Ed Motta: Jazz na Praça | Digestivo Cultural

busca | avançada
46852 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOG >>> Posts

Sábado, 23/7/2005
Ed Motta: Jazz na Praça

+ de 2100 Acessos

Quem passasse pela Praça Santos Dumont ontem (sexta-feira, 22), por volta das 20h, jamais diria que ali, alguns minutos depois, o local abrigaria o show de estréia do novo álbum de Ed Motta, Aystelum. O coreto estava vazio, e o local parecia fadado a ser contaminado pelos fortes ventos que cortavam a noite de Búzios. Para o bem e para o mal, as aparências enganam. É bem verdade que o cantor atrasou mais que o esperado; é bem verdade também que, no início, sua persona pareceu um tanto distante do público presente, chegando a demorar 20 minutos para saudar os presentes; nada disso, no entanto, foi capaz de ofuscar sua brilhante aparição no 8º Visa Búzios Jazz & Blues.

Ao som dos aplausos, Ed Motta subiu ao palco e a cena que se seguiu foi, no mínimo, curiosa. Junto com o Septeto Euphonico Moderno, o cantor caminhou tranqüilamente até seu piano elétrico. Silêncio. Uma vez acomodado, o público assistiu uma eletrizante polifonia instrumental, como se os instrumentos partissem cada qual de seu universo particular para adentrar um outro, em conjunto. A partir desse momento, o sax, tocado por Idriss Boudriua, e a bateria de Renato Calmon tomaram controle da situação e o jazz finalmente se sobrepôs àquela espécie de introdução dodecafônica (ou, como disse uma jornalista ao meu lado, "música para músico").

Além dessa música, digamos, incidental, havia outro detalhe dissonante na formação de Ed Motta e de seu septeto. No palco, os músicos se organizavam em formato oval, sendo que a bateria ficava do lado esquerdo e a guitarra, tocada por Paulinho Guitarra, ficava ao fundo. Ed Motta, que revelou ter adotado esse formato com base nos conjuntos de Jazz dos anos 50, ficou ao centro, como que no controle das vibrações e das ondas sonoras. Assim, e não por acaso, notava-se uma unidade musical no grupo que poucos conjuntos possuem, até mesmo os mais ensaiados. Cada instrumento fazia sua parte em prol do conjunto, muito embora tenha havido espaço para os solos e para as improvisações de cada um.

No que se refere à música, entretanto, ao mesmo tempo em que se mostrava impressionado, até aquele momento não existia uma conexão muito forte entre artista e público. Essa "relação" começou a virar quando, ao expor alguns elementos do novo disco, Ed Motta seguiu nos vocais e entoou "The Rose that came from blue", numa quebra de ritmo e de estilo, utilizando as singulares nuances de sua voz, do grave para o agudo, como se as cordas vocais fossem o teclado de piano a ser usado aleatoriamente. Em seguida, agora embalando os namorados da Praça, cantou um dos poucos "hits" clássicos de seu repertório (todo voltado para o novo CD): "Fora da lei". Decididamente, as pessoas já estavam mais à vontade.

E foi graças a isso, quase numa ironia, que ele ficou mais livre para interpretar, e como ele mesmo disse depois na entrevista, adaptar ao vivo o repertório exaustivamente ensaiado em estúdio. A platéia, mais animada, já interagia com sinceridade às apostas jazzísticas do excelente Septeto, que, além dos já citados, é formado por Rafael Vernet (teclado), Jessé Sadoc (trompete) e Alberto Continentino (baixo acústico).

Na última parte da apresentação, o que mais surpreendeu não foi a esperada reação da audiência durante a execução de "Colombina", mas, sim, a participação geral quando Ed Motta incitou a platéia a repetir sua vocalize. Em coro, a Praça consentiu. A recíproca foi tão verdadeira que o cantor ficou impressionado no público e no privado, e na entrevista subseqüente se disse surpreendido pelo fato de ninguém ter pedido para ele tocar "Manuel". Perguntado por este repórter qual seria sua reação se isso tivesse ocorrido, a resposta foi categórica: "Não faria. O artista não está onde o povo está; o artista está na cabeça dele". Uma consideração para lá de sincera, da mesma forma que a atitude do público ao longo do espetáculo.

