A Casa de Vital Brazil de luto | Digestivo Cultural

busca | avançada
39185 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
>>> Steve Jobs em 1997
>>> Jeff Bezos em 2003
>>> Jack Ma e Elon Musk
>>> Marco Lisboa na Globonews
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Dicas para a criação de personagens na ficção
>>> Tiros, Pedras e Ocupação na USP
>>> Oficina de conto na AIC
>>> Crônica em sustenido
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> O julgamento do mensalão à sombra do caso Dreyfus
>>> Retomada do crescimento
>>> Drummond: o mundo como provocação
>>> Cigarro, apenas um substituto da masturbação?
>>> De volta às férias I
Mais Recentes
>>> Como Um Mistico Amarra os Seus Sapatos (O Segredo das Coisas Simples) de Lorenz Marti pela Vozes (2008)
>>> Sagas de Heróis e Cavaleiros - Vol 2 de Martin Beheim-Scwarzbach pela Paz e Terra (1997)
>>> O Aprendiz de Assassino de Robin Hobb pela Leya (2019)
>>> Atlas Ilustrado: Fichas Interativas (capa 3d/ pags duplas) de Andrea Pinnington e Marie Greenwood pela Ediouro (2002)
>>> Retrato do Brasil (vol. Ii): da Monarquia ao Estado Militar de Mino Carta: Diretor de Redação pela Política Edit./ Sp. (1984)
>>> Marterworks of Man & Nature: Preserving Our World Heritage de Mark Swadling: Diretor Management pela Globe Press/ Australia (1992)
>>> Tania Castelliano e J. Cabral de Entenda Seus Conflitos e Livre-se Deles pela Record (2002)
>>> 1ª Oficina de Desenho Urbano de Florianópolis de Silvia Ribeiro Lenzi (et..al): Organização pela Ipuf/ Pmf Arq./ Ufsc (1994)
>>> 1ª Oficina de Desenho Urbano de Florianópolis de Silvia Ribeiro Lenzi (et..al): Organização pela Ipuf/ Pmf Arq./ Ufsc (1994)
>>> Primeira Vez de Ivan Jaf pela Moderna (1997)
>>> Primeira Vez de Ivan Jaf pela Moderna (1998)
>>> Fe, Razon y Civilizacion: Ensayo de Análisis Historico de Harold J. Laski pela Editorial Abril/ Buenos Aires (1945)
>>> Bolofofos e Finifinos de Fernando Sabino pela Ediouro (2006)
>>> ...Quando Florescem os Ipês de Ganymédes José pela Brasiliense (1986)
>>> Robinson Crusoé A Conquista do Mundo numa Ilha de Daniel Defoe pela Scipione (1983)
>>> O Monstro do Morumbi de Stella Carr pela Moderna (1993)
>>> O Útimo Magnata de F. Scott Fizgerald / Introd.: Edmund Wilson pela Record
>>> Poesia e Prosa - (obras Completas- Avulso): Volume 3/ Encadernado de Edgar Allan Poe pela Ed. da Livr. do Globo (1944)
>>> Dama da Caridade de Antonio Cesar Perri de Carvalho pela Radhu (1987)
>>> O Castelo dos Horrores de Thomas Brezina pela Melhoramentos (1996)
>>> Rita Está Crescendo de Telma Guimarães Castro Andrade pela Atual (1989)
>>> Feliz Ano Velho de Marcelo Rubens Paiva pela Círculo do livro (1989)
>>> Uma Escola para o Povo de María Teresa Nidelcoff pela Brasiliense (1980)
>>> O Mulato de Aluísio Azevedo pela Ática (1970)
>>> Uma Escola para o Povo de María Teresa Nidelcoff pela Brasiliense (1981)
>>> O Gato Sou Eu: Todos Têm o Direito de Sonhar... de Fernando Sabino pela Record (1983)
>>> O Navegador do Espaço de José Acleildo de Andrade pela Leal (2006)
>>> Os Raios Invisíveis O astral das Coisas de Acervo Papus pela Gnosis (2002)
>>> Passes e Radiações de Edgard Armond pela Aliança (1999)
>>> O Livro da Lua de Marcia Mattos pela Campus (2001)
>>> Yokaanam fala á Posteridade de Vários pela Edição do Autor (1970)
>>> Os Tecelões do Destino de Eurípedes Kühl pela Petit (2001)
>>> O Poder dos Anjos de Martin Claret pela Martin Claret
>>> Eliminando o Estresse de Brian L. Weiss M.D. pela Sextante (2006)
>>> Fenômenos Ocultos de Zsolt Aradi pela Ibrasa (1976)
>>> Los Rosacruces de Christopher Mc Intosh pela Edaf (1988)
>>> Bases Esenias ( Em 02 volumes ) de Oreb Raja Aari pela Organizacion Esenia Universal
>>> Mudando o seu destino de Mary Orser e Ricardo Zarro pela Summus (1991)
>>> Magia Organizada Planetária de Vicente Beltran Anglada pela Aquariana (1990)
>>> Muralhas do passado de Jaci Regis pela Dpl (2001)
>>> O séculos dos Cirugiões de Jürgen Thorwald pela Hemus
>>> Dicionarios de las artes adivinatorias de Gwen Le Scouézec pela Martínez Roca (1973)
>>> Há Solução Sim! de José Lázaro Boberg pela Chico Xavier (2012)
>>> A Outra Face da doença de Mokiti Okada pela Fundação Mokiti (1986)
>>> Como evitar as influências Negativas de Amadeus Volben pela Pensamento (1984)
>>> A Última Grande lição ( O Sentido da vida) de Mitch Albom pela Sextante (1997)
>>> Terceiro Milênio de Carlos E. Pesssione pela Z. Valentin gráfica (1992)
>>> Segurança Mediúnica de João Nunes Maia pela Espirita Cristã (1992)
>>> O Que é o Espiritismo de Allan Kardec pela Ide (2008)
>>> Os Novos Pagãos de Hans Holzer pela Record (1972)
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 17/5/2010
A Casa de Vital Brazil de luto

