Pânico no Motel | Blog de CaKo Machini

busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Someone On Your Side
>>> No cotidiano de alguém
>>> A batalha perdida do pastor
>>> Um governo que nasceu morto
>>> Wikia Search
>>> A difícil arte de viver em sociedade
>>> Ações culturais
>>> A história do amor
>>> Além do Mais
>>> Derrotado
Mais Recentes
>>> O filósofo e sua história de Michael B. Wringley (org.) pela Fapesp (2003)
>>> Cadernos de Tradução de Núcleo de Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999)
>>> Afro Ásia 41 de Centro de Estudos Afro Orientais pela Universiadade Federal da Bahia (2011)
>>> A democracia ameaçada: o MST, o teológico político e a liberdade de Denis Lerrer Rosenfield pela Top books (2006)
>>> Onde existe amor, Deus aí está de Tolstói pela Versus (2001)
>>> Unidos pelo casamento de Rinaldo Seixas pela Mundo Cristão (2014)
>>> Sempre, às vezes, nunca de Fábio Arruda pela Arx (2003)
>>> Educação Geográfica em movimento de Larissa Corrêa Firmino (org.) pela Fapesc (2010)
>>> Sobre moeda, método e Keynes de Victoria Chick pela Unicamp (2010)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 04 de Ufsc pela Cidade Futura (2004)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 04 de Ufsc pela Cidade Futura (2004)
>>> A Trama da Privatização - a Reestruturação Neoliberal do Estado de Waldir J. Rampinelli pela Insular (2001)
>>> A Trama da Privatização - a Reestruturação Neoliberal do Estado de Waldir J. Rampinelli pela Insular (2001)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 12 de Ufsc pela Cidade Futura (2008)
>>> O Bom Ladrão de Hannah Tinti pela Rocco (2011)
>>> Política & Sociedade - Revista de Sociologia Política Nº 03 de Ufsc pela Cidade Futura (2003)
>>> Um Grapiúna Em Frankfurt de Cyro de Mattos pela Dobra (2019)
>>> Biblioteca Universitária da Ufsc: Memória Oral e Documental de Ieda Maria de Souza / Joseane Chagas e Outros pela Ufsc (2002)
>>> Grávida Com Estilo: um Manual Como Se Vestir - de Christiana Francini pela Alegro (2004)
>>> Arte Contemporânea Em Santa Catarina de João Evangelista de Andrade Fo - Organizador pela Museu de Arte de Santa Catarin (2001)
>>> O Peru Indutivista Temas de Filosofia de Marconi Oliveira da Silva pela Ufpe (2014)
>>> Terceiro Setor: um Estudo Comparado Entre Brasil e Eua de Simone de Castro Tavares Coelho pela Senac (2002)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Celso Ramos - um Perfil Político de Carlos Alberto S. Lenzi pela Terceiro Milênio (1997)
>>> Dores Ocultas de Juliana Bueno pela Outras Linhas (2012)
>>> Silêncios de Paz e Guerra de Conrrado Balduccini pela Autor (2013)
>>> A Prática da Conversão Pastoral de Heije Faber e Ebel Van Der Schoot pela Sinodal (1973)
>>> Aprendendo a terapia cognitivo-comportamental - um guia ilustrado de Jesse H, Wright, Monica R. Basco, Michael E. Thase pela Artmed (2008)
>>> Crítica da Razão Existencial de João Arthur Fortunato pela Autor (1998)
>>> Liderança e Dinâmica de Grupo de George M. Beal e Outros pela Zahar (1972)
>>> Instituições do Processo Civil - Volumes I -ll - Ill de Francesco Carnelutti pela Classic Book (2000)
>>> Perícia Judicial para Fisioterapeutas de José Ronaldo Veronesi Junior pela Andreoli (2013)
>>> A Cruz e o Punhal de David Wilkerson/ John e Elizabeth Sherrill pela Betânia (1983)
>>> Só para Mulheres de Sonia Hirsch pela Correcotia (2000)
>>> Papai é Pop de Marcos Piangers pela Belas Letras (2015)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Típica Vaticana de Edições Loyola Jesuítas pela Edições Loyola Jesuítas (2000)
>>> Catecismo da Igreja Católica Edição Revisada de Acordo Com o Texto... de Loyola pela Loyola (1999)
>>> Cem Anos de Solidão de Gabriel Gárcia Marquez pela : Record
>>> Biologia do Desenvolvimento de Scott F. Gilbert pela Sociedade Brasileira de Genéti (1994)
>>> Energia, Ambiente & Mídia - Qual é a Questão de Vânia Mattozo pela Ufsc (2005)
>>> Montando Estórias de Milton Neves pela Ibrasa (1996)
>>> Terra á Vista... e ao Longe de Maria Ignez Silveira Paulilo pela Daufsc (1998)
>>> Conhecendo Sua Coluna - Informações Científicas para o Leigo de Dr. Fernando Schmidt e Dr. Ernani Abreu (org.) pela Conceito (2004)
>>> Modernidade Com Ética de Cristovam Buarque pela Revan (1998)
>>> Metodologia do Ensino de Artes - Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2010)
>>> Vocabulário do Charadista - Volume 1 de Sylvio Alves pela Livraria Acadêmica
>>> Dissolução do Casamento de Valdemar P. da Luz pela Conceito (2007)
>>> Filosofia da Arte de Engelmann Ademir Antonio pela Ibpex (2008)
>>> Guia Gladiadores 01 de Claudio Blanc (Editorial) pela On Line
BLOGS >>> Posts

