Cegueira | Blog de Marco Garcia

busca | avançada
62879 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Cia O Grito evoca os fantasmas do teatro em nova peça
>>> Meu Reino por um Cavalo faz temporada online a partir de 2 de dezembro
>>> Rosas Periféricas apresenta espetáculos sobre memórias e histórias do Parque São Rafael
>>> Música: Fabiana Cozza se apresenta no Sesc Santo André com repertório que homenageia Dona Ivone Lara
>>> Nos 30 anos, Taanteatro faz reflexão com solos teatro-coreográficos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
>>> A Lei de Murici
>>> Três apitos
>>> World Drag Show estará em Bragança Paulista
>>> Na dúvida com as palavras
Blogueiros
Mais Recentes
>>> L’Empereur
>>> Estamira: a salvação no lixo
>>> Ode ao indivíduo, ódio ao coletivo
>>> Imprudência
>>> Para você estar passando adiante
>>> No fundo bem no fundo
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Play it again, Sam
>>> 29 de Dezembro #digestivo10anos
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
Mais Recentes
>>> Vozes da Origem: Estórias sem Escrita - Narrativas dos indios Suruí da Rondônia de Betty Mindlin e Narradores Suruí pela Ática (1996)
>>> Vida e morte no sertão História das secas no Nordeste nos séculos XIX e XX de Marco Antonio Villa pela Ática (2006)
>>> Brasil: De Getúlio a Castelo (1930-1964) de Thomas Skidmore pela Paz e Terra (1979)
>>> O Xará de Apipucos - Um Ensaio sobre Gilberto Freyre de Gilberto Felisberto Vasconcelos pela Casa Amarela (2000)
>>> Violência sexual no brasil: perspectivas e desafios de Cecília de Mello e Souza; Leila Adesse pela Ipas (2004)
>>> Olhar Sobre A Mídia de Fátima Oliveira pela Mazza (2002)
>>> Sociologia e História de Peter Burke pela Edições Afrontamento (1980)
>>> Antropologia Social de Emílio Willems pela Difel (1966)
>>> Orixás Teogonia de Umbanda de Rubens Saraceni pela Madras (2004)
>>> Dar a vida e cuidar da vida: Feminismo e ciências sociais de Lucila Scavone pela Unesp (2004)
>>> 500 Anos de Brasil - Histórias e Reflexões de Mary del Priore e mais pela Scipione (1999)
>>> Estudos Brasileiros de Ronald de Carvalho pela Nova Aguilar (1976)
>>> Mulher:Feminino Plural - Mitologia, História e Psicanálise de Dulcinéa da Mata Ribeiro Monteiro pela Rosa dos tempos (1998)
>>> Quem São os Criminosos? de Augusto Thompson pela Achiamé (1983)
>>> Liberdade na Escola de A.S. Neill pela Ibrasa (1969)
>>> Gangues, Galeras, Chegados e Rappers. Juventude, Violência e Cidadania nas Cidades de Miriam Abramovay pela Garamond (2006)
>>> Manifestações de junho de 2013 no Brasil e praças dos indignados no mundo de Maria da Gloria Gohn pela Vozes (2014)
>>> ultura Brasileira e Identidade Nacional de Renato Ortiz pela Brasiliense (2001)
>>> Problemas Agrário Camponeses do Brasil de M. Vinhas pela Civilização Brasileira (1972)
>>> A Ilusão Americana de Eduardo Prado pela Alfa Omega (2001)
>>> Da revolta ao crime S.A (Coleção Polêmica) de Alba Zaluar pela Moderna (1996)
>>> Juventude em Debate de Helena Wendel Abramo E Outros (orgs.) pela Cortez (2002)
>>> Razão Sangrenta de Robert Kurz pela Hedra (2010)
>>> Relativizando: Uma introdução à Antropologia Social de Roberto DaMatta pela Vozes (1981)
>>> Estudos sobre o Brasil Contemporâneo de Luiz Pereira pela Pioneira (1971)
BLOGS >>> Posts

Quarta-feira, 27/1/2016
Cegueira
Marco Garcia

+ de 2200 Acessos

por Angela Veloso*

Recentemente o cenário musical perdeu mais um dos seus grandes ícones. A morte do cantor inglês, David Bowie, abalou os fãs e até mesmo aqueles que mal conheciam sua trajetória musical.

Confesso que não era sua fã e muitas vezes não associei sua música ao seu nome, mas conhecia e até cantarolava algumas delas, por total influência de uma amiga que é sua profunda admiradora.

