O computador de antigamente | Marcelo Maroldi | Digestivo Cultural

busca | avançada
27806 visitas/dia
737 mil/mês
Mais Recentes
>>> CONVITE, 14/08, 19h || Querido Embaixador, exibição especial seguida de debate
>>> Kyungso Park se apresenta dia 15 na Caixa Cultural Brasília
>>> Dia Mundial da Fotografia no Museu da República (RJ)
>>> SHOW SPYAIR
>>> Mariana Xavier fala sobre o canal Mundo Gordelícia no Viralizando
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Não quero ser Capitu
>>> Desdizer: a poética de Antonio Carlos Secchin
>>> Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba
>>> De quantos modos um menino queima?
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
>>> O Brasil que eu quero
>>> O dia em que não conheci Chico Buarque
>>> Um Furto
>>> Mais outro cais
>>> A falta que Tom Wolfe fará
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> Não sei se você já deitou em estrelas.
>>> UM OLHAR SOBRE A FILOSOFIA (PARTE I)
>>> Globo News: entrevista candidatos
>>> Corpo e alma
>>> Cada poesia a seu tempo
>>> De Repente 30! Qual o Tabu Atual de Ter Essa Idade
>>> Uma jornada Musical
>>> PRESSÁGIOS. E CHAVES V
>>> A passos de peregrinos lll - Epílogo
>>> Jeferson De, Spike Lee e o novo Cinema Negro
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Arrington pós-TechCrunch
>>> Como se vive uma vida vazia?
>>> Um conselho: não leia Germinal
>>> Mário Faustino e a poesia
>>> Mário Faustino e a poesia
>>> Psiu Poético em BH esta semana
>>> Autobiografia teológica
>>> Tumblr: a renovação dos blogs
>>> 10 grandes
>>> O Brasil que eu quero
Mais Recentes
>>> O Homem dos Dados de Luke Rhinehart/ Trad.: Eliana Sabino... pela Imago (1974)
>>> O Homem dos Dados de Luke Rhinehart/ Trad.: Eliana Sabino... pela Imago (1974)
>>> O Homem dos Dados de Luke Rhinehart/ Trad.: Eliana Sabino... pela Imago (1974)
>>> A Hora de Cinquenta Minutos de Robert Lindner pela Imago/ RJ. (1972)
>>> A Hora de Cinquenta Minutos de Robert Lindner pela Imago/ RJ. (1972)
>>> Mutações de Liv Ullmann/ Tradução: Sônia Coutinho pela circulo do Livro (1981)
>>> Mutações de Liv Ullmann/ Tradução: Sônia Coutinho pela Editorial Nórdica (1978)
>>> Mutações de Liv Ullmann/ Tradução: Sônia Coutinho pela Editorial Nórdica (1979)
>>> Um Tesouro de Contos de Fadas de Vários (Clássicos Recontados) pela Ds max
>>> Histórias das Raças Humanas - Raças Mistas da Oceania de Prof. Gilberto Galvão pela Iracema
>>> Histórias das Raças Humanas - Raças Mistas das Américas de Prof. Gilberto Galvão pela Iracema
>>> Arcanjo Zadkiel e os Anos dos Milagres de Elizabeth Clare Prophet pela Nova Era (2009)
>>> Obras Escogidas: los Buddenbrook/ Alteza Real/ Señor y Perros de Thomas Mann/ (prêmio Nobel- 1929) pela Aguilar, Madrid (1956)
>>> Obras Escogidas (tomo Ii): Bajo las Estrellas de Otoño... de Knut Hamsun (prêmio Nobel- 1920) pela Aguilar, Madrid (1958)
