Querem proibir as palavras | Julio Daio Bløg

busca | avançada
51984 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> BELIZARIO 365 e GOROROBAS no aniversário da Belizario Galeria
>>> As Batalhas de Maria Auxiliadora da Silva
>>> Pará recebe projeto itinerante e gratuito que traz cultura a bordo de um caminhão
>>> Condecorada em Paris, brasileira é co-autora da maior coletânea de livros escrita por mulheres
>>> Cirandança tem inspiração na Semana de Arte Moderna e em coleção de Di Cavalcanti
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Desapega, só um pouquinho.
>>> Menos, Redentor. Menos
>>> Sou grato a Deus
>>> Água das águas
>>> Súplica
>>> Por que me abandonastes
>>> Política na corda bamba
>>> Aonde anda a liberdade
>>> Calar não é consentir
>>> Eu já morri, de Edyr Augusto
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Cabelo, cabeleira
>>> Viagens e viajantes
>>> Terminar o ano correndo
>>> A imprensa dos ruivos que usam aparelho
>>> O futuro do ritual do cinema
>>> Corpo é matéria, corpo é sociedade, corpo é ideia
>>> Abelhas afogadas em mel
>>> Desconstruindo o Russo
>>> Ode a Pablo Neruda
Mais Recentes
>>> Corpo a Corpo de Alex Varenne pela Martins Fontes (1988)
>>> Querida Mamae Obrigado por Tudo de Bradley Trevor Greive pela Sextante (2001)
>>> O Mundo Insone e Outros Ensaios de Stefan Zweig pela Jorge Zahar (2013)
>>> Quatro Gigantes da Alma: O Medo, A Ira, O Amor, O Dever de Emilio Mira Y Lopez pela José Olympio (1980)
>>> Português - Vozes do Mundo -volume 2 - Literatura, Língua E de Maria Tereza Arruda Campos Lucas Sanches Oda pela Saraiva Didáticos (2013)
>>> Investigacao Sobre os Modos de Existencia de Bruno Latour pela Vozes (2019)
>>> Os caminhos para a modernidade de Gertrude Himmelfarb pela Realizações (2011)
>>> De Sonhos e Utopias - Anita e Giuseppe Garibaldi de Yvonne Capuano pela Melhoramentos (1999)
>>> Tribunal de Honra de Dominique Fernandez pela Record (1999)
>>> A Revelação Frutosa de Guido Viaro pela Ideale (2011)
>>> O Môço Loiro - Edição Didática de Joaquim Manuel de Macedo pela Cultrix (1971)
>>> Redução Fenomenológica e Suspensão do Juízo de Jose de Ribamar Barreiros Soares pela Clube dos Autores (2019)
>>> Livro - Repensando: A Pesquisa Participante de Carlos Rodrigues Brandão pela Brasiliense (1985)
>>> Obra Completa 8 de Manoel Joaquim de Almeida Coelho pela Ihgsc (2005)
>>> Cartas Apaixonadas de Frida Kahlo de Martha Zamora pela José Olympio (2006)
>>> Paris é uma Festa de Ernest Hemingway pela Bertrand Brasil (2014)
>>> Erma Jaguar de Alex Varenne pela Martins Fontes (1988)
>>> A Política da Prudência de Russell Kirk pela É Realizações (2013)
>>> Por Que os Homens Preferem as Divas de Miss Piggy pela Leya Casa da Palavra (2011)
>>> Exportação: Aspectos Práticos e Operacionais de José Augusto de Castro pela Aduaneiras (1998)
>>> Os grandes sistemas jurídicos de Mario G Losano pela Martins Fontes (2007)
>>> Livro - A Arte de Pesquisar: Como Fazer Pesquisa Qualitativa em Ciências Sociais de Mirian Goldenberg pela Record (2007)
>>> Manual Prático de Mindfulness (Meditação da Atenção Plena) de John Teasdale, Mark Williams, Zindel Segal pela Pensamento (2016)
>>> Desperte o Talento das Crianças de Diretoria Seicho-no-ie pela Seicho-no-ie (1992)
>>> Trechos Tecidos Com Palavras de Renata Carone Sborgia pela Madras (2014)
BLOGS >>> Posts

Quinta-feira, 17/9/2015
Querem proibir as palavras
Julio Daio Borges

+ de 10000 Acessos

Outro dia, escrevi, num texto, que o Mino Carta tinha ido "para o lado negro da força".

