Assim ainda caminha a humanidade | A Lanterna Mágica

busca | avançada
67078 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Lançamento do livro 'Pesquisa e ensino de história na Amazônia'
>>> Maurício Limeira lança coronavídeo GUERRA
>>> Mostra de Teatro traz quatro peças para assistir on-line
>>> Festival Som na Faixa apresenta edição online com atrações da música instrumental
>>> Leituras Urbanas começa novo ciclo literário
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Cuba e O Direito de Amar (1)
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> Saudade do amanhã
>>> Cata-lata
>>> A busca
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Poeira, pra que te quero?
>>> Mehmari: 150 anos de Nazareth
>>> Ser intelectual dói
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Defesa dos Rótulos
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Mapa da sala de aula
>>> Gostar de homem
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> O chá do imperador
Mais Recentes
>>> Um judeu Marginal de John Meier pela Imago (2003)
>>> Vik Muniz. Tudo Até Agora de Pedro Correia pela Capivara (2019)
>>> Revista Força Aérea Nº 51 de Diversos Autores pela Action (2008)
>>> Revista Força Aérea Nº 47 de Diversos Autores pela Action (2007)
>>> Controle da Qualidade As Ferramentas Essenciais (Abordagem Gerencial) de Robson Seleme e Humberto Stadler pela Ibpex (2010)
>>> Revista Força Aérea Nº 42 de Diversos Autores pela Action (2006)
>>> Revista Força Aérea Nº 10 de Diversos Autores pela Action (1998)
>>> O protestantismo, a maçonaria e a questão religiosa no Brasil de David Gueiros Vieira pela Unb (1980)
>>> Revista Força Aérea Nº 06 de Diversos Autores pela Action (1997)
>>> O Despertar do Amor de Dr. Nicholas C. Demetry e Dr. Edwin L. Clonts pela Cultrix
>>> Ouvindo Deus de Dallas Willard pela Ultimato, Textus (2002)
>>> Memórias de José Garibaldi de Alexandre Dumas pela Companhia Graphico Ed. - Monteiro Lobato (1925)
>>> Da religião bíblica ao judaísmo rabínico de Donizete Scardelai pela Paulus (2008)
>>> Noites de Tormenta de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2008)
>>> O Escândalo do Petróleo de Monteiro Lobato pela Companhia Ed. Nacional (1936)
>>> As formas literárias do Novo Testamento de Klaus Berger pela Loyola (1998)
>>> Joaquim Nabuco e o Brasil na América de Olímpio de Souza Andrade pela Companhia Ed. Nacional (1978)
>>> Lampião de Ranulfo Prata pela Sebo Vermelho (2010)
>>> Getúlio Vargas e o seu tempo: um retrato com luz e sombra (2 volumes) de Fernando Jorge pela Taq (1987)
>>> Contribuição à História das Idéias no Brasil de Cruz Costa pela Civilização Brasileira (1967)
>>> Ciência e religião de Russel Stannard pela Edições 70 (1996)
>>> Gostaria de informá-los de que amanhã seremos mortos com nossas famílias de Philip Gourevitch pela Companhia das letras (2006)
>>> Maze Runner - Correr ou Morrer de James Dashner pela Plataforma (2010)
>>> É preciso duvidar de tudo (Bolso) de Soren Kierkegaard pela Martin Fontes (2003)
>>> A Menina Que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrínseca (2006)
>>> Etnoeducação Potiguara de José Mateus do Nasciemnto pela Ideia (2012)
>>> O espetáculo do sagrado de Estevam Fernandes de Oliveira pela Epígrafe (2011)
>>> O sagrado e o urbano de Paulo Agostinho e outros 3 pela Paulinas (2010)
>>> Ciências sociais e ciências da religião de Marcelo Camurça pela Paulinas (2008)
>>> A Cultura Ocultada de Jorge Carvalho do Nascimento pela Criação (2020)
>>> Senhores de engenho. Judeus em Pernambuco colonial 1542-1654 de José Alexandre Ribemboim pela Ed 20-20 comunicação (2002)
>>> Trovão inverso de Eugene H. Peterson pela Habacuc (2005)
>>> Meninas de Calça - O terceiro Verão da Irmandade de Ann Brashares pela Rocco (2005)
>>> O Negócio do Livro de Jason Epstein pela Record (2002)
>>> Fundamentos da biologia celular de Alberts e outros pela Artmed (2008)
>>> Pedagogia da autonomia de Paulo Freire pela Paz e Terra (1996)
>>> Elogio da Mentira de Patrícia Melo pela Rocco (2010)
>>> Demian e Sidarta de Hermann Hesse pela Best Bolso (2012)
>>> Quincas Borba de Machado de Assin pela Ciranda Cultural (2017)
>>> O fim do Verão e Um encontro inesperado de Rosamunde Pilcher pela Best Bolso (2012)
>>> Criando Prosperidade e as leis espirituais do sucesso de Deepak Chopra pela Best Bolso (2012)
>>> Diários do vampiro Reunião Sombria de L.J. Smith pela Galera (2011)
>>> Diários do vampiro A fúria de L.J. Smith pela Galera (2010)
>>> Diários do vampiro O confronto de L.J. Smith pela Galera (2010)
>>> Biologia celular e molecular de Luiz C. Junqueira, José Carneiro pela Guanabara, Gen (2005)
>>> O Jogo do Anjo de Carlos Ruiz Zafón pela Suma de Letras (2017)
>>> Diários do vampiro O despertar de L.J. Smith pela Galera (2010)
>>> Os Crimes da Luz de Dante Alighieri pela Planeta (2005)
>>> A Cidade Dorme de Luiz Ruffato pela Companhia das Letras (2018)
>>> Introdução á Climatologia para os Trópicos de J.O. Ayoade pela Bertrand Brasil (1996)
BLOGS >>> Posts

