Não aguenta mais política? | Digestivo Cultural

busca | avançada
57628 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> “A Maçã” estreia dia 7 de março no SESC Copacabana
>>> Terreiros Nômades leva arte, história e saberes das culturas africanas e originárias a escolas
>>> Luarada Brasileira lança primeiro EP com participação especial de Santanna, O Cantador
>>> Quilombaque acolhe 'Ensaios Perversos' de fevereiro
>>> Espetáculo com Zora Santos traz a comida como arte e a arte como alimento no Sesc Avenida Paulista
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
Últimos Posts
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Os EEUU e o golpe de 64
>>> Primeiro Concerto by Bernstein
>>> Os 25 anos do SBT
>>> Tiramisù!
>>> Blogueiros versus Jornalistas, o falso embate
>>> Shomin-Geki, vidas comuns no cinema japonês
>>> Sopro de haicai em Flauta de Vento
>>> Declínio e Queda do Império dos Comentários
>>> Benedict Evans sobre inteligência artificial
>>> Dê notícias! 9º Encontro BH
Mais Recentes
>>> Finanças $em Complicação de Laila Del Bem Seleme pela Intersaberes (2012)
>>> Experiências Empreendedoras Volume 1 de Ceura Fernandes; João Marcos Adede y Castro (org.) pela Pallotti (2009)
>>> Crédito no varejo de Sérgio Kazuo Tsuru; Sérgio Alexandre Centa pela Ibpex (2009)
>>> A evolução da segurança pública municipal no brasil de Claudio Frederico de Carvalho pela Dialógica (2020)
>>> Accountability: A Evolução Da Responsabilidade Pessoal Nas Empresas. O Caminho Da Execução Eficaz de João Cordeiro pela Évora (2013)
>>> Você, vendedor de Mario Grieco pela Geração (2024)
>>> Eu Mexi No Seu Queijo de Darrel Bristow-bovey pela Bertrand (2006)
>>> Ferramentas de Qualidade: Aplicações na atividade florestal de Celso Trindade; José Luiz Pereira Rezende; Laércio A. Gonçalves Jacovine; Maria Luiza Sartório pela Ufv (2007)
>>> Família De Alta Performance: Conceitos Contemporâneos Na Educação de Içami Tiba pela Integrare (2009)
>>> Sei Quem Tem Seu Queijo, Eu: Como Obter Sucesso Na Vida Pessoal E Profissional de Montgomery Lee pela Ciranda Cultural (2008)
>>> Segurança Pública: Histórico, realidade e desafios de César Alberto Souza; Marinson Luiz Albuquerque pela Intersaberes (2017)
>>> Controle interno e externo na administração pública de Ely Célia Corbari; Joel de Jesus Macedo pela Intersaberes (2012)
>>> A Cabeça De Steve Jobs: As Lições Do Líder Da Empresa Mais Revolucionaria Do Mundo de Leander Kahney pela Harpercollins Brasil (2008)
>>> Contabilidade em processo: da escrituração à controladoria de Neusa Higa; Stella Maris Lima Altoé pela Intersaberes (2015)
>>> A empresa inteligente: O sucesso é humano de Elyseu Mardegan Jr. pela Gente (1995)
>>> Valorização da Marca de Silvana Goulart Machado Rosa pela Sebrae (2004)
>>> Sua empresa é competitiva? Diagnóstico de competitividade para as pequenas empresas industriais de Roberto L. Ruas; Ivan A. Pinheiro pela Sebrae (1995)
>>> Negociando para o Sucesso de Henrique Sérgio Gutierrez da Costa pela Intersaberes (2013)
>>> Logística dos canais de distribuição de Caroline Brasil; Roberto Pansonatgo pela Intersaberes (2018)
>>> Supply Chain: uma visão gerencial de Luiz Fernando Rodrigues Campos pela Intersaberes (2012)
>>> iTrends: uma análise de tendências e mercados de Achiles Batista Ferreira Junior; Marielle Rieping pela Intersaberes (2014)
>>> A Alma Encantadora Das Ruas de João do Rio pela Companhia De Bolso (2008)
>>> Desenhando com o Lado Direito do Cérebro de Betty Edwards pela Nversos (2023)
>>> Administração Aplicada na Enfermagem de Themis Maria Dresch da Silveira Dovera/ João Paulo Zimmermann Silva pela Ab (2011)
>>> Conversa Franca Sobre Depressão ( Pocket ) de Joyce Meyer pela Da autora (2005)
BLOG >>> Posts

Quinta-feira, 6/11/2014
Não aguenta mais política?
+ de 2100 Acessos

Para você que não aguenta mais ouvir falar em política...

Informo que a polarização veio para ficar. Ou a politização, se você preferir.

A última eleição mostrou que não dá mais para acompanhar só meses antes e se decidir na última hora.

Agora não é mais uma votação, um candidato ou até um partido político que está em jogo - é o futuro do Brasil. É o nosso futuro. O nosso e *dos nossos*.

