O impacto de Bolaño | Blog do Carvalhal

busca | avançada
68461 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Liberdade Só - A Sombra da Montanha é a Montanha”: A Reflexão de Marisa Nunes na ART LAB Gallery
>>> Evento beneficente celebra as memórias de pais e filhos com menu de Neka M. Barreto e Martin Casilli
>>> Tião Carvalho participa de Terreiros Nômades Encontro com a Comunidade que reúne escola, família e c
>>> Inscrições abertas para 4ª Residência Artística Virtual Compartilhada
>>> Exposição 'Mundo Sensível dos Mitos' abre dia 29 de julho em Porto Alegre
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Marcelo Mirisola e o açougue virtual do Tinder
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
Colunistas
Últimos Posts
>>> A melhor análise da Nucoin (2024)
>>> Dario Amodei da Anthropic no In Good Company
>>> A história do PyTorch
>>> Leif Ove Andsnes na casa de Mozart em Viena
>>> O passado e o futuro da inteligência artificial
>>> Marcio Appel no Stock Pickers (2024)
>>> Jensen Huang aos formandos do Caltech
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
Últimos Posts
>>> Cortando despesas
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A memória vegetal
>>> VergonhaBrasil
>>> Juditha Triumphans, de António Vivaldi
>>> A trilogia Qatsi
>>> A pata da gazela transviada
>>> dinosonic
>>> Entrevista com Claudio Willer
>>> E assim se passaram dez anos...
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> Sermão ao cadáver de Amy
Mais Recentes
>>> Livro Mulheres Dos Anos Dourados de Carla Bassanezi Pinsky pela Contexto (2014)
>>> Liveo Eclipse - Série Crespúslo de Stephenie Meyer pela Intrinseca (2009)
>>> 100 Camisas Que Contam As Historias De Todas As Copas de Marcelo Duarte pela Panda Books (2024)
>>> Speakout Advanced 2nd Edition Students' Book With Dvd-rom And Myenglishlab Access Code Pack de Antonia Clare, Jj Wilson pela Pearson Education (2018)
>>> Traits Writing Student Handbook Grade 4 de Ruth Culham pela Ruth (2024)
>>> Livro Do Queijo de Juliet Harbutt (org. ) pela Globo (2010)
>>> Scooby Doo And The Weird Water Park (scooby-doo 8x8) de Jesse Leon Mccann pela Scholastic Paperbacks (2000)
>>> Spider-man 2: Hurry Up, Spider-man! de Kate Egan pela Festival (2004)
>>> Spider-man 3: Meet The Heroes And Villains (i Can Read: Level 2) de Harry Lime pela Harper Trophy (2024)
>>> Bakugan: Finding Drago de Tracey West pela Scholastic Inc. (2009)
>>> Medicina Integrativa: A Cura Pelo Equilibrio de Lima pela Mg (2024)
>>> Bem-vindo, Doutor: A Construção De Uma Carreira Baseada Em Credibilidade E Confiança de Renato Gregorio pela 62608 (2024)
>>> Problemas Atuais De Bioética de Leocir Pessini pela Edições Loyola (2020)
>>> À Meia Noite Levarei Sua Alma - O Estranho Mundo do Zé do Caixão de Laudo pela Nova Sampa (1995)
>>> Inglês Em Medicina de Vários Autores pela Manole (2024)
>>> Firestone de Roberto, Firestone Tire And Rubber Company Bascchera pela Dezembro Editorial (2024)
>>> Guia Josimar Melo 2004 de Josimar Melo pela Dba Dória Books And Art (2024)
>>> O Que Todo Médico Deve Saber Sobre Impostos, Taxas E Contribuições de Fábio K. Ejchel pela Edgard Blücher (2009)
>>> Compass American Guides: California Wine Country, 5th Edition (full-color Travel Guide) de John Doerper, Constance Jones, Sharron Wood Fodor's pela Compass America Guides (2007)
>>> Professoras Na Cozinha. Pra Você Que Não Tem Tempo Nem Muita Experiencia de Laura De Souza Chaui pela Senac (2024)
>>> The Penguin Good Australian Wine Guide 2007 de Huon Hooke pela Penguin Books Australia (2007)
>>> Guia Ilustrado Zahar: Azeite - Eyewitness Companio de Charles Quest-ritson pela Jorge Zahar (2011)
>>> Vinho Sem Segredos de Patricio Tapia pela Planeta (2024)
>>> Sentidos Do Vinho, Os de Kramer pela Conrad (2024)
>>> Buyer's Guide To New Zealand Wines 2007 de Michael Cooper pela Michael (2024)
BLOGS >>> Posts

Sábado, 30/1/2016
O impacto de Bolaño
Guilherme Carvalhal
+ de 3000 Acessos



O entendimento da relevância da obra de Roberto Bolaño para a literatura latino-americana é algo que tem sido bastante discutido pela crítica literário atual. Sua obra quebra com o paradigma regionalista e fantástico, sendo urbana e globalizada. Seus livros retratam personagens inseridos em um contexto mais amplo, nas grandes cidades, abordando temas da atualidade como a violência, um de seus preferidos.