>>> Maçonaria Religião e Simbolismo de Samuel Nogueira Filho pela Traço (1984)
>>> Comedias Escogidas: El Nido Ajeno/ La Noche del Sábado... de Jacinto Benavente (prêmio Nobel/ 1922) pela Aguilar, Madrid (1958)
>>> Obras Escogidas: Mirèio/ Calendau/ Las Islas di Oro... de Frédéric Mistral pela Aguilar, Madrid (1955)
>>> Os Bruxos de Machu Picchu - Os Cinco Degraus do Conhecimento de Padma Patra pela Madras (1997)
>>> Comedias Escogidas/ Héroes/ Cándida/; Trata de Blancas/ Fascinación... de Bernard Shaw (premio Nobel 1925) pela Aguilar, Madrid (1957)
>>> Obras Ecogidas : una Aldea/ El Amor de Mitia y Otros Cuentos... de Iván Bunin/ (prêmio Nobel- 1933) pela Aguilar, Madrid (1957)
>>> Obra Escojida: Lírica Breve/ Teatro/ Cuento/ Aforismo... de Rabindranaz Tagore (premio Nobel 1913) pela Aguilar, Madrid (1955)
>>> A língua de eulália de Marcos Bagno pela Editora Contexto (2014)
>>> Um dia de David Nicholls pela Intrínseca (2012)
>>> A maldição do Titã de Rick Riordan pela Intrínseca (2009)
>>> O Ladrão de Raios de Rick Riordan pela Intrínseca (2010)
>>> A culpa é das estrelas de John Green pela Intrínseca (2012)
>>> Os dois ou o inglês maquinista de Martins Pena pela Ibep Jovem (2013)
>>> O herói perdido de Rick Riordan pela Intrínseca (2011)
>>> O filho de Netuno de Rick Riordan pela Intrínseca (2012)
>>> Cinco Minutos de José de Alencar pela L&PM Pocket (2011)
>>> O doente imaginário de Molière pela Editora 34 (2011)
>>> Iracema / Cinco Minutos de José de Alencar pela Martin Claret (2010)
>>> Bruxaria Contemporânea de Luciana Pereira Machado pela Pallotti (2008)
>>> O médico e o monstro de Robert Louis Stevenson pela Martin Claret (2013)
>>> Isaac Newton e sua maçã de Kjartan Poskitt pela Companhia das Letras (2011)
>>> Inocência de Visconde de Taunay pela Editora Ática (2011)
>>> A Verdade sobre o Sudário de Kenneth E. Stevenson e Gary R. Habermas pela Paulinas (1983)
>>> A pirâmide vermelha de Rick Riordan pela Intrínseca (2010)
>>> O lado bom da vida de Matthew Quick pela Intrínseca (2013)
>>> Espumas Flutuantes de Catro Alves pela Editora Escala (2018)
>>> Os cientistas e seus experimentos de arromba de Dr. Mike Goldsmith pela Companhia das Letras (2011)
>>> Um certo capitão Rodrigo de Erico Verissimo pela Companhia das Letras (2010)
>>> O poeta do exílio de Marisa Lajolo pela FTD (2011)
>>> Cromo-Cristal-Terapia na Apometria de Elizabeth Monteiro Schreiner pela Kuarup (1999)
>>> Uma Ideia Solta no Ar/ Girassol de Pedro Bandeira/ Ilustrações: Rogério Borges pela Moderna/ SP. (1991)
>>> Um Anjo no Jardim/ Veredas de Lino de Albergaria/ Ilustr. Nélson Cru pela Moderna/ SP. (1993)
>>> O Senhor dos Pesadelos de Elisabeth Maggio pela Moderna/ SP. (1991)
>>> Iniciação ao Tarô de Pedro Camargo pela Nova Era (1996)
>>> Sopa de Letrinhas de Teresa Noronha pela Moderna/ SP. (1991)
>>> Sai pra Lá, Dedo-duro de Fanny Abramovich pela Moderna/ SP. (1994)
COLUNAS

