A saga japonesa em terras brasileiras | Blog do Carvalhal

busca | avançada
27903 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOGS >>> Posts

Terça-feira, 5/5/2015
A saga japonesa em terras brasileiras
Guilherme Carvalhal

+ de 800 Acessos



A escolha de Nihonjin para ganhar o Prêmio Jabuti de 2012 foi um momento bastante catastrófico da literatura recente do país. O uso de uma brecha do regulamento por um dos jurados para valorizar esse livro deu a entender que houve uma injustiça na premiação, quando na verdade este trata-se de uma obra bastante singular nas letras recentes de nosso país.

O trabalho de Oscar Nakasato, também vencedor do Prêmio Benvirá (premiação deste selo da Editora Saraiva focado em escritores iniciantes) possui muitos méritos para que o suposto arranjo na escolha do ganhador do Jabuti atraia mais os holofotes do que um livro escrito em uma linguagem formidavelmente simples e capaz de em poucas páginas apresentar um rico universo cultural dentro do Brasil jamais explorado em uma grande obra. Para sermos justos, deveríamos esquecer a polêmica e valorizar apenas o trabalho artístico.

O autor, como seu nome sugere, descende de japoneses e reside no interior de São Paulo. Em Nihonjin ele narra a aventura da vinda de um casal de japoneses que sai de seu país em uma nobre missão confiada pro seu imperador, de fazer riqueza do outro lado do mundo e depois retornar.

Dessa forma Hideo e sua esposa Kimie partem, instalando-se em uma fazenda de café no interior de São Paulo, onde começam a confrontar com a distante realidade, onde há um clima diferente, uma língua diferente e uma cultura diferente, todos desafios à sua própria adaptação. E em meio a essa choque de realidade, Hideo mantém-se firme em manter sua identidade japonesa, não querendo se misturar aos gaijins, aqueles que não possuem sua naturalidade.

O fio narrativo conta toda a trajetória desse homem em seu novo país junto à formação de sua descendência. Na lavoura de café, sua esposa fica à janela esperando cair neve, maior possibilidade de lembrança de sua terra, e o maior momento lírico do livro acontece justamente quando ela descobre não nevar no país. As saudades acabam tirando sua vida, remetendo à história do banzo, a doença da saudade que matava os africanos, dessa vez acometendo a uma etnia diferente.

Em terras brasileiras, constroem um ofurô aos fundos de casa e Hideo proíbe a esposa de conversar com uma família de negros, de quem ouviu falar para agirem com desconfiança. Da agricultura de café, a família parte para cultivar uma área própria, até se estabelecer em zona urbana, criando um comércio para si, mostrando facetas variadas, como a ocupação rural e a urbana, a formação de grupos sociais próximos (como locais para práticas religiosas) e a criação de laços através do casamento entre japoneses e o batismo dos filhos com nomes em sua língua natal.

A narrativa de Nakasato utiliza do passar dos anos para fazer um apanhado geral dos japoneses no país. Seus valores em muitos momentos se confrontam com os demais, caso do conflito provocado pela professora que ensina ao aluno que ele era brasileiro e o pai insistente que mesmo nascendo aqui, ele continuava japonês; da mulher que abandona seu marido para ir atrás de um gaijin em um amor proibido; e bem mais à frente, retrata ainda a figura do dekassegui, o descendente de japonês que retorna ao Japão, carregando uma mesma discussão: japonês, brasileiro ou ambos?

Outro ponto alto da história remete à derrota do Japão na Segunda Guerra Mundial, que é a formação do Shindo Renmei, grupo de japoneses que assassinou compatriotas alegando traição quando estes assumiam a derrota de seu país. Essa parte traz à tona com muito impacto o choque de realidades e apresenta um momento curioso do país, com a formação de um grupo terrorista em território nacional.

O principal de Nakasato é sua capacidade de conseguir explorar um tema distante dos eixos corriqueiros da literatura brasileira. Seu livro não é uma grande exploração de técnicas linguísticas nem tem pretensões de inovar no uso da linguagem. Tampouco tentou produzir um épico, o que sugeriria um livro contando uma geração de famílias no país. Pelo contrário. Ele é conciso e econômico nas palavras, e esta é sua maior qualidade, além de caminhar de maneira realista, sem nuances de fantasia. Nihonjin é um universo dentro de um livro curto, e seus vazios apenas servem de brecha para deixar o leitor completar a história por conta própria.

A importância de Nihonjin também se dá ao retratar de forma (muito bem) romanceada um trecho da história do país, com enfoque em um determinado grupo social. Outras narrativas se valem do mesmo tema, como Lavoura Arcaica e sua família libanesa ou os turcos na obra de Jorge Amado. Porém, nenhum desses trabalhos retratou com tamanha completude os valores e a cultura de um povo, junto ao choque de realidades. Tanto que para isso ocorrer, precisou de um país que destoa bastante do Brasil.

Nihonjin não merece nem um pouco da polêmica devido ao Prêmio Jabuti. Esse livro merece sim ser valorizado como uma pérola literária, que apresenta um mundo dentro do país, de uma comunidade que passou pelas suas muitas dificuldades e adicionou mais tempero ao caldo cultural do Brasil. E isso em uma narrativa enxuta e saborosa, daquelas que o tamanho exíguo deixam o leitor desejando que o livro fosse bem maior.


Postado por Guilherme Carvalhal
Em 5/5/2015 à 00h35


Mais Blog do Carvalhal
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




THE HONORARY CONSUL
GRAHAM GREENE
POCKET FICTION
(1974)
R$ 5,00



O CONVÊNIO DO CAFÉ DE 1976
CELSO LAFER
PERSPECTIVA
(1979)
R$ 6,00



O FIASCO
IMRE KERTÉSZ
PLANETA
(2004)
R$ 14,90



ATLANTIS
DAVID GIBBINS
PLANETA
(2006)
R$ 10,00



VASO NOVO - UM SONHO DE VIDA NOVA
MARIA JOSÉ TENÓRIO DE ARAÚJO
GRÁFICA I. SCHERER
(2004)
R$ 10,00



DROGAS QUAL É O BARATO
PALOMA KLISYS
PUBLISHER BRASIL
(1999)
R$ 5,50



ELITE DA TROPA
LUIZ EDUARDO SOARES E OUTROS
OBJETIVA
(2006)
R$ 19,90
+ frete grátis



CURA PELA MEDITAÇÃO - 1ª EDIÇÃO (ACOMPANHA 36 CARTAS)
CHRISTOPHER TITMUSS
PENSAMENTO
(2015)
R$ 49,95



APÓS 1989 - MORAL, REVOLUÇÃO E SOCIEDADE CIVIL
RALF DAHRENDORF
PAZ E TERRA
(1997)
R$ 24,98
+ frete grátis



PADROES DE PROJETO EJB
FLOYD MARINESCU
BOOKMAN
(2003)
R$ 54,00





busca | avançada
27903 visitas/dia
1,3 milhão/mês