Monica Cotrim | Digestivo Cultural

busca | avançada
53965 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Quilombaque acolhe 'Ensaios Perversos' de fevereiro
>>> Espetáculo com Zora Santos traz a comida como arte e a arte como alimento no Sesc Avenida Paulista
>>> Kura retoma Grand Bazaar em curta temporada
>>> Dan Stulbach recebe Pedro Doria abrindo o Projeto Diálogos 2024 da CIP
>>> Brotas apresenta 2º Festival de Música Cristã
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
>>> Minha história com o Starbucks Brasil
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
>>> Quando o AlphaGo venceu a humanidade (2020)
Últimos Posts
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O maior banco digital do mundo é brasileiro (2023)
>>> Digestivo empreendedor
>>> Alice no País do iPad
>>> Quando o AlphaGo venceu a humanidade (2020)
>>> Quatro anos de Orkut
>>> O ator e o teatro hoje
>>> Sobre responsabilidade
>>> Chamada a cobrar
>>> História de um papagaio de papel
>>> Soco no saco
Mais Recentes
>>> Onde Tem Bruxa Tem Fada [Capa comum] [2002] Bartolomeu Campos De Queiros de Bartolomeu Campos Queirós pela Moderna (2002)
>>> Quem Mexeu no Meu Queijo? de Spencer Johnson pela Record
>>> Livro História Geral A Itália Fascista Século XX de Marco Palla pela Ática (1996)
>>> Livro História do Brasil Dos Açores ao Brasil Meridional de Vilson Francisco de Farias pela Ufsc (1998)
>>> Livro Infanto Juvenis Home Sweet Home de Amadeu Marques pela Ática (1996)
>>> Os Incríveis - O Incrível Flecha de Dennis Rocket Shealy pela Edelbra (2004)
>>> As Conexões Ocultas de Fritoj capra pela Cultrix (2002)
>>> Natal De Fred, O de Maria Crismanda S. Oliveira pela Paulinas (2010)
>>> Oitenta Nº 2- Revista Literária: o Anarquismo Continua Vivo... de D.h. lawrence pela L e pm (1980)
>>> Pai Sem Terno e Gravata de Cristina Agostinho pela Moderna (2013)
>>> Saci de Monteiro Lobato pela Globo (2007)
>>> Livro Literatura Brasileira Lendas da Amazônia de Zeneida Lima de Araújo pela Ao livro Técnico (2001)
>>> Vovó tem Alzha... O Quê? de Veronique Van Den Abeele; Luís Camargo - trad. pela Ftd (2007)
>>> O Arqueiro - a Busca Do Graal, Vol. 1 de Bernard Cornwell pela Record (2010)
>>> Livro Infanto Juvenis Marcel Goes To Hollywood Com Cd de Stephen Rabley pela Pearson (2008)
>>> O Jogo De Não Jogar - Conforme Nova Ortografia de Miguel Ladeira pela Atual (1994)
>>> Livro Literatura Brasileira Um Detalhe em H de Fernando de Mendonça pela Paés (2012)
>>> Pré-vestibular Sociologia livro único de Sistema de Ensino Poliedro pela Poliedro (2021)
>>> Livro Didático Fundamentos da Biologia Moderna de Amabis e Martho pela Moderna
>>> 1968 O Que Fizemos De Nós + 1985 O Ano em que o Brasil Recomeçou de Zuenir Ventura; Edmundo Barreiros Pedro Só pela Planeta; Ediouro
>>> Livro dos sonetos de Paulo Bomfim pela Amaral gurgel (2006)
>>> Direito Supraconstitucional de Luiz Flávio Gomes pela Revista dos Tribunais (2010)
>>> Dragons - O guia definitivo (todo o que você precisa saber sobre os três filmes) de Dream Works pela Planeta Junior (2019)
>>> Mikaela - O Desencontro de Marcella Brafman pela Da Boa Prosa (2015)
>>> O ratinho do violão de Mata Reis pela Geraçãozinha (2012)
BLOG >>> Posts

Sexta-feira, 14/8/2015
Monica Cotrim
+ de 5900 Acessos

Atendendo a pedidos, publicamos pequenas entrevistas com os Blogueiros do Digestivo - JDB

Qual é a sua história com o Digestivo? (Como conheceu; há quanto tempo lê; por que acredita na iniciativa do Digestivo Blogs.)

