O mito de Tesla | Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira

busca | avançada
57428 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Zé Guilherme recebe o pianista Matheus Ferreira na série EntreMeios
>>> Chamada Vale recebe cadastro de cerca de 3 mil projetos
>>> Lançamento do Mini Doc Tempo dell'Anima
>>> Cinema in Concert com João Carlos Martins une o cinema à música sinfônica em espetáculo audiovisual
>>> Editora Unesp lança 20 livros para download gratuito
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Hiperbóreo nos trópicos: a poesia de Oleg Almeida
>>> Imagens do Grande Sertão de Guimarães Rosa
>>> A derrota do Marketing Político
>>> Jorge Drexler, no Bourbon Street, em 2009
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Eu me pergunto para onde vai a imprensa...
>>> Drummond: o mundo como provocação
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Filmes de saiote
>>> Aerosmith no Morumbi
Mais Recentes
>>> Nós, mulheres - Volume 6 de Silvia Bruno Securato pela Oficina do livro (2007)
>>> A Outra História do Mensalão de Paulo Moura Leite pela Geração Editorial (2013)
>>> A Sutil Arte de Ligar o [email protected] de Mark Manson pela Intrinseca (2017)
>>> Loucos e Degenerados Uma Genealogia da Psiquiatria Ampliada de Sandra Caponi pela Fiocruz (2012)
>>> Superadas 1 de Maitena pela Rocco (2005)
>>> Xamanismo no Brasil: Novas Perspectivas de E. Jean Matteson Langdon pela Ufsc (1996)
>>> Mensalão de Merval Pereira pela Record (2013)
>>> Introdução ao Pensamento Complexo de Edgar Morin pela Sulina (2020)
>>> Histórias de Esther de Peter Orner pela Best Seller (2002)
>>> Memórias Sanuma: Espaço e tempo em uma sociedade Yanomami de Alcida Rita Ramos pela Unb (1990)
>>> Quem mexeu no meu queijo ? de Spencer Johnson, M.D. pela Record (2002)
>>> Cuidar, controlar, curar: ensaios históricos sobre saúde e doença na América de Gilberto Hochman; Diego Armus pela Fiocruz (2004)
>>> Mercadão de Madureira: Caminhos de Comércio de Ronaldo Luiz Martins pela Igpl Comunicação e Marketing (2009)
>>> Os Quatro Ventos: a Odisséia de um Xamã na Floresta Amazônica de Alberto Villoldo pela Ágora (1997)
>>> Belas e Comoventes Histórias de Oswaldo Iório pela Eme (2013)
>>> Urutópiag . A Religião dos Pajés e dos Espíritos da Selva de Yaguarê Yamã pela Ibrasa (2005)
>>> A crise dos 29 de Julie Tilsner pela M. Books (2003)
>>> 1ª Cartilha Tukano de Casimiro Beksta pela Seduc/AM (1984)
>>> Por que os homem fazem sexo e as mulheres fazem amor ? de Allan e Barbara Pease pela Sextante (2000)
>>> Ética e Moral: a Busca dos Fundamentos de Leonardo Boff pela Vozes (2003)
>>> Educação escolar indígena o rio negro: relatos de experiências e lições aprendidas de Flora Dias Cabalzar pela Isa (2012)
