Hitler e os Alemães, de Eric Voegelin, pela É Realizações | Digestivo Cultural

busca | avançada
56607 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> FAAP discute Semana de Arte Moderna de 22
>>> Toda Quinta retoma 1ª edição no Teatro Vivo com menção a Dominguinhos
>>> ENSINAR A FAZER - MARCENARIA
>>> O Peso do Pássaro Morto faz duas sessões online dias 30 e 31/10
>>> Exposição recupera a memória da ditadura brasileira
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Meu primeiro computador pessoal
>>> Um homem de Oz
>>> 12 de Junho #digestivo10anos
>>> crônica - ou ensaio - à la hatoum
>>> Prenda-me se for capaz
>>> Sobre futebol e hinos nacionais
>>> Zeitgeist
>>> Capacidade de expressão X capacidade linguística
>>> Silêncio e grito
>>> Sejam Bem-Vindos
Mais Recentes
>>> Os fundamentos Históricos da Pedagogia Espírita de Pinheiro Martins pela Léon Denis (1967)
>>> Esculpindo o próprio destino de André Luiz Ruiz pela Ide (2008)
>>> Seara Vermelha de Jorge Amado pela Martins (1968)
>>> Espiritualismo cientifico a vida fora da matéria de Espiritualismo cientifico a vida fora da matéria pela Sem
>>> Manual de Direito dos Homossexuais de Cláudia Thomé Toni pela Srs (2008)
>>> Os Segredos da Grande Pirâmide de João Medeiros pela Ediouro (1986)
>>> Os Segredos da Grande Pirâmide de João Medeiros pela Ediouro (1986)
>>> Heróis de verdade de Roberto T. Shinyashiki pela Gente (2005)
>>> Almas gêmeas reecarnação de Luanda kaly pela Madras
>>> Espiritismo básico de Pedro Franco Barbosa pela Feb (1987)
>>> Em busca do mestre de Vinícius pela Feesp
>>> O Sistema de Pietro Ubaldi pela Fundapu (1984)
>>> Exilados por amor de Sandra Carneiro pela VivaLuz (2010)
>>> Os homens sempre voltam de Penélope parker pela L&Pm Editores (2008)
>>> A pessoa certa de Kathy Freston pela Fontanar (2010)
>>> Malungos na Escola Questões Sobre Culturas Afrodescendentes e Educação de Edmilson de Almeida Pereira pela Paulinas (2007)
>>> Desenvolvimento e crise no brasil 1930 1983 de Luiz carlos bresser pereira pela Brasiliense (1968)
>>> Observações sobre Édipo e observações sobre Antígona de Hölderkin & Beaufret pela Zahar (2008)
>>> Quem tem medo de envelhecer de Magdalena léa pela Record (1983)
>>> A coragem de mudar de José augusto de morais pela Record (1996)
>>> de Lynette Lucas pela Record (1989)
>>> Um só coração de Oneida terra pela Boa Nova (1999)
>>> Reflexões de Conversando com Deus de Neale Donald Walsch pela Ediouro (2006)
>>> A lei da atração para a vida o amor e a felicidade de Debbie frank pela Larousse (2008)
>>> Auto da barca do inferno de Gil Vicente pela Ateliê Editorial (2014)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Além do Mais

Quarta-feira, 7/9/2011
Hitler e os Alemães, de Eric Voegelin, pela É Realizações
Julio Daio Borges

