Jacq pela Bertand Brasil (2007)
>>> Carnaval de Luiza Trigo pela Rocco (2012)
>>> História Para o Ensino Médio de Cláudio Vicentino & Gianpaolo Dorigo pela Scipione (2010)
>>> O Povo Brasileiro - A Formação o sentido do Brasil - Historia de Darcy Ribeiro pela Cia das Letras (1995)
>>> Virando Seculos 1789-1808- O imperio Luso Brasileiro e os Brasis - Historia de Luiz Carlos Villalta pela Cia das Letras (2000)
>>> Apaixonada por histórias de Paula Pimenta pela Gutenberg (2014)
>>> Qualidade de Vida - Observatórios, Experiências e Metodologias de Tânia Kkeinert e Ana Paula Karruz ( Org.) pela Annablume - Fapesp (2020)
>>> O Serviço Secreto Chines - Historia de Roger Faligot pela Larousse (2010)
>>> Confissão de Paula Pimenta pela Gutenberg (2013)
>>> Um alo do Ceu - Um vasto campo de pesquisa comunicação pos morte - Espirita de Bill pela Butterfly (2008)
>>> Em busca de Cinderela de Colleen Hoover pela Galera (2015)
>>> Apaixonada por palavras de Paula Pimenta pela Gutenberg (2012)
>>> Bem Aventurados os que Oram - Espirita de Carlos A. Baccelli pela Leepp (2014)
>>> ABC do amor de A.C.Meyer pela Galera (2017)
>>> A Vida Viaja Na Luz - Espirita de Carlos A. Baccelli pela Leepp (2011)
>>> Fundamentos De Psicologia Analitica de Carl Gustav Jung pela Vozes (1991)
>>> Assim na Terra como no Ceu - Espirita de Carlos A. Baccelli pela Didier (2013)
>>> Raizes do Brasil - Historia de Sergio Buarque de Holanda pela Cia das Letras (1995)
>>> Geografia Geral e do Brasil - Espaço Geográfico e Globalização - Volume Único - Ensino Médio (Acompanha Atlas) de Eustáquio de Sene & João Carlos Moreira pela Scipione (2010)
>>> Mini- Dicionário Espanhol-Português/ Po - Espanhol de Ciranda Cultural pela W Kids
>>> Geografia Ensino Médio – Volume Único – Ser Protagonista de Fernando dos Santos Sampaio & Ivone Silveira Sucena (Coords.) pela Sm (2010)
>>> Vivendo e Aprendendo - E passando Adiante de H. Jackson Brown, Jr. pela Ediouro
>>> A Parisiense O guia de estilo de la Fressange - Moda de Sophie Gachet pela Intrinseca (2011)
>>> Margarida La Rocque de Dinah Silveira de Queiroz pela José Olympio (1978)
>>> Como Ser uma Parisiense em qualquer lugar do mundo - Moda de Sophie Mas e outros pela Fontanar (2014)
>>> Estado, Globalizacão e Integracão Regional: Politicas de Lier Pires Ferreira Junior pela América Jurídica (2003)
>>> Geração Apostolica - Religião de Rene Terra Nova pela All Print (2007)
>>> Saberes e Praticas Guia para Ensino e Aprendizado de Enfermagem Vol 4- Medicina de Genilda Ferreira Murta pela Difusão (2009)
>>> Saberes e Praticas Guia para Ensino e Aprendizado de Enfermagem Vol 5 - Medicina de Genilda Ferreira Murta pela Difusão (2010)
>>> Saberes e Praticas Guia para Ensino e Aprendizado de Enfermagem Vol 1 - Medicina de Genilda Ferreira Murta pela Difusão (2010)
>>> Higiene Ocupacional -Agentes Biologicos,Quimicos e Fisicos - Medicina de Elzio Brevigliero e Outros pela Senac (2008)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Folha de São Paulo (2008)
>>> The Treasure Principle de Randy ALcorn pela Christian Book Distributors (1988)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Música

