Clássicos da Penguin pela Companhia das Letras | Digestivo Cultural

busca | avançada
49127 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projeto que une cultura e conscientização ambiental traz teatro gratuito a Minas Gerais
>>> Show da Percha com Circo do Asfalto
>>> Evento Super Hacka Kids reúne filmes, games, jogos de mesa e muita diversão para a família
>>> SESC BELENZINHO RECEBE RÁDIO DIÁSPORA
>>> Música de Feitiçaria
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Microcontos ou micropoemas?
>>> Microcontos ou micropoemas?
>>> Microcontos ou micropoemas?
>>> A deliciosa estética gay de Pierre et Gilles
>>> Live sobre mulheres na edição
>>> Shikasta, frontão em alto relevo *VÍDEO*
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Aina: dos álbuns conceituais até a ópera-rock
>>> Aina: dos álbuns conceituais até a ópera-rock
Mais Recentes
>>> A Mulher Silenciosa de A. S. A. Harrison pela Intrínseca (2014)
>>> Caminhar com Jesus: O coração da vida cristã de Papa Francisco pela Fontanar (2015)
>>> A Rainha do Castelo de Ar - Millennium 3 de Stieg Larsson pela Companhia das Letras (2009)
>>> Curso Vida Nova de Teologia Básica: Introdução à Bíblia de R. Laird Harris pela Vida Nova (2008)
>>> Elza de Zeca Camargo pela Leya (2016)
>>> O Estalo de Luís Dill pela Positivo (2010)
>>> Alguém para amor a vida inteira de Roniwalter Jatobá pela Positivo (2015)
>>> O Guia Oficial do Club Penguin - Vol. 1 de Disney pela Melhoramentos (2010)
>>> Alexandre e Outros Heróis de Graciliano Ramos pela Martins (1969)
>>> A Caça Virtual e outros poemas de Ivo Barroso pela Record (2001)
>>> O Príncipe da Névoa de Carlos Ruiz Zafón pela Suma De Letras (2013)
>>> Um amor do outro mundo de Ganymédes José pela Atual (1994)
>>> O Símbolo Perdido (ed. economica) de Dan Brown pela Sextante (2010)
>>> [email protected] de Bernardo Sorj pela Jorge Zahar (2003)
>>> Pedagogia da Autonomia de Paulo Freire pela Paz e Terra (1996)
>>> Seja Líder de Si Mesmo de Augusto Cury pela Sextante (2004)
>>> Você é Insubstituivel de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> Livro de poesia concreta A Náusea de Breno Pitol pela Pragma Livros (2022)
>>> Livro de poesias Uma saudade profunda de Felix da Fonseca pela Fross (2022)
>>> Macunaíma de Mário de Andrade pela Livraria Garnier (2001)
>>> Livro Mito capoeira - Coleção de símbolos de Erika Barroso Carvalho pela Fross (2022)
>>> O homem da chuva de Susie Moloney pela Rocco (2002)
>>> Henderson o rei da chuva de Saul Bellow pela Nova Fronteira (1978)
>>> A luz sa noite de Edna O' Brien pela Record (2009)
>>> Guia do Candidato Inteligente de Igor Teixeira de Oliveira pela Fross (2022)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Quarta-feira, 23/12/2009
Clássicos da Penguin pela Companhia das Letras
Julio Daio Borges

+ de 6400 Acessos
+ 1 Comentário(s)




Digestivo nº 446 >>> Enquanto se divulga a notícia de que editoras brasileiras correm atrás da digitalização — por força da grande aceitação do Kindle nos Estados Unidos —, a Companhia das Letras se acautela, igualmente, em outra direção: segue apostando nos pocket books. Reforçando sua entrada nesse mercado, em 2010 a editora de Luiz Schwarcz lança os primeiros volumes em associação com a clássica Penguin Books. Se a britânica se consagrou no mundo todo, por popularizar edições de clássicos a preços convidativos, agora a brasileira poderá desfrutar desse catálogo, brindando o leitor do português brasileiro com grandes traduções. Neste final de ano, a Companhia das Letras distribuiu um teaser do que será o projeto em algumas semanas. Trata-se de uma edição limitada com dois ensaios de Italo Calvino, retirados de Por que ler os clássicos — igualmente um clássico que a própria editora lançou em seu selo Companhia de Bolso. Em capa dura, o volume é todo preto, com exceção de uma bela foto ilustrativa, uma faixa branca, com o tradicional "logotipo do pinguim" e as palavras "Penguin" e "Companhia", acima de "Clássicos". O projeto gráfico, que moderniza o original, é do warrakloureiro. A expectativa, agora, é pelo preço. Se Luiz Schwarcz conseguir argumentar, como Steve Jobs, que adquirir um produto bem acabado é muito mais recompensador do que descolar um "genérico", através da internet, esta nova iniciativa deve prosperar. O risco, talvez, é a coleção nova, de clássicos, "canibalizar" a coleção, não tão nova, de livros de bolso. Mas os estrategistas da Companhia das Letras devem estar preparados. O Kindle e a Amazon, por um lado, e o Google (com seu Google Books), por outro, acenam com uma digitalização sem limites, de obras clássicas na história da humanidade. A primeira disponibilizando o acervo da maior livraria do mundo e o segundo, os acervos das principais bibliotecas dos Estados Unidos. Vai chegar o dia em que teremos tudo o que já caiu em domínio público no alcance da mão, a Companhia das Letras e a Penguin, contudo, apostam que esse dia está mais longe de chegar do que parece — ou mesmo, se chegar, que o futuro permitirá a coexistência de edições de papel e eletrônicas.
>>> Clássicos da Penguin pela Companhia das Letras
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Beatles por André Mehmari, na série MPBaby (Música)
02. Sobrescritos, de Sérgio Rodrigues (Internet)
03. Como os jornais vão sobreviver na era da internet?, por Hal Varian (Imprensa)
04. What Would Google Do? ou O que o Google faria?, por Jeff Jarvis (Internet)
05. Hagakure, o Livro do Samurai (Além do Mais)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/12/2009
18h52min
Seria genial se a Companhia das Letras editasse uma série com capa de couro, como a Penguin fez.
[Leia outros Comentários de Weno]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Rede Globo 40 Anos de Poder e Hegemonia -
Valerio Cruz Brittos
Paulus
(2005)



Um Equilíbrio Delicado
Carlos Machado de Freitas
Garamond
(2011)



Nem Tudo Esta Perdido
Elisa Masselli
Mensagem de Luz
(2009)



Os Tormentos de Alice
Laurence Binet
Scipione
(2001)



O Caçador de Pipas
Khaled Hosseini
Nova Fronteira
(2006)



Dois caminhos da Revolução Africana
Moacir Werneck de Castro
Instituto brasileiro de estudos afro-asiáticos



O Manuscrito de Missolonghi
Frederic Prokosch
Siciliano
(1995)



O Primeiro Natal
Allia Zobel-Nolan
Reader's Digest Children's
(1999)



Gênios da Pintura - Goya Nº 26
Victor Civita
Abril Cultural



Longe e um Lugar Que Nao Existe
Richard Bach
Record
(2001)





busca | avançada
49127 visitas/dia
2,0 milhão/mês