Comentaristas de Seriados | Blog do Carvalhal

busca | avançada
58438 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Missão à China
>>> Universidade do Livro desvenda os caminhos da preparação e revisão de texto
>>> Mississippi Delta Blues Festival será On-line
>>> Tykhe realiza encontro com Mauro Mendes Dias sobre O Discurso da Estupidez
>>> Trajetória para um novo cinema queer em debate no Diálogos da WEB-FAAP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Manual prático do ódio
>>> Isn’t it a bliss, don’t you approve
>>> Roberto Carlos:Detalhes em PDF
>>> Olhos de raio x
>>> Os dinossauros resistem, poesia de André L Pinto
>>> Pedro Paulo de Sena Madureira
>>> Fred Trajano sobre Revolução Digital na Verde Week
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> 7 de Setembro
>>> Fazendo as Pazes com o Swing
Mais Recentes
>>> Superdicas Para Escrever Bem Diferentes Tipos de Texto de Edna M. Barian Perrotti pela Saraiva (2006)
>>> Técnica da Redação Comercial de Helena Montezuma pela Tecno Print (1963)
>>> Todo o Mundo Tem Dúvida, Inclusive Você de Édison de Oliveira pela L&PM Pocket (2012)
>>> Manual de Estilo Editora Abril de Vários Autores pela Nova Fronteira (1990)
>>> Soltando a Língua 1 de Sérgio Nogueira pela Gold (2007)
>>> Guia Prático de Redação de Massaud Moisés pela Cultrix (1967)
>>> Estudo Sintético e Racional da Arte e da Técnica de Escrever de Dr. Paulo Acioly pela Exame
>>> Comunique-se Melhor e Desenvolva Sua Memória de Jorge Luiz Brand pela Pe. Berthier (1996)
>>> Os Pecados da Língua – Pequeno Repertório de Grandes Erros de Linguagem de Paulo Flávio Ledur & Paulo Sampaio (Sampaulo) pela Age (1993)
>>> Independence Day - O ressurgimento de Alex irvine pela Nemo (2016)
>>> Técnica de Redação – O Texto nos Meios de Informação de Muniz Sodré e Maria Helena Ferrari pela Francisco Alves (1977)
>>> Óculos, aparelho e Rock ' N ' Roll de Meg Haston pela Intrínseca (2012)
>>> O doador de memórias de Lois Lowry pela Arqueiro (2014)
>>> Dez leis para ser feliz de Augusto Cury pela Sextante (2008)
>>> #Manual da Fossa de Mica Rocha pela Benvirá (2020)
>>> Como Parar O Tempo de Matt Haig pela Harper Collins (2017)
>>> O guia dos curiosos: língua portuguesa de Marcelo Duarte pela Panda Books (2010)
>>> Mentes Geniais: Aumente em 300% a Capacidade do Seu Cérebro de Alberto Dell Isola pela Universo dos Livros (2013)
>>> O Ladrão de Raios de Rick Riordan pela Intríseca (2009)
>>> Tipo Destino: E se sua alma gêmea fosse o namorado de sua melhor amiga? de Susane Colasanti pela Novo Conceito (2013)
>>> Seu Cachorro É O Seu Espelho de Kevin Behan pela Magnitudde (2012)
>>> Os Contos dos Blythes Vol 2 de Lucy Maud Montgomery pela Ciranda Cultural (2020)
>>> O Assassinato de Roger Ackroyd de Agatha Christie pela Globolivros (2014)
>>> Cidade dos Ossos de Cassandra Clare pela Galera (2014)
>>> A Casa de Hades de Rick Riordan pela Intríseca (2013)
>>> Amores impossíveis e outras perturbações quânticas de Lucas Silveira pela Dublinense (2016)
>>> A Marca de Atena de Rick Riordan pela Intríseca (2013)
>>> Will e Will, Um nome, Um Destino de John Green, David Levithan pela Galera (2014)
>>> O Azarão de Markus Zusak pela Bertrand Brasil (2012)
>>> Capitão América: A Ameaça Vermelha de Steve Epting, Mike Perkins, Ed Brubaker pela Panini (2005)
>>> O Fio do Destino de Zibia M. Gasparertto pela Vida e Consciência (1500)
>>> O Fantasma da Ópera de Gaston Leroux pela Principis (2020)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Lafonte (1500)
>>> Coleção folha tributo a Tom Jobim nº8 Tide de Folha de São Paulo pela Mediafashion (2012)
>>> Rostos Do Protestantismo de José Míguez Bonino pela Sinodal/Est (2020)
>>> Coleção folha grandes vozes Fred Astaire nº4 de Folha de São Paulo pela Mediafashion (2012)
>>> Sherlock Holmes – O Vampiro de Sussex e Outras Histórias de Sir Arthur Conan Doyle pela L&PM Pocket (2003)
>>> As pernas de Úrsula e outras possibilidades de Claudia Tajes pela L&PM (2001)
>>> Comer, rezar, amar de Elizabeth Gilbert pela Objetiva (2008)
>>> A vitória final de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2008)
>>> Apoliom de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> O glorioso aparecimento de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> Armagedom de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> Assassinos de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Nicolae de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> O possuído de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Profanação de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> O remanescente de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> A marca de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Comando Tribulação de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2009)
BLOGS >>> Posts

