Paris é o meu improviso. | O Equilibrista

busca | avançada
44062 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
BLOGS >>> Posts

Sexta-feira, 13/5/2016
Paris é o meu improviso.
Heberti Rodrigo

+ de 900 Acessos




"As coisas, por exemplo, começavam todas pelo princípio e acabavam no final. Por isso, nesse tempo, para ele tinha sido uma grande surpresa, e nunca mais as esquecera, umas declarações do cineasta Godard onde dizia que gostava de entrar nas salas de cinema sem saber quando é que o filme tinha começado, entrar ao acaso em qualquer sequência, e ir-se embora antes do filme ter terminado. Seguramente, Godard não acreditava nos argumentos. E possivelmente tinha razão. Não era nada claro que qualquer fragmento da nossa vida fosse precisamente uma história fechada, com um argumento, com princípio e com fim."

Enrique Vila-Matas, Doutor Pasavento (Teorema, 2007)



Às vezes, vocês me verão desabafar e improvisar. Esta mensagem é um desabafo; Paris, o meu improviso. É isso mesmo, Paris é o meu improviso. Não há argumentos que justifiquem uma temporada na cidade ao invés de dar uma entrada numa casa própria, sobretudo em se tratando de alguém como eu que está longe de ter uma renda, ou família rica, e vive num país em crise. Para alguns é uma insensatez, mas é simplesmente algo que quero viver, que preciso viver. Poderia inventar argumentos, justificativas, mas a verdade é que sinto necessidade de ir e irei. Sobre o que trarei na bagagem, o que essa viagem com ares de mudança me trará em troca de cada centavo gasto, poderia especular a manhã inteira, mas seria inútil. A justificativa para ir não a encontrarei em minhas especulações. Ela virá com o tempo, depois de a viagem ter sido feita, como normalmente acontece na vida de todo ser humano por mais que isso o contrarie. É difícil dar saltos no escuro, mas a vida nos impele a eles de tempos em tempos. É incômodo todo impulso que nos pressione em direção ao desconhecido, que nos desvie de caminhos tão repisados e aparentemente previsíveis e seguros. Entretanto, o que podemos fazer quando aquilo que buscamos na vida, ou dizemos buscar - ou seja, viver nossas próprias vidas - nos leva a esses desvios? Paris é um desvio, um improviso. Não sei aonde me levará, mas sei que se quiser continuar me sentindo vivo tenho de seguir em frente. Algo semelhante aconteceu anos atrás quando resolvi largar a faculdade, decidido que estava a me tornar escritor. Escrever também foi um desvio, um improviso. Eu parecia estar destinado a me tornar engenheiro militar. Era o caminho que seguia, embora não me fizesse feliz. Se não fazia era porque estava me levando para cada vez mais longe de mim mesmo. Ouvi inúmeras vezes que seria uma insensatez não me formar, mas até hoje não me arrependi. Eu não tinha escolha: estava sufocando. Ter abandonado a idéia de obter um diploma para me dedicar à escrita foi um desvio em direção à vida, um retorno a mim mesmo. Sinto que essa viagem à Paris tem o mesmo significado. Ambas as coisas estavam fora do script. Foram improvisações, minhas improvisações. Antes minha fala deveria ser diplomar-me. Agora querem que seja dar uma entrada em um imóvel e sair do aluguel, ou comprar um carro e deixar de andar a pé com o dinheiro que será investido em uma estadia na cidade luz. Esse seria, ou melhor, é o caminho repisado para alguém da classe média brasileira, é seguir o script, mas não é dessas coisas que preciso neste momento de minha vida. Preciso respirar. Preciso ouvir minha própria voz pois é disso que vive um escritor como eu. Farei esse desvio, improvisarei uma vez mais, e não tenho outra justificativa para assim agir senão a íntima e apaixonada necessidade de me sentir vivo. Desde ontem à noite não preciso mais buscar argumentos para ir pois compreendi que essa viagem havia se tornado em si mesma o seu próprio argumento.

Sobre a insensatez ou não dessa decisão, assim como a de não ter me diplomado, só o futuro dirá. Até este momento qualquer coisa que se diga é mera especulação. Tudo o que, hoje, se pode afirmar é que estou saindo do script, improvisando, e isso, para mim, significa estar vivo.

Contato: escritor.equilibrista@gmail.com


Postado por Heberti Rodrigo
Em 13/5/2016 às 08h27


Mais O Equilibrista
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COMPROMISSO DE COMPRA E VENDA
JOSÉ OSÓRIO DE AZEVEDO JR.
MALHEIROS
(2006)
R$ 44,00



CATÁLOGO DAS COLEÇÕES ESPECIAIS E ACERVOS MUSEOLÓGICOS DA USP
NÃO INFORMADO
CPC - USP
(2003)
R$ 20,00



A UNCAO - PORTUGUES BRASIL
BENNY HINN
BOMPASTOR
(2000)
R$ 10,00



MISTO-QUENTE
CHARLES BUKOWSKI; TRAD. PEDRO GONZAGA
L&PM POCKET
(2005)
R$ 57,13



DELTORA QUEST - A CIDADE DOS RATOS
EMILY RODDA
FUNDAMENTO
(2010)
R$ 7,90



MUJERES EN TIERRA DE HOMBRES
VIRGINIA HAURIE
SUDAMERICANA
(1996)
R$ 32,28



REENCONTRO - A MEGERA DOMADA
WILLIAM SHAKESPEARE
SCIPIONE
(2012)
R$ 14,90



DICIONÁRIO JURISPRUDENCIAL DA SOCIEDADE POR AÇÕES
DARCY ARRUDA MIRANDA JÚNIOR
SARAIVA
(1990)
R$ 10,00



PINTAR FLORES
KENNETH JAMESON
PRESENÇA / MARTINS FONTES
(1984)
R$ 7,30



MAR DA TRANQUILIDADE
KATJA MILLAY; CAROLINA ALFARO
ARQUEIRO
(2014)
R$ 9,99





busca | avançada
44062 visitas/dia
1,3 milhão/mês