O que você entende por essa expressão?

"Lado negro da força" é uma expressão de Guerra nas Estrelas, originalmente a trilogia de George Lucas.

Designa o lado "mau" - o lado de Darth Vader, que, não por acaso, se vestia de preto.

E se contrapõe, obviamente, ao outro lado da força - ao lado "bom", de Luke Skywalker, o Jedi, que salva a galáxia.

Pois bem, teve gente me acusando de racismo.

Sim, racismo. Porque, lendo mal, me disseram que eu não deveria usar a expressão "lado negro".

Eu não usei a expressão "lado negro". Eu usei a expressão "lado negro da força". Que é uma expressão de Star Wars blablablá.

E houve gente que, mesmo eu justificando isso, ainda teve a cara de pau de me dizer que "isso era nos Estados Unidos". Que eu não deveria usar uma expressão norte-americana, para descrever a realidade brasileira. Porque lá o racismo era diferente...

O quê??? Essas pessoas estão falando sério? Ou é pra rir?

A oposição entre escuro e claro é milenar. Entre o obscuro e a luz... Está na Bíblia!

Jesus não era ariano - não que eu saiba -, mas todas as imagens que se tem dele é de muita claridade. Em oposição às trevas, de você-sabe-quem.

Agora: se alguém quer usar isso para se fazer de vítima - de perseguição racista - realmente, eu não tenho o quê argumentar com essa pessoa. Que ela lute contra toda a história da humanidade. E boa sorte.

O politicamente correto atingiu as raias do absurdo. Ao ponto de, daqui a pouco, começarem a proibir as palavras.

Não vai mais se poder usar "negro". Nem preto. Nem escuro. Nem qualquer coisa remotamente próxima.

Meus amigos, o universo já existia antes da humanidade e vai continuar existindo depois de nós. Não tenhamos a pretensão de ideologizar o que é anterior - e posterior - a nós.

Ontem - outro exemplo - eu escrevi sobre o Stephen Hawking... Qualquer pessoa sabe da importância dos "buracos negros" para sua teoria sobre a origem, e o fim, do universo.

A expressão, em inglês, é blackhole. Agora vocês vão dar uma de Malcolm X e perseguir o maior físico desde Einstein, para que ele mude a expressão "buraco negro" também?

Porque, para os negros, não é bom, vejam bem: o buraco negro, como o próprio nome já diz, é o fim do mundo! Ele suga tudo. Até a luz. Para depois explodir. E nascer como uma nova estrela. De luz...!

Como vamos fazer agora? Vamos proibir os próprios buracos negros - pois eles são escuros? E as estrelas, vamos proibir também - porque elas não claras, luminosas, quentes, brilham e ficam impondo o seu padrão de beleza para o resto da galáxia?

O Sérgio Vaz, meu amigo de Facebook, fez uma excelente piada - e acho que ele tem razão: "Que tal buraco afrodescendente?"

Pois, como disse o Sérgio, a situação não está preta, está afrodescendente...

E, nesse ritmo da correção política, só tende a piorar...

Para ir além
Compartilhar


Postado por Julio Daio Borges
Em 17/9/2015 às 18h18


Mais Julio Daio Bløg
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Poesia e Politica Nas Canções de Bobo Dylan e Chico Buarque
Ligia Vieira Cesar
Estação Liberdade



Defesa Comercial. Origens e Regulamentação (2003)
Fabio Martins Faria
Aduaneiras
(2003)



A Órbita Em Ziguezague
John Brunner
josé olympio
(1986)



Problemas do Estruturalismo
Jean Pouillon e Outros
Zahar
(1968)



Os Temperamentos - a Face Revela o Homem II
Norbert Glas
Antroposófica
(1995)



Como Vencer os Sentimentos Negativos
Maxwell Maltz
Circulo do Livro



A culpa é das estrelas
John Green
Intrínseca
(2012)



São Bernardo
Graciliano Ramos
record



O Misterio dos Morros Dourados
Francisco Marins
Atica
(1985)



Cyrano de Bergerac
Edmond Rostand
Nova Cultural
(2002)





busca | avançada
51984 visitas/dia
2,0 milhão/mês