Metamorfose, mortemesafo | Digestivo Cultural

busca | avançada
72475 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
>>> Cia de Teatro Heliópolis realiza debates sobre Cárcere, projeto que celebra 20 anos de grupo
>>> Mentoria Artística Anti-análise com Pêdra Costa
>>> Dias 06,13, 20 e 27 de março terão apresentações circenses virtuais da Arca de Vandé
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Top 10 da literatura
>>> A Eclosão do Twitter, de Nick Bilton
>>> Queime depois de ler, de Joel e Ethan Coen
>>> Chorões e seresteiros
>>> Carles Camps Mundó e a poética da desolação
>>> O fim dos livros físicos?
>>> Sigmund Freud, neuroses e ciúme em destaque
>>> Em Busca da Terra do Nunca... e Johnny Depp
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Tom Zé por Giron
Mais Recentes
>>> Meu irmão e eu de Paulo Nunes pela Epn7 (2020)
>>> O Recife - Histórias de uma cidade de Antonio Paulo Rezende pela Prefeitura do Recife - Secretaria de Cultura (2002)
>>> História Contemporânea de V. M. Jvostov e L. I. Zubok pela Vitória (1961)
>>> Manuscrito Holandês ou A Peleja do Caboclo Mitavaí com o Monstro Macobeba (Literatura Brasileira) de M. Cavalcanti Proença pela Antunes (1959)
>>> Artes Marciais - A Dimensão Espiritual - Coleção Mitos, Deuses, Mistérios de Peter Payne pela Edições Del Prado (1997)
>>> Ascensão e queda de Miguel Arraes de Adirson de Barros pela Equador (1965)
>>> Além da Curvatura da Luz de Mário Sanchez pela Do Autor (1959)
>>> Os Estados Subjetivos: Uma tentativa de classificação de seus Relatos Verbais (Linguagem/Psicologia) de Arno Engelmann pela Ática (1978)
>>> El son Entero - Suma Poetica 1929-1946 (Em ESPANHOL) - Poesia Cubana de Nicolás Guillén pela Pleamar (1947)
>>> A ilusão americana de Eduardo Prado pela Brasiliense (1958)
>>> A força da Não-Violência - A firmeza-Permanente de Antônio Fragoso e outros pela Loyola-Vega (1977)
>>> Impasses do Federalismo Brasileiro (Sergipe e a Revolta de Fausto Cardoso) de Terezeinha Oliva de Souza pela Paz e Terra (1985)
>>> Karatê - aprenda a se defender - 3 revistas - Nºs 1 a 3. de Ricardo Delia pela Tres (1990)
>>> Panorama da Música Contemporânea de André Coeuroy pela Atena (1957)
>>> Capítulos da História do Nordeste de José Bezerra Lima Irmão pela Jm (2020)
>>> História Nova do Brasil - Volume 4 (Abolição/Advento da República/Florianismo) de Joel Rufino dos Santos e outros pela Brasiliense (1964)
>>> História da Arte e Movimentos Sociais de Nicos Hadjinicolaou pela Martins Fontes
>>> Um projeto para o Brasil de Celso Furtado pela Saga (1968)
>>> Fatos Assombrosos da Recente História do Nordeste. de José Bezerra Lima Irmão pela Jm (2020)
>>> Tobias Barreto (Biografia) de Luiz Antonio Barreto pela Sociedade Editorial de Sergipe (1994)
>>> Introdução à Psicologia de Jung de Frieda Fordham pela Verbo/Edusp (1978)
>>> Buda (Literatura Argentina) de Jorge Luiz Borges/Alicia Jurado pela Difel (1977)
>>> Lampião a Raposa das Caatingas de José Bezerra Lima Irmão pela Jm (2018)
>>> Piaget para Principiantes (Pedagogia/Educação) de Lauro de Oliveira Lima pela Summus (1980)
>>> Graciliano Ramos (Biografia) de Assis Brasil pela Organização Simões (1969)
BLOG >>> Posts

