Camus e Sartre, de Ronald Aronson | Digestivo Cultural

busca | avançada
53430 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Novo livro de Vera Saad resgata política brasileira dos anos 90 para destrinchar traumas familiares
>>> Festival de Cinema da Fronteira e Sur Frontera WIP LAB abrem inscrições
>>> O Pequeno Príncipe in Concert
>>> Estreia da Orquestra Jovem Musicarium ocorre nesta quarta, dia 21, com apresentação gratuita
>>> Banda Yahoo se apresenta na Blue Note SP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
>>> Minha história com o Starbucks Brasil
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
>>> Quando o AlphaGo venceu a humanidade (2020)
Últimos Posts
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> But I like it
>>> Abbas Kiarostami: o cineasta do nada e do tudo
>>> O enigma de Michael Jackson
>>> O tamanho do balde
>>> Baratas
>>> Ao Abrigo, poemas de Ronald Polito
>>> O dilúvio informacional, segundo a Economist
>>> Bruta manutenção urbana
>>> Sobre caramujos e Omolu
>>> Livro das Semelhanças, de Ana Martins Marques
Mais Recentes
>>> A arte de se tornar de Gennady Basin pela Madras (2003)
>>> Nhac de Canizales pela Telos (2017)
>>> Melusina de Ana Maria Machado pela Atica (2000)
>>> No Tempo em que a Televisão Mandava no Carlinhos de Ruth Rocha pela Ftd (2000)
>>> Lá é Aqui de Rogério Borges pela Positivo (2008)
>>> A Palavra, O Que É? de Luis Pimentel, Ionit Zilberman pela Positivo (2020)
>>> Volta Muriqui de Raquel Ribeiro pela Mib (2022)
>>> O Fantástico Misterio De Feiurinha de Pedro Bandeira pela Moderna (2009)
>>> Adormeceu a margarida? de Maria Heloísa Penteado pela Atual (2000)
>>> Juca Jabuti de Lessa Origenes pela Moderna (2002)
>>> Nós de Eva Furnari pela Moderna (2015)
>>> Drufs de Eva Furnari pela Moderna (2019)
>>> A Biblia da Aromaterapia de Gill Farrer-Halls pela Pensamento (2015)
>>> Yoga Para Nervosos de Hermógenes pela Nova era (1998)
>>> As sete leis do dinheiro de Michael Phillips pela Madras (1999)
>>> Direito Civil Brasileiro 3 de Carlos Roberto Gonçalves pela Saraiva (2010)
>>> Vidas e vindas dos ciganos espirituais de Elizabeth da Cigana Núbia pela Madras (2015)
>>> A Bíblia dos Chakras de Patricia Mercier pela Pensamento (2017)
>>> Taro Das Bruxas de Andre Mantovanni pela Madras (2004)
>>> Ideia Maluca de Cecilia Vasconcelos pela Nova Fronteira - Grupo Ediouro - Paradidatico (2014)
>>> Livro Astronomia os Caçadores de Vênus a Corrida para Medir o Céu de Andrea Wulf pela Paz e Terra (2012)
>>> O Texto sem Mistério de Norma Seltzer Goldstein pela Atica (2009)
>>> Mais esperto que o Diabo de Napoleon Hill pela Citadel (2017)
>>> Introdução ao Teste de Software de Márcio Eduardo Delamaro, José Carlos Maldonado pela Elsevier (2007)
>>> A jornada da alma livro do futuro de M. Nilsa pela Jca e Mna (2004)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Sexta-feira, 28/3/2008
Camus e Sartre, de Ronald Aronson
Julio Daio Borges
+ de 5500 Acessos
+ 3 Comentário(s)




