As fitas cassete do falecido tio Nelson | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
63898 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Documentário inédito sobre Luis Fernando Verissimo estreia em 2 de maio nos cinemas
>>> 3ª Bienal Black abre dia 27 de Abril no Espaço Cultural Correios em Niterói (RJ)
>>> XV Festival de Cinema da Fronteira divulga programação
>>> Yassir Chediak no Sesc Carmo
>>> O CIEE lança a página Minha história com o CIEE
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
>>> Pondé sobre o crime de opinião no Brasil de hoje
>>> Uma nova forma de Macarthismo?
>>> Metallica homenageando Elton John
>>> Fernando Schüler sobre a liberdade de expressão
>>> Confissões de uma jovem leitora
>>> Ray Kurzweil sobre a singularidade (2024)
>>> O robô da Figure e da OpenAI
Últimos Posts
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Diploma ou não diploma... não é esta a questão
>>> Minha casa, sua casa
>>> Linger by IMY2
>>> A hora certa para ser mãe
>>> Cenas de abril
>>> Por que 1984 não foi como 1984
>>> A dicotomia do pop erudito português
>>> Coisas nossas
>>> Caso Richthofen: uma história de amor
Mais Recentes
>>> Pedra do Feitiço - Reportagens Africanas de Ferreira da Costa pela Len Pôrto (1945)
>>> Processo Decisório de Max Bazerman pela Elsevier (2014)
>>> Livro As Grandes Obras Politicas De Maquiavel A Nossos Dias Jean Jacques Chevallier 1998 de Jean-jacques Chevallier pela Fisicalbook (2001)
>>> Manual De Prática Jurídica Civil. Para Graduação E Exame Da Oab de Nehemias Domingos De Melo pela Atlas Juridico - Grupo Gen (2008)
>>> Drummond de Andrade Poesia e Prosa Volume Único de Carlos Drummond de Andrade pela Nova Aguillar (1979)
>>> Contos Chineses de Paulo Bazaglia - Coordenação pela Paulus (2024)
>>> Edith Head's Hollywood de Edith, Calistro, Paddy Head pela Angel City Press (2008)
>>> Neagle. Vivendo Um Sonho Nos Estados Unidos de Victor Trindade pela Astral Cultural (2017)
>>> Celso Furtado E O Brasil de Nd Perseu Abramo pela Fundaçao Perseu Abramo (2000)
>>> A Vida Contemplativa de Alan Watts pela Record (1971)
>>> Paula de Isabel Allende pela BestBolso (1994)
>>> O Cavaleiro da Mão de Ferro de Goethe pela Ultramar (1945)
>>> Energia Programada de José Amorim pela Centro Redentor (1996)
>>> A Magia das Velas de Eddie Van Feu pela Escola (2008)
>>> Camões Médico ou Medicina dos Lusíadas e do Parnaso de Afrânio Peixoto pela Aillaud e Bertrand
>>> Basic Grammar In Use de Raymond Murphy pela Cambridge University Press (1993)
>>> Dossie‚ Peixotinho de Palhano Junior, Lamartine, Neves, Walace Fernando, Lins, Francisco Peixoto pela Lachatre (1997)
>>> Clavigo de Goethe pela Melhoramentos
>>> Por Toda Parte 9 de Solange Utuari pela Fisicalbook (2016)
>>> Impact 4 de Thomas Fast pela Cengage Elt (2016)
>>> Algebra Para Leigos ( For Dummies ) de Mary Janesterling pela Alta Books (2009)
>>> Alice No País Das Maravilhas de Lewis Carrol pela Scipione (2002)
>>> Protesto Extrajudicial de Domingo Pietrangelo Ritondo pela Campus (2015)
>>> The Official Guide To The Gre General Test de Educational Testing Service pela Mcgraw Hill (2016)
>>> O Livro De Dinaer de Jorge Tavares pela Novo Século (2006)
COLUNAS

Quinta-feira, 16/3/2023
As fitas cassete do falecido tio Nelson
Elisa Andrade Buzzo
+ de 2500 Acessos

As fitas cassete do tio Nelson que se salvaram foram na verdade apenas duas, as quais chegaram até mim de maneira desconhecida e desconexa; e por muito tempo elas instalaram-se ora guardadas numa caixa de papel do Boticário, ora no toca-fitas portátil do meu escritório adolescente. Se fosse possível, coisa das antigas, furar um disco de tanto ouvir, poderia na mesma ser provável esgarçar uma fita magnética enrolada de tanto mecanicamente a reproduzir. Tanto foi o caráter de adoração daquele conteúdo, que se iniciou a indagação de como teria sido ele registrado em forma de imagem. Assim, a imaginação correu ansiosa e árdua pela tela preta de uma memória inexistente, à cata de, munida apenas do som, penetrar no clima daquelas gravações ao vivo, sobressaídas pela intensidade de palmas e pelo encadeamento das canções.