Quarta-feira, 20/4/2005
Metamorfose, mortemesafo

+ de 1300 Acessos

Nos seus últimos anos de vida, Bertolt Brecht escreveu ao lado de uma janela que dava para o pequeno cemitério onde logo seria enterrado. Era uma sala grande, essa onde ele escrevia, e estavam espalhadas nela nada menos do que oito mesas. Destaco duas. A que estava ao lado da janela que dava para o cemitério, e onde Brecht tinha sua máquina Royal DeLuxe. E outra, alta, encostada na parede, em que gostava de fazer correções, em pé. Nas outras seis devia atirar papéis, deixar textos inacabados, algum material de consulta, enfim, fico aqui inventando para completar o cenário. Brecht não gostava de ficar muito tempo sentado diante de uma mesa só, trabalhava andando, mudando de mesa, numa outra tinha uma Lettera 22, essa que todos os maiores de 50 anos um dia tivemos. Mas a mesa principal, se posso chamar assim, era a que ficava perto da janela e que dava para o seu túmulo. Bom, sendo mais preciso, seu futuro túmulo, pois mesmo com o interesse de Brecht por literatura fantástica, bom leitor de Poe, não quero que vejam nisso um enredo tenebroso, e menos ainda uma história mal-assombrada. Quando Brecht olhava pela janela não era ainda uma pedra com seu nome o que ele via, não era ainda sua última morada, como isso costuma ser chamado. Via, isso sim, o túmulo de Hegel, que já estava lá havia um bom tempo, de quem em breve ia ser colega de condomínio. Estou falando do Dorotheen-Städtischen Friedhof, o pequeno cemitério onde restam os ossos dos dois, onde ambos viram pó.

Enfim, descrevo essa sala, com essa janela e a mesa ao lado dela, para chamar a atenção para a morte de Brecht, anunciada por essa vizinhança. Bertolt Brecht escolheu para morar uma casa, um apartamento, no número 125 da Chausseestrasse, provavelmente porque era perto do seu local de trabalho, o Berliner Ensemble, a poucas quadras dali, umas cinco ou seis, a distância justa para uma breve caminhada arrumando as idéias a caminho dos ensaios. Não creio que tenha procurado uma casa do lado de um cemitério porque sim, não era essa viagem que ele queria encurtar, afinal sempre teria o barco do velho barbudo Caronte para levá-lo, não ia se preocupar com a distância. O cemitério foi o acaso que lhe colocou nas mãos, melhor, diante da vista. Mas quando arrumou seus móveis, seus livros, suas máscaras, seus teréns, escolheu para ser seu canto na casa, para ser o centro do seu equilíbrio, a janela que dava para o cemitério, a visão da morte. O poeta do homem novo e da nova sociedade não costuma ser visto através das lentes dessas metafísicas (...).

Brecht veio, enfim, passar os dois ou três últimos anos de vida ao lado do seu túmulo e o sentido oculto dessa escolha (dele ou do destino) é o enigma que nunca decifraremos completamente, mas em torno do qual circularemos cheios de hipóteses, visões, revelações, ahs e ohs.

Aderbal Freire-Filho, em introdução a Estudos sobre Teatro, de Bertolt Brecht (que, aliás, pronuncia-se "Bré-i-hhh-t", com "h" aspirado, o mesmo de hotel, em inglês; e não "Brés-te", como grande parte da nossa "intelequitualidade").


Postado por Julio Daio Borges
Em 20/4/2005 às 17h24


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Soldado Fantasma
Edgar J. Hyde; Silvio Antunha
Ciranda Cultural
(2013)
R$ 5,00



Ensaios de Crítica e de História
Daniel de Carvalho
Edição do Autor
(1964)
R$ 15,00



Teatro Escolhido (Teatro Uruguaio) - Em português
Florêncio Sánchez
Mec
(1959)
R$ 15,00



Semeiologia Chirurgica Generale La Storia Clinica Dei Malati Di Mor...
Domenico Taddei
Torino
(1928)
R$ 44,66



Impactos Economicos e Financeiros da Unesp para os Municipios
José Murari Bovo - Org
Unesp
(2003)
R$ 5,00



A Era do Globalismo
Octavio Ianni
Civilização Brasileira
(1996)
R$ 18,00



Tá Todo Mundo Mal
Jout Jout
Companhia das Letras
(2016)
R$ 20,00



Contos ao Luar
Júlio César Machado
Três
(1974)
R$ 4,09



Londres para pão-duro
Wilson Junior
WRS
(2010)
R$ 16,00



Renda Nacional e Contabilidade Social - Volume Terceiro
Annibal Villela
Livraria Progresso
(1959)
R$ 5,00





busca | avançada
72475 visitas/dia
2,1 milhões/mês