Os Choques de Ida | Blog do Carvalhal

busca | avançada
35423 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Simone de Beauvoir: da velhice e da morte
>>> Simone de Beauvoir: da velhice e da morte
>>> Michael Jackson Tweeting
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Troca-troca
>>> Harry, Rony e Hermione
>>> A comédia de um solteiro
>>> O palhaço, de Selton Mello
>>> Ronnie James Dio (1942-2010)
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
Mais Recentes
>>> Kit Terapia da Vida, da Aceitação, do Perdão de Lisa Engelhardt/david W. Schell pela Paulus (2019)
>>> O Mundo O Brasil O Homem de Darcy Bessone de Oliveira Andrade pela UFMG (1966)
>>> O Mundo O Brasil O Homem de Darcy Bessone de Oliveira Andrade(Autografado) pela UFMG (1966)
>>> Para Enriquecer, Pense como um Milionário de Howard E.Hill pela Ibrasa (1969)
>>> Domine o Seu Sistema Nervoso de David Harold Fink, M.D. pela Cientifica
>>> O Ateneu (Crônica de Saudades) - Série Bom Livro de Raul Pompéia pela Ática (1976)
>>> A Relíquia - Biblioteca Folha nº 6 de Eça de Queiroz pela Ediouro (1997)
>>> O Caçador de Nuvens - Poemas de Messias Marcelino Lopes pela Casa do Novo Autor (2011)
>>> Do Renascimento ao Impressionismo através das obras do... de Alberto Tassinari pela Berlendis & Vertecchia (1995)
>>> As 25 Leis Bíblicas do Sucesso de William Douglas e Rubens Teixeira pela Sextante (2012)
>>> Rezar os Salmos Hoje de Francisco Teixeira / Carlos Mesters pela Livraria Duas Cidades (1970)
>>> Cristo está Vivo de Michel Quoist pela Livraria Duas Cidades (1973)
>>> Padres e Bispos Auto-Analisados de João Mohana pela Livraria Agir (1967)
>>> Sofrer e Amar (Psicologia do Sofrimento) de João Mohana pela Livraria Agir (1966)
>>> O Mundo e Eu de João Mohana pela Livraria Agir (1967)
>>> Amor e Responsabilidade de João Mohana pela Livraria Agir (1966)
>>> O Encontro de João Mohana pela Livraria Agir (1976)
>>> Obras de Eça de Queiroz Vol. XI - Edição do Centenário - 1947 - Formato Grande de Obras de Eça de Queiroz pela Lello & Irmão (1947)
>>> Obras de Eça de Queiroz Vol. IX - Edição do Centenário - 1947 - Formato Grande de Obras de Eça de Queiroz pela Lello & Irmão (1947)
>>> Obras de Eça de Queiroz Vol. XIII ...- Edição do Centenário - 1948 - Formato Grande de Obras de Eça de Queiroz pela Lello & Irmão (1948)
>>> Obras de Eça de Queiroz Vol. III... - Edição do Centenário 1946 - Formato Grande de Obras de Eça de Queiroz pela Lello & Irmão (1946)
>>> Santa - Helena de Octave Aubry pela Irmãos Pongetti
>>> O Retrato de Valentina de Afonso Schmidt pela Inst.Progresso Ed. (1948)
>>> Sainte Thérèse d'Avila/Lazarillo de Tormès/Christophe Colomb de Georges Haldas et José Herrera Petere pela Rencontre Lausanne (1963)
>>> Desenvolvimento Sustentável no Amapá: Uma visão crítica de Alain Ruellan/ Manuel Cabral e Nilson... pela Fund.João Mangabeira (2007)
>>> As Intermitências da Morte de José Saramago pela Companhia das Letras (2005)
>>> A Verdade Acima de Tudo de Eric Knight pela Universitária (1941)
>>> A Oração Pode Mudar Sua Vida de José Lázaro Boberg pela EME (2008)
>>> O Analista de Bagé de Luís Fernando Veríssimo pela Círculo do Livro
>>> Noventa e Três de Vitor Hugo pela Livraria Chardron
>>> Hacia La Estación de Finlandia de Edmund Wilson pela Alianza Ed.Madrid (1972)
>>> O Poder da Mente Humana em 9 volumes de Vários Autores pela Loyola
>>> Direito Penal em 4 volumes de E.Magalhães Noronha pela Saraiva (1973)
>>> Curso de Eletrônica volume 1 de U.S.Navy, Bureau of Naval Personnel... pela Hemus (1976)
>>> Superdicionário Língua Portuguesa de Francisco Fernandes/ Celso Pedro Luft pela Globo (1999)
>>> E Se Fosse Com Você? de Sandra Saruê pela Melhoramentos (2011)
>>> Deu no New York Times de Larry Rohter pela Objetiva (2007)
>>> Mega Dicionário de Termos Técnicos e Populares: da Saúde de Eduardo Nogueira pela Rovelle (2007)
>>> Rosas do Brasil de Sérgio Schaefer pela Edunisc (2006)
>>> Rosas do Brasil de Sérgio Schaefer pela Edunisc (2006)
>>> Novo Curso de Direito Civil Volume I Parte Geral de Pablo Stolze Gangliano e Rodolfo Pamplona Filho pela Saraiva (2007)
>>> Uma Execucao na Familia: a Jornada de um Filho de Pais Condenados A... de Robert Meeropol pela Casa Amarela (2006)
>>> Vexame -os Bastidores do Fmi na Crise Que Abalou o Sistema Financeiro de Paul Blustein pela Economia (2002)
>>> Vexame -os Bastidores do Fmi na Crise Que Abalou o Sistema Financeiro de Paul Blustein pela Economia (2002)
>>> Vexame -os Bastidores do Fmi na Crise Que Abalou o Sistema Financeiro de Paul Blustein pela Record (2002)
>>> A Dinâmica da Estratégia Competitiva de George S. Day e Outros pela Campus (1999)
>>> Travessia do Pantanal de Luís M. Neto - Maria T. Büchele pela Nova Letra (2006)
>>> Veronika Decide Morrer e o Zahir - Dois Livros de Paulo Coelho pela Sextante (2012)
>>> Direito Constitucional e Direito Administrativo de Aglair Figueiredo Villas Couto pela Impactus (2006)
>>> O Livro de Ouro da Mitologia - Historias de Deuses e Herois de Thomas Bulfinch pela Agir (2019)
BLOGS >>> Posts

