Um Furto | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
35004 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> Estratégia Econômica Governo
>>> Brandenburg Concertos (1 - 6)
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Para entender Paulo Coelho
>>> O amor que choveu
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meus livros, meus tablets e eu
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> Sem música, a existência seria um erro
>>> Jardim da Infância
>>> A arte como destino do ser
>>> Essa tal de Dança Contemporânea
>>> O soldado absoluto
Mais Recentes
>>> Ah! Eu Não Acredito! de Sérgio Almeida pela Casa da Qualidade (2001)
>>> As Aventuras de Pedro Malasarte de Sérgio Augusto Teixeira pela Ediouro
>>> O'Hurley's Return de Nora Roberts pela Visit Silhouette Books (2010)
>>> Glory in Death de Nora Roberts (Writing as J. D. Robb) pela Berkley (2000)
>>> Do-In: Primeiros Socorros - Vol. 2 de Juracy Cançado pela Ground (1983)
>>> Do-In: Livro dos Primeiros Socorros - Vol. 1 de Juracy Campos L. Cançado pela Ground (1984)
>>> Amor em São Petersburgo de Heinz G. Konsalik pela Bestbolso (2009)
>>> Buenos Aires de A a Z de Luis Fernando Oliveira Araújo pela Artes e Ofícios (2008)
>>> A Posse da Terra de Cândida Vilares Gancho pela Ática (1991)
>>> O Escolhido (Jurupari) de Francisco Brasileiro pela Clube do Livro (1970)
>>> O Planeta do Sr. Sammler de Saul Bellow pela Abril Cultural (1982)
>>> Feliz Ano Velho de Marcelo Rubens Paiva pela Brasiliense (1983)
>>> Liberdade Sem Medo (Summerhill) de A. S. Neill pela Ibrasa (1980)
>>> Otimismo em Gotas de R. O. Dantas pela Otimismo (1977)
>>> Portugal: Lembranças de uma Vida de Alberto Mosa pela Elevação (1999)
>>> O Quinze de Rachel de Queiroz pela José Olympio (2010)
>>> Não Deixe Para Depois O Que Você Pode Fazer Agora de Rita Emmett pela Sextante (2003)
>>> Não Leve a Vida Tão a Sério de Hugh Prather pela Sextante (2003)
>>> Telensino Inglês Básico I vol. 1 de Suely Mesquita Cossenza pela Ministério do Exército (1997)
>>> Estrutura do Direito Penal de Luiz Vicente Cernicchiaro pela José Buschetsky (1976)
>>> Lineamenti Di Storia e de Letteratura Italiana Ed Europea, 2:... de Sambugar- Ermini pela Nuova Italia, Milano (1997)
>>> Novelas/ Raul Pompeia Obras - Volume I de Raul Pompeias/ (org.: Autografo: Afrânio Coutinho) pela Civilização Brasileira/olac (1981)
>>> A Síntese Organica do Itinerarium Aetheriae de Enio Aloisio Fonda pela Fac. de Filosofia de Assis / S (1966)
>>> O Fundamento de Validade do Direito - Kant e Kelsen de Alexandre Travessione Gomes pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2004)
>>> Aspectos da Higiene Hospitalar de Hélio Lopes (Engenheiro) pela Impr. Oficial/ Belo Horizonte (2019)
>>> Fundamento da Investigação Literaria de Eduardo Portella/ Autografado pela Rosa dos tempos/ RJ. (1974)
>>> A Amazônia Misteriosa (Formato original) de Gastão Cruls pela Organização Simões: Rj. (1953)
>>> Comunicação Alternativa e Movimentos Sociais na Amazonia Ocidental de Pedro Vicente Costa Sobrinho (Autografado) pela Ed. Univ. Ufpb; João Pessoa (2001)
>>> Emoções Amazônicas: Guia Fotográfico-... dos Ecossistemas Amazônicos de Francisco Ritta Bernardino pela Photoamazonica (1998)
>>> Reumatismo e Artrite: Tratamento Médico e Cuidados Caseiros... de John H. Bland pela Ibrasa (1962)
>>> A Invasão Farmacêutica de Dupuy e Karsenty pela Graal/ RJ. (1979)
>>> A Invasão Farmacêutica de Dupuy e Karsenty pela Graal/ RJ. (1979)
>>> Mosaico Crítico: Ensaios Sobre Literatura Contemporânea de Georg Otte - Silvana Pessôa de Oliveira/ Org. pela Autêntica/ Belo Hte. (1999)
>>> A Dança da Serpente: a Revolução Silenciosa de Bárbara Heliodora de Sebastião Martins pela Ed. Lê/ Belo Horizonte (1996)
>>> A Dança da Serpente: a Revolução Silenciosa de Bárbara Heliodora de Sebastião Martins pela Ed. Lê/ Belo Horizonte (1996)
>>> Liga da Justiça "A Guerra da Trindade" de Geoff Johns pela Panini Books (2017)
>>> Star Wars "Episódio IV: Uma Nova Esperança" de Disney/ Lucasfilm pela Panini Books (2018)
>>> Terras do Sem Fim de Jorge Amado pela Martins (1964)
>>> Star Wars "Episódio V: O Império Contra-Ataca" de Disney/ Lucasfilm pela Panini Books (2018)
>>> Star Wars: Ascensão da Força Sombria; Trilogia Thrawn Livro 2 de Timothy Zahn pela Panini Books (2018)
>>> Superman "Universo DC Renascimento" Vol. 2 de K. Perkins pela Panini Books (2018)
>>> The Walking Dead: Segurança Atrás das Grades de Robert Kirkman pela Panini Books (2018)
>>> Direito e Relações Internacionais de Vicente Marotta Rangel pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> O Cão: 1000 Perguntas, 1000 Respostas de Théo Gygas pela Discubra (1987)
>>> Follow Up do Recém-Nascido de Alto Risco de Sonia Maria B. Lopes e José Maria de A. Lopes pela Medsi (1999)
>>> The Walking Dead: Os mais íntimos desejos Vol. 4 de Robert Kirkman pela Panini Books (2018)
>>> Torneio de Campeões "Coleção Histórica" de Marvel pela Panini Books (2017)
>>> Escalpo "Edição de Luxo" Livro 2 de Jason; Aaron pela Panini Books/ Vertigo (2018)
>>> Batman "O príncipe encantado das Trevas" Livro 1 de Marini pela Panini Books (2018)
>>> Universo X de Marvel pela Panini Books (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 11/6/2018
Um Furto
Ricardo de Mattos