Terça-feira, 3/11/2015
Comentaristas de Seriados
Guilherme Carvalhal

+ de 1100 Acessos

Uma máxima popular sempre disse que futebol, religião e política não se discutem. Contrariando essa sabedoria, as redes sociais contam com debates acalorados sobre esses três temas e não é raro que o debate se torne uma verdadeira briga.

O modelo de redes sociais gera uma relação diferenciada no que diz respeito a manifestação de opiniões. Opinar acaba se tornando algo quase sagrado e um comentário despretensioso pode render debates e até gerar desafetos. Isso é fruto dessa nova vida de mão dupla, a de pessoas que nunca opinaram e conseguem colocar seu ponto de vista em uma plataforma capaz de repercutir e de leitores que se deparam com visões diferentes e que muitas vezes não possuem uma estrutura adequada para compreender o outro. Vale lembrar que uma opinião que entre em um ciclo privado é aceitável, fora de contexto pode ganhar conotações. Chamar aquele amigo de gordo, que ele próprio leva na brincadeira, pode se tornar ofensivo ao ser visto por pessoas fora desse ciclo.

Uma nova modalidade que surge nesse meio de comunicações virtuais é a do comentarista de séries. Nunca dar palpites sobre essas obras se tornou tão relevante, ganhando conotações mais elaboradas e até dando origem a jornalistas especialistas em séries. Uma série de televisivo não é meramente encarada apenas como um da indústria cultural. Ganhou status de algo mais nobre e denso, até reflexivo.

Assistir e ser fã de série não é uma novidade. Twin Peaks e Star Trek contou com seus grupos de fanáticos antes mesmo que a possibilidade de emitir comentários online existisse. O diferencial hoje em dia está na ampla repercussão de seriados, havendo uma possibilidade muito maior de se captar fãs e de se gerar repercussão com o que se apresenta ao espectador.

Um ponto fundamental foi a melhoria de padrão de qualidade que elas tem recebido nos últimos anos. Se em tempos passados seriados eram chamados de enlatados por causa dos roteiros repetitivos e do eterno mais do mesmo, nos últimos anos o padrão tem mudado. Uma qualidade digna de cinema tem sido dada a muitas profissões e o nível de roteiros tem sido alto, com direito até a adaptações de livros para as telinhas.

Aos poucos temos notado que a indústria de seriados tem atropelado a de cinema (obviamente no que se refere à indústria cinematográfica e televisiva dos Estados Unidos). Poucos filmes tem tido uma repercussão tão grandiosa como em alguns tempos atrás e até mesmo as obras de cinema tem tido seu enfoque no formato seriado (vide a Marvel que incluiu suas séries na cronologia dos filmes). A atuação de Matthew McConaughey em True Detective superou a de muitos filmes e o desfecho de Breaking Bad foi digno de obras marcantes.

Pelas redes sociais, temos notado que, assim como em dias de jogo da Seleção todo mundo tem um pouco de técnico, com relação a séries muita gente tem mostrado seu lado Rubens Ewald Filho. Foram as brincadeiras com o portunhol de Wagner Moura em Narcos ou então a repercussão sobre a morte de John Snow em Game of Thrones. Aliás, boa parte dos seriados nem tem mais seus títulos traduzidos para o português. Coisas da modernidade.

