O tal Baile do Simonal, em DVD | Digestivo Cultural

busca | avançada
50141 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Infantil com a Companhia de Danças de Diadema tem sessão presencial em Ilhabela e Caraguatatuba
>>> Teatro do Incêndio realiza roda de conversa na Rua 13 de Maio sobre carnaval e identidade do Bixiga
>>> Mauro Mendes Dias lança Entre Baratas e Rinocerontes no encerramento da Semana da Estupidez
>>> FAAP discute Semana de Arte Moderna de 22
>>> Toda Quinta retoma 1ª edição no Teatro Vivo com menção a Dominguinhos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> 17/6/2013 no Twitter
>>> Frejat cantando Black Magic Woman
>>> Mulheres à beira de um ataque de nervos
>>> Cansei de ser atropelado!
>>> Da Biografia de Lima Barreto
>>> O dinossauro de Augusto Monterroso
>>> La Guerra del Fin del Mundo
>>> Predadores humanos
>>> Tout le reste est littérature
Mais Recentes
>>> O retorno à cultura arcaica de Terence McKenna pela Record (1995)
>>> A Bíblia Disse a Verdade de Sir Charles Marston pela Itatiaia (1958)
>>> Recursos Naturais Meio Ambiente E Poluição de Vários Autores pela Supren (1977)
>>> Etiqueta sem frescura de Claudia Matarazzo pela Melhoramentos (2004)
>>> Eu, Malika Oufkir: Prisioneira do Rei de Malika Oufkir e Michèle Fitoussi pela Companhia das Letras (1999)
>>> A Casa da Rússia de John Le Carré pela Record (1989)
>>> Os sete de André Vianco pela Novo Século (2007)
>>> Sétimo de André Vianco pela Novo Século (2009)
>>> Peça-me o que quiser de Megan Maxwell pela Suma De Letras (2013)
>>> A invasão das salsichas gigantes de Arnaldo Jabor pela Objetiva (2001)
>>> O maior vendedor do mundo de Og Mandino pela Record (2006)
>>> Abraço de pai joão de Wanderley Oliveira pela Dufaux (2015)
>>> Kardec a biografia de Marcel Souto Maior pela Record (2013)
>>> Harry potter e a criança amaldiçoada de J.K. Rowling pela Rocco (2016)
>>> English pronunciation for brazilians de Sonia m. baccari de godoy pela Disal (2006)
>>> O poder do pensamento positivo de Norman Vincent Peale pela Cultrix (2006)
>>> Defesa da Juventude Contra Males Venéreos e Outras Doenças de José I. Abbadia pela Gráfica Condor (1949)
>>> The Rule of Four de Dustin Thomason pela Random House Inc. (2004)
>>> Manual mínimo do ator de Dario fo pela Senac (2004)
>>> Uma breve história do cristianismo de Georffrey Blainey pela Fundamento (2012)
>>> O Senhor dos Ladrões de Cornelia Funke pela Companhia das Letras (2004)
>>> Ícaro redimido de Gilson teixeira freire pela Inede (2006)
>>> A Revolução dos Bichos de George Orwell pela Lafonte (2020)
>>> O duelo de John lukacs pela Jorge Zahar (2002)
>>> Arte de enriquecer de José Antonio Pinotti pela Sapienza (2005)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Música