+ de 6500 Acessos




Digestivo nº 482 >>> Paulo Francis dizia que, enquanto Hitler for considerado um monstro ― desumano ―, ficamos sem compreender o que realmente houve naquela primeira metade do século XX. E, portanto, estamos condenados a repetir tragicamente a História. A relançada biografia de Ian Kershaw, em volume único, é muito valiosa ao descrever os fatos entre a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, mas falha, justamente, no ponto em que critica previamente Hitler, julgando o biografado antes mesmo de este se converter no tão famigerado "monstro". Trazendo mais luz a esse aspecto da "humanidade" de Hitler ― por mais contraditória e repulsiva que ela seja ―, está a obra de Eric Voegelin, filósofo de Colônia, especializado em ciência política. Hitler e os Alemães (É Realizações, 2008) procura compreender o fenômeno mais do que o homem, o mesmo que tomou conta da Alemanha e, catastroficamente, da Europa. Para que se tenha uma ideia da ousadia da interpretação de Voegelin, o livro invoca, logo nos primeiros capítulos, uma carta de Gerhard Hess, um jovem cidadão alemão, à Der Spiegel (em 1964): "O crime de Hitler foi o de ter sido um jogador que perdeu, e que levou consigo todo um povo, de maneira que este afundou junto com ele". Mais adiante, sob o mesmo tema do "monstro", Voegelin invoca Percy Ernst Schramm, professor de História medieval e moderna: "Se Hitler for entendido como um 'acidente', como uma personalidade demoníaca e excepcional, ele nos tira toda a responsabilidade, e podemos depositar nele toda a culpa". Não, Hitler não era tampouco um idiota, ratifica Voegelin (aliás, pelo contrário): "Hitler tinha uma inteligência eminente, através da qual era capaz de enganar muitas pessoas". E invocando Rudolf Augstein, editor da Der Spiegel nos mesmos anos 60, complementa: "O fato de Hitler ter sido uma figura mais do que indesejável não deveria nos levar a desprezar o fato de ele ter sido bem sucedido". Voegelin, num dado momento, reconhece apreensivo: "O que é embaraçoso nesse ponto é que Hitler aparece como um grande político, um político brilhante, e que, no entanto, não tem outras qualidades". Mais adiante, conclui: "Quem quer que tenha o poder de sacudir o mundo, e Hitler tinha, não é desprezível". Apesar de que: "Hitler chegou a uma façanha eminente na História do mundo: pelo sucesso de seus atos desprezíveis, ele provou, sem ambiguidade, o lado desprezível do mundo em que obteve tamanho sucesso". Afinal: "O que sempre esteve em jogo não foram os horrores [da Segunda Guerra Mundial], mas os homens que cooperaram com tais horrores e sua estrutura espiritual, que até hoje não mudou muito". E quem não se lembra do paradoxo por meio do qual eram "inocentados" todos os criminosos do nazismo? "O assassino, que cometeu fisicamente o assassinato, age sob ordens; aquele que dá as ordens, fisicamente, não cometeu nenhum assassinato. Assim, tudo dá em nada. Ou seja: todos são inocentes", pontifica Voegelin. A raiz do problema estaria na definição de George Santayana, filósofo americano: "Democracia é o sonho irrealizável de uma sociedade de plebeus patrícios". Como nossas sociedades não são apenas de patrícios, mas de uma imensa maioria de plebeus ― aponta Voegelin ―, estamos perdidos: "Aí se tem a mesma tragédia do caráter alemão: Quando essa ralé abjeta chega ao poder, terminou a cultura. Nesse ponto, só é possível curvar-se ou ir embora". Por fim, uma frase muito bem escolhida de George Bernard Shaw (que, além de servir à "revolução" do Nacional Socialismo com uma luva, evoca os nossos salvadores da pátria e outrora depositários da "ética" na política): "As revoluções nunca diminuíram o fardo da tirania: elas apenas o transferiram para outros ombros".
>>> Hitler e os Alemães
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Cartas Pônticas, de Ovídio (Literatura)
02. Cartas a um Jovem Poeta, de Rainer Maria Rilke (Literatura)
03. Uma breve história da curadoria, por Hans Ulrich Obrist (Artes)
04. A Arte de Meditar, de Matthieu Ricard (Além do Mais)
05. Calcanhotto, Lancellotti, Veloso e Antunes no Auditório Ibirapuera (Música)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Como Eu era Antes de Voce
Jojo Moyes
Intrinseca
(2013)



Seis Razões para Amar a Natureza
Nílson José Machado; Silmara Rascalha Casadei
Escrituras
(2011)



Dicionário de Eletrônica e Física do Estado Sólido
Ronaldo Sérgio de Biasi
Record
(1980)



O Farol
P. D. James
Companhia das Letras
(2006)



Arpas Eternas -Volumes 1/2/3 - Espanhol - Esoterico
Josefa Rosalia Luque Alvarez
Kier
(1980)



Convite
Roque Jacintho
Luz no Lar
(1991)



A Mulher Só
Harold Robbins
Record
(1976)



Sua Santità. Le Carte Segrete Di Benedetto Xvi
Gianluigi Nuzzi
Chiarelettere
(2012)



Power Pixels
Miguel Chevalier
Aeroplano
(2011)



Desejo de Pintar e Outros Poemas Em Prosa: de Charles Baudelaire
Charles Baudelaire
Noovha America
(2008)





busca | avançada
56607 visitas/dia
1,8 milhão/mês