Segunda-feira, 8/8/2005
O computador de antigamente
Marcelo Maroldi

+ de 9400 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Há muitos anos, ganhei meu primeiro computador. Eu era pré-adolescente e lembro que um amigo do meu irmão, mais velho, disse-me que eu iria apenas brincar nos joguinhos do computador, nada mais. Pensei, "cara besta, claro que não. Eu vou usar o computador, ora!" Mas, embora tenha aprendido uma ou duas coisas nesse período, eu não fiz nada além de me "divertir" com games. Naquela época, quando não existia Internet no Brasil, os garotos limitavam-se a jogar e brincar com uns softwares que alguém arrumava, distribuía, e que geralmente traduziam palavras do inglês para o português, ou faziam uma bolinha se mover na tela e mudar de cor, imitavam as notas musicais de um piano, jogo da forca (em inglês). Só isso... Daquele jeito, o computador não ensinava as crianças... e, embora eu tivesse tido um computador na minha época de escola, não posso dizer que fui educado com (ou pelo) computador.

Depois, a Internet comercial surgiu. E, creiam-me, o mundo mudou! Hoje, qualquer menino de 10 anos com acesso a Internet faz mais no computador em 6 meses do que eu o fiz nos meus primeiros 5 anos utilizando um PC. Alguns podem dizer que é porque o computador se popularizou, criaram-se softwares (educacionais, aliás), os pais ensinam os filhos. Concordo parcialmente. Se não fosse a Internet, o computador continuaria a funcionar como um videogame para as crianças, de modo geral. Seria mera diversão.

Mas o que as crianças fazem no computador hoje em dia? Bom, elas se divertem, é verdade, mas aprendendo. O computador passou a ser útil na alfabetização das pessoas (e, portanto, das crianças). E a indústria logo percebeu isso. Algumas das diferenças que destaco entre meu início com o computador e o início de uma criança hoje em dia:

* Social - O computador pode funcionar como elo de união entre pessoas, pais e filhos, por exemplo. O filho pode mostrar um site para o pai. O pai pode comprar um software que ensine francês para o filho dele (e acompanhar as aulas do menino). Juntos, eles podem participar do bolão virtual da copa do mundo, etc. Isso aconteceu porque hoje os pais sabem usar os computadores e os incorporaram à vida social da família. Além disso, ainda que algumas pessoas explorem o lado individualista da Internet e do computador, o que vejo é justamente o contrário. Alguém que gosta de cultivar amizades o fará ainda mais intensamente através da Internet. Ninguém jamais deixará de ter amigos e uma vida social (e de contato entre as pessoas) simplesmente porque "ficam" no computador. Aliás, muitos pais até preferem que os filhos fiquem navegando a ficarem na rua, longe de suas vistas (antes que você diga que na Internet eles também estão longe do controle dos pais, devo lembrá-los de que é possível controlar o acesso das crianças a sites indesejados, etc). O computador, segundo meu entendimento, pode aproximar as pessoas, em especial as que possuem interesses comuns. Penso, até, que ela pode potencializar as relações sociais, afinal, se quiser, posso arrumar nesse instante um amigo virtual que viva em Pequim, algo que seria impossível sem o computador.

* Educacional - É inegável a facilidade que o computador e a Web oferecem para o apoio educacional das crianças (pessoas de modo geral). Qualquer assunto que você queira estudar está na Internet, e são precisos apenas alguns conhecimentos simplórios para alcançar essa quantidade astronômica de informações, livros, mapas, museus virtuais, animações surpreendentes, imagens raras, bibliografias dos grandes (e dos pequenos) homens da História, etc. Pode-se, inclusive, fazer um curso de graduação reconhecido pelo MEC à distância. A Internet deve necessariamente ser usada pelos estudantes e pelos profissionais que querem se aprimorar em seus ofícios.

* Diversão - O computador continua sendo um instrumento de diversão tanto quanto você deseje. Ele pode funcionar como videogame, como cinema, telefone, rádio, jornal, televisão, ponto de encontro, diário, álbum de fotos, etc.

Portanto, acredito que muita coisa mudou com o surgimento da Internet. Conhecer este fundamental recurso que hoje temos disponível e obter o máximo proveito de sua utilização na nossa educação e de nossos filhos é nossa responsabilidade. Deixar de usá-lo por algum motivo (não gostar de computador, não querer usá-lo, por exemplo) pode fazer muita diferença no nosso desenvolvimento intelectual. É um acessório que veio para ficar (e para ajudar).