+ de 2700 Acessos

Foi com profunda consternação que acompanhamos as notícias da destruição de um dos mais relevantes patrimônios científicos do país e da humanidade, a maior e a mais antiga coleção no mundo em seu gênero. Especialistas afirmam que não há em qualquer outro lugar do planeta uma coleção tão expressiva em torno de uma única espécie animal que se compare a esta que desapareceu.

Vital Brazil começou a formar esta coleção há 114 anos atrás, em 1896, ainda em Botucatu, concomitante ao início de seus trabalhos sobre o ofidismo. Ele imaginou ser possível, pesquisou, planejou e se empenhou incondicionalmente para lançar as bases sólidas de uma grande obra que pudesse servir para pesquisa e para os estudos de gerações e gerações futuras. Seu interesse pelo tema já vinha desde os tempos da faculdade de medicina no Rio de Janeiro, mas foi a partir da indignação pela morte de uma jovem camponesa mordida por serpente que a causa o tomou por completo. Este episódio representou a gota d'água que o fez transformar a sua casa em um rudimentar laboratório experimental, três anos antes de dar início ao Instituto Butantan, em dezembro de 1899. Somente em 1907, com a entrada de João Florêncio Gomes no instituto, seu segundo colaborador ― até então só havia um único assistente para com ele dar conta das diversas atividades e tarefas no IB ―, que Vital Brazil entregou a responsabilidade desta coleção para que este, Dr. João Florêncio, sob sua orientação, pudesse melhor organizá-la. Ao passar dos anos expandiram-se as pesquisas, criou-se a coleção de aracnídeos e de outros importantes acervos de animais peçonhentos com milhares de exemplares para o fomento de estudos e para o avanço científico em diferentes campos do conhecimento.

Ao longo de décadas inúmeros pesquisadores passaram por ali e contribuíram determinantemente para que a coleção herpetológica se tornasse a referência maior que foi até a manhã deste sábado último, dia 15 de maio de 2010. Não por acaso levava o nome do Dr. Alphonse Richard Hoge, responsável por progredir significativamente em sua formação e organização a partir dos anos 40. Nos últimos tempos esta coleção esteve sob a diligente responsabilidade de herpetólogos como Giuseppe Puerto e Francisco Franco, que como outros tantos pesquisadores que ali se formaram e atuaram, tanto do passado, como do presente, muito fizeram pelo engrandecimento deste patrimônio científico.

A família de Vital Brazil reconhece com profunda e sincera gratidão o esforço de todos estes incontáveis cientistas e empenha total solidariedade àqueles que, nos últimos anos, de fato, trabalharam incansavelmente para manter e preservar com todo o zelo este patrimônio científico ora destruído, como o Dr. Francisco Franco, o Kiko, atual curador da coleção. Há tempos que este pesquisador lutava bravamente pela reforma das instalações que abrigava este acervo.

