O célebre Ernesto Nazareth | Digestivo Cultural

busca | avançada
87666 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Nova Exposição no Sesc Santos tem abertura online nessa quinta, 17/06
>>> Arte dentro de casa: museus e eventos culturais com exposições virtuais
>>> “Bella Cenci” Estreia em formato virtual com a atriz Thais Patez
>>> Espetáculo teatral conta a história de menina que sonha em ser astronauta
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Autores & Ideias no Sesc-PR I
>>> Balangandãs de Ná Ozzetti
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> A sétima temporada de 24 horas
>>> De olho neles
>>> Saudações cinemusicais
>>> 1998 ― 2008: Dez anos de charges
>>> The Book of Souls
>>> Carta ao pai morto
>>> Rousseau e a Retórica Moderna
Mais Recentes
>>> Cristãos Hoje de N. Maccari pela Paulinas (1976)
>>> Salmos de Edgard Armond pela Aliança (1979)
>>> Lobas, Lobos e Afins - a Eterna Busca da Liberdade... de Solange Torino pela Virgo (2001)
>>> Vida, Morte e Destino de Maria Fernanda S. e Edson Olivari de Castro pela Cia Ilimitada (1992)
>>> Rezas, Orações e Preces de Varios Autores pela Rita Carneti (1992)
>>> Como Falar em Publico e Influenciar Pessoas no Munndo dos Negócios de Dale Carnegie pela Record (1962)
>>> Uma Jornada Interior de Sara Mariott pela Pensamento (1993)
>>> Jovens e Adultos Dominical Fidelidade de Varios Autores pela Betel
>>> O Manual da Felicidade de Pe. Alberto Luiz Gambarini pela Ágape (2008)
>>> Como Enfrentar o Stress de Marilda Novaes Lipp e Colaboradores pela Ícone (1990)
>>> Auxiliares Invisíveis de C. W. Leadbeater pela Pensamento (1997)
>>> Oito Passos para Você ter Saúde de Ana Maria Freitas pela N/a
>>> O Livro do Destino de Herman Kirchenhoffer pela Círculo do Livro (1978)
>>> Eles Voltaram de Francisco Cândido Xavier pela Instituto de Difusão Espírita (1982)
>>> Os Remédios Florais do Dr. Bach de Dr. Edward Bach pela Pensamento (2006)
>>> Encontros, Desencontros e Reencontros de Florangela M. Desidério pela Paulinas (1982)
>>> Cavaleiro da Concórdia de Manoel Jacintho Coelho pela Racional (1988)
>>> Fátima, Aurora do Terceiro Milênio de João S. Clá Diaz pela Associação Cultural Nossa Senhora de Fátima (2000)
>>> I Ching, O Livro das Mutações de Juan Echenique Pérsico pela Melhoramento (2012)
>>> O Encontro, os mais Belos Encontros de Cristo de João Mohana pela Agir (1979)
>>> Boca de Forno de Olga Diniz de Castro pela Santo Alberto Artes Graficas
>>> Ginástica Cerebral de Paul E. Dennison pela Século xxi (2000)
>>> Brasil Coração do Mundo Pátria do Evangelho de Francisco Cândido Xavier pela Feb (1999)
>>> Evangelho no Lar de Maria T. Compri pela Feesp (1991)
>>> Guia do Outro Mundo de Ornella Volta pela Hemus (1973)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 27/9/2007
O célebre Ernesto Nazareth

+ de 2000 Acessos

Depois de analisar, ouvir e estudar a canção (aqui e aqui), crítica musical, a poesia nas letras de música , Chico Buarque, Racionais MC's e João Gilberto, a última aula do curso de MPB do Espaço da Revista Cult viajou ainda mais longe no tempo. O músico e historiador Cacá Machado analisou a obra de Ernesto Nazareth e seus desdobramentos na história da música brasileira. O pianista, compositor de tangos brasileiros, viveu entre 1863 a 1934 e suas composições contribuíram na formação do que hoje é conhecido como chorinho.