Torquato Neto

Torquato Neto está na moda. Bom, não sei dizer se ele saiu dela algum dia, mas, nesse momento, o poeta, compositor, jornalista e cineasta parece estar em todo lugar. Até um documentário sobre ele estão fazendo. Muito justo, aliás, porque sua obra é muito interessante e bela.

Torquatália - Do Lado de Dentro (Rocco, 368 páginas) e Torquatália - Geléia Geral (Rocco, 408 páginas), organizados por Paulo Roberto Pires, reúnem toda a obra conhecida desse sensacional personagem que se suicidou em 1972, aos 28 anos de idade, de uma vida agitada e com uma importante obra, sem nenhum livro publicado, porém.

Os livros contêm poemas, canções, roteiros, críticas musicais publicadas em jornais e alguns dos primeiros manifestos tropicalistas, do qual Torquato é sempre lembrado como um dos primeiros nomes a se manifestar.

Simplesmente imperdível!

Para ir além









Marcelo Maroldi
São Carlos, 8/8/2005


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Os Doze Trabalhos de Mónika. 4. Museu Paleológico de Heloisa Pait
02. Essas moças de mil bocas de Elisa Andrade Buzzo
03. Preparar Para o Impacto de Marilia Mota Silva
04. Antes que seque de Guilherme Pontes Coelho
05. A grande luta das pessoas comuns de Guilherme Carvalhal


Mais Marcelo Maroldi
Mais Acessadas de Marcelo Maroldi em 2005
01. Como escrever bem — parte 1 - 13/6/2005
02. Como escrever bem — parte 2 - 27/6/2005
03. Como escrever bem – parte 3 - 11/7/2005
04. A ousadia de mudar de profissão - 28/11/2005
05. O que é ser jornalista? - 22/8/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
16/9/2005
11h49min
adorei o texto sobre computador. flavia
[Leia outros Comentários de flavia]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ACCIÓN Y SÍMBOLO EN MIGUEL DE CERVANTES SAAVEDRA - BRAULIO SÁNCHEZ-SAEZ (LITERATURA ESPANHOLA)
BRAULIO SÁNCHEZ-SAEZ
USP - FACULDADE DE DIREITO
(1940)
R$ 50,00



INSTABILIDADE DO CANTO
HENRIQUE SIMAS
JOSÉ OLYMPIO
(1963)
R$ 8,97



DICIONÁRIOS BERTRAND FRANCÊS - PORTUGUÊS
JEAN ROUSÉ
BERTRAND
(1986)
R$ 8,00



CASTRO ALVES- IMAGENS FRAGMENTADAS DE UM MITO
EDILENE MATOS
EUC- FAPESP
(2001)
R$ 24,90



MICHELANGELO - A RENASCENÇA - GRANDES ARTISTAS
DAVID SPENCE
MELHORAMENTOS
(1998)
R$ 6,00



OS GRANDES PINTORES DA HISTÓRIA QUERO SABER POCKET
CONSTANTINO KOUZMIN-KOROVAEFF (TRADUÇÃO)
ESCALA
(2007)
R$ 8,00



TRÈS SAGE HÉLOISE - ROMAN
JEANNE BOURIN
LA TABLE RONDE
(1966)
R$ 14,90



GUIA PRÁTICO DE INVESTIMENTOS DAS BEARDSTOWN LADIES
BEARDSTOWN LADIES
SALAMANDRA
(1994)
R$ 20,00



MARIA NO NOVO TESTAMENTO
R.E. BROWN, K.P. DONFRIED, J.A. FITZMYER, J. REUMANN (ORG)
EP
(1986)
R$ 79,90
+ frete grátis



ANTOLOGIA POETICA
MANUAL BANDEIRA
NOVA FRONTEIRA
(2001)
R$ 10,00





busca | avançada
27806 visitas/dia
737 mil/mês