Mini entrevista: Jo e Tuco | Digestivo Cultural

busca | avançada
57174 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Kura retoma Grand Bazaar em curta temporada
>>> Dan Stulbach recebe Pedro Doria abrindo o Projeto Diálogos 2024 da CIP
>>> Bert Jr. aponta sintomas de uma sociedade mal-orientada em “Fict-Essays e Contos Mais Leves”
>>> Novo livro de Vera Saad resgata política brasileira dos anos 90 para destrinchar traumas familiares
>>> Festival de Cinema da Fronteira e Sur Frontera WIP LAB abrem inscrições
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
>>> Minha história com o Starbucks Brasil
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
>>> Quando o AlphaGo venceu a humanidade (2020)
Últimos Posts
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 23º Festival Mix Brasil de Cultura e Diversidade
>>> De Lucia, McLaughlin, Di Meola
>>> Dos portões abertos de Auschwitz, 58 anos depois
>>> A reação do cinemão
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Minha história com Marisa Monte
>>> Eu não uso brincos
>>> Meu filho e minha mãe
>>> Literatura para quê?
>>> Smart people defend bad ideas
Mais Recentes
>>> Seducao Ao Amanhecer: Os Hathaways Volume 2 de Lisa Kleypas pela Arqueiro (2013)
>>> Sociedade Secreta de Tom Dolby pela Id (2010)
>>> Ta Todo Mundo Mal de Jout Jout pela Companhia Das Letras (2016)
>>> Guia Politicamente Incorreto Da Historia Do Mundo de Leandro Narloch pela Leya (2013)
>>> Um Funeral Na Grécia de Maria Luiza Bortoni Ninis pela Novo Seculo (2014)
>>> Um Funeral Na Grécia de Maria Luiza Bortoni Ninis pela Novo Seculo (2014)
>>> Tequila Vermelha de Rick Riordan pela Record (2011)
>>> Jogadas De Abertura de Steven james pela Companhia Nacional (2015)
>>> Nao Conte A Ninguem de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Fallen de Lauren Kate pela Galera Record (2012)
>>> As Casas Astrologicas de Dane Rudhyar pela Pensamento (1972)
>>> Biotipologia de Carlos Beretta e Hélio Cyrino pela Átomo (2007)
>>> O Mascaramento Na Avaliaçao Audiologica de Kátia de Freitas Alvarenga pela Pulso (2006)
>>> O Irmao Alemao de Chico Buarque pela Companhia Das Letras (2014)
>>> Psicoanálisis y educación - 2 Tomos de Wilhelm Reich; Vera Schmidt pela Anagrama (1973)
>>> Introdução À Linguística II Princípios De Análise de Varios Autores pela Contexto (2008)
>>> Persuasao Ediçao Bilingue de Jane Austen pela Landmark (2007)
>>> Carcereiros de Drauzio Varella pela Companhia Das Letras (2012)
>>> Enciclopédia do Estudante Religiões e Culturas 574 de Enciclopédia do Estudante pela Moderna (2008)
>>> Prisioneiras de Drauzio Varella pela Companhia Das Letras (2017)
>>> Onde Está A Bruxa 574 de Ilan Brenman pela Scipione (2012)
>>> Estação Carandiru de Drauzio Varella pela Companhia Das Letras (1999)
>>> Por Um Fio de Drauzio - Varella pela Companhia Das Letras (2004)
>>> Os Olhinhos da Jabuticabeira contos da Infância 574 de Gonçalves Luiz de Melo pela Sem (2010)
>>> Palavra De Medico. Ciencia, Saude E Estilo De Vida de Drauzio Varella pela Companhia Das Letras (2016)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 17/3/2011
Mini entrevista: Jo e Tuco
+ de 2300 Acessos

Jo e Tuco, voz e contrabaixo, lançaram no fim de 2010 o álbum Um Silêncio (com distribuição da Tratore). O CD convida o ouvinte ao resgate da audição atenta e tenta mostrar a importância do silêncio, das dinâmicas e da sutileza. Também tem músicas e arranjos bem elaborados. É um conceito quase rebelde se pensarmos no mundo da dispersão dos milhões de downloads de MP3, músicas cada vez mais simplórias, processadas e "gritadas". Além disso, traz participação de grandes músicos, como Swami Jr, Adriano Busko, Paulo Freire, Alexandre Ribeiro, Lea Freire, entre outros. A seguir, uma rápida entrevista com o duo sobre o novo trabalho.

1) No encarte de Um silêncio há uma afirmação de que o disco é uma manifestação "(...) pela delicadeza, pela qualidade de ouvir, pela paciência (...)". De fato, isso é perceptível desde o nome até a capa, passando pelo encarte, a sonoridade, o repertório e a presença dos amigos tocando. De onde veio a vontade para essa manifestação"?