* fotos de Sylvana Graça.

Ingleses e americanos nos palcos de Búzios

A noite ainda não havia acabado. De volta ao Pátio Havana, no mesmo momento em que um bem-humorado Ed Motta jantava e concedia uma animada coletiva aos jornalistas, o percussionista James Harris e o saxofonista Trevor Watts, da Inglaterra, iniciavam a apresentação mais virtuose desse festival. Assim, de um lado, ficou evidente que a dupla possui um talento e uma técnica instrumental muito peculiar. Por outro lado, é também notória a distância de sua arte para com o público médio (em que pese o fato de estarmos num gênero, o jazz, cuja educação musical funciona como uma espécie de pré-requisito). Prova disso foi a temperada resposta dos presentes no Bistrô durante a apresentação. Alguns beliscavam seus pedidos; outros conversavam; e poucos prestavam verdadeira atenção na dupla.

Comportamento absolutamente diferente para com o duo norte-americano formado pelo multi-instrumentista Kurt Brunus e pela versátil cantora Cynthia Bland. O repertório, que verdadeiramente incendiou a platéia do Chez Michou, teve de tudo um pouco: reggae, rap, hip hop, soul e muito rythm & blues, talvez a principal assinatura do conjunto. No auge do show, após terem tocado clássicos como "No Woman, no Cry" e "I shot the sheriff", houve espaço até para uma de Jorge Ben: "Mas que nada", num português espantosamente bem pronunciado. Sem dúvida, o espetáculo em que o público mais interagiu.

Última noite
Hoje, o festival se encerra com a apresentação do Mestre de Cerimônias Léo Gandelman na Praça Santos Dumont (20h) e de Vernon Reid e The Masque no Chez Michou (24h), entre outros.

Confira a programação completa aqui.

E amanhã tem mais.


Postado por Fabio Silvestre Cardoso
Em 23/7/2005 às 14h31


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Livro e o Mercado Editorial de Julio Daio Borges
02. Pensar Edição, Fazer Livro 2 de Ana Elisa Ribeiro
03. Arte da Palavra em Pernambuco de Ana Elisa Ribeiro
04. Psiu Poético em BH esta semana de Ana Elisa Ribeiro
05. Jeff Bezos é o mais rico de Julio Daio Borges


Mais Fabio Silvestre Cardoso no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




GINECOLOGIA 9887
ALVARO DA CUNHA BASTOS
ATHENEU
(2006)
R$ 34,00



MUITO MAIS QUE 5 MINUTOS - 9756
KÉFERA BUCHMANN
PARALELA
(2015)
R$ 7,00



MERCADO EM COLISÃO
MOHAMED EL-ERIAN
EDIOURO
(2008)
R$ 18,00



AVENTURAS DE HUCKLEBERRY FINN
MARK TWAIN
ABRIL CULTURAL
R$ 10,00



ME LEVA NOS BRAÇOS, ME LEVA NOS OLHOS
ANNAMARIA DIAS
VIDA & CONSCIÊNCIA
(2010)
R$ 15,00



CONEXÃO MANHATTAN- CRÔNICAS DA BIG APPLE
LUCAS MENDES
CAMPUS
(1997)
R$ 35,90
+ frete grátis



AS RELAÇÕES DO BEM-ESTAR PESSOAL
DR. THOMAS A. HARRIS
CIRCULO DO LIVRO
(1976)
R$ 4,00



BALADAS
HILDA HILST
GLOBO
(2003)
R$ 30,00



BÁBI IAR - DOCUMENTÁRIO SOBRE OS HORRORES DO NAZISMO
ANATOLY KUZNETSOV
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1969)
R$ 25,00



READING EXPLORER 4 COM CD
PAUL MCLNTYRE
HEINLE CENGALE LEARNING
(2010)
R$ 8,41





busca | avançada
46852 visitas/dia
1,1 milhão/mês