Faz uns 4 anos. Eu navegava pela internet em busca de uma informação, quando caí num texto da Marilia Mota Silva - relevante, simples e bem escrito. Foram precisamente essas três características que me levaram a ler outros textos publicados no Digestivo: relevância do tema, simplicidade no estilo e correção na forma. Enfim, um sopro de ar fresco neste ambiente carregado de desimportâncias que muitas vezes me parece ser a internet.

Qual é o seu "background" (sua formação)? De onde vem; o que estudou; quais trabalhos seus citaria etc.

Sou jornalista de formação (PUC-Rio de Janeiro) e de profissão. Trabalhei 10 anos como repórter e editora em revistas (Editora Abril, Manchete, Vecchi), jornais diários (Estadão, Jornal de Hoje de Campinas) e televisão (Rede Globo-Campinas) e outros 10 anos na área corporativa - especificamente na 3M do Brasil, onde fui gerente do departamento de comunicação empresarial, responsável por toda a comunicação interna e externa da companhia.

Em 1994 deixei meu trabalho na 3M por causa da transferência do meu marido para a Cidade do México, onde vivemos por 4 anos. Em seguida, fomos para a Ásia (Cingapura) e, de lá, ainda nos mudamos para os Estados Unidos (Flórida e Nova York), retornando ao Brasil no final de 2007. No total, foram 14 anos de vida fora do País - um período de grande aprendizado e alargamento das minhas próprias fronteiras internas.

Sobre quais temas vai falar/tratar no seu blog?

Viagens, livros, crônicas do cotidiano.

Você já teve blog? Se sim, qual (ou quais), e com que repercussão?

Desde 2010 escrevo no Blog da Monipin, que hoje tem um total de 51 mil visualizações. Esta atividade me traz muito prazer, mas gostaria de ser mais disciplinada, mantendo uma regularidade maior de publicação dos meus escritos. É isso que eu espero conseguir através do Digestivo: um incentivo para alimentar essa regularidade e ampliar o alcance do público leitor.

Qual é sua relação com a escrita?

Escrever me faz sentir viva e feliz.

Como é se interessar por cultura, ou ter uma atividade intelectual, ou simplesmente ler o Digestivo, num país como o Brasil, ou sendo brasileiro? É uma profissão de fé? Ou é um desafio que te motiva (no dia a dia)?

Como brasileira, vivendo num país tão carente de recursos culturais como o nosso, manter acesa uma atividade intelectual é quase uma "profissão de fé" mesmo. Nos diversos locais em que vivi nos Estados Unidos, sempre participei de grupos de discussão de livros, todos muito estimulantes, com pessoas interessadas e comprometidas com as propostas de leitura do grupo. Aqui no Brasil tentei fazer o mesmo, mas não deu certo. Cheguei a organizar três grupos de leitura, em diferentes épocas e locais, mas eles simplesmente não foram para a frente. O início é sempre uma festa, mas logo o fogo de palha se acaba. Nesse sentido, um fórum de debates na internet - como pretende ser o Digestivo e outros portais literarios, como o excelente Goodreads - é sempre muito animador.

Por outro lado, é surpreendente que eventos culturais como a Festa Literaria Internacional de Paraty aconteçam regularmente no nosso País. Apesar de todas as dificuldades financeiras e geográficas, os organizadores da Flip tem conseguido alimentar nossos corações e mentes a cada ano com eventos de ótimo nível, inclusive atingindo o público infanto-juvenil. Iniciativas como esta me fazem acreditar que nem tudo está perdido no nosso País em termos de educação e cultura.

Quais foram suas maiores influências? (Não precisa, necessariamente, ser alguém conhecido ou "famoso". Pode citar obras e/ou experiências também.) Quais "modelos" pretende seguir (ou te servem de referência)?