>>> Jesuítas e Selvagens: A negociação da Fé no encontro catequético-ritual americano-tupi (séc. XVI-XVII) de Adone Agnolin pela Humanitas (2007)
>>> Intervenções de carreira ao longo da vida: perspectivas e desafios de Iúri Novaes Luna e Valéria De Bettio Mattos pela Brazil Publishing (2020)
>>> Guia da mulher superior de Jo Hallack / Nina Lemos / Raq Affonso pela Record (2001)
>>> A hora da estrela de Clarice Lispector pela Rocco (1977)
>>> Matrix - Bem Vindo ao Deserto do Real de William Irwin pela Madras (2003)
>>> O Terapeuta Como Companheiro Mítico: Ensaios de Psicologia Analítica de Walter Melo pela Espaço Artaud (2009)
>>> Pinball de Jerzy Kosinski pela Record (2000)
>>> Navegando de Rubem Alves pela Papirus (2004)
>>> Itinerários da Loucura Em Territorios Dogon de Denise Dias Barros pela Fiocruz (2004)
>>> Livro do mestre de Steve Winter pela Abril (1995)
>>> A obra em negro de Marguerite Youcenar pela Nova Fronteira (1968)
>>> Aspectos da Cultura Tukano - Cosmogonia e Mitologia de Marc Fulop pela Edua (2009)
>>> Epidemiologia da Imprecisão: Processo saúde / doença como objeto da epidemiologia de José Jackson Coelho Sampaio pela Fiocruz (1998)
>>> Contra Um Mundo Melhor: Ensaios do afeto de Luiz Felipe Ponde pela Leya (2010)
>>> Palavra e Verdade na Filosofia Antiga e na Psicanálise de Luiz Alfredo Garcia Roza pela Jorge Zahar Editor (1990)
>>> O Gigante Deitado de Jane Martins Vilela pela Clarim (1994)
>>> Psicologia do Desenvolvimento de Maria Aparecida Cória-Sabini pela Ática (1998)
>>> Psicologia – Das Raízes aos Movimentos Contemporâneos de Berenice Caspigiani pela Cengage Learning (2010)
>>> A Magia na Umbanda: da doença à desordem de Paula Montero pela Graal (1985)
>>> Educação Social de Rua: as Bases Políticas e Pedagógicas para uma educação popular de Walter Ferreira de Oliveira pela Artmed (2004)
>>> John Dewey – Uma Filosofia Para Educadores em Sala de Aula de Marcus Vinícius da Cunha pela Vozes (1999)
>>> Sobre a Construção do Sentido – O Pensar e o Agir Entre a Vida e a Filosofia de Ricardo Timm de Souza pela Perspectiva (2003)
>>> Infância e Ilusão (Psico)Pedagogia – Escritos de Psicanálise e Educação de Leandro de Lajonquière pela Vozes (2000)
>>> O Círculo dos Fogos Feitos e Ditos dos índios Yanomami de Jacques Lizot pela Martins Fontes (1988)
>>> Desdobrando o Avesso da Psicanálise: Relações Com a Educação de Maria Nestrovsky Folberg (Org.) pela Ufrgs / Evangraf (2002)
>>> Soma: uma Terapia Anarquista (3volumes) de Roberto Freire pela Guanabara (1988)
>>> Estilo e Modernidade em Psicanálise de Joel Briman pela Trinta e Quatro (1997)
>>> Hospício é deus e O sofredor do ver (Box) de Maura Lopes Cançado pela Autêntica (2015)
>>> Urihi A: A Terra-Floresta Yanomami de Albert Bruce; William Milliken pela Isa (2019)
BLOGS >>> Posts