Segunda-feira, 2/3/2015
Os Choques de Ida
Guilherme Carvalhal

+ de 300 Acessos



O choque de identidades é o principal ponto de interesse em Ida, filme polonês de 2013 lançado pelo diretor Pawel Pawlikowsk, uma obra que ultrapassa o simples drama histórico e familiar proposto pelo seu enredo. Obra essa premiada na cerimônia do Oscar de 2015, que o contemplou com o prêmio de Melhor Filme Estrangeiro.

O começo da história mostra uma jovem prestes a ordenar como freira. Anna (Agata Trzebuchowska) está envolvida nas atividades do convento até que a madre superiora lhe dá uma ordem, a de visitar sua tia Wanda, a única parente dela da qual se tem notícia. Esse ponto representa o primeiro choque de identidade do filme, a saída da clausura, de um ambiente de disciplina e repetição para o anárquico mundo externo.

Anna segue para a casa de Wanda (Agata Kulesza), onde essa começa a comentar sobre sua vida passa. Anna descobre então que é de família judia e que seu nome verdadeiro é Ida. Além disso, seus pais morreram durante a ocupação nazista. Esse segundo choque é que dá a definição de toda a história: ela está em um convento católico e descobre ser de família judia, ela tinha um nome cristão e descobre ter um nome judeu; ela foi criada como órfã e descobre o paradeiro de uma família que desconhecia, e que representa o inverso de tudo que ela acreditava ser.

Ida se assemelha um pouco às histórias de jornada, em que se acompanha um herói em fase inicial até seu pleno desenvolvimento (como Harry Potter ou Luke Skywalker). A diferença é que a protagonista, ao invés de enfrentar vilões, embarca em uma espécie de viagem de autoconhecimento, em que à medida em que conhece o mundo vai colocando em cheque tudo aquilo que era antes, em um processo constante de antítese. Quanto mais ela descobre sobre o passado de sua família, mais ela revê seus valores e entende como no mundo de fora as regras são bem diferentes do que no claustro onde vivia.