Quarta-feira, 17/2/2010
O tal Baile do Simonal, em DVD
Julio Daio Borges

+ de 2600 Acessos




Digestivo nº 454 >>> Conforme previsto, tanto o documentário Ninguém sabe o duro que dei (de Cláudio Manoel) quanto a biografia Nem vem que não tem (de Ricardo Alexandre) estão promovendo, desde o ano passado, um revival de Wilson Simonal. Evidentemente, o "ano Simonal" coincidiu com uma entressafra nas carreiras de seus filhos, Max de Castro e Wilson Simoninha, que vêm orquestrando iniciativas como este Baile do Simonal (agora em DVD). O ocaso da gravadora Trama — que tentou lançá-los nacionalmente, na década dos 2000 — permitiu que Max e Simoninha saíssem do guarda-chuva de João Marcelo Bôscoli e André Szajman e assumissem um projeto com maior identidade. O Baile do Simonal atende à necessidade de "releitura" do repertório de Wilson Simonal, que, além de ter ficado "fora de catálogo" na era do CD, acabou desconhecido pelas novas gerações. É chocante observar — no show que deu origem a este DVD — que maioria dos artistas, mesmo os veteranos, têm de recorrer ao teleprompter, uma vez que as letras caíram no oblívio, ainda que as melodias sejam reconhecíveis... Por ser uma iniciativa da gravadora EMI, duas ausências, no mínimo, são notáveis: Jorge Ben Jor (mesmo que, segundo o livro de Alexandre, tenha virado as costas para Simonal nos anos 90); e Marcos Sacramento (o único que poderia reproduzir, fielmente, o swing original — porque os mais velhos não têm voz e os mais novos, simplesmente, não sabem como...). Lulu Santos abre com uma gravação, em estúdio, de "Zazueira". Parece OK, mas melhor é o seu depoimento, articulado, no making of. Seu Jorge não parece sóbrio em "País Tropical" e, portanto, não acrescenta nada ao clássico. Samuel Rosa está, igualmente, OK, com "Carango", e, ainda, Fernanda Abreu, com "A Tonga da Mironga do Kabuletê". Max de Castro deveria ter evitado "Meu Limão, Meu Limoeiro", que soa quase afônica na comparação. Diogo Nogueira, por seu lado, surpreende em "Está Chegando a Hora". Roberto Frejat vence pela simplicidade, na radiofônica "Vesti Azul". E Maria Rita alcança um dos pontos altos com "Que Maravilha" (embora continue não sabendo se vestir, como diria Paulo Francis). Os Paralamas soam dispensáveis, apesar do esforço no gogó, assim como Sandrá de Sá. A Orquestra Imperial ataca de "clown" e Ed Motta — que posa sempre de connaisseur — quase não interage com a plateia para não se perder na letra (boba) de "Lobo Bobo". Caetano Veloso, pós-separação de Paula Lavigne, surge inacreditavelmente humilde, para cantar a sua "Remelexo". O resto não merece comentário. Se o resultado do Baile é mais de "baixos" que de "altos" — principalmente se formos comparar com as versões originais —, o making of talvez justifique a aquisição do DVD, pelos depoimentos nos ensaios. Simonal termina, novamente, injustiçado: pela decadência das "novas" vozes da música brasileira (que não o conheceram e que, desgraçadamente, não puderam ser influenciadas por ele).
>>> O Baile do Simonal
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Steve Brill salvando o New York Times (Imprensa)
02. Leif Ove Andsnes na Temporada 2008 do Mozarteum (Além do Mais)
03. Get Smarter Where? (Internet)
04. O senhor me empresta um livro? (Literatura)
05. Celebrity killer (Artes)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Maldição das Inscrições na Pedra da Gávea
Rogério Andrade Barbosa
Ftd
(1997)



Câncer - a Antimatéria Biológica
João Gaspar Rodrigues
Juruá
(2018)



Terêncio - Comédias (Teatro Latino)
Terêncio
Edições Cultura
(1945)



Cartas a un Joven Psicólogo - 3ª Ed.
María Dolores Avia
Alianza Editorial
(2015)



A Filha do Ferro
Julie Kagawa
Underworld
(2011)



Dia de São Nunca à Tarde
Roberto Drummond
Geração
(2004)



Luke & Tantra: Sangue Bom
Angeli
Devir
(2000)



Uma Rua Como Aquela
Lucília Junqueira de Almeida Prado
Record
(1985)



A pirâmide iniciática
Joan Llarch
Record
(1983)



A Escrita na Escola - a Construção da Coerência Textual
Edilaine Buin-barbosa
Mercado de Letras
(2012)





busca | avançada
50141 visitas/dia
1,8 milhão/mês