Sexta-feira, 22/5/2015
O mito de Tesla
Cláudia Aparecida Franco de Oliveira

+ de 1700 Acessos

Sem dúvida, um dos mais destacados inventores científicos dos últimos séculos, mas, lamentavelmente, também uma figura enormemente atrativa para os seguidores de crenças conspiratórias e pseudociências.

Não há homem na história da ciência que carregue mais mitos do que Tesla e, atualmente não há quase nada escrito sobre ele que não está exagerado ou que não tente diviniza-lo. A fim de reivindicar a sua imagem e apreciar o homem pelas suas grandes obras e não pelos seus mitos, pretendo esclarecer algumas meia-verdades, imprecisões e mentiras que assombram a figura notória deste cientista.

Tesla inventou a corrente alternada?

Não. Talvez, ele seja mais lembrado hoje por supostamente ter "inventado" a corrente alternada (CA). No entanto, a CA foi descoberta a cerca de um quarto de século antes de Tesla nascer. Enquanto Tesla era um jovem que trabalhava como engenheiro em uma empresa de telefonia, na Europa já estavam desenvolvendo transformadores de corrente alternada e a criação de redes experimentais para a transmissão de energia para enviar a corrente alternada em longas distâncias. O que Tesla tinha em mente era um campo magnético rotativo, o que tornaria possível um motor de indução elétrica que poderia ser executado diretamente a partir da CA, ao contrário de todos os motores elétricos existentes que eram em corrente contínua (CC). Os motores de indução foram projetados antes de seu nascimento, mas ninguém havia ainda construído. Tesla construiu um protótipo de trabalho, mas apenas dois anos depois de outro inventor, Galileo Ferraris, que também havia concebido de forma independente o campo magnético rotatório e construído seu próprio protótipo de trabalho.

Tesla inventou o raios-X?

Não. Na realidade, a história dos raios-X remonta aos experimentos do cientista britânico William Crookes, que investigou no século XIX os efeitos de certos gases ao aplicar descargas de energia. Esses experimentos foram desenvolvidos em um tubo à vácuo, e eletrodos foram utilizados para gerar correntes de alta voltagem. Ele chamou o tubo de Crookes. Este tubo, ao estar cercado de placas fotográficas, geraria algumas imagens borradas. Em 1887, Tesla começou a estudar o efeito causado pelos tubos de Crookes. Em 1895, Tesla, acidentalmente, criou a primeira fotografia de raio-X nos Estados Unidos, onde, antes da visita de seu amigo Mark Twain ter decidido levar uma fotografia iluminada pela luz de um tubo de Geissler. Quase simultaneamente, Wilhelm Röntgen anunciou sua descoberta dos raios-X. Mais tarde Tesla experimentou com tubos mais potentes para criar raios-X mais fortes.

Tesla inventou o rádio e a tecnologia sem fio?

Não. Oficialmente se atribui a invenção do rádio a Guillermo Marconi, embora Tesla (após sua morte), ganhou todas as disputas de patentes que teve com Marconi pela utilização de peças já patenteadas. No entanto, é difícil atribuir a invenção de rádio para uma única pessoa. Ambos trabalharam tanto na parte teórica como na parte experimental, influenciados por dezenas de outros pesquisadores que remontam quase um século. Várias patentes de diferentes tipos de comunicações sem fio começaram a ser apresentadas por outros inventores trinta anos antes. Tesla ficou famoso por sua demonstração de barcos de controle remoto 1896, mas entre 1895 e 1896, muitos inventores de todo o mundo fizeram todo tipo de demonstrações de rádio controle, na Rússia, Índia, Estados Unidos e Europa. As contribuições de Tesla para o rádio foram tão boas como qualquer outra, mas dificilmente "revolucionaria" um campo que estava explodindo na época.

Tesla se propôs a dar ao mundo energia sem fio e gratuita?

A famosa Torre de Wardenclyffe, também conhecida como Torre de Tesla, foi projetada para comunicações sem fio em todo o Atlântico. No entanto, o seu sistema de energia sem fio utilizaria a ressonância Schumann-Tesla para carregar a ionosfera da Terra de tal modo que a partir de uma simples bobina de mão poderia se receber energia elétrica de graça em qualquer lugar do mundo, ao menos em teoria. A ideia de Tesla era inovadora, mas só foi isso. Agora que a ciência compreende melhor a natureza da ionosfera, os físicos acreditam que o conceito de Tesla é inviável. Existem todos os tipos de teorias da conspiratórias sobre o assunto, por exemplo, de que o HAARP, o centro de pesquisa no Alasca, é uma prova secreta da existência de uma rede elétrica de Tesla, ou algum tipo de super arma baseada nela. As profundas diferenças entre esses sistemas se tornam cada vez mais claras ao se fazer a mais básica das investigações.

Tesla inventou o "Raio da Morte"?

Não. Os investimento nos projetos de Tesla foram interrompidos com a chegada da Grande Depressão na década de 1930. Durante a última década de sua vida, Tesla não tinha dinheiro e estava morando em um hotel em Nova York, consumido por aquilo que entendemos hoje por transtorno obsessivo compulsivo. Foi durante este período (e não antes, durante seus anos produtivos em laboratório) que ele falou abertamente sobre ter construído e testado um "Raio de Morte". No entanto, nenhum dos assistentes de laboratório de Tesla confirmou isso, e nenhuma evidência, protótipo ou prova foi encontrada até hoje. Deu apenas descrições vagas com conselhos inadequados sobre o tipo de tecnologia que poderia ser usada tal arma. Tudo indica que foram apenas divagações de uma mente deteriorada.

