Um papo muito estranho | Digestivo Cultural

busca | avançada
73886 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Projeto “Sala de Visita” recebe Mauricio Virgulino para falar sobre Educomunicação e arte
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Tiro ao alvo
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Contra reforma ortográfica
>>> Para pecar, vá de manga
>>> Público, massa e multidão
>>> Vida de Estagiário II
>>> Biocyberdrama: quadrinhos pós-humanos
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Suicídio on-line põe internet no banco dos réus
>>> O melhor presente que a Áustria nos deu
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Desfazendo alguns mitos sobre 64
Mais Recentes
>>> La bella vita - Marcello Mastroianni racconta de Emzp Biagi pela Rizzoli (1996)
>>> A paixão de Cristo segundo Mel Gibson. uma história bem contada? de Walter Eduardo Lisboa pela Paulinas (2005)
>>> O Barco - Coleção Gato e Rato de Mary França - Eliardo França pela Ática (1987)
>>> Clube da Luta de Chuck Palahniuk pela Leya (2019)
>>> O Pega-pega - Coleção Gato e Rato de Mary França - Eliardo França pela Ática (1987)
>>> 12 Anos de Escravidão de Solomon Northup pela Seoman (2014)
>>> Respeita os Teus Limites de Ricardo Peter pela Paulus (1999)
>>> Ponciá Vicêncio de Conceição Evaristo pela Pallas (2017)
>>> Antologia poética de Fernando Pessoa pela Bazar do Tempo (2016)
>>> Poesia Reunida de Orides Fontela pela Cosac & Naify (2012)
>>> Guerras Mundiais - Kit com 2 Livros - 1ª e 2ª Guerra Mundial de Claudio Blanc pela Camelot (2020)
>>> Tungstênio de Marcello Quintanilha pela Veneta (2014)
>>> Getúlio 3 (1945-1954) de Lira Neto pela Cia das Letras (2012)
>>> Getúlio (1930-1945): Do governo provisório à ditadura do Estado Novo de Lira Neto pela cia das Letras (2012)
>>> Getúlio 1 (1882-1930) de Lira Neto pela Cia das Letras (2012)
>>> Cabeça de porco de Luiz Eduardo Soares , Mv Bill, Celso Athayde pela Objetiva (2005)
>>> Poesia 1930-1962 de Carlos Drummond de Andrade pela Cosac & Naify (2012)
>>> Marcados de Claudia Andujar pela Cosac & Naify (2009)
>>> Viagem ao Centro da Terra de Julio Verne pela L&PM Pocket (2002)
>>> Atitude Mental Positiva de Napoleon Hill pela CDG Grupo Editorial (2014)
>>> Breaking the Silence: soldier's testimonies from the South Hebron Hills de Organization Breaking the Silence pela Onu (2021)
>>> Vicente Viciado de Renato Negrão pela Rótula (2012)
>>> Notas do Subsolo de Dostoiévski pela Pocket (2008)
>>> Capitão da minha alma, senhor do meu destino de Napoleon Hill pela CDG Grupo Editorial (2017)
>>> Odisseia de Homero pela Independentes (2008)
BLOG >>> Posts

Segunda-feira, 15/10/2012
Um papo muito estranho

+ de 1500 Acessos

"Meus velhos amigos estão no Facebook, mas nunca conversam comigo."

"Os meus tampouco, na verdade, nem respondem minhas mensagens diretas."

"Os meus respondem no máximo com um 'sim', um 'não' ou um 'talvez'."

"Por que será?"

"Ah, deve ser por causa de política ou de religião. Com o tempo as pessoas vão notando as diferenças de opinião e vão se afastando. Cada macaco no seu galho."

"Muito chato isso."

"Nem me fala."

"Mas acho que comigo isso acontece por outras razões."

"Por exemplo?"

"Ah, a maioria parou de falar comigo depois que entrei numa festa armado, atirando em todo mundo."

"Como é?!"

