A você que está indeciso(a) | Digestivo Cultural

busca | avançada
35344 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> SÁBADO É DIA DE AULÃO GRATUITO DE GINÁSTICA DA SMART FIT NO GRAND PLAZA
>>> Curso de Formação de Agentes Culturais rola dias 8 e 9 de graça e online
>>> Ciclo de leitura online e gratuito debate renomados escritores
>>> Nano Art Market lança rede social de nicho, focada em arte e cultura
>>> Eric Martin, vocalista do Mr. Big, faz show em Porto Alegre dia 13 de abril
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Obra traz autores do século XIX como personagens
>>> As turbulentas memórias de Mark Lanegan
>>> Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros
>>> Guignard, retratos de Elias Layon
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Saudades, lembranças
>>> Promessa da terra
>>> Atos não necessários
>>> Alma nordestina, admirável gênio
>>> Estrada do tempo
>>> A culpa é dele
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Made in China
>>> Para ler o Pato Donald
>>> Prossiga
>>> Mozart 11 com Barenboim
>>> Para amar Agostinho
>>> Discos de MPB essenciais
>>> Conceitos musicais: blues, fusion, jazz, soul, R&B
>>> O Passado, de Hector Babenco
>>> Curtas e Grossas
>>> Caneando o blog
Mais Recentes
>>> Poder-saber ética da escola de Sandra Mara Corazza pela Unijuí (1995)
>>> Como fazer um disco independente de Chico Mário pela Vozes (1986)
>>> Suagh'Leng'hor de Milton José de Almeida pela Cortez (1990)
>>> As Ideias de Marx de David McLellan pela Cultrix (1993)
>>> Südkurier de Antoine de Saint-Exupery pela Karl Rauch (1949)
>>> Discurso de Metafísica e Outros Textos Gottfried Wilhelm Leibniz de Gottfried Wilhelm Leibniz pela Martins Fontes (2004)
>>> Interview with the vampire de Anne Rice pela Ballantine (1997)
>>> L'horizon Des Esprits de Joseph Moreau pela Presses Universitaires De France (1960)
>>> Paixão india de Javier Moro pela Planeta (2006)
>>> Imperio dos vampiros alma e sangue de Nazarethe Fonseca pela Aleph (2010)
>>> Ciclo da Vida de Paulo Casella pela Massao Ohno (1993)
>>> O que é corpo de luz de Tashira Tachi-ren pela Pensamento (2013)
>>> Anthropologie Du Point de Vue Pragmatique de Emmanuel Kant pela Librairie Philosophique J. Vrin (1970)
>>> O medico de Lhasa de Lobsang Rampa pela Record (1959)
>>> O despertar dos magos de Louis Pauwels / Jacques Bergier pela Difusão europeia do livro (1972)
>>> A Ascensão do Romance de Ian Watt pela Companhia das Letras (2010)
>>> Mamãezinha querida de Christina Crawford pela Circulo do livro (1987)
>>> Práxis Cristã: Vol. III Opção Pela Justiça e Liberdade de R. Rincón Orduña pela Edições Paulinas (1988)
>>> Cem dias entre ceu e mar de Amyr Klink pela Circulo do livro (1991)
>>> Aperçus sur l'Initiation de René Guenon pela Editions Traditionnelles (1976)
>>> The Unfree French de Richard Vinen pela Penguin Books (2007)
>>> Eu fui Amélia Earhart de Jane Mendelsohn pela Rocco (1998)
>>> O corpo tem suas razões de Therese Bertherat pela Martins Fontes (1977)
>>> A Universidade Entre o Conhecimento e o Trabalho o Dilema das Ciências de Marcos del Roio pela Unesp Marília Publicações (2005)
>>> Apócrifos - os Proscritos da Bíblia de Maria Helena de Oliveira Tricca pela Mercuryo (2007)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 23/10/2014
A você que está indeciso(a)
+ de 2000 Acessos

Você não acha estranho ir ao supermercado e encontrar tudo mais caro (porque todo mundo vai ao supermercado, não é só a "dona de casa") e as notícias oficiais dizerem que a inflação não é significativa ou que está "controlada"?

Você não acha estranho o Brasil crescer menos do que a América Latina? O Brasil, que sempre foi líder na região? Você não acha estranho o governo jogar a culpa na "crise externa", sendo que ela não afeta a maioria dos nossos vizinhos, só a países com políticas econômicas "heterodoxas" como a nossa (leia-se Argentina e Venezuela)?

Você não acha estranho que publicações respeitadas no mundo inteiro, como a Economist e o Financial Times, instituições sérias como o FMI e agências de "rating" como a Moody's fazerem críticas severas à maneira como a economia brasileira está sendo conduzida, enquanto que a resposta de nossos governantes é sempre uma tentativa de desqualificar quem os critica e nunca no sentido de responder com argumentos e justificativas?