Quarta-feira, 26/12/2007
Samba Meu, de Maria Rita
Julio Daio Borges

+ de 4800 Acessos
+ 7 Comentário(s)




Digestivo nº 350 >>> Nove entre dez críticas feitas a Maria Rita abordam "o problema do repertório". Talvez a associação sempre inevitável com sua mãe, Elis Regina, gere inconscientemente o desejo de ouvir Maria Rita cantando, de novo, o "cânone" da MPB. Se já é comparada com a mãe por fazer o que faz, imagine o que aconteceria se ela seguisse a receita dos guardiões do nosso cancioneiro. Maria Rita, na verdade, tenta o mais difícil: estabelecer um novo repertório, revelar uma nova geração. Como, aliás, fez sua mãe. Acontece que a indústria, a mídia e o público, às vezes, parecem tão refratários às novidades que, de repente, se esquecem de que o cânone musical dos anos 60 também já foi... lançamento. Seria muito mais cômodo, para Maria Rita, gravar se inspirando nas efemérides (como os 50 anos da bossa nova, logo ali ao lado); posar de musa cool & inacessível (cantando tatibitates superproduzidos); ou até se lançar numa "carreira" no exterior (fingindo intimidade com Nova York, mas implorando pelos nossos espaços de divulgação). Nesse sentido, seu terceiro disco é talvez seu salto mais arriscado. De compositores efetivamente conhecidos, só Gonzaguinha, com a ótima "O homem falou"; o resto, quase totalmente dominado por Arlindo Cruz (e parceiros variados), nas boas "Num corpo só", "Tá perdoado" e "O que é o amor"; e, ainda, grandes momentos com Rodrigo Bittencourt ("Samba Meu"), Serginho Meriti ("Cria") e Edu Krieger ("Maria do Socorro"). A opção pelo samba, neste terceiro registro em estúdio, talvez tenha tido um poderoso efeito de marketing, mas não deve ser esteticamente ressaltado, porque Maria Rita já havia visitado o gênero antes e porque ela não precisa, necessariamente, apoiar-se na sua "versatilidade" como cantora. Se é verdade o que dizia Schopenhauer — que os grandes espíritos devem assumir seu papel de liderança —, então, em vez de reclamar do repertório não ser justamente aquele que já conhecemos, deveríamos agradecer a Maria Rita por tentar nos mostrar novos caminhos, agora, no samba.
>>> Samba Meu
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Little Joy, o disco (Música)
02. De re coquinaria (Gastronomia)
03. Rock around the clock (Imprensa)
04. O Conselheiro também come (e bebe) (Gastronomia)
05. Young, Foolish, and Easy (Cinema)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
27/12/2007
22h29min
Beleza, Julio. Concordo com você. Somos resistentes a mudanças e, às vezes, me enquadro. Não sou fã ardorosa de Maria Rita, tenho os dois cedês, não conheço esse terceiro, mas, sem dúvida, ela é um talento. Ela passeia pela MPB bem à vontade. Merece o nosso respeito e o respeito pela escolha de seu repertório. Vou conferir esse terceiro trabalho. Abraços, Adriana.
[Leia outros Comentários de Adriana Godoy ]
28/12/2007
11h13min
Estás com a razão, Julio. Num momento como este, em que grandes nomes da MPB estão restritos aos hits do passado, sem apresentar inovações, temos mais é que louvar o trabalho de artistas como Maria Rita, que corajosamente "dão a cara a tapa" ao inédito. Sds. Antônio Pimenta de Andrade
[Leia outros Comentários de Antônio P. Andrade]
16/1/2008
11h00min
Concordo que a tropa de elite dos guardiões do cancioneiro tem sua força, Dom Julio. Mas dizer que a moça tá revelando uma nova geração ao gravar Arlindo Cruz e Serginho Meriti... vê aí, rapaz! Sem contar que a produção desse terceiro foi meio desastrosa - conseguiram até fazer a Maria Rita desafinar.