Sexta-feira, 10/7/2015
Pânico no Motel
CaKo Machini

+ de 900 Acessos

HTML Editor - Full Version HTML Editor - Full Version

 

- Estão batendo.

- É o meu coração.

- É na porta seu bobo!

- Ah... Aqui não se bate na porta. Existe o interfone e ele não está tocando, e se tocar eu não atendo.

- Estão batendo na porta, estou dizendo! Você parece irresponsável! Que coisa!

- Tá legal, você já cortou o lance. Verdade que estão batendo? 

- Claro! Eu ouvi, estão batendo na porta.

- Ser na porta é mais ou menos óbvio. Levantou-se irritado e foi até a porta.

Roberto e Beth curtiam a tarde num motel. Quase uma rotina das tardes de terça feira.

Três meses atrás, quando da primeira vez, Beth foi muito criteriosa, escolheu o estabelecimento pela distância da sua casa, por estar numa rua secundária. Deram três voltas no quarteirão para certificarem-se sobre a ausência de algum conhecido nas proximidades....

Foi um preparo tão intenso que Roberto anotou o 18, número da suíte para jogar no bicho.

"Quando você convida uma mulher pro motel, elas dizem ser a primeira vez mas todas sabem onde está o interruptor da luz".

E a cada terça feira (dia de rodízio dos carros) a alegria ia aumentando. Tardes memoráveis mais essa que narramos foi Inesquecível.

 

A distância entre a cama e a porta era interminável, Roberto cobriu o trajeto num misto de contrariedade e curiosidade.

- Quem é? - Perguntou desejando se livrar rápido de fosse quem fosse que o estivesse empatando naquela hora.

- Um champanhe para o senhor.

- Não pedi champanhe nenhum. É engano.

- É cortesia. Mais um ano de bons serviços.

- Tá legal, aceito, coloque na portinhola.

- Não dá. E champanhe de Formula 1, não passa na portinhola.

- Tá legal, espera um pouco.

Meio embrulhado numa toalha, mais para bronqueado do que pra contente Roberto abre a porta. Entrou um garçom com cara de babaca carregando uma imensa bandeja que além do champanhe trazia flores e bombons. Por trás do garçom, roubando a cena, entra um homem vestindo um elegante sobretudo e usando um tom sereno de voz. Sem perder o sorriso enigmático, explica.

- Boa tarde. Desculpe interromper a diversão de vocês mais estou aqui a trabalho. Cumprindo minha obrigação comunico que isso é um assalto!

E imediatamente tirou do, sobretudo um assustador revolver. O garçom, mais do que depressa abandonou o ar de cretino-idiota e agindo como uma águia, apareceu com um saco de pano que já continha alguns pertences e passou a recolher tudo o que via pela frente.

- Será assim. Continuou o "chefe da ação". Exatamente como na TV. Vocês ficam quietinhos, colaboram e nada de ruim, ou de pior acontece. OK?

- Senhora. Disse educadamente para Beth. Seu corpo não me interessa. Mostre-me os braços e o pescoço.

- Essa correntinha passa a ser minha. Passe também essa aliança.

Mostrando continua elegância o líder continuou falando.

- Senhores, agora mais uma desagradável surpresa. Roberto e Beth se entreolhavam apavorados.

- Calma, somos civilizados. As chaves do carro por favor.

O falso garçom que acabava de recolher as roupas do casal sai do quarto, o líder se despede e se desculpa, avisa sobre o interfone estar inoperante, pede cautela em alguma provável reclamação na polícia e saindo tranca a porta por fora.

Beth e Roberto se abraçam, trocam frases desesperadas e destemperadas por longos minutos. Toca o interfone. Era o gerente do motel avisando o final do assalto e convocando todos para uma reunião no pátio do estabelecimento.

Era nonsense puro. Emburrados casais embrulhados em toalhas ouviam as providências e as desculpas do gerente.

Roberto voava em pensamentos imaginando ser aquela amais insólita reunião que já havia participado. Um bando de homens semi nus protestando e culpando o motel por tudo e mais um pouco. Um monte de mulheres histéricas, mal cobrindo o corpo, mas tentando esconder o rosto. Ninguém se olhava. Havia uma ética não combinada de discrição absoluta.