Você não acha estranho que a bolsa de valores caia e que o dólar suba toda vez que as pesquisas de intenção de voto são favoráveis à manutenção do atual governo? Você pode não entender nada de economia - nem de bolsa, nem de câmbio -, mas não acha estranho que investidores tirem seu dinheiro das empresas brasileiras e que haja "fuga de capitais" do País sempre que aumenta a probabilidade de reeleição?

Você não acha estranho que alguém que foi presidente do conselho de uma empresa, indicou a executiva que hoje ocupa a presidência, foi ministra de uma pasta ligada a essa empresa, hoje é presidente da República, sendo essa mesma empresa uma das principais estatais brasileiras, e sendo ela alvo de um dos maiores esquemas de corrupção dos últimos tempos, você não acha estranho essa pessoa, tão próxima à direção da empresa, dizer que não sabia de nada, que nunca soube de nada, sendo que recursos vultuosos dessa empresa têm sido desviados há quase uma década?

Você não acha estranho que, quando são listados escândalos deste governo, a resposta oficial sempre seja no sentido de denunciar escândalos de outros governos, anteriores a este? E você não acha estranho que, se havia tantos escândalos assim (nos outros governos), este governo, que está no poder há *doze* anos, nunca tenha se preocupado em apurá-los? Você não acha mais estranho ainda que um dos maiores escândalos dos últimos tempos tenha envolvido - julgado e condenado à prisão - integrantes da cúpula do partido *deste* governo? E, para completar, você não acharia estranho um governo (de qualquer país) que só julgasse os próprios escândalos e que só punisse membros de seu partido e da sua "base aliada", acusando outros governos, e partidos adversários, só quando fosse conveniente (em época de eleição), mas nunca, efetivamente, apurando escândalos "alheios"?

Você não acha estranho que o candidato de oposição considerado "de direita" (no sentido pejorativo do termo) receba o apoio de quase todos os outros candidatos à Presidência da República que não passaram no primeiro turno, mesmo daqueles "de esquerda"? E você não acha estranho que os outros candidatos que não passaram, e que não apoiaram o candidato de oposição, não tenham apoiado, tampouco, a candidatura oficial do governo? Ou seja: você não acha estranho que, dos candidatos que não passaram para o segundo turno, ou eles apoiam o candidato da oposição ou eles *não apoiam ninguém*? Enfim, você não acha estranho que nenhum outro candidato apoie declaradamente a candidatura do governo, mesmo os presidenciáveis "de esquerda" e até os "de extrema esquerda"?

Para concluir: você não acha estranho que, desde os dados oficias até a campanha eleitoral, até os institutos de pesquisa, tudo neste governo passe um ar de incerto e de duvidoso, quando não de falso ou até forjado, só para prejudicar adversários? E você não acha estranho que uma candidata de situação, que faça acusações graves - e sem provas -, a um candidato de oposição, se ofenda por ser chamada de "leviana"? Leviano, segundo o dicionário: "Aquele que expressa opinião sem ter certeza do que está informando. Aquele que não domina o assunto. Aquele que procede sem bases verdadeiras, soando irresponsável. Aquele que age com insensatez, precipitadamente. Aquele que não tem noção do que é prudência, sabedoria ou ponderação". Para resumir a ópera, você não acha estranho que esse simples adjetivo - leviano - tenha despertado a ira de um ex-presidente da República, que governava até há pouco tempo e que fundou, justamente, o partido do governo?


Postado por Julio Daio Borges
Em 23/10/2014 às 20h11

Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Minha Massagem Shiatsu (2007)
Regina Suplicy Vianna
Do Autor
(2007)



Direito Processual Civil - Série Roteiros
Anamaria Prates
Fortium
(2008)



Jogo de Damas
Myriam Campello
Lingua Geral
(2010)



A Internet e os Hackers Ataques e Defesas
Marcio José Accioli de Vasconcellos
Chantal



O Que a Floresta Tropical nos Ensinou
Tachi Kiuchi e Bill Shireman
Cultrix
(2009)



Drawing: Heads & Figures in Pencil (2000)
William Powell
Walter Foster
(2000)



Mulheres Alteradas 5
Maitena
Rocco
(2001)



Coleção Lições para o Sucesso Com Max Gehringer 2
Max Gehringer
Gold



Compêndio Deconomia Politica
Carlos Gide
Globo
(1960)



Auto da Barca do Inferno Farsa de Inês Pereira Auto da Índia
Gil Vicente
Atica
(1998)





busca | avançada
35344 visitas/dia
1,6 milhão/mês