Literatura israelense | Digestivo Cultural

busca | avançada
69435 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Shopping Granja Vianna de portas abertas
>>> Teatro do Incêndio lança Ave, Bixiga! com chamamento público para grupos artistas e crianças
>>> Amantes do vinho celebram o Dia Mundial do Malbec
>>> Guerreiros e Guerreiras do Mundo pelas histórias narradas por Daniela Landin
>>> Conheça Incêndio no Museu. Nova obra infantil da autora Isa Colli fala sobre união e resgate cultura
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
>>> O zunido
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Gilberto Gil: Cultura Viva
>>> Histórias Extraordinárias, de Edgar Allan Poe
>>> 2006, o ano dos livros
>>> Na toca dos leões
>>> O nome da morte
>>> 7 de Setembro
>>> Sobre Paraíso Tropical
>>> Bernardo Carvalho e a arte da fuga
>>> Uma feira (in)descritível
>>> Quem tem medo do Besteirol?
Mais Recentes
>>> He. A Chave Do Entendimento Da Psicologia Masculina de Robert A. Johnson pela Mercurio (1992)
>>> Como atirar vacas no precipício de Alzira Castilho pela Panda Book (2021)
>>> Sorrindo Entre Lágrimas de Núbia Moreira Santana pela Kelps (1999)
>>> Acampamento esperança: O 34º homem e outras histórias extraordinárias do resgate dos mineiros no Chile que a imprensa não mostrou de Carlos Parra Díaz pela Thomas Nelson Brasil (2021)
>>> Para Gostar de Ler - Crônicas 6 de Loure Carlos Eduardo Novaes e Outros pela Atica (2013)
>>> Razão e Sensibilidade de Jane pela Princípis (2018)
>>> A Obra ao Rubro de Herberto Helder de Maria Estela Guedes pela Escrituras (2010)
>>> Sentido e Espírito da Regra de São Bento de Dom Ildefonso Herwegen pela Lumen Christi (1963)
>>> Viagem de bolso: O melhor de Nova York de Rosana Zakabi pela Abril (2013)
>>> Guia paris - key guides de Aa Publishing pela Publifolha (2008)
>>> O Quinze 64ªed. de Rachel de Queiroz pela Siciliano (1998)
>>> A Mina de Françoise Gange pela Rocco (1994)
>>> Uma Utopia Militante - Repensando o socialismo de Paul Singer pela Vozes (1998)
>>> O Amador de Diego Pansani pela Urutau (2018)
>>> Walkscapes - O caminhar como estética de Francesco Careri pela Gustavo Gili (2016)
>>> O pior médico do mundo de Gerson Salvador pela Ciclo Contínuo (2014)
>>> Na minha pele de Lázaro Ramos pela Objetiva (2017)
>>> Negrhúmus líricos de Luiz Silva (Cuti) pela Ciclo Contínuo (2017)
>>> A Menina Que Conversava Com as Roupas de Paula Acioli e Jana Magalhaes pela Memoria Visual (2009)
>>> Raiz de um negro brasileiro - esboço autobiográfico de Oswaldo de Camargo pela Ciclo Contínuo (2015)
>>> O viajante imóvel: Machado de Assis e o Rio de Janeiro de seu tempo de Luciano Trigo pela Record (2001)
>>> Terça Afro território de afetos de Ana Caroline da Silva e Whellder Guelewar (Orgs) pela Ciclo Contínuo (2016)
>>> Nova Lusitânia, História da Guerra Brasílica (box Com Cd) de Francisco de Brito Freire pela Beca (2021)
>>> Guia O melhor de Orlando e parques da Flórida de Marisa Adan Gil pela Abril (2009)
>>> Planeta Deagostini de Contos de Magic - the Gathering - Juramento das Sentinelas - N. 5 pela Planeta Deagostini (2019)
BLOG >>> Posts

Domingo, 24/6/2007
Literatura israelense

+ de 2500 Acessos

Etgar Keret é um dos principais escritores da nova geração em Israel e seus livros andam sendo um estouro de vendas por lá. Keret começou escrevendo HQ's e atualmente também dirige cinema. Seu feito mais recente foi ganhar um prêmio no Festival de Cannes deste ano pelo seu primeiro longa-metragem intitulado Meduzot, traduzido para o inglês como Jellyfish.

A primeira vez que li algo sobre Etgar Keret foi em 2003, numa nota de um jornaleco francês de subúrbio que relatava as novidades do Salão Literário de Lyon daquele ano. A nota anunciava o lançamento de Crise d'asthme, a tradução francesa de um livro de contos, escrito originalmente em hebraico.