Um gênio anônimo e esquecido?

A ideia de que durante a sua vida Tesla foi quase ignorado, que nunca recebeu a atenção e dinheiro e que sofreu com a injustiça de um mundo que não estava pronto para um gênio avançado, é heróica e atraente, mas talvez não seja inteiramente verdadeira. Embora muitos de seus projetos não tenham conseguido financiamento, algo que aconteceu com praticamente todos os cientistas da época, muitas vezes também recebiam apoio financeiro de notáveis investidores, como foi mencionado por J. P. Morgan. Ademais, ele e Thomas Edison eram considerados quase celebridades em seu tempo e eram muito populares. Apesar de que muitas vezes ser visto como um solitário, tímido e um gênio incompreendido, Tesla tinha seus momentos de showman. Sua famosa Bobina de Tesla foi testada durante manifestações públicas diante de uma multidão. Como acontece com qualquer mito, a história da vida de Tesla, suas obras, invenções e projetos, muitas vezes tendem a ser adoradas e exageradas, carregada por certo heroísmo que não corresponde totalmente com a realidade. Isso não tira a ideia de que Tesla foi um dos nomes mais importantes e influentes do campo científico.

Fontes
Cheney, M., Uth, R. Tesla: Master of Lightning. New York: Barnes & Noble, 1999. 87-95.
Childress, D. The Fantastic Inventions of Nikola Tesla. Chicago: Adventures Unlimited Press, 1993. 249.
O'Neill, J. Prodigal Genius: The Life of Nikola Tesla. New York: I. Washburn, Inc., 1944.
PBS. "The Missing Papers" Tesla — Life and Legacy. Corporation for Public Broadcasting, 24 Jan. 2001. Web. 12 Jan. 2013.
Tesla, N. Colorado Springs Notes. Beograd: Nolit, 1978. 333.
Villarejo-Galende A., Herrero-San Martin A. "Nikola Tesla: Flashes of Inspiration". Revista de Neurologia. 16 Jan. 2013, Volume 56, Number 2: 109-114.


Postado por Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
Em 22/5/2015 às 21h33


Mais Blog de Cláudia Aparecida Franco de Oliveira
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O PIANO E A ORQUESTRA - 982
CARLOS HEITOR CONY
COMPANHIA DAS LETRAS
(1996)
R$ 7,00



DO CACHORRINHO AO GOLFINHO
RODRIGO NASCIMENTO
GRAFILIVROS
(1956)
R$ 6,90



REALISM - THE CRITICAL IDIOM 9
DAMIAN GRANT
METHUEN
(1974)
R$ 48,82



CONTROLE DA TUBERCULOSE / UMA PROPOSTA DE INTEGRAÇÃO ENSINO-SERVIÇO
CENTRO DE REFERENCIA PROF HÉLIO FRAGA
ND
(2002)
R$ 14,90



SEXUALIDADE DA MULHER BRASILEIRA - CORPO E CLASSE SOCIAL NO BRASIL
ROSE MARIE MURARO
VOZES
(1983)
R$ 30,00



A RESSURREIÇÃO DE ADAM STEIN
YORAM KANIUK
FRANCISCO ALVES
(1981)
R$ 30,00



GESTÃO EMPRESARIAL COM ERP
ERNESTO HABERKORN
MICROSIGA
(2006)
R$ 15,00



PARA SER GRANDE
MARINA VIDIGAL
PANDA BOOKS
(2009)
R$ 9,75



DIÁRIO DE UM BANANA AS MEMÓRIAS DE GREG HEFFLEY
JEFF KINNEY
V&R
(2008)
R$ 15,00



CHEIO DE CHARME
MARIAN KEYES
BERTRAND BRASIL
(2010)
R$ 9,90





busca | avançada
57428 visitas/dia
2,1 milhões/mês