- Desculpas não resolvem, mas digo que sentimos muito. Só temos agora uma coisa primordial a fazer. Fornecer condições para que todos saiam e possam voltar para casa.

- Chamamos um chaveiro que cuidará de destrancar os carros. Interfonaremos pedindo o número do manequim de cada um. Voltem aos quartos. Será servido um café. Fiquem tranqüilos. Mais alguma coisa?

Um coro unânime se manifesta.

- E NÃO CHAMEM A POLÍCIA!!! - O gerente jura várias vezes que somente chamará a policia após todos terem deixado o local.

Foi um tempo de espera patético, casais nus num quarto de motel sem nenhum clima para absolutamente nada....

Batem outra vez na porta. Outro sobressalto. Alguém esclarece.

- Sou uma camareira. Vim trazer as novas roupas de vocês.

- Roberto abre a porta um tanto receoso. Realmente era uma camareira trazendo um jogo de roupas. Quase um uniforme visto que para todos os casais foi comprado um conjunto idêntico. Calça marron e camisa bege para os homens e um estúpido vestido verde para as mulheres. Chamo de estúpido por ser um modelinho feio demais.

- É o que tinha. Se não gostou, joga fora depois. Pra sair daqui tá bom demais. Sentenciou a camareira.

O casal foi solicitado a experimentar a chave do carro. O chaveiro, um sujeitinho baixinho, gordinho que não economizava risinhos safados para os casais que atendia.

No caminho de volta poucas palavras e muito constrangimento. Perto do local onde Beth havia deixado seu carro, uma despedida sem graça, sem comentários e sem beijos.

Beth se afasta, Roberto acompanha com o olhar e confirma a avaliação: Aquele vestidinho era feio demais.

Roberto dirigi a caminho de casa preocupado em construir uma bela desculpas para justificar seu atraso e suas roupas "novas".

Em casa, contrariando as expectativas a sua roupa "nova" não causou nenhuma reação ruim. Sua esposa ouviu uma patética explicação sobre um banho de sopa que Roberto tomou involuntariamente. Um sorrisinho sem graça encerrou o assunto.

Roberto ficou com uma sensação dúbia. Satisfeito por não ter arrumado uma nova encrenca. Curioso e desconfiado pela serenidade da esposa.

Um banho, tudo que mais queria Roberto era um ritual para se "limpar" de toda aquela triste história.

Banho demorado, corpo e mente livres das lembranças. Num traço de ira Roberto se determinou a sumir com todas as lembranças. O destino da calça marrom e da camisa bege seria sumariamente o lixo.

Mas que droga o cesto de lixo estava lotado. Que pacote era aquele que tomava muito espaço. O papel que envolvia o tal embrulho se rompe, uma suspeita, muita vontade de conferir. Roberto tira do lixo o tal pacote, senta, estraçalha o embrulho. Verde, a cor da esperança, agora a cor do desencanto. Verde, outro vestido verde, tão ridículo e idêntico ao que Beth usou para sair do motel.

 

 

 



Postado por CaKo Machini
Em 10/7/2015 às 20h19


Mais Blog de CaKo Machini
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PASSAGEM PARA RAVENA
JOSE RICARDO MOREIRA
FORMATO
(2004)
R$ 12,00



INFORMÁTICA CESPE UNB
MANUEL MARTINS FILHO
CESPE
(2009)
R$ 23,00



POESIA & UTOPIA
MOISÉS, CARLOS FELIPE
ESCRITURAS
R$ 9,90



CASAS MINIMALISTAS (EDIÇÃO TRILÍNGUE: PORTUGUÊS, ESPANHOL E ITALIANO)
SIMONE SCHLEIFER
EVERGREEN
(2006)
R$ 130,00



FLASH 8 - GUIA AUTORIZADO MACROMEDIA
JAMES ENGLISH
CAMPUS
(2006)
R$ 18,00



CRIMES DE SONEGAÇÃO FISCAL
CLÁUDIO COSTA
REVAN
(2003)
R$ 18,00



SEU PASSAPORTE PARA O SUCESSO
F. ARTHUR CLARK
RECORD
(1984)
R$ 19,90
+ frete grátis



POR QUÊ ADOECEMOS - PRINCÍPIOS PARA A MEDICINA DA ALMA
VÁRIOS AUTORES
AME
(2012)
R$ 50,00



BRASIL ANO 2000 O FUTURO SEM FANTASIA
JOSÉ ITAMAR DE FREITAS
ED. MONTERREY
(1969)
R$ 4,90



TANTOS ANOS
RACHEL DE QUEIROZ / MARIA LUÍZA DE QUEIROZ
INTRÍNSECA
(1998)
R$ 10,00





busca | avançada
54626 visitas/dia
1,3 milhão/mês