Osesp, 28.08 | Digestivo Cultural

busca | avançada
41460 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOG >>> Posts

Quarta-feira, 2/9/2009
Osesp, 28.08

+ de 3000 Acessos
+ 1 Comentário(s)

De um modo geral, a música de concerto guarda certo mistério no que se refere à execução de suas peças. Em outras palavras, é como se o espectador ― sim, sim, leitor, o público ― guardasse para si, e apenas para si, a versão definitiva de algumas obras a partir de uma única execução. Sobretudo aquelas que não pertencem ao repertório mais comum desse público, que, embora não seja especializado, se interessa pelas apresentações, na exibição e, claro, na performance das orquestras que contam com um programa previamente estabelecido. Nesse caso em particular, observa-se que a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Osesp, ajuda a estabelecer o gosto desse público por essas obras. Dito de outra forma, é bom que o primeiro contato de certa fatia do público com algumas obras seja através da Osesp.

O concerto da última sexta-feira, 28 de agosto, pode ser analisado com base nessa perspectiva. Estava lá a Osesp, com o maestro convidado Gabor Ötvös, juntamente com o violista chileno, naturalizado norte-americano, Roberto Díaz, cuja aparição, na segunda peça, fez o público admirar seu talento de virtuose, tal como um guitar hero dando uma canja para o público. Ok, leitor, a comparação talvez não seja das mais precisas, mas a sensação, para o público presente, era exatamente esta: um êxtase desses que só pode ser proporcionado por um talento musical.

Antes de Díaz, no entanto, quem conduziu a orquestra e o olhar do público foi Gabor Ötvös. Com poucos gestos, mas de forma bastante acurada, ele soube articular o conjunto de músicos à sua frente a ponto de não somente fazê-los executar as respectivas partituras da Sinfonia n°1 em Ré maior, do russo Serguei Prokofiev, mas, efetivamente, fez com que a orquestra interpretasse à sua maneira a obra.

Desse modo, mais do que a correção das notas e dos compassos, houve, portanto, espaço para uma leitura que extraísse as partículas elementares da peça, com cada movimento sendo devidamente pontuado para que o público tivesse consciência de suas diferenças. Destaque, aqui, para a presença das cordas, com os violinos fazendo valer sua distinção em relação aos demais naipes. Após esses 15 minutos iniciais, foi a vez da obra de Béla Bartók sofrer a intervenção da Osesp. Desta vez, no entanto, a empatia junto ao público não foi necessariamente imediata, a ponto de, durante o intervalo, ser possível ouvir, em tom mais informal, que Bartók era um tanto mais denso a ponto de os vinte minutos terem parecido uma eternidade para alguns.

Neste Concerto para Viola, no entanto, o melhor estava com o solista Roberto Díaz, que, a certa altura, travava uma espécie de duelo com o restante da orquestra, obtendo resposta às frases emitidas por seu instrumento. Contudo, mesmo nesse momento, parecia existir uma distância entre a obra e a plateia, que, por sua vez, parecia enfadada. Essa quase monotonia só se quebrava quando o músico habilmente interpretava o solo. Aqui, ele chamava a atenção do público de volta para o espetáculo, longe, portanto, de qualquer abstração. Não por acaso, os aplausos na sequência quebraram um pouco a solenidade, e ele concedeu um improviso soberbo para o público, que novamente se esbaldou com a destreza e com a interpretação do violista.

Logo depois do intervalo, coube ao maestro Gabor Ötvös apresentar a Sinfonia nº9 em mi menor, Op.95 ― Do novo mundo, do tcheco Antonín Dvorak. Nesta ocasião, foi possível constatar tamanho envolvimento entre a peça e o público ― seja pela sonoridade, seja por sua força expressiva ― que a audiência parecia mais à vontade com a obra, ainda que esta tivesse maior tempo de duração. E, ao longo dos movimentos, a audiência era cativada pelas madeiras ― fagote e oboé, pela ordem ― do mesmo modo que era atraída pelo toque dos metais ― trompetes e trompas, respectivamente. Ao final, o mistério e a novidade deram lugar ao encantamento e à impressão de que algumas obras, de fato, são sensíveis a execuções que funcionam como experiências definitivas para a formação do gosto.


Postado por Fabio Silvestre Cardoso
Em 2/9/2009 às 11h46


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Revolution Calling de Julio Daio Borges
02. Ed Motta + Andreas Kisser de Julio Daio Borges
03. 16 de Março #digestivo10anos de Julio Daio Borges
04. Pondé por Paulo Lima de Julio Daio Borges
05. Dahmer sobre marketing viral de Julio Daio Borges


Mais Fabio Silvestre Cardoso no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
15/9/2009
11h15min
Caro Fabio, imagino que você não tenha querido entrar nesta seara, mas eu sinceramente acho que ela tem de ser abordada. A diferença entre a reação do público a Bartok é bastante simples de ser explicada por ser a única peça caracteristicamente "século XX" dentre as três executadas (apesar da Sinfonia nº 1 de Prokofiev ser do século XX, ela ainda não segue os cânones desse século, tanto que tem o subtítulo de "Clássica") e a música dita "contemporânea" simplesmente não consegue agradar ao público da mesma forma que a dos séculos anteriores. Desinformação? Pode ser. Falta de hábito? Também. Mas eu, como músico que sou, me arrisco a dizer que também é falta de beleza... Da música, claro. É aí que entramos na seara que acho que você não quis entrar...
[Leia outros Comentários de Paulo Mauad]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TRÉGUAS E EPIFANIAS NO PRECIPÍCIO
ARLINDO GONÇALVES
ESTRONHO
(2019)
R$ 19,90



IMPROVE YOUR TIME MANAGEMENT
POLLY BIRD
TEACH YOURSELF
(2010)
R$ 38,28



LIVING WATER
ISRAEL ABRAHAMS
CAPE
(1968)
R$ 80,00
+ frete grátis



GESTÃO DE CUSTOS
CARLOS UBIRATAN DA COSTA SCHIER
IBPEX
(2006)
R$ 6,00



ERA DOS EXTREMOS - O BREVE SÉCULO XX - 1914-1991
ERIC HOBSBAWM
COMPANHIA DAS LETRAS
(1995)
R$ 45,00



A TERRA DAS COISAS PERDIDAS
CARLOS AUGUSTO SEGATO
ATUAL
(1994)
R$ 25,00
+ frete grátis



JESUS E A FILOSOFIA NOVOS ENSAIOS
PAUL K MOSER
MADRAS
(2010)
R$ 61,88



ANARQUISMO E ANARCOSSINDICALISMO
GIUSEPPINA SFERRA
ATICA
(1987)
R$ 20,10



SÃO PAULO PARA CÃES E GATOS
ANA PAULA CORRADINI
PANDA BOOKS
(2004)
R$ 7,90



GRANDES ASTROS SUPERMAN - EDIÇÃO DEFINITIVA
GRANT MORRISON; FRANK QUITELY
PANINI / DC COMICS
(2018)
R$ 59,90





busca | avançada
41460 visitas/dia
1,4 milhão/mês