As tecnologias disruptivas e o jornalismo científico | Digestivo Cultural

busca | avançada
50856 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Circomuns Com Circo Teatro Palombar
>>> Prêmio AF de Arte Contemporânea abre inscrições para a edição comemorativa de 10 anos
>>> Inscrições abertas para o Prêmio LOBA Festival: objetivo é fomentar o protagonismo de escritoras
>>> 7ª edição do Fest Rio Judaico acontece no domingo (16 de junho)
>>> Instituto SYN realiza 4ª edição da campanha de arrecadação de agasalhos no RJ
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
Últimos Posts
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Os dois lados da cerca
>>> A primeira vez de uma leitora
>>> Se eu fosse você 2
>>> Banana Republic
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Construção de um sonho
>>> Quem é mesmo massa de manobra?
>>> A crise dos 28
>>> Snoop Dogg - Ups & Downs
Mais Recentes
>>> A Festa Da Insignificancia de Milan Kundera pela Companhia Das Letras (2013)
>>> Contos 1ª edição. de Guy de Maupassant tradução de Mário Quintana pela Globo (1958)
>>> Só Concursos de Vários Autores pela Dcl (2007)
>>> Quem Sou Eu? de Richard Walker pela Girassol (2012)
>>> O Eu Dividido - Estudo Existencial da Sanidade e da Loucura de R.D. Laing pela Vozes (1978)
>>> Marketing Internacional de Philip R. E John L. Graham pela Ltc (2001)
>>> O Poder de Cura de Vitaminas, Minerais e Outros Suplementos de Leslie Anders, Robert A. Barnett e Jeanine Barone pela Readers Digest (2001)
>>> IV Mostra de Pesquisa em Educação de Vários Autores pela Fapesp (2006)
>>> El Gótico de Rolf Toman pela Konemann (1998)
>>> Holy Blood, Holy Grail: The Secret History Of Jesus, The Shocking Legacy Of The Grail de Michael Baigent, , Leigh Richard, Henry Lincoln pela Delacorte Press (1996)
>>> Eu Não Consigo Emagrecer - Avon de Dr. Pierre Dukan pela Best Seller (2014)
>>> Alguns Outros Pormas de Gonçalo de Barros / Mello Mourão pela Bertrand (1998)
>>> Aquarelas de Georges Wambach - Impressões do Brasil de Georges Wambach pela Marca D'Água (1988)
>>> Biblioteca Brasileira de Origenes Lessa pela Desiderata (2008)
>>> Memórias De Um Sargento De Milícias de Manuel Antônio de Almeida pela Moderna Paradidático (1993)
>>> A Bela e a Fera: Contos De Fadas Com Janelas Divertidas de Jenny Hilbourne pela Usborne (2016)
>>> Anatomia Comparada dos Vertebrados de Romer e Parsons pela Atheneu (1977)
>>> Maquiagem. Os Segredos Dos Profissionais de Kit Spencer pela Marco Zero (2012)
>>> Antologia do Conto Brasileiro: Do Romantismo Ao Modernismo de Douglas Tufano pela Moderna Paradidático (2001)
>>> Guia do conhecimento em Gerenciamento de Projetos e o Padrão de Gerenciamento de Projetos de Project Management Institute pela Project Management Institute (2021)
>>> Ensino De Língua Portuguesa e Dominação: Por que não se aprende Português? de Sérgio Simka pela Musa (2000)
>>> Verdades E Conceitos - V. 1 de Unknown Author pela Alianca (2000)
>>> Verdades E Conceitos Ii de Edgard Armond pela Alianca (2000)
>>> Etcetera - Literatura & Arte º Número 2 de F. Brennand; G. Mattoso; J. C. de Melo e Outros pela Travessa dos Editores (2003)
>>> Locke - Biblioteca Básica a Filosofia de André / Louis Leroy pela Edições 70 (1985)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Imprensa

Sexta-feira, 24/7/2009
As tecnologias disruptivas e o jornalismo científico
Julio Daio Borges
+ de 3300 Acessos
+ 1 Comentário(s)