Foi meu tio Bento quem me mostrou que a obra do Eça de Queirós era para ser lida com um grande sorriso no rosto. Devo essa alegria a ele. (Demos muitas risadas juntos, comentando cenas que só o grande Eça é capaz de descrever.)

Proust foi a maior viagem literaria da minha vida. Tentei lê-lo aos 35 anos e não entendi nada. Abandonei a leitura e só a retomei 15 anos mais tarde: encantamento total. Foram oito meses de mergulho no universo proustiano, com dedicação exclusiva, diria quase obsessiva. Sei que é um clichê terrível, mas não ligo e digo assim mesmo: se tivesse que levar apenas um livro para uma ilha deserta, seria este. Posso lê-lo e relê-lo sem me cansar.

Livros que mexem com o meu coração e que guardo na minha mesa de cabeceira: antologias de Jaime Sabines (poeta mexicano), Adelia Prado (nossa mineira maior) e Manuel de Barros (o sempre menino do Pantanal).

Livro que eu gostaria de ter escrito: Mai Pen Rai Means Never Mind, de Carol Hollinger. Comprei este livro no aeroporto de Bangkok, só para ter alguma coisa para ler no avião, sem ter maiores informações sobre ele. Foi uma das melhores surpresas literarias da minha vida. O livro é o relato autobiográfico de uma dona de casa que se mudou para a Tailândia em 1965, acompanhando o marido e a filha. Com delicadeza, senso de humor e coração aberto às diferenças culturais, a autora nos conduz a um mundo fascinante de descobertas e crescimento pessoal. Pena que ela tenha morrido muito cedo e nunca soube que seu livro se tornou um sucesso editorial.

Mais alguma coisa que os Leitores precisam saber de você (mais alguma coisa que você gostaria de falar e eu não te perguntei)?

Adoro remar todas as manhãs bem cedo na Lagoa, no Rio de Janeiro. Gosto de ler historias para minha neta Ana, de 2 anos de idade. Mas gosto mais ainda de ouvi-la contar historias para mim. Apesar de sua pouca idade, ela sempre encontra as palavras certas, mesmo quando eu não entendo nada do que ela diz.

Onde mais a gente pode te encontrar? (Links ou referências, na internet, que você quiser/puder passar...)

* Blog da Monipin

Nota do Editor
Monica Cotrim compõe o grupo de blogueiros do Digestivo Cultural ;-)


Postado por Julio Daio Borges
Em 14/8/2015 às 12h46

Quem leu este, também leu esse(s):
01. 1 de Novembro #digestivo10anos de Julio Daio Borges
02. Auto-afogando-se em números de Pilar Fazito
03. Festival do Rio 2005 (III) de Marcelo Miranda


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Augusto Boal embaixador do teatro Brasileiro 556
Anderson Zanetti
Mundo Contemporâneo
(2017)



A Viagem de Théo
Catherine Clément
Companhia das letras
(1980)



Livro Economia Na Prática a Teoria é Outra Os Fatos e as Versões da Economia
Joelmir Beting
Impres
(1976)



Weltgeissel Hunger
Josué de Castro
Musterchmidt
(1959)



Livro Infanto juvenis Look Inside Space
Rob Lloyd Jones, Benedetta Giaufret, Enrica Rusina
E.d.c. Publishing
(2012)



Sistema da Assistência de Enfermagem Guia Prático
Meire Chucre Tannure; Ana Maria Pinheiro Gonçalves
Guanabara
(2008)



Brasiliana Itaú: uma Grande Coleção Dedicada ao Brasil
Pedro Corrêa do Lago
Capivara
(2009)
+ frete grátis



Quando o Amor Vai Embora
Rubens Toledo
Eme
(2018)



Corações Sujos
Fernando Morais
Companhia das Letras
(2000)



Teoria e Prática Em Administração Industrial Trabalhos de Conclusão De
André Luis Brito Souza
Sem





busca | avançada
53965 visitas/dia
1,8 milhão/mês