"Sério, mas não matei ninguém não. Era um revólver de espoleta."

"Ah, bom."

"Mas ninguém achou graça. Com a paranóia geral, ficaram foi putos, pensando que era de verdade. Teve gente que se jogou debaixo da mesa; muito engraçado. A namorada de um amigo meu me xingou pra caramba, aí chamei ela de puta e tal."

"Credo."

"Ah, mas era uma vagabundinha mesmo. Já tinha dado pra todo mundo, só ele não sabia. Até aquele momento, claro. E sobrou pra mim: o cara me encheu de porrada."

"Puts."

"Pelo menos não foi como numa outra festa, onde servi um space cake pra galera."

"Que que é isso?"

"Um bolo feito de maconha, porra."

"Ah, tá."

"Aí sim quiseram me matar. Todo mundo alucinando e tal. Chamaram a polícia, imagine. Esse pessoal careta, quando finalmente fica louco, perde as estribeiras."

"Você parece ser meio psico, né."

"Psico? Só eu?"

"Bom, eu nunca fiz esse tipo de coisa. No máximo declaro abertamente minhas posições sobre política, religião."

"E só eu sou psicótico?"

"E o que há de psicótico em assumir minhas idéias numa rede social?"

"Bom, nisso não há nada de psicótico, mas, se você já se esqueceu, estamos ambos com o pau de fora conversando no Chatroulette.com."

"Hum, é verdade. Já tinha até abstraído. Mas é que, caramba, só tem pau de fora aqui e as garotas nunca conversam com a gente."

"Tá, mas é injusto, numa situação como essa, eu ser o único psicótico."

"Ok, ok, me desculpa."

"Pelo menos a gente consegue conversar, ao contrário do que ocorre com nossos antigos amigos."

"Isso é verdade."

"A gente podia se adicionar no Facebook."

"Tá louco, meu! Você acha que vou adicionar um cara de quem só vi o pau! Tá achando que sou bicha? Vai se ferrar, cara!"

"Ah, vai você, seu idiota!"

E então ambos clicaram no ícone "Next".

_______
Esquete publicado no meu livro Mestre de um universo.


Postado por Yuri Vieira
Em 15/10/2012 às 20h07


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Stock Pickers ao vivo na Expert 2020 de Julio Daio Borges
02. Marcelo Adnet no Roda Viva de Julio Daio Borges
03. Retomada do crescimento de Julio Daio Borges
04. Lula: 'O mensalão não existiu' de Julio Daio Borges
05. Por que voto em Aécio de Julio Daio Borges


Mais Yuri Vieira no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Poesia do Brasil - Volume 8
Varios Autores
Adebach
(2007)
R$ 5,00



Títulos de Crédito: Cheque, Nota Promissória e Duplicata
Valter R Augusto; Andréia Guimarães S. Aguiar
Desafio Cultural (sp)
(2001)
R$ 9,82



A Bôlsa É a Bossa - Guia Prático do Investidor - 10769
John Yeh Chang Tong
Apec
(1971)
R$ 11,00



Construir uma Formação, Definição de Objectivos Exercícios
Christiane Strauven
EDIÇÕES Asa
(1994)
R$ 48,00



Primeira Guerra Mundial 90 Anos Edição Especial - 1653
Diversos
Abril
(1987)
R$ 10,00



Crime e Castigo
Dostoiévski
Nova Cultural
(2002)
R$ 70,75



As Drogas
Denis Richard
Instituto Piaget
(1997)
R$ 26,00



Código de Processo Civil Anotado
Sávio de Figueiredo Teixeira
Saraiva
(1992)
R$ 5,00



Estado Escarlate
David Aaron
Nova Cultural
(1989)
R$ 5,00



A Bíblia a Palavra de Deus Ou de Homem?
Watchtower
Wastchtower Bible
(1989)
R$ 12,00





busca | avançada
73886 visitas/dia
2,1 milhões/mês