Jo - Penso que a intenção principal é usar a música, que é nosso meio artístico de expressão, como veículo de comunicação para aquilo que achamos precioso e necessário no mundo de hoje: a delicadeza, a qualidade de ouvir, etc. A arte, nesse caso, parece ser o melhor veículo, porque fala aos sentidos, comunica numa camada mais profunda do ser humano.

2) Os ouvintes estão, mesmo, cada vez mais dispersos e movidos pela "gritaria"?

Jo - Consideramos que há uma carência de silêncio, de contemplação demorada das coisas. A aceleração da informação, da batida do compasso, da velocidade da internet tem provocado, ao nosso ver, uma certa dificuldade de ouvir. A si mesmo e aos outros.

Tuco - E também a busca de um silêncio interno, que possibilita escutar direito. Achar um espaço vazio pra caber alguma coisa que nunca escutou ou sentiu.

3) Há algo que possa ser feito para reverter isso?

Jo - Acho que o papel do artista nesse caso é fundamental. Se ele mergulhar sinceramente na sua própria condição humana e conseguir trazer e comunicar o que há de precioso e único nele, daí pode haver mudanças, talvez pequenas, mas muito significativas.

Tuco - E também acreditar que ainda existem pessoas voltadas para essa desaceleração, que sentem a falta que isso faz.

4) Houve um período de dez anos entre o lançamento de "Você e eu" (2000), o primeiro disco da dupla, e este. Em que vocês mudaram musicalmente nesses anos? Em que evoluíram? E quais as principais diferenças entre os dois lançamentos?

Jo - Evoluí como ser humano, com a maternidade e com o cuidado interno, espiritual, e a música vem junto com essa evolução. A diferença principal é a confiança de que quanto mais sinceridade houver, mais interessante será meu trabalho. Por isso esse novo álbum está muito mais autoral, mais livre, mais feliz.

Tuco - Na música não tem como enganar, o produto do seu trabalho é o que você consegue ser como ser humano, é isso que passamos para o público, e, como a Jo falou, a nossa evolução vem da auto estima, da não concessão aos valores comerciais vigentes e a constante busca de conhecimento.

5) O disco foi produzido e lançado de forma independente. Quais as principais dificuldades que um artista independente enfrenta para lançar um disco no Brasil? Financiamento, distribuição, divulgação? O que precisa melhorar de estrutura para que os muitos músicos talentosos que temos aqui possam aparecer mais?

Tuco - O Brasil atual é uma vergonha na saúde, na educação, na moralidade e na ética de seus dirigentes. A cultura de um povo se fundamenta nesses valores. Como vou falar que precisamos de mais interesse e apoio para nossas realizações artísticas? Acho que não preciso dizer mais nada. Temos que ir fazendo..

Jo - É preciso haver consumidores de cultura, e para que haja consumidores de cultura é preciso haver educação de qualidade, respeito pela educação e pelos educadores. Infelizmente vivemos o contrário no Brasil. O que acontece é que o artista independente tem investido em sua arte sem expectativa de retorno financeiro, ou ele tem tentado fazer com que ela caiba nos modelos de projetos que interessam às empresas que são patrocinadoras de arte.


Postado por Rafael Fernandes
Em 17/3/2011 às 19h31

Mais Rafael Fernandes no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Os Cenários Futuros para a Educação
Alvaro Chrispino
Fgv
(2009)



Coleção DSOP de Educação Financeira 3º Ano Ensino Fundamental
Reinaldo Domingos
Dsop
(2013)



Graduate School in Astronomy - XVIII Special Courses At the Nacional O
Marcelo Borges Fernandes / Outros
Aip



Salomé - Richard Strauss - Temporada 2014
Theatro Municipal de São Paulo
Theatro Municipal
(2014)



Medicina Natural Para Artrite
Glenn S. Rothfeld , Suzanne Levert
Cultrix
(1999)



Inferno - 100 Enigmas Diabólicos
Tim Dedopulos
Coquetel
(2013)



Fim da Eternidade
Isaac Asimov
Hemus
(1981)



Livro Didático Se Liga na Língua 1 Ensino Médio Literatura Produção de Texto Linguagem
Wilton Ormundo e Cristiane Siniscalchi
Moderna
(2016)



Poço dos Mercenários
Aparecida Talhari
Espírita João Batista
(2017)



Nos Passos dos Piratas
Thierry Aprile
Rocco
(2005)





busca | avançada
57174 visitas/dia
1,8 milhão/mês