[Leia outros Comentários de Sergio de Oliveira]
16/1/2008
11h04min
Adoro Maria Rita Incondicionalmente! Ela é Maravilhosa! Amei o disco, SAMBA MEU!
[Leia outros Comentários de Paulo Cazula]
16/1/2008
12h50min
Uma amiga chegou depois de alguns anos sem nos visitar e deu ao Sandro uma pilha de cds que ela vinha ouvindo, novidades da "cidade" pra gente se atualizar, presentes de fim de ano que estavam no carro dela para serem curtidos na viagem até São Francisco. O Sandro começou a tocar imediatamente. Era bela a tarde de calor, o restaurante com os ventiladores a mil, e enquanto ajudava a servir uma mesa, fechava uma conta, aqueles sambas eu escutava apenas, o ouvir viria mais tarde. Lá pela terceira faixa não esperei para comentar, nossa, adorei essa mulher quem é? Era Maria Rita e seu terceiro disco, deliciosos sambas. Conheço e mesmo com meu preconceito em cima de expectativas gosto dos outros dois (os dvds não consegui achar bons). Nesse, a distração ajudou, o curtição veio primeiro, não houve comparações. Gostei muito! Abraços! Patricia Ioco
[Leia outros Comentários de patricia ioco]
17/1/2008
12h31min
O repertório não é dos melhores, não. Maria Rita, que é cantora deliciosa, desta vez não pode melhorar muito algumas obras contidas no novo cd. Na verdade, falo especificamente da canção "o que é o amor", do Arlindo. Ambos são craques, o compositor e a intérprete. Mas ela, ao menos, vinha encarnando a personagem seletiva, com discos prenhes de canções escolhidas a dedo. Desta vez o escorregão foi feio. A música que citei é ruim demais! Confiram. No resto, Maria Rita ensolara o disco com outros bons arranjos em composições de fato tingidas com a "cor local". Uma beleza sim, porém sinto falta das aventuras harmônicas mais transadas, dos músicos surfando por sobre a voz dela, do contrabaixo acústico - que poderia, e por que não?, numa boa se misturar com o bom pandeiro. O disco poderia ser muito melhor. Vale o sorriso que causa, sorrisão até, mas tenho saudades da catarse de ter arrepiado o espírito. Até o próximo Maria Rita.
[Leia outros Comentários de Felipe Eugênio]
6/2/2008
19h30min
A Maria Rita devia se chamar Maria Regina, pois é uma xerox, com todo o material genético e inconfundível, da sua mãe. Ela tenta ser diferente, cantar outras músicas, outros sambas, mas não tem jeito: no final, fica a cara da mamãe. Parece a Chiquita Bacana do Caetano. Acho que o fato dela ser tão parecida com o Mito Elis Regina é muito positivo, pois já pensou ser comparado com a nossa grande diva? Então, que ela assuma o seu lado Elis e siga em frente!!! Clovis Ribeiro
[Leia outros Comentários de Clovis Ribeiro]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Confissões de um Torcedor - Quatro Copas e uma Paixão
Nelson Motta
Objetiva
R$ 10,00



Um Leão Em Família
Luiz Puntel
Ática
(1990)
R$ 10,00



Primeiro Manual de Esperanto
Outros
Feb
(1988)
R$ 10,00



Negócio de Risco
Nora Roberts
Harlequin Books
(2010)
R$ 10,00



A formação histórica da língua portuguesa
Francisco da Silveira Bueno
Livraria Acadêmica
(1958)
R$ 10,00



Sonata de Primavera (Literatura Espanhola)
Valle-Inclán
Alianza Cien
(1994)
R$ 10,00



O Prazer da Produção Científica
Israel Belo de Azevedo
Unimep
(1998)
R$ 10,00



Reconforto
Francisco Cândido Xavier
GEEM
(1986)
R$ 10,00



Dicionário Escolar "Silveira Bueno"
Silveira Bueno
Ediouro
(1998)
R$ 10,00



Pinheirais e Marinhas Paraná e Santa Catarina
Ernani Silva Bruno
Cultrix
R$ 10,00





busca | avançada
69682 visitas/dia
2,4 milhões/mês