Digestivo nº 360 >>> O engajamento parece coisa do passado. As ideologias se diluíram desde o fim do século XX, e o debate político tende a ser cada vez mais técnico. Não existem mais visões de mundo totalmente antagônicas, e as diferenças residem hoje nos detalhes. Portanto, parece fora de época um lançamento documentando a relação complicada entre Albert Camus e Jean-Paul Sartre, pais fundadores do "engagement" e do modelo de "intelectual politizado". Porém, o trabalho do professor Ronald Aronson é tão hábil que, embora fale predominantemente do pós-Guerra na França, nos diz muito sobre o nosso tempo, e seus escombros. Sartre, por exemplo, ainda que não seja mais lido como escritor, nem como filósofo, teve uma influência tão marcante, na cena política dos 1900s, que encontramos ecos seus na esquerda do mundo todo, desde os líderes do PT no Brasil até a derrocada de Fidel Castro em Cuba, até o caudilhismo bolivariano na América Latina, num espírito "revolucionário" e "guerrilheiro" retrô. O livro Camus e Sarte conta como essas verdadeiras filosofias foram forjadas, no embricamento com o marxismo, na ascensão do stalinismo e no paternalismo em relação ao Terceiro Mundo. Camus e Sartre romperam na vida real, mas sua relação intelectualmente dialética ajudou a consolidar o pensamento do último, que triunfou globalmente enquanto a esquerda durou — mesmo sendo o primeiro mais artista e tendo permanecido, efetivamente, como escritor. Sartre, o homem, é ainda hoje, talvez, o exemplo máximo de filósofo inicialmente purista, que invadiu a cena política, alcançou uma posição, deslumbrou-se com o poder, tornou-se simplesmente político e perpetuou-se a qualquer custo. Camus alcançou a mesma arena pública, mas nunca conseguiu compactuar com o sistema (hoje, mainstream), combatendo a capitulação de seu ex-amigo, terminou massacrado na França, agonizou, produziu uma obra-prima, conquistou o Nobel, eternizou-se. Camus e Sarte são arquétipos, ainda, do nosso tempo, e, nesse sentido, o livro de Ronaldo Aronson é tão revelador.
>>> Camus e Sartre [Primeiro Capítulo]
 
Julio Daio Borges
Editor
Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Jamais se ouve uma palavra gentil, só e sempre censuras (Literatura)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
26/3/2008
08h45min
Gostei da linha de pensamento da Obra e do resenhista, que faz questão de ficar bem distante de uma colaboração com os comunistas da nossa História. Parabéns! Um grande abraço. J.P.
[Leia outros Comentários de José Pereira]
26/3/2008
10h16min
Gostaria de pontuar quão grande é a capacidade, desse jovem jornalista de formação tecnológica, de dissertar sobre assuntos que, aparentemente, não são da área dele... Parabéns pelo talento!!!
[Leia outros Comentários de Alexandre Teles ]
26/3/2008
10h17min
A influência mais marcante de Sartre foi no Cambodia - dizem que ele foi o professor favorito do Khmer Rouge. Ainda bem que no Brasil os influenciados se confinam no manicômio do Butantã, onde onde eles causam menos estrago.
[Leia outros Comentários de F Pait]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Brad Barron Graphite 1
Tito Faraci
Sem
(2019)



Trabalho e regulação no Estado Constitucional. Vol III
Leonardo Vieira Wandell
Praxis
(2016)



The Survival Papers: Applied Jungian Psychology
Daryl Sharp
W Foulsham & Co Ltd
(1990)



Livro Economia Brasileira Atual ao Alcance de Todos
Eliana A. Cardoso
Brasiliense
(1985)



Nuvens Cristalinas Em Luar de Pratas
Wilson Paranhos
Feeu
(1994)



Folhas do Mal
Raquel Cantarelli
Lura
(2019)



Frontalismo
Facundo de Zuviría
Museu Lasar Segal
(2016)



Acompanhando Meu Pincel
Dulari Devi
Wmf Martins Fontes
(2014)



Administração da Informação
José Osvaldo de Sordi
Saraiva
(2008)



Historia de Amor
Regina Renno
Le
(1992)





busca | avançada
53430 visitas/dia
1,8 milhão/mês