O ponto alto do estilo do autor é sua criação de enredos e a inserção de personagens nas histórias. A criatividade e principalmente a profundidade com que elabora personagens dos mais variados tipos é seu marco maior. De um rapaz pobre levado para ser policial e servir aos poderosos a um escritor de passado nebuloso cuja imagem está ligada a uma série de homicídios, ele consegue construir pessoas complexas e singulares, fugindo de qualquer esteriótipo. Por exemplo, ao elaborar Fate, o repórter de uma revista focada no público negro dos Estados Unidos, ele vai mais além do que um mero militante de uma causa: o personagem questiona seu editor e tenta ir além da política editorial ao viajar ao México para cobrir uma luta de boxe.

Em Detetives Selvagens a construção dos personagens é poderosa e remete às próprias pretensões do escritor em sua juventude, tanto que o personagem principal é Arturo Belano, seu alter ego. Nessa obra um grupo de poetas do movimento real visceralista vive o cotidiano de sua própria falta de importância, porém se veem como a mais forte tendência literária do mundo. Essa é uma das melhores produções referentes ao egocentrismo e a como pessoas geniosas lidam com a própria insignificância.

Os personagens de Bolaño possuem um forte valor por suas referência a tipos reais e mostram a riqueza de vivências do autor, que consegue incluir Osman Lins, pintores medievais e filmes de terror japonês em todo seu contexto. Ele aborda da intelectualidade acadêmica aos caudilhos latino-americanos e as classes baixas. Seus livros são um caldeirão cultural muito extenso e aqui se encontra uma das marcas do autor, que é inserir a América Latina em um mundo globalizado.

Um exemplo disse é a primeira parte de 2666, “A Parte dos Críticos”. Aqui, quatro tradutores do escritor alemão Benno von Archimboldi (para italiano, inglês, francês e espanhol) estão às voltas com o estudo da sua obra, indo a congressos, etc. Os tradutores para francês e espanhol e a tradutora para inglês viajam para o México, onde ele supostamente viveria após desaparecer do mundo (o para italiano é cadeirante e não acompanha). Então em um país da América Latina converge toda uma trama originada na Europa.

O estilo de Bolaño difere bastante de outros autores clássicos da literatura latino-americana, principalmente os do realismo mágico. Ao invés de mundos fechados onde o surreal prevalece, seus cenários são mais amplos e modernos. Se o coronel e a cultura interiorana e arcaica prevaleciam, agora os problemas da modernidade como a violência são o mote. Bolaño poderia ser relacionado a Cortázar ou a Borges, porém seu estilo é diferenciado. Borges e Cortázar não imaginaram no mesmo nível do autor chileno uma América Latina em interação com o resto do mundo, uma situação que se tornou mais evidente (e consequentemente mais temática para a literatura) em tempos mais recentes. Uma obra que poderia ser classificada como algo próximo ao estilo de Bolaño seria Cabeça da Hidra, de Carlos Fuentes, que apresenta uma intriga internacional ao estilo John Le Carré envolvendo judeus, árabes e norte-americanos em território mexicano.

Bolaño ganhou grande reconhecimento após sua morte em 2003. Tem sido merecidamente apontado como um dos maiores autores latino-americanos ao lado de nomes como Neruda, Borges e García Márquez. Ele criou um estilo literário que extrapola as fronteiras de um país e é comum a todo o continente. Cabe agora com o tempo compreender qual será o impacto de sua obra na produção de uma nova geração de autores.


Postado por Guilherme Carvalhal
Em 30/1/2016 às 19h12

Mais Blog do Carvalhal
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Rio E Seu Segredo
Zhu Xiao-Mei
Objetiva
(2008)



Euclides Roxo e a modernização do ensino de Matemática no Brasil
Wagner Rodrigues Valente
Sbem
(2003)



Manual do Advogado
Valdemar P. da Luz
Manole
(2014)



Nao Hara - Culinária Japonesa, Sabores Tropicais
Danusia Barbara, Alexander Landau
Senac rio
(2009)



Os Caminhos do Desejo
Geneviève Bon
Círculo do Livro
(1989)



Livro Turismo Brasil O Guia que Mostra o que os Outros só Contam Guia Visual
Vários Autores
Publifolha
(2008)



A hora da sentença
John Godey
Nova Época
(1969)



Dom Pedro II Na Alemanha. Uma Amizade Tradicional
Dom Carlos Tasso De Saxe-coburgo E Braganca
Senac Sao Paulo
(2014)



Ler é aprender José lins do rego 10 - Fogo Morto
Estadão
Klick



O Poder dos Inquietos / a Startup de 100
Chris Guillebeau
Saraiva
(2014)





busca | avançada
68461 visitas/dia
2,1 milhões/mês