De tal modo que, já na era do YouTube e afins, ao encontrar vídeos desse “Elis Regina Montreux Jazz Festival” (1982), primeira gravação póstuma lançada de Elis Regina, qual não foi o deleite em assistir àquelas imagens coloridamente gastas, sentir a falta de ar-condicionado na pele suada dos intérpretes e no rímel borrado da cantora. E ainda enxergar o figurino de cores fortes, a flor no cabelo de Elis, uma marca à la Billie Holiday. Chego a pensar se teria sido melhor de alguma forma ter mantido apenas o registro escuro e fundo da fita cassete, a visualizar alguns detalhes da apresentação. É uma questão a que eu não pude chegar a uma resposta. Na outra fita: o show “Chico Buarque & Maria Bethânia ao vivo” (1973), no Canecão. Deste, parecem restar apenas algumas fotografias, que, curiosamente, adquiriram uma espessura de imagem em perpétuo movimento, na cadência das tantas horas noturnas escutadas: o show se canta e se imageia sozinho. E como foi, afinal, que tudo aquilo se passou à conturbada época? Só mesmo os cantores e os músicos para dizer daquela energia eufórica no palco, e o público, que a presenciou, testemunha daquele dueto impressionante.

Além dos presentes fonográficos que recebemos sem que o doador deles saiba, há ainda aqueles que recebemos propositalmente, no calor das amizades dos anos ginasiais ou pré-universitários. Eles se incorporam em nossa vida com maior intensidade em alguns momentos, embora se tornem imprescindíveis com o passar do tempo. A produção musical da juventude de Chico Buarque, as colaborações com o Quarteto em Cy, em fitas descritas com paciência à mão; ou então, duas fitas emotivas do Legião Urbana, uma azul, outra amarela, não sei por qual motivo... E nestas últimas semanas, ao reescutar (em ritmo já defasado de iTunes) alguns álbuns, como esse do Chico, fico imaginando o que mais poderia ter na maravilha da biblioteca desmembrada do meu tio, na retumbância do restante de sua coleção de LPs e cassetes... E reflito sobre como talvez eu tenha sabido muito sobre o tio Nelson - que bom gosto, que capricho no armazenamento de seus badulaques, que antenado com o seu tempo -, que não cheguei a conhecer em vida.


Elisa Andrade Buzzo
Irvine, 16/3/2023

Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2023
01. The Player at Paramount Pictures - 20/7/2023
02. The Nothingness Club e a mente noir de um poeta - 16/11/2023
03. Gatos mudos, dorminhocos ou bisbilhoteiros - 19/1/2023
04. Pulp Fiction e seus traços em Cocaine Bear - 25/5/2023
05. As fitas cassete do falecido tio Nelson - 16/3/2023


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Boas Vendas! Como vender mais e melhor no varejo
Vários Autores
Sebrae
(2007)



O cartaz
Abraham Moles
Perspectiva
(2005)



Einstein e o Universo Relativístico
José Cláudio Reis e outros
Atual
(2000)



O Processo do Trabalho e o Paradigma Constitucional Processual
Artur Torres
Ltr
(2012)



Trilogia o Século
Ken Follett
Arqueiro
(2010)



O Profeta
Sholem Asch
Companhia Nacional
(1958)



La Reina Jezabel
Jean Plaidy
Ediciones B
(2007)



Conheça e Defenda Seus Direitos
Nova Cultural
Nova Cultural
(2010)



Livro Literatura Estrangeira Assassins Creed 1 Renascença
Oliver Bowden
Galera Record
(2014)



O Brincar & A Realidade
D. W. Winnicott
Imago
(1975)





busca | avançada
63898 visitas/dia
2,0 milhão/mês