Muitos personagens e situações participam dessa visão de contraponto. Tia Wanda é uma juíza que bebe e fuma muito, além de gostar de festas, em um estilo de vida plenamente contestado pela sobrinha. Em uma viagem conhecem o jovem Lis (Dawid Ogrodnik), um saxofonista que viaja para um concerto, que desde o primeiro momento desperta os interesses de Anna e a leva ao conflito pelo seu voto de castidade. Nos momentos em que descobre o verdadeiro fim de seus pais, é de se pensar se, no fundo de toda sua religião, uma resposta violenta não teria passado pela sua cabeça. E um dos principais momentos é sobre o enterro das ossadas desenterradas, querendo Anna que chamassem um padre e Wanda um rabino. O sinal da cruz feito pela aspirante a freira em um cemitério judaico é bastante simbólico.

Além desse enredo tão cativante e instigante, há dois aspectos que precisam ser ressaltados. Primeiramente é a brilhante fotografia, que rendeu uma indicação ao Oscar desse ano. Há muitos planos abertos valorizando paisagens e construções, até planos mais fechados nos rostos dos personagens, ressaltando a carga emocional e nos levando apenas pelo visual a compreender as aspirações de cada personagem. Em segundo lugar, a maneira como o roteiro foi desenvolvido. O que Pawlikowsk apresenta ao espectador é uma história minimalista, com pequenos detalhes ajudando na composição do todo. É um momento em que se acende um cigarro ou quando Anna dorme com os cabelos descobertos que se entende o geral. Assim, o filme envolve quem assiste e o leva a construir conjuntamente a história.

E por último, um aspecto que não é explorado profundamente, mas aparece, é o aspecto político, aqui expresso no regime comunista vigente na Polônia dos anos 1960. É um favor aqui, um maço de cigarros de melhor qualidade lá, que mostram a visão do diretor a respeito do regime. A questão do comunismo acaba sendo outro ponto de oposição entre Wanda e Anna, sendo a tia membro do corpo burocrático do partido.

Ida é um filme seco, porém muito bem desenvolvido dentro de toda sua simplicidade. O aspecto visual é belíssimo e sua capacidade afetiva é enorme. É uma pérola do cinema dos últimos anos, uma história de conflitos que é extremamente humana.

Confira o trailer aqui


Postado por Guilherme Carvalhal
Em 2/3/2015 às 17h42


Mais Blog do Carvalhal
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




UM POETA RECORDA - SE, MEMÓRIAS DE UMA VIDA
ARMINDO RODRIGUES
COSMOS
(1998)
R$ 55,83



A PRÁXIS DO MARTÍRIO: ONTEM E HOJE
NÃO INFORMADO
PAULINAS
(1980)
R$ 13,00



QUEM AMA, EDUCA!
IÇAMI TIBA
GENTE
(2002)
R$ 24,79
+ frete grátis



GEOMICROBIOLOGY - 5ª ED.
HENRY LUTZ EHRLICH
CRC PRESS
(2008)
R$ 380,00



AMOS E MASMORRAS - A MISSÃO
LENA VALENTI
UNIVERSO DOS LIVROS
(2017)
R$ 16,99



UM HOMEM EM MOVIMENTO
ROBERTO CUNHA

R$ 10,00



MEDIAR, MEDICAR, REMEDIAR: ASPECTOS DA TERAPÊUTICA NA MEDICINA
JANE DUTRA SAYD (2ª EDIÇÃO - 2011)
EDUERJ
(2011)
R$ 18,28



ELEMENTOS DE PSICOLOGIA
IVA WAISBERG BONOW
EDIÇÕES MELHORAMENTOS
(1970)
R$ 7,00



INTRODUÇÃO AOS DERIVATIVOS - 2ª EDIÇÃO - 2 ED.
PIONEIRA
PIONEIRA
(2005)
R$ 25,00



DISCUTINDO A HISTORIA - A REVOLUÇAO INDUSTRIAL
LETICIA BICALHO CANEDO
ATUAL
R$ 5,00





busca | avançada
35423 visitas/dia
1,3 milhão/mês