Domingo, 27/9/2020
Assim ainda caminha a humanidade
Tadeu Elias Conrado

+ de 800 Acessos

Lá em 1956, George Stevens lançava um dos maiores clássicos de sua carreira. Carreira essa interessante, onde figuram filmes como Um Lugar ao Sol (1951) e Os Brutos Também Amam (1953). Giant (Assim Caminha a Humanidade, no Brasil) é uma adaptação do best seller homônimo de Edna Ferber, do qual Stevens teve um grande trabalho para comprar os direitos, mesmo antes do livro ficar famoso. Assim como nos outros dois filmes mencionados, o diretor trabalha a visão comportamental do cidadão norte americano da época, o que sempre causou problemas tanto para ele, quanto para a autora do livro. Podemos dizer que os texanos ficaram ultrajados vendo todo o seu machismo e racismo sendo expostos para o mundo inteiro.

A narrativa percorre três gerações de uma família texana tradicional. Começando com Bick (Rock Hudson) que vai até o leste do país para comprar um cavalo reprodutor e acaba voltando casado com Leslie (Elizabeth Taylor), uma mulher sensível para os parâmetros de sua terra, mas que aprende rápido e se torna tão dura como os texanos, isso sem perder sua amabilidade. Taylor está sensacional em cena, sua personagem é uma mulher decidida e que sempre levanta questões conservadoras, sempre mostrando que embora estivesse casada, era uma mulher independente e dona de si.

O lado oposto de sua personalidade é Luz (Mercedes McCambridge), irmã de Bick, Luz é uma solteirona, feita aos moldes sulistas, daquelas que toca o gado e colhe a plantação. É interessante ver a diferença dessas duas personagens em relação a ideia que a história traz, como uma quebra de tabu, isso lá nos anos 1950.

Entre o casal está um personagem que se tornou um ícone do cinema, Jett Rink. Interpretado por James Dean, o personagem tem um papel importante na vida do casal e como um personagem na crítica que o diretor procura apresentar. Rink é um empregado diferente dos outros, embora trabalhe para Bick, é um dos poucos que é texano. Sua vida não é fácil, o que lhe garante o emprego é o carinho que Luz tem por ele. Esse carinho vira um pequeno pedaço de terra, que Luz deixa para o rapaz depois que morre, decorrente a um acidente de cavalo. Rink encontra petróleo e, a partir daí, passa a ser uma pedra no sapato de Bick.