O comentarista de seriado tem se tornado um dos mais relevantes nas mídias sociais. É um pouco a ideia da Inteligência Coletiva que Pierre Levy aborda em seus livros, uma capacidade de se fomentar ideias e opiniões através da interação pela via digital. Tanto que informações de seriados estão disponíveis aos montes pelas redes: se fosse duas décadas atrás, teríamos uma revista impressa apenas falando sobre séries de TV. Ou talvez o nível de aficionados não atingisse tal nível sem a internet.

Pesquisas por algumas plataformas mostram bastante isso. No Twitter os fins de temporada sempre entram para os assuntos do momento. Blogs sobre esse tema surgem aos montes e em conversas do dia a dia chavões de seriados se tornam comum. Até mesmo a grande imprensa tem rendido parte de suas publicações a essas produções.

Mesmo que o aumento da qualidade tenha levado os padrões a um patamar elevado, é preciso lembrar que, mesmo que possamos colocar séries como uma produção cultural, sua produção atende a interesses financeiros de grandes empresas, e isso afeta diretamente no conteúdo. Tanto é que boa parte dos seriados tem enredos repetitivos: policiais caçando bandidos, comédia românticas, elementos sobrenaturais, etc. Então o apreço está correlacionado com uma ótica de mercado? O interesse por seriados é semelhante à apreciação de um texto de Shakespeare ou ao frissom quando a Nike lança um novo tênis?

O Brasil começa a ter uma geração que majoritariamente cresceu em um ambiente globalizado. Temos um sociedade que se acostumou a viver em sociedades urbanas e para quem as tecnologias da informação fazem parte do cotidiano. Os nativos digitais, que passaram a infância na companhia de celulares, computadores e video-game chegam à vida adulta e se tornam voz ativa. Então temos um grupo que foi moldado por um regionalismo/nacionalismo menos presente e que absorve com muita naturalidade cultural exterior (e eu mesmo faço parte dessa geração).

Os comentaristas de seriados são um viés de bastante volume dessa situação social, de um grupo conectado pelas redes sociais que expressa um interesse comum e seus pontos de vista. São um fruto de um mundo globalizado, no qual os Estados Unidos são o principal produtor cultural e estabelecem os gostos a serem seguidos pelos demais países. O recebimento e a absorção desse conteúdo não é novidade. O que temos de novo é o espaço de interação, que gera mais e mais interesse através da troca de informação entre os usuários.


Postado por Guilherme Carvalhal
Em 3/11/2015 às 14h19


Mais Blog do Carvalhal
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




RITOS DE PASSAGEM. GERENCIANDO PESSOAS PARA A QUALIDADE
JOSÉ ANTONIO KULLER
SENAC
(1996)
R$ 24,00



NOSSOS CLÁSSICOS 6- ANTERO DE QUENTAL- POESIA E PROSA
ODOLTO CASAIS MONTEIRO
AGIR
(1972)
R$ 6,90



CURA PELA PALAVRA
MARCELO AGUIAR
BETÂNIA
(2019)
R$ 25,00



O REDENTOR
CESARIO MELLO FRANCO
OBJETIVA
(1992)
R$ 12,00



ENCONTROS, DESENCONTROS & REENCONTROS
MARIA HELENA MATARAZZO
GENTE
(1996)
R$ 25,00
+ frete grátis



BROOKLYN
COLM TÓIBÍN (AUTOR), RUBENS FIGUEIREDO (TRADUTOR)
COMPANHIA DAS LETRAS
(2011)
R$ 31,00



CYRANO DE BERGERAC
EDMOND ROSTAND
NOVA CULTURAL
(2003)
R$ 6,00



NOTÍCIAS NO ESPELHO
JOSÉ ARTHUR GIANNOTTI
PUBLIFOLHA
(2011)
R$ 20,00



DIREITO AMBIENTAL EM EVOLUÇÃO 4
VLADIMIR PASSOS DE FREITAS
JURUÁ
(2007)
R$ 20,00



HQ QUEM FOI? OS PRISIONEIROS DE SULMA
DIVERSOS AUTORES
EBAL
(1982)
R$ 15,00





busca | avançada
58438 visitas/dia
2,1 milhões/mês