Contrastes do Mundo Moderno | Juliano Maesano | Digestivo Cultural

busca | avançada
54424 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Nasi e Scandurra apresentam clássicos do IRA! no Sesc Santo André
>>> Douglas Germano apresenta 'Umas e Outras'
>>> Mostra de Cinemas Africanos acontece em São Paulo e Curitiba a partir de 6 julho
>>> Iecine abre inscrições para a Oficina de Crítica e Fruição Cinematográfica
>>> Orquestra Modesta retorna ao Sesc Santo Amaro com 'Canções Para Pequenos Ouvidos 2'
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
>>> Para não dizer que eu não disse
>>> Espírito criança
>>> Poeta é aquele que cala
>>> A dor
>>> Parei de fumar
Blogueiros
Mais Recentes
>>> L’Empereur
>>> Longa vida à fotografia
>>> iPad pra todo mundo
>>> Minha pátria é a língua portuguesa
>>> Minha pátria é a língua portuguesa
>>> Wikipedia e a informação livre
>>> Público, massa e multidão
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> Os Clássicos e a Educação Sentimental
>>> O youtuber é um novo dândi?
Mais Recentes
>>> Onze - Confira !!! de Bernardo Carvalho pela Companhia das Letras (1995)
>>> Fundação - (imperdível, Confira!) de Isaac Asimov pela Aleph (2009)
>>> Oups- o Mensageiro do Planeta Coração (descriÇÃo Fiel!) de Kurt Hortenhuber pela V & R (2006)
>>> No Reino da Fala de Eleonora Motta Maia pela ática (1999)
>>> A Caverna de Cristal / 7ª Ed - Confira !!! de Mary Stewart pela Best Seller (1970)
>>> O Efeito Urano de Fernanda Young - 2001 pela Objetiva (2001)
>>> A Queda de Michael Connelly, Cassio Arantes pela Suma (2014)
>>> A Garota do Penhasco - Confira!! de Lucinda Riley, Henrique Amat Rego Monteiro pela Novo Conceito (2013)
>>> Como Te Leio? Como-te Livro? / Capa Dura - Confira !!! de Marcia Grossmann pela Cultura (2002)
>>> O Senhor do Mundo Seguido de os Violadores do Bloqueio de Julio Verne / Capa Dura pela Edico
>>> Anil S Ghost de Michael Ondaatje pela Bloomsbury (2000)
>>> Um Estudo Crítico da História II - Confira !!! de Helio Jaguaribe pela Paz e Terra (2001)
>>> The Euro and the Battle of Ideas / Capa Dura - Confira !!! de Markus K Brunnermeier pela Princeton University Press (2016)
>>> Confie Em Mim - Desenvolvendo um Estilo de Liderança Que os Outros de Wayne Hastings e Ran Potter pela Motivar (2005)
>>> Brasil: Passado e Presente - Estudo de Problemas Brasileiros Col. Kair de Osmar Salles de Figueiredo pela E. P. U (1979)
>>> Além da Globalização de Hazel Henderson pela Cultrix (2003)
>>> Maria Callas: a Mulher por Trás do Mito - Confira !!! de Arianna Stassinopoulos Huffinton pela Companhia das Letras (1996)
>>> Céu de um Verão Proibido - Confira !!! de João Pedro Roriz pela Besourobox (2014)
>>> A Ideia de uma Sociedade Cristã - Col. Abertura Cultural - Confira! de T. S. Eliot pela É Realizações (2016)
>>> A Dança dos Dragões - as Crônicas de Gelo e Fogo Livro Cinco de George R. R. Martin pela Leya
>>> Rumo à Consciência Cósmica de Huberto Rohden pela Alvorada
>>> Revista Jataí 1 de Desconhecido pela Faculdade Rudolf Steiner (2019)
>>> E o Príncipe Dançou... o Conto de Fadas, da Tradição Oral à Dança Cont de Katia Canton pela Ática (1994)
>>> Socorro! Meu Filho Come Mal - Confira! de Gabriela Kapim, Ana Abreu pela Leya Casa da Palavra (2014)
>>> Desafios do Envelhecimento: Vez, Sentido e Voz - Confira! de Vicente de Paula Faleiros, Altair M. Lahud Lourei pela Universa (2006)
COLUNAS

Quinta-feira, 26/7/2001
Contrastes do Mundo Moderno
Juliano Maesano

+ de 4300 Acessos

Parece que estamos numa época de alta tecnologia, muitos avanços e várias alterações sociais por causa deles. Uns brigam contra a colocação de catracas eletrônicas nos ônibus, querendo salvar empregos e resolvendo se instalar numa sociedade atrasada.

Se é assim, então também temos que tirar toda mecanização, automatização e robotização do país. Só os cobradores de ônibus têm esse direito? E os empregados de milhares de fábricas que perderam seus lugares para máquinas auto-suficientes? E as costureiras e bordadeiras que perderam lugares em outras milhares de fábricas de calçados e roupas? Se for assim, vamos voltar à época que existia antes da Revolução Industrial. Uma grande besteira, não acham? Eu acho. Sou a favor das máquinas e robôs, sempre que possível. As pessoas que procurem outros empregos. Eu sei que o nível de desemprego já está alto, mas não é atrasando a evolução de um país que se melhoram as coisas.