Quando falamos sobre Assim Caminha a Humanidade, precisamos falar sobre a cena em que o juiz da região vai apresentar o testamento de Luz. Os homens mais importantes estão reunidos, todos para convencerem Jett a aceitar o dinheiro que equivale ao dobro do valor do terreno. Mas em uma das cenas mais memoráveis de James Dean, quiçá do cinema, ele recusa e vai embora.

Com essa narração genérica, muitas coisas acontecem nesse meio tempo e posteriormente, mas posso dizer que assim ainda caminha a humanidade. No filme, vemos todos esses problemas sociais, que podem ser associados a cultura do lugar/época, mas tudo evolui e sempre esperamos que seja para melhor. Isso acontece no decorrer da história de Ferber, Bick só passa a ser herói, aos olhos de Leslie, quando se levanta e discute, briga e apanha de um cozinheiro de lanchonete, racista.

Porém, 68 anos depois (o livro foi lançado em 1952), vivemos um retrocesso e parece que nada aprendemos com o passado. O mundo continua tão duro para aqueles que buscam acabar com esses problemas sociais quanto era naquele Texas. Isso faz parecer que estamos parados no tempo, estagnados. Mesmo com tantas Leslies atuando fortemente por mudanças, raramente temos Bicks dispostos a aprenderem que nem tudo é o que era e que não precisam ser.

Enquanto vejo o fascismo covardemente no sopé da porta, imagino se seria possível convidá-los para assistir uma cena ou outra de Assim Caminha a Humanidade (como aquelas em que Leslie "discute" sobre negócios ou que Bick briga na lanchonete). O cinema, assim como outros meios de cultura, tem muito a nos ensinar, talvez por isso ele seja tão temido por aqueles que possuem o poder. Mas, sabendo a incapacidade de um diálogo coerente com essas pessoas, a gente segue indo, esperando fazer jus ao que pregamos.


Postado por Tadeu Elias Conrado
Em 27/9/2020 às 12h49


Mais A Lanterna Mágica
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O MARIDO DA ADÚLTERA IMORTAIS DA NOSSA LITERATURA
LÚCIO DE MENDONÇA
TRÊS
(1974)
R$ 8,00



AUTOMÓVEL
ARTHUR HAILEY
NOVA FRONTEIRA
(1971)
R$ 10,00



ROMA NA LUZ DO ANOITECER
JULIANUS SEPTIMUS/NADIR GOMES
SOFIA
(2015)
R$ 37,90



SE LIGUE EM VOCÊ
LUIZ ANTONIO GASPARETTO
ESPAÇO VIDA / CONSCIÊNCIA
(1997)
R$ 6,60



CAMINHOS DA CARTA - UMA LEITURA ANTROPOFÁGICA DA CARTA DE PERO VAZ DE
MÁRIO CHAMIE
FUNPEC
(2002)
R$ 24,20



O NOVIÇO
MARTINS PENA
GLOBO
(1997)
R$ 5,00



A ESCOLA VIVA -PSICOLOGIA GERAL
AFRO DO AMARAL FONTOURA
AURORA
(1962)
R$ 5,00



PRECIOSO DINHEIRO, AMOR VERDADEIRO, DIÁLOGO ENTRE UM RACIONALISTA E...
HORST KURNITZKY
DPÁGINASTANTAS
(1985)
R$ 55,83



THE ARGUMENTATIVE INDIAN - WRITINGS ON INDIAN HISTORY, CULTURE
AMARTYA SEN
PICADOR
(2005)
R$ 95,00



AS AMOROSAS
KATHLEEN WINSOR
NOVA CULTURAL
(1987)
R$ 5,00





busca | avançada
67078 visitas/dia
2,0 milhão/mês