Rio das Ostras Jazz&Blues II | Digestivo Cultural

busca | avançada
62861 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Airto Moreira e Flora Purim se despedem dos palcos em duas apresentações no Sesc Belenzinho
>>> Jurema Pessanha apresenta sambas clássicos e contemporâneos no teatro do Sesc Belenzinho
>>> Como se prevenir dos golpes dos falsos agentes no mundo da música?
>>> Cia. Sansacroma estreia “Vala: Corpos Negros e Sobrevidas“ no Sesc Belenzinho
>>> ARNS | De ESPERANÇA em ESPERANÇA || MAS/SP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Saudosismo
>>> Lei de Deus?
>>> Remorsos, devaneios, cor do tempo
>>> O enigma de Lindonéia
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Eleições na quinta série
>>> O que aconteceu com a Folha de S. Paulo?
>>> O regresso, a última viagem de Rimbaud
>>> Eleições 2014: intrigas, infâmias, alucinações
>>> Toda poesia de Paulo Leminski
Mais Recentes
>>> Confidências de um Inconfidente de Marilusa Moreira Vasconcello pela Edicel (1983)
>>> Anotações de um taxista ocasional de Edison Pietrobelli pela Global (1999)
>>> O Mundo Negro. Relações Raciais E A Constituiçao de Amilcar Araujo Pereira pela Pallas (2022)
>>> O que faz Sammy Correr? de Budd Schulberg pela Record
>>> Ensino Renovado de Biografias - 3º Vol. L - P de Vários Autores pela Formar
>>> Ensino De História E Cultura Afro-Brasileira de Amilcar Araujo Pereira pela Pallas (2022)
>>> Caminhos de Odu de Agenor Miranda Rocha pela Pallas (2022)
>>> Opções de Liv Ullmann pela Circulo do Livro (1985)
>>> Igbadu: a Cabaça da Existência: Mitos Nagôs de Adilson de Oxalá pela Pallas (2000)
>>> Igbadu: a Cabaça da Existência: Mitos Nagôs de Adilson de Oxalá pela Pallas (2000)
>>> O livro de Judas de Assis Brasil pela Clube do Livro (1970)
>>> Casais Trocados de John Updike pela Circulo do Livro
>>> A Coluna Prestes - Análises e depoimentos de Nelson Werneck Sodré pela Circulo do Livro (1983)
>>> Breve Sexta - Feira de Isaac Bashevis Singer pela Clube do Livro
>>> Para Viver a Grande Mensagem de Richard Simonetti pela Feb (1987)
>>> HQ V de Vingança de Alan Moore e David Lloyd pela Panini Comics (2007)
>>> HQ Pecador Originais 001 - Os Segredos do Universo Marvel! de Marvel comics pela Panini Comics (2015)
>>> HQ Authority Vol. 1 de Warren Ellis; Hitch; Neary pela Panini Comics (2015)
>>> HQ Superman Condenado V.1 Apocalypse: O Retorno de DC Comics pela Panini Comics (2015)
>>> HQ Antes de Watchmen Nº 7 Dollar Bill & Moloch de J. Michael Straczynski pela Panini Comics (2013)
>>> HQ Antes de Watchmen Nº 6 Ozymandias de Len Wein - Jae Lee pela Panini Comics (2013)
>>> HQ Antes de Watchmen Nº 4 DR. Manhattan de J. Michael Straczynski pela Panini Comics (2013)
>>> HQ Antes de Watchmen Nº 1 Coruja de J. Michael Straczynski pela Panini Comics (2013)
>>> HQ - Crise Infinita Batalha pelo Multiverso vol.1 de Dan Abnett pela Panini Comics (2015)
>>> HQ - Crise Infinita Batalha pelo Multiverso vol.2 de Dan Abnett pela Panini Comics (2016)
BLOG >>> Posts

Sexta-feira, 8/6/2007
Rio das Ostras Jazz&Blues II

+ de 2300 Acessos
+ 2 Comentário(s)

O 1º dia do Rio das Ostras Jazz & Blues agradou todos os gostos. Foram dois shows de blues, dois de jazz e um bem brasileiro.

A música começou às 14h, na Lagoa do Iriry, rodeada por restinga que barrou um córrego e permitiu sua formação ao lado do mar. A Big Gilson Blues Band incendiou um público heterogêneo, após dois meses de turnê pela Europa, sob um sol forte, mas sem aquele calor abafado. Em uma arena, a platéia se acomodou na arquibancada, trouxe suas próprias cadeiras de praia ou simplesmente ficou em pé no meio ou bem perto do pequeno palco, dançando ao som do blues.

O ritmo começou crescente com a agitada "Big Mama´s House", composição do novo CD de Gilson, Chrysalis, gravado com sua banda Rio Dynamite e com participação do cantor inglês The Wolf, que faleceu no ano passado logo após a turnê do grupo pelos EUA. Na seqüência, o grupo engatou "Tell me baby", do mestre B.B. King, para depois partir para uma guitarra chorosa, pontuada pelo resto da banda até que estoura com todo o acompanhamento. O gaitista Jefferson Gonçalves, que está no novo CD, participou do show.

A banda ainda tocou mais duas músicas do novo CD, uma delas com backing vocal feminino, cujo estilo Gilson batiza de neo-country, uma fusão de blues, country, southern rock e rockabilly. Um violão elétrico de metal ajudou a produzir um som cortante. O resultado? Uma música para dançar que contagia.