Política será um assunto cotidiano. Não podemos mais nos furtar a participar. É o nosso País. É a nossa vida.

Minha geração aprendeu, com o Plano Real, que a economia, por exemplo, é como uma "plataforma", como o Windows, sobre a qual "rodam" tantos "programas"...

Fiz meu primeiro estágio numa empresa nos primeiros anos do Real. Participei de um programa de trainee. Arranjei meus primeiros empregos no meio da euforia do final dos anos 90. Então, eu sei muito bem o que é um país funcionando com a economia "nos eixos".

E a economia é só um exemplo de como as nossas escolhas políticas podem influenciar nas nossas vidas nos anos subsequentes ao da eleição.

O Brasil votou em Fernando Henrique Cardoso em 1994 e em 1998, porque, instintivamente, sentiu que o Real revolucionou a nossa economia, e as nossas vidas. E votou em Lula, em 2002 e em 2006, porque a bonança continuou. E, inclusive, votou em Dilma, em 2010, por causa de tudo isso.

Agora a nossa economia saiu dos eixos - muita gente, até do PT, concorda - e estamos pagando caro por isso. De certa forma, estamos pagando por nossas escolhas políticas. Seja em 2010, seja agora, em 2014.

Nunca votei no PT e, consequentemente, nem no Lula, nem na Dilma, mas falo em nome do Brasil "no plural", porque respeito a soberania da escolha que todos fizeram, nas urnas. Embora reafirme que vamos pagar caro pelas consequências das últimas escolhas políticas, reconheço que estamos todos no mesmo barco. Ou seja: se juntos escolhemos, juntos vamos ter de corrigir o rumo.

Para tanto, não dá para ser eternamente refém do marketing político em época de eleição. É preciso conhecer os políticos. Saber de onde vieram, quais são suas ideias, o que andaram fazendo por aí. O que executaram em seus mandatos, quais projetos votaram, quem apoiam. Onde acertaram e, igualmente, onde erraram.

Acompanhar a política é o único jeito de se obter esse tipo de conhecimento. Não digo que é para ficar sintonizado na TV Senado e na TV Câmara, basta acompanhar minimamente pela internet mesmo, ler, se informar, discutir, opinar.

As redes sociais - ora demonizadas, ora santificadas - se mostraram um instrumento, efetivo, de participação, nestas eleições e até depois delas. E até antes: foram as "redes sociais" que catalisaram as manifestações de 2013. Sem as "redes sociais", o pedido de auditoria, destas eleições, não teria ocorrido. Sem as tais "redes sociais", a Folha não teria corrigido aquela matéria que causou tanta polêmica...

Como eleitores, como usuários das redes sociais, mas principalmente como brasileiros, precisamos reconhecer nosso protagonismo na vida política do País. Os políticos, que antes nos pareciam distantes, lá em Brasília, precisam de nós, não apenas na hora do voto, mas porque podemos acompanhar o que estão fazendo, questionar seus movimentos, fiscalizar e cobrar de nossos representantes. Isso em todas as esferas do poder. Aliás: quanto mais alta a esfera, maior deve ser a nossa participação.

Assim, se você não aguenta mais ouvir falar em política, se hoje até repele "posts" sobre o assunto, e, inclusive, deixou de seguir algumas pessoas por causa disso, reconsidere sua decisão. Abdicar da política, em nossas vidas, resultou no presente cenário de inflação alta, baixo crescimento, desindustrialização, comércio parado, volta do desemprego, ameaça de apagão, queda nos investimentos, endividamento, corrupção...

Nós, que já conhecemos um Brasil melhor, temos a obrigação de legar, no mínimo, o Brasil que tivemos, para as futuras gerações.

E esta missão passa pela política. Nunca deixe de participar.

Para ir além
Compartilhar


Postado por Julio Daio Borges
Em 6/11/2014 às 12h52

Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Tomada de Posse
Louise Michel
Sobinfluencia
(2021)



Enciclopedia do Patrimonio da Humanidade - Volume 1 - Africa
Altaya
Altaya
(1998)



Em Defesa do Homem e do Meio
Senador Marcos Freire
Senado Ferderal
(1977)



Formação do Brasil Contemporâneo
Caio Prado Júnior
Brasiliense
(2000)



LPH Revista de História Vol.1 Numero 1 1990
Cristovam Paes de Oliveira(reitor)
Ufop
(1990)



A Cadeira do Dentista - Volume 15 Para Gostar de ler - Infanto
Carlos Eduardo Novaes
Atica
(2005)



Pelo amor ou pela dor...
Ricky Medeiros
Madras
(2012)



Livro de Bolso Administração A Arte da Guerra Coleção Obra Prima de Cada Autor 54
Sun Tzu
Martin Claret
(2004)



Biblia Sagrada Mensagem de Deus Novo Testamento
Pe. Antonio Charbel
Loyola
(1980)



Livro História do Brasil Família e Grupos de Convívio
Eni de Mesquita Samara
Marco Zero
(1989)





busca | avançada
57628 visitas/dia
1,7 milhão/mês