Vamos aos fatos: existe coisa mais atrasada, mais idiota e pobre de pensamentos do que um vendedor de morangos passar pelas ruas de uma metrópole gritando no alto falante de seu caminhão:

"Mooorangos... Moorangos de Atibaia... Mooorango fresquinho... Quatro real, duas caixa... Lindo mooorango... Pra você fazer boolo de moorango... Suco de moorango... Torta de moorango... Moorango com leite... Mooorango com açúcar... Moorango com leeeite condensadooo... Milk Shake de morangooo... Mooorango, morangooo..."

Para depois estacionar na frente da sua casa e passar a repetir toda essa gravação em alto e bom som? Acho que não deveria ser permitida uma aberração dessas. E odeio aquelas velhinhas estúpidas que vão lá, comprar no caminhão. Agora, esse maldito não sai daqui. É quase todo dia, lá pelas oito da manhã. Com sorte ele passa depois, quando já acordei.

Você já imaginou uma cidade num país decente com um sujeito desses? Não vale pensar em Lima, Assunção ou Havana. Pense em Nova Iorque, Seattle, Londres ou Berlim. Duvido que permitam algo tão escabroso quanto esse método de comunicação e venda. Poxa, quem quiser o maldito morango que vá ao mercado ou compre desse caminhão estacionado com uma placa e pronto.

Imagine se todos os negócios fossem vendidos no grito! Não sei a razão pela qual permitem só o vendedor de morangos e pamonhas vender assim! Eles deviam ser obrigados a fazer cartazes e vender em silêncio. Veja só, eu trabalho com produção de vídeo, será que devo sair por aí assim:

"Vídeoooos...Vídeos profissionaiiiis...Vídeos comerciaiiiis... Vídeos para sua empresaaa....Vídeos institucionaiiis...Vídeos para treinamentoooo...Programas de tevêêê...Para TV à cabooo...TV abertaaaaa...Vídeoos, Vídeooos..."

Pois é isso que acho: se os outros não podem, esses morangueiros não deviam poder. Vivemos num mundo moderno, ou pelo menos assim pensamos. Pois, se você entrar em ruas de bairro, também vai notar outra aberração: a feira.

Isso, a feira. Nossa, como eu odeio esse negócio de feira. Notem que não há nenhuma que me atrapalhe, seja na frente de minha casa, nem nada. Mas eu acho um absurdo aquela sujeira, aquele cheiro, o fechar das ruas. Parece que estamos no Paraguai, ou dentro de uma Chinatown qualquer. Me dá ânsia...

Pra mim, é o ícone do atraso, da pobreza. Brigo em casa, sou contra a compra de produtos na feira. Tento propor boicote. Não é sempre que encontro sucesso. Sei que muitos vão achar que sou exagerado, que muitos adoram comprar em feiras, mas é isso aí mesmo. Acho que deveriam fechar todas as feiras, que façam aquelas chamadas de "Sacolão" ou "Hortifruti", em galpões fechados, limpos e que não atrapalhem ninguém.

Esse negócio de fechar ruas, ficar sujando e vender gritando é um mal dos países atrasados. Parece mesmo da Idade Média. Imagino as praças de castelos assim. Proponho que todos boicotemos esses infelizes da sociedade que nos fazem estancar nesses tempos pobres e de atraso social. Quem quiser, ponha o dedo aqui.... que já vai fechar.

Se você concorda ou não com essa coluna, escreva contando suas razões.


Juliano Maesano
São Paulo, 26/7/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Fechado para balanço, a poesia de André Luiz Pinto de Jardel Dias Cavalcanti
02. Por um 2015 sem carteiradas de Marta Barcellos
03. Texto Otimista de Fim de Ano de Duanne Ribeiro
04. Como amar as pessoas como se não houvesse amanhã de Ana Elisa Ribeiro
05. O cinema de fronteira de Theo Angelopoulos de Wellington Machado


Mais Juliano Maesano
Mais Acessadas de Juliano Maesano em 2001
01. Anos Incríveis - 21/6/2001
02. Filmes de Natal - 13/12/2001
03. Harry, Rony e Hermione - 22/11/2001
04. O Papel do Produtor - 5/2/2001
05. Diário - 6/12/2001


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Ciência 100 Cientistas Que Mudaram o Mundo
Jon Balchin
Madras
(2013)



A politica científica e tecnológica
Eduardo Augusto Guimarães
Jorge Zahar
(1985)



País de nieve
Yasunari Kawabata
Booket
(2009)



Livro - Saindo das Sombras Entrando na Luz
Rick Medeiros
Madras
(2014)



Gestão de Tecnologias Emergentes
George S. Day, Paul J. H. Schoemaker
Bookman
(2003)



Alimentação Saudável
Programa Alimenta Bem
Compre Bem



Ilha Deserta Filmes
Publifolha
Folha
(2003)



Newspaper Chase Easystarts Active Reading
Escott
Pearson
(2007)



A Emergência da Teoria Sociológica - 1ª Edição - Coleção: Sociologia
Jonathan H. Turner & Leonard Beeghley & Charles H.
Vozes
(2016)



Elvis Presley - História, Discografia, Fotos e Documentos
Gillian G. Gaar & Rosemarie Ziegelmaier (Tradutor)
Publifolha
(2016)





busca | avançada
54424 visitas/dia
1,8 milhão/mês