Fato é que a morte de Bowie e as inúmeras notícias publicadas sobre o assunto, em todos os veículos de comunicação, me levaram a conhecer sua última canção, apresentada em um videoclipe semanas antes de sua morte, o que muitos apontaram como uma despedida em vida.

A canção que encerra sua carreira chama-se Lazarus, uma menção ao personagem bíblico Lázaro, segundo a Bíblia, um homem que estava morto e foi ressuscitado por Jesus depois de quatro dias de sua morte.

O clipe é angustiante, o músico está em um quarto sombrio, preso numa cama. Seus olhos estão vendados com uma faixa de curativos e demarcados por círculos negros. A cena é de um sofrimento que nos prende a respiração e me fez pensar durante dias a respeito da dor que cada um de nós esconde sob nossas frágeis ataduras e sobre a cegueira que nos abate e imobiliza.

Sentimento igual tive apenas em outras duas oportunidades. Há algum tempo li um livro de José Saramago “Ensaio sobre a cegueira”, que relata a história de uma cidade tomada por uma doença que contamina todos os moradores levando-os à cegueira total, porém, apenas um deles continua a enxergar.

Sofreram muito os que estavam cegos, porém sofria mais ainda aquele que continuou ver o que acontecia ao seu redor: a miséria humana que impregnou aquele lugar, levando as pessoas a um comportamento quase que animal. O ver quando ninguém mais o podia fazer era o tormento diário do personagem de Saramago.

Tão sombria e assustadora quanto a cegueira descrita por Saramago era também a da personagem do filme de Lars Von Trier “Dançando no Escuro”. Selma, interpretada por Bjork, sofria de uma doença hereditária que a fez perder a visão, mesmo destino que teria seu filho caso não fosse submetido à uma cirurgia.

A busca da personagem pela cura para o filho e os desdobramentos dessa história denunciaram uma cegueira, não a da personagem, mas uma cegueira social, daqueles que a julgaram e a condenaram levando-a à morte.

E é aí que Saramago, Bowie e Von Trier se entrelaçam e me faz pensar na cegueira de cada um de nós. Quando não estamos enxergando além das nossas próprias feridas, quando deixamos de enxergar pelos olhos do outro, quando perdemos a visão de nós mesmos.

Quando não agimos diante do que acreditamos tornamo-nos Bowie na cama de um hospital, provavelmente instalado na cidade descrita por Saramago e nos deixamos julgar pelo mesmo júri que sentenciou a morte de Selma.

Em dado momento de sua música David Bowie desabafa: “Tenho cicatrizes que não podem ser vistas” e José Saramago nos arrebata: “Só num mundo de cegos as coisas serão o que verdadeiramente são”, porém é e a personagem de Lars Von Trier que no auge de seu sofrimento nos comove de maneira esperançosa: "They say it's the last song; They don't know us, you see; It's only the last song; If we let it be" (em português, Eles dizem que essa é a última canção, eles não nos conhecem, sabe. É apenas a última canção, se deixarmos que seja”.

O desejo de hoje é que a cegueira não nos contamine e que tenhamos tempo para mais uma canção.

*Texto gentilmente cedido pela autora. Angela Veloso é jornalista, mora em São Paulo.


Postado por Marco Garcia
Em 27/1/2016 às 22h27


Mais Blog de Marco Garcia
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Amor de Salvação
Camilo Castelo Branco
Edições de Ouro



Filósofos do Século XVIII
Lothar Kreimendahl
Unisinos
(2004)



Como Solucionar Nossos Problemas Humanos - as Quatro Nobres Verdades
Geshe Kelsang Gyatso
Tharpa Brasil
(2004)



Ninguém é de Ninguém
Harold Robbins
Record



Rio Piracicaba Vida, Degradação e Renascimento
Antonio Carlos de Mendes Thame
Iqual
(1998)



Meia-Idade Inteira
Angela Vieira
Globo Livros
(2003)



Direito Sumular e Fundamentação Decisória no Cpc 2015
Guilherme Lunelli
Fórum
(2016)



Como o Homem pode enfrentar uma Crise
Maury Rodrigues da Cruz
Sbee
(2003)



A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert
Joël Dicker
Intrínseca
(2014)



Aeronaves de Caça e de Reconhecimento 1939 1945 Volume 1
Gisele C. Batista Rego Tradução
Abril
(2010)





busca | avançada
62879 visitas/dia
1,9 milhão/mês