Big pediu coro do público com uma postura cool. Aplaudido na passagem de som, soltou um "olha que nem começamos" e sua figura largada, típica dos blueseiros, despertou simpatia. Por fim, após clássicos como "Hoochie Coochie Man", Gilson soltou um boogie woogie e decretou: essa música não dá para ficar parado. Foi a deixa para a platéia levantar e curtir "Sweet Home Chicago", cantada em coro.

Após show do Stefon Harris Quartet, o blues continuou à noite no grande palco Costazul, cuja infra-estrutura possui lojas de CDs e praça de alimentação e apresenta três shows por noite. A guitarra do norte-americano Michael Hill abriu com uma melodia agitada, acompanhado pelo baixo enérgico de Michael Griot. A interação com o país aconteceu durante todo show, seja com uma bateria que, por segundos, reproduziu o som de uma bateria de escola de samba, a brincadeira no vocal que mencionou Rio das Ostras e o rápido dedilhado de uma composição nacional.



A improvisação, aliás, foi característica do show, que teve mesclas como de "Hoadhouse Blues" e "King of the highway", de Norton Buffalo, que levantou, literalmente, a platéia. Além da interação com o Brasil, com declarações como "beautiful country" sem parecer falso, pelo contrário, com carisma e animação, Michael não deixou as mensagens políticas de lado em "Black Gold" e em "By George", onde critica o presidente norte-americano George Bush e a polícia, ambas do CD Black Gold & Goddesses Bold!.

Mas a grande surpresa foi a participação do guitarrista Junior Aguiar e o vocalista Ricardo Villas, ambos da banda carioca BASE, que executou "Minha alma", do Rappa, no ritmo do blues. Logo, o grupo emendou "I feel good", de James Brown, e um solo vocal de "Canário do reino". A parte romântica ficou com "Fever", música que ganhou um estilo novo na voz forte de Hill, perfeita na canja de Jimi Hendrix, grande inspiração do guitarrista. O que era um bis acabou se tornando a deixa para Michael continuar animado no palco e até errar o time do espetáculo.

O resto da noite foi, infelizmente, decrescente. Culpa do atraso de instrumentos, que fez com que Michael Hill abrisse a noite, ao invés de fechá-la. Hamilton de Holanda, o "Príncipe do Bandolim", continuou na sequência com um show instrumental que começou em ritmo eletrizante. Posteriormente, o show deu espaço a músicas mais lentas e momentos mais intimistas, onde Hamilton até sentou à beira do palco. Os grandes solos de toda a banda arrancaram gritos da platéia, principalmente o da bateria de Marcio Bahia. Porém, sem grandes interações, o show ficou um pouco cansativo para a grande estrutura na qual estava inserido. O bis ficou por conta de uma música de Hermeto Pascoal.

Por fim, no aguardado show do pianista Dom Salvador, que começou aproximadamente 1h da manhã, o cansaço tomava conta da platéia, que, visivelmente, não estava preparada para ouvir um jazz técnico e cerebral, com a aglutinação dos instrumentos no centro do palco e a concentração imperturbável de Dom enquanto suas mãos deslizavam sobre o piano. Até a iluminação do show era minimalista. Porém, em duo com o saxofone ou a flauta, Dom ainda arrancou elogios.

Aguarde mais notícias amanhã. E não esqueça: hoje, às 17h, na Praia Tartaruga, o entardecer será ao som de Ravi Coltrane.


Postado por Marília Almeida
Em 8/6/2007 às 14h02


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Elena Landau e o liberalismo à brasileira de Julio Daio Borges
02. Blooks Resiste de Julio Daio Borges
03. Guia Crowdfunding de Livros de Julio Daio Borges
04. O Livro e o Mercado Editorial de Julio Daio Borges
05. Software Programs the World de Julio Daio Borges


Mais Marília Almeida no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
12/6/2007
12h09min
Showzaço!! Michael Hill foi sensacional e a participação do Ricardo Vilas e Junior Aguiar da banda BASE foi maravilhosa. O show sem dúvida foi um dos melhores do festival.
[Leia outros Comentários de Paulo ]
12/6/2007
12h50min
Showzaço...
[Leia outros Comentários de Zandormaz]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Alice Através do Espelho
Lewis Carroll
Ciranda Cultural
(2019)



The Mayan Prophecies
Adrian Gilbert
Element
(1995)



Childcraft the How and Why Library Volume 7 How We Get Things
Field Enterprises Educational Corporation
Field Enterprises Educational
(1972)



Toda Sua
Sylvia Day
Paralela
(2012)



O Melhor de Nós
José Afonso Moura Nunes
Fonte
(2016)



A Intergração Socialista
M. Senin
Prelo
(1973)



Epistemologia e Didática: as Concepções de Conhecimento e Intelig
Nílson José Machado
Cortez
(2005)



A Visit to the City - Dolhin Readers 2 Level Two
Mary Rose
Oxford
(2007)



As 3 Fiandeiras
Dcl
Dcl
(1998)



Insetos
Gusthavo Sezerban; Rafael Sezerban
Aymará
(2008)





busca | avançada
62861 visitas/dia
1,9 milhão/mês