Não se pode dar valor àquilo que não se conhece. Basta se observar a notória preocupação da imprensa em divulgar que a produção de vacinas não foi atingida por este trágico incêndio. Fábricas podem-se recuperar de quaisquer tragédias, patrimônios como este que se foi, não, nunca.

Perguntamo-nos sobre as condições dos outros acervos de documentação da maior relevância histórica que estão sob os cuidados do Instituto Butantan. Perguntamo-nos as quantas andam os indiciamentos dos responsáveis e as investigações sobre o desfalque de cerca de 150 milhões de reais da Fundação Butantan que veio à tona em setembro último. Há de se averiguar com determinação a maneira com que a instituição vem tratando de sua História, há de se ler com atenção o que vem sendo escrito e divulgado sobre este Patrimônio Nacional nas últimas duas décadas, sobretudo, desde os anos de 1980. Este incidente também há de representar o arrombar das portas de um silêncio notoriamente intencional.

Lamentavelmente, por mais triste e silenciador que seja este momento, é impossível conter a indignação diante do descaso e do descuido da atual administração do Butantan em relação ao patrimônio histórico-científico que lhes foi entregue para gerir.

Fez-se definitivamente o vazio inquietante. Arderam vitoriosas as chamas das vaidades e das mesquinharias daqueles que tiveram até pouco e ainda têm o poder de decisão no Butantan, mais uma vez rejubilou-se a lógica reducionista da fábrica de soros e vacinas contra a qual Vital Brazil tanto lutou e resistiu.

(...) permiti, senhores, que o velho fundador desta casa [Butantan], que assistiu aos seus primeiros delineamentos, que viu o lançamento de suas bases fundamentais, que testemunhou uma série enorme de lutas, triunfos e decepções até chegar ao ponto em que ora se encontra, que sentiu alegrias e tristezas, que aqui viveu durante vinte anos, tendo aqui passado os melhores dias de sua mocidade, que viu primeiro germinar, na sua imaginação, toda essa obra que pouco a pouco se transformou em realidade, desde o majestoso e empolgante bosque de araucárias e eucaliptos, que emoldura as construções, até os mínimos e insignificantes detalhes; permiti senhores, que esse idealista impenitente, ora se vos apresente cheio de entusiasmo e de fé, para vos afirmar que, ainda hoje, alimenta o mesmo sonho que em outros tempos afagou, de fazer desta Instituição, não uma simples fábrica de soros e vacinas, mas um centro de pesquisas e estudos de utilidade para este glorioso Estado e de grandes benefícios para o país e a humanidade.
(Vital Brazil, em discurso ao retornar à direção do Butantan, em 1924.)

Em nome da família de Vital Brazil,
Érico Vital Brazil
Presidente da Casa de Vital Brazil


Postado por Luis Eduardo Matta
Em 17/5/2010 às 18h05


Quem leu este, também leu esse(s):
01. 23 de Maio #digestivo10anos de Julio Daio Borges
02. Filosofia não se aprende! de Julio Daio Borges


Mais Luis Eduardo Matta no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CIÊNCIAS 8 - ARARIBA PLUS
OBRA DA EDITORA
MODERNA
(2014)
R$ 70,00



TREINAMENTO AVANÇADO XML 7760
ROGERIO AMORIM DE FARIA
DIGERATI
(2005)
R$ 13,00



COMO ABRIR SEU PRÓPRIO NEGÓCIO : CESTAS DE CAFÉ DA MANHÃ
JOÃO HUMBERTO DE AZEVEDO
SEBRAE
(1996)
R$ 10,50



SÓ O AMOR É INFINITO
LAURO TREVISAN
DA MENTE
(1988)
R$ 4,00



INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA
T.B. BOTTOMORE
ZAHAR
(1967)
R$ 10,00



A ILHA SOB O MAR
ISABEL ALLENDE
BERTRAND BRASIL
(2011)
R$ 13,49



A CAMA REDONDA DE MARIA BEATRIZ
MARIA BEATRIZ SOARES
PLANETA
(2005)
R$ 10,00



MANCHETE EDIÇÃO HISTÓRICA - A VERDADE DO PAPA
VARIOS AUTORES
BLOCH
(1997)
R$ 35,00



AS PAIXÕES INTELECTUAIS - VOL. 3 - VONTADE DE PODER 1762-1778
ELISABETH BEDINTER
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(2009)
R$ 62,00



AFFECTIVAS 8407
J B N GONZAGA FILHO
JORNAL DO COMERCIO
(1919)
R$ 85,00





busca | avançada
39185 visitas/dia
1,1 milhão/mês