A matéria do jornaleco apresentava o trecho de "Des chaussures", ou "Sapatos" numa tradução literal. Nesse conto, um garoto judeu fica dividido entre o desejo de ganhar um tênis Adidas no aniversário e a reprovação constante do irmão mais velho, para quem a empresa alemã ergueu-se sobre as cinzas do avô.

Escrito em primeira pessoa, o conto traz as reflexões de uma nova geração que sofre com o peso da tradição de seu povo e, por isso mesmo, não encontrou ainda o seu lugar. A novidade dos contos de Keret é que essas reflexões são destiladas aos poucos, por meio de um humor ácido e niilista que passa longe da agressividade.

A temática judaica, aliás, está presente em muitos de seus contos, mas em vez de exaltação semita, o que se vê é uma crítica à insistência de temas como a diáspora ou a Shoah. Keret sobrepõe a elas os anseios individuais da infância e da juventude dos dias atuais, as motivações humanas universais que independem de raça, credo e religião.

A tradição judaica acaba, dessa forma, virando o antagonista em muitos de seus contos, remetendo-nos ao Complexo de Portnoy, de Philip Roth, em que o judaísmo passado de geração em geração ao longo de anos acaba tolhendo a liberdade individual. Sobre o divã, Portnoy e muitos personagens de Keret não têm que matar simbolicamente apenas os pais, mas também os avós, os bisavós e todo o antigo testamento.

Em outros contos, o judaísmo sequer é mencionado. Isso mostra como o autor dá importância ao tema, mas não é movido por ele. A linha que conduz as narrativas de Keret são as relações pessoais do dia-a-dia focadas pela luz do incomum. Personagens, lugares e fatos inusitados são tratados com naturalidade e o humor ácido e niilista de Keret adquire um tom bizarro. Divertidamente bizarro. É o caso do motorista de ônibus que queria ser Deus; ou da moça que passou a infância sentada sobre a geladeira; ou ainda do mágico que tirou a cabeça decepada de um coelho de sua cartola em plena festa infantil.

A escrita de Etgar Keret é ágil e entra em conformidade com o que está na moda literária: uma narrativa bem visual, que se aproxima da cinematografia. O que ele traz de novo, entretanto, é esse circo de horrores e bizarrices narrado por uma voz singela, perspicaz e observadora. É preciso destacar que o humor é ácido, o narrador não. O equilíbrio entre acidez e sensibilidade, nesse caso, é o que impressiona nas histórias de Etgar Keret.

A editora Casa da Palavra manifestou, em junho de 2006, a intenção de editar uma tradução para o português brasileiro. Entretanto, até hoje isso não foi feito.

Enquanto as editoras nacionais perdem uma boa oportunidade de lançar um item certo na lista de "mais vendidos", quem se interessar pode procurar pelas traduções dos contos de Keret em inglês, espanhol e francês. Ou ao menos matar a curiosidade com uma tradução meia-boca realizada por esta que vos escreve.


Postado por Pilar Fazito
Em 24/6/2007 às 18h22


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Homenagem a Paulo Francis de Julio Daio Borges
02. Deu na CNN de Julio Daio Borges
03. A volta do 'louco da plateia' de Julio Daio Borges
04. Filosofia e Jornalismo de Duanne Ribeiro
05. Paco e Raphael Rabello de Julio Daio Borges


Mais Pilar Fazito no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Direito Penal: Parte Especial - Artigos 121 a 234 do Código Penal
Paulo Cesar Busato (volume 2 ) 2ª Edição
Atlas; Grupo Gen
(2016)



A Decoração de Escritórios, Consultórios e Lojas Em Geral
Edmundo Rodrigues
Edições de Ouro
(1963)



Contabilidade Geral
Hilário Franco
Atlas
(1983)



Paris era Ontem 1925-1939
Janet Flanner
José Olympio
(2006)



Recreio Nas Férias
Vários Autores
Imk
(2004)



Qualidade Total Em Informática
Antonio de Loureiro Gil
Atlas (sp)
(1992)



As Aventuras do Capitão Pirilampo e do Comandante Noita
Flávio Rezende - Suzana Gasparian
Girafinha
(2011)



Contratos de Crédito Bancário - 2a edição
Arnaldo Rizzardo
Revista dos Tribunais
(1994)



As Ostras Estao Morrendo
Walmir Ayala
Leitura
(2007)



Helba Nogueira - uma Vida a Serviço da Dança
Ivan Ribeiro Barbosa
Não Identificado
(1988)





busca | avançada
69435 visitas/dia
2,6 milhões/mês