Carta de um jovem contestador | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
57238 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Espetáculo 'Figural', direçãod e Antonio Nóbrega | Sesc Bom Retiro
>>> Escritas de SI(DA) - o HIV/Aids na literatura brasileira
>>> Com Rincon Sapiência, Samanta Luz prepara quiche vegana no Sabor & Luz
>>> Exposição Alma
>>> Festival internacional de fotografia premia fotos vencedoras da edição de 2022
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Revista Florense
>>> Nazismo na era do videogame
>>> A Música Erudita no Brasil
>>> O primeiro assédio, na literatura
>>> O Twitter de Bill Gross
>>> The Boat That Rocked ou Os Piratas do Rock
>>> Livros, revistas, jornais e displays eletrônicos
>>> Música do acaso
>>> Duas cartas
>>> O Suplício do Papai Noel, por Claude Lévi-Strauss
Mais Recentes
>>> Gerenciamento da rotina do trabalho no dia a dia de Vicente falconi pela Falconi (2013)
>>> A logica do cisne negro de Nassim Nicholas Taleb pela Best business (2007)
>>> A Deusa Interior de Jennifer Barker Woolger / Roger J. Woolger pela Cultrix (1989)
>>> Entre a aspidistra e o artocarpus de Olavo cabral ramos filho pela Chiado (2007)
>>> Admiravel mundo novo de Aldous huxley pela Biblioteca azul (1995)
>>> A Mensagem do Mestre de Bhagavad Gita pela Pensamento (2006)
>>> Santos do Povo Brasileiro de Nilza Botelho Megale pela Vozes (2002)
>>> O Livro Completo de Bruxaria do Buckland de Raymond Buckland pela Gaia (2003)
>>> Tudo Sobre Arte - os Movimentos e as Obras Mais Importantes de Todos os Tempos de Stephen Farthing pela Sextante (2011)
>>> 1984 de George Orwell pela Companhia das letras (2009)
>>> A Connecticut Yankee in King Arthur's Court de Mark Twain pela Collins Classics
>>> A song of Ice and Fire - A Game of Thrones de George R. R. Martin pela Harper Voyager (2011)
>>> A Batalha do Apocalípse de Eduardo Spohr pela Verus (2013)
>>> Jane Eyre de Charlotte Brontë pela Oxford (2000)
>>> Seus pontos fracos de Wayne W. Dyer pela Record (1976)
>>> Nas Ciladas da Obsessão de Liszt Rangel pela Dpl (2002)
>>> Transmissão de Energia Elétrica - teoria e prática em linhas aéreas de Cleber oberto Guirelli - Ivanilda Matile pela Mackenzie (2014)
>>> Guia ilustrado TV Globo Novelas e Minisséries de Projeto Memória Globo pela Jorge Zahar (2010)
>>> 60 Histórias para dormir 4 de Vários Autores pela Divisão Cultural do Livro (2012)
>>> 60 Histórias para dormir 3 de Vários Autores pela Divisão Cultural do Livro (2011)
>>> Ikebana - Arte japonesa para arranjos d3e flores de Chiang Sing pela Ediouro (1979)
>>> Arbitragem - temas contemporâneos de Selma Ferreira Lemes - Inez Balbino pela Quartier Latin (2012)
>>> A advocacia na mediação de John W. Cooley pela Unb (2001)
>>> Álgebra I de A. C. Morgado - E. Wagner - M. Jorge pela Francisco Alves (1974)
>>> Estruturas Algébricas de Serge Lang pela Ao Livro Técnico (1972)
COLUNAS

Terça-feira, 9/5/2006
Carta de um jovem contestador
Rafael Rodrigues

+ de 10100 Acessos

Caro Christopher Hitchens, Não sei o que mais me atraiu em seu livro Cartas a um jovem contestador, se a simples e bonita capa ou se o título. As duas coisas com certeza me deixaram muito curioso. Em parte porque me fez lembrar de Cartas a um jovem poeta, de Rainer Maria Rilke, o qual já li e gostei muito e no qual você se inspirou para escrever a sua obra.

Cartas a um jovem contestador (Companhia das Letras, 200, 129 págs.) é o mais recente livro do jornalista inglês Christopher Hitchens publicado no Brasil. O título faz referência - e por que não uma reverência - às Cartas a um jovem poeta, do poeta alemão Rainer Maria Rilke (1875-1926). Em suas Cartas a um jovem contestador, Hitchens se dirige a um jovem fictício que representa a juventude um tanto quanto perdida de hoje - bombardeada com informações de todo tipo - e a todo aquele que tiver acesso à obra.

Apesar de você - e me permita chamar-lhe de você - não se dirigir a alguém específico, suas "cartas" dão realmente a impressão de correspondências. O que, se você não tivesse o dom da escrita, não seria possível.

Acredito que todo