Inspirado pelo conto de Machado de Assis, "O homem célebre", o historiador fez um estudo sobre a relação entre a vida de Nazareth e a do pianista fictício do texto, o Pestana. A análise deu origem ao livro O enigma do homem célebre. Ambos sonhavam em ser concertistas, mas o sustento e o sucesso vinham de composições mais populares (polca e maxixe). Nazareth, o entanto, foi muito mais além por ter criado um gênero a partir do maxixe: o tango brasileiro.

Cacá Machado apresentou três músicas para exemplificar as transições que Ernesto Nazareth fez entre um gênero e outro. "Você bem sabe" (1878), primeira composição do pianista, feita quando tinha apenas 13 anos, é uma polca tradicional. Dez anos mais tarde, compôs "Beija-flor", típica polca de salão (mais rápida e dançante) e em 1892 escreveu "Rayon D'or", considerada um marco, por ser uma polca-tango e apresentar um ritmo sincopado, depois classificado como "brasileirinho".

Nazareth é uma dessas figuras que depois que morreu se tornou um clássico, tanto na MPB quanto na música erudita. Isso aconteceu porque ele conseguiu entrar no repertório de concertistas ao mesmo tempo em que foi precursor de gêneros populares. "No Brasil, essa questão [entre música popular e erudita] é um nó cego e tenso, mas no sentido positivo. Acho bom ter esse nó e ele tem que se manter tenso, porque é daí que saem as coisas mais criativas da música. Mas eu particularmente não acredito nessa divisão", opina o historiador.

Mesmo reconhecendo a existência das diferenças entre um e outro, Machado acha que no Brasil os dois estilos se fundiram e se influenciaram muito, ao contrário do que ocorreu em outros países na mesma época. O maior exemplo da peculiaridade da história da música brasileira é o que se deu com a polca. Nazareth foi introduzindo um suingue, um ritmo sincopado nas polcas que compunha, aproximando-as do maxixe, até transformá-las em tangos. E o que veio em seguida foi o choro, o samba... Gêneros genuinamente brasileiros.

Para ir além
Espaço da Revista Cult


Postado por Débora Costa e Silva
Em 27/9/2007 às 18h53


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Conheça General Rodriguez de Julio Daio Borges
02. Aloysio Nunes sobre a mentira de Julio Daio Borges
03. Dá-lhe, Villa! de Julio Daio Borges
04. Ney Matogrosso sobre a Copa de Julio Daio Borges
05. García Márquez na CNN de Julio Daio Borges


Mais Débora Costa e Silva no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Terra dos Peixes - Memórias de Rio das Ostras
Selma Rocha (2ª Ed.)
Prefeitura de Rio das Ostras
(1997)



Desejo Cigano: Sob o Fascínio da Linguagem Muda
Betânia Ferreira
Comunicarte (recife)
(1995)



Entre os Reinos de Gog e Magog
Sílvio Fiorani
Siciliano
(1994)



Meu Pai, Seu Porco e Eu
Jna Scheerer
Rocco
(2006)



Malditos Frutos do Nosso Ventre
Carlos Alberto Luppi
Ícone
(1987)



Direito Tributário e Finanças Públicas
Arché Interdisciplinar Nº 27 Vol. 9 de 2000
Univ Cândido Mendes
(2000)



Véu do Passado
Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho/antônio Carlos
Lúmen
(1997)



Alô Você! Conquiste Seu Lugar
Evandro Guedes
AlfaCon
(2016)



Longitudes and Attitudes: Exploring the World After September 11
Thomas L. Friedman
Farrar Straus and Giroux
(2002)



Santa Cruz del Vale de los Caidos - Tourist Guide Book
Editorial Patrimonio Nacional (tenth Edition)
Patrimonio Nacional (madri)
(1974)





busca | avançada
87666 visitas/dia
2,7 milhões/mês