Digestivo nº 425 >>> Quem acha que é só em matéria de tecnologia que os blogs dominam, deveria ler o ensaio de Michael Nielsen, um dos pioneiros da computação quântica, sobre o futuro do jornalismo científico. Nielsen centra-se na área que melhor conhece, a de ciência, mas seus insights valem para toda a produção de mídia. Começa falando de tecnologias "disruptivas" (numa aproximação grosseira para "disruptive") — tecnologias que rompem com a continuidade de uma determinada evolução, produzindo "descontinuidades" e tornando-se revolucionárias. A internet é disruptiva, por exemplo, já que obriga muitas indústrias antes consolidadas a uma forte adaptação. A internet rompe com a "continuidade" em muitos setores. Do geral Nielsen passa ao particular, e aborda a indústria que tem sofrido mais, ultimamente, com as "descontinuidades", a dos jornais. Além da ameaça econômica — blogs são mais baratos de manter e de se anunciar —, Nielsen cria uma hipótese original para a tendência dos jornalistas, e dos executivos de jornal, de não enxergar a revolução: estão de tal maneira entranhados na indústria do papel que se tornaram imunes a qualquer tipo de argumentação "de fora". Logo, Nielsen conclui que algo como o Google News jamais seria inventado dentro de uma redação de jornal. Morreria antes de nascer, em realidade. O problema é que qualquer nova tecnologia, como os blogs, parece excessivamente falha, se comparada a um modo de produção centenário, os jornais. Ocorre, porém, que uma tecnologia disruptiva só pode ser detectada, e "combatida", nos seus primeiros estágios. (Veja, agora, a batalha dos jornais para fechar seu conteúdo on-line — depois que todo mundo "abriu", tornou-se inútil... Ou, outro exemplo, a discussão do download...) Michael Nielsen conclui que a indústria de mídia, em geral, está passando às mãos de empresas cujo DNA é tecnológico: Apple (música), Amazon (livros) e Google (conteúdo on-line). Assim, quem quiser sobreviver terá de aprender tudo sobre tecnologia e refundar sua empresa nessas bases. Voltando ao jornalismo científico, Nielsen conta que, enquanto o New York Times costuma jactar-se de ter seis prêmios Pulitzer, a blogosfera que cobre ciência tem quatro medalhas Fields, três prêmios Nobel, entre outros luminares. E tem a tecnologia... Portanto — até cientificamente —, quem vai vencer a guerra?
>>> Is scientific publishing about to be disrupted?
 
Julio Daio Borges
Editor
Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Spruce Goose (Cinema)
02. No rala-rala (Música)
03. Mas falem de mim (Cinema)
04. In the earliest days of the industry, there was no industry (Televisão)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
24/7/2009
19h59min
Venho acompanhando os artigos do Digestivo sobre o fim da imprensa impressa (!!) e a "nova" imprensa eletrônica. Fica evidente que a discussão gira sempre em torno do lucro, da remuneração e dos investimentos das empresas de imprensa. Porém, muito mais do que números, o que está em jogo é algo mais profundo, mais complexo e abrangente do que se tem ilustrado. Todo o sistema capitalista precisa de uma estrutura ideológica que sustente a produção e circulação privadas de mercadorias pelo globo. Esse arcabouço é dado pela grande mídia, pela grande imprensa. A produção de alienação (religião, conceitos e preconceitos), necessária à estabilidade da máquina de lucros, também está a cargo desses mesmos organismos. Com a imprensa eletrônica, descentralizada e livre (será?), como farão para controlar a informação aqueles que controlam o capital? Falta aprofundar o discurso agregando essas categorias. Quem o fará? Abraços.
[Leia outros Comentários de Luciano Pita]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro Infanto Juvenis The Summer Vacation from the Black Lagoon Livro 17
Mike Thaler
Scholastic



Conhecimento da Liberdade: Tempo de Mudança
Tarthang Tulku
Palas Athena
(1990)



Sanjulian - Periode 1970-1984
Norma
Norma
(1984)



Semente Antibullying
Nelson Albissú
Cortez
(2011)



Funcionalidades de Proteinas do Soro de Leite Bovino
Aloisio Jose Antunes
Manole
(2003)



Globalização o que é isso, afinal? 296
Cristina Strazzacappa
Moderna
(2009)



A Casa da Mãe Joana
Reinaldo Pimenta
Campus
(2002)



Algaritimos - Lógica para Desenvolvimento de Programação
José Augusto N. G. Manzano; Jayr F. de Oliveira
Érica
(1996)



O Espiritismo Aplicado 591
Eliseu Rigonatti
Pensamento



A Distanásia e a Dignidade do Paciente
Renato Lima Charnaux Sertã
Renovar
(2005)





busca | avançada
50856 visitas/dia
2,3 milhões/mês