+ de 13500 Acessos

Os ladrões de bens particulares passam a vida na prisão e acorrentados; aqueles de bens públicos, nas riquezas e nas honrarias” (Catão).

No final da tarde de ontem, quatro de junho de 2018, eu acompanhava a companheira dos meus dias em suas compras num supermercado. Andávamos aqui e ali e reparei num rapaz. Ele vestia shorts e jaqueta. Olhei seus pés e reparei que estavam imundos, calçando chinelos igualmente sujos. No conjunto, equiparava-se aos inúmeros moradores de rua que vejo por aqui. Não sou hipócrita, caro leitor, portanto reconheço o alerta íntimo. Entretanto, como as redes sociais apresentam diversos vídeos de pessoas bem vestidas furtando bolsas em restaurantes e produtos em farmácias, segui com a Lily e suas compras. Sequer comentei algo com ela.

Realizando o típico roteiro feminino que, representado graficamente resulta em novelo embaraçado, acabamos por entrar numa seção. De onde eu estava, tornei a ver o rapaz uma seção adiante. Entre o corredor que paramos e o que ele estava, apenas um corredor transversal. A reta entre nós e ele garantiu-me visão desimpedida. Lily verificava produtos de limpeza e o rapaz mexia nas prateleiras de produtos de higiene masculina. De repente, comento com ela: “Isto tinha que acontecer na minha frente mesmo...”. Ela virou-se para saber o que eu falava e completei: “Aquele rapaz acabou de tirar produtos da prateleira e enfiar dentro da jaqueta”.

O que fazer, caro leitor? Correr atrás dele pelo estabelecimento gritando “peguem o ladrão”? Fazer todo um alvoroço, talvez conseguindo sua apreensão por algum segurança e a revelação de seu furto? Ou “seus furtos”? Chamar a atenção sobre mim e garantir cinco minutos de fama como herói de supermercado? Estimular comentários como “o mundo está perdido”, ou, “eles fazem isso para trocar por droga”? Nada... Ele saiu e nós seguimos.

Daqui a pouco deitarei para dormir e continuarei com a consciência tranquila. Passei a ser um defensor de ilícitos? De forma alguma. Fosse um sobrinho ou amigo e eu agiria de outra forma. Um sobrinho estaria sob minha responsabilidade e eu não o permitiria dizer que realizou furtos com minha leniência. Um amigo que expressasse dificuldade a ponto de aceitar a possibilidade da subtração indevida receberia de mim a oferta daquilo que precisasse. Todavia, o que fazer com o rapaz que furtou? Nada. Nunca encontramo-nos antes e, caso isto ocorresse, não há garantia que algo dito ou falado por mim tirasse-o “do mal caminho”. Não nos encontraremos mais, ou isto dificilmente ocorrerá, de forma que nenhuma relevância terá mencionar um ato abrigado pelo pretérito. Que ele siga no encadeamento de suas escolhas.

Ele poderia ter escolhido não furtar? Poderia. Sinto muito, caro leitor, mas não aceito falar que ele é um “fruto do meio”, um “resultado do ambiente”. O homem possui o livre arbítrio justamente para decidir o que fazer em cada uma das situações de sua vida. Ele não teve que furtar. Ele furtou. Contudo, minutos de permanência num estabelecimento comercial e o testemunho da ação lamentável não são suficientes para traçar um perfil que releve quais decisões ele encadeou em sua jornada existencial até chegar ali. Ele trocaria o produto furtado por alguma substância entorpecente, como certamente alegaria algum experto de ocasião? Como saber? Seguindo-o?

Dominado por algum segurança e revelado seu ato, seria liberado sob xingamentos ou detido até a polícia vir busca-lo? Receio que me seria vexaminoso sair do supermercado com a compra feita e vê-lo acossado em algum canto. Talvez o pó de café de marca diferente da habitual, comprado para experimentar, resultasse numa beberagem amarga. “Por isso que o país está perdido! As instituições não são respeitadas, os vagabundos são protegidos e o crime acaba compensando”, poderá alegar aquele senhor saudoso da época em que os trens cumpriam seus horários. “Compensa não”, respondo. Crime é feio. Degrada o humano. Não quero cometer crimes e não quero que pessoas próximas cometam-nos. Mexesse o rapaz da jaqueta preta com alguma criança, ou avançasse contra a integridade física de quem quer que seja, então sim, eu interviria como possível e ele que se virasse com as consequências.

Digito esta coluna em meu quarto, à escrivaninha coberta com livros queridos, descobertos e adquiridos um por um. Ouço uma seleção das músicas de Jean-Baptiste Lully. O rapaz da jaqueta preta estará onde? Dormindo em algum canto da cidade, a céu aberto, sob o frio crescente? Em algum moquifo? Providenciando o reencarne de outro indivíduo que precisará superar dificuldades inimagináveis para sobreviver? Não é desgraça suficiente? É preciso agravar o que já é lastimável e transferi-lo para um moquifo oficial, gradeado e irrelevante para sua “recuperação”? Alguma ordem seria restabelecida?

Caro leitor, declaro-me apolítico, mesmo que isto repugne suas convicções. Uma das atribuições da Administração Pública é gerir e preservar o patrimônio público. Todas as informações que nos chegam das diversas fontes indicam que este patrimônio não está sendo gerenciado dignamente, seja qual for a pessoa acusada de promover que isto ocorra, seja qual for o partido político envolvido. Partidarismo político, no Brasil, limita-se a situação e oposição: uma quer que a outra saia para então poder fazer exatamente aquilo de que a acusa. Não acredito na descoberta de verdades e no esclarecimento categórico de quem fez o que. Enquanto isso, a sociedade padece com a inexistência de Educação e de Saúde. Padece da redução dos valores a artigos de perfumaria teórica e submetidos ao relativismo raso. Impotente perante um status abrangente, serei eu a bancar o herói às custas de um miserável?


Ricardo de Mattos
Taubaté, 11/6/2018


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes de Jardel Dias Cavalcanti
02. Crônica em sustenido de Ana Elisa Ribeiro
03. Manual para revisores novatos de Ana Elisa Ribeiro
04. Aquarius, quebrando as expectativas de Guilherme Carvalhal
05. Malcolm, jornalismo em quadrinhos de Luís Fernando Amâncio


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos
01. A Erva do Diabo, de Carlos Castaneda - 14/11/2002
02. Da Poesia Na Música de Vivaldi - 6/2/2003
03. A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón - 9/9/2004
04. O Presidente Negro, de Monteiro Lobato - 29/7/2008
05. Poesia, Crônica, Conto e Charge - 13/11/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CIMARRON
EDNA FERBER
RECORD
(1929)
R$ 4,39



OBRAS COMPLETAS DE STEFAN ZWEIG - VOL. 6
STEFAN ZWEIG
DELTA
(1960)
R$ 35,00



DEVANEIOS
WALDETTE CARBONI ANDERAOS
PHYSIS
(2010)
R$ 27,00



DA RESPONSABILIDADE DO ESTADO - PRISÃO INDEVIDA;
REVISTA ESTUDOS JURÍDICOS UNIVERSO, Nº 3
UNIV SALGADO DE OLIVEIRA NITER
(2000)
R$ 17,28



DICIONÁRIO CRÍTICO TEXTO INTEGRAL DE 1960 COM UM PRÓLOGO DE 1983
ANTÓNIO JOSÉ SARAIVA
GRADIVA
(1996)
R$ 16,75



MIL CORAÇÕES SOLITARIOS
HUGO ALMEIDA
SCIPIONE
(1988)
R$ 6,00



PRINCIPAIS TEMAS EM GASTROENTEROLOGIA PARA RESIDÊNCIA MÉDICA
JOSÉ AMÉRICO BACCHI HORA (VOL 1)
MEDCEL
(2006)
R$ 26,82



PORTUGAL E BRASIL GENTES E FATOS
ARMANDO DUARTE
DO AUTOR
(1977)
R$ 5,00



UM HOMEM BOM, ARISTIDES DE SOUSA MENDES, O WALLENBERG PORTUGUÊS
RUI AFONSO
CAMINHO
(1995)
R$ 77,00



BEIJO DA MORTE
IRA LEVIN
ABRIL CULTURAL
(1983)
R$ 15,00





busca | avançada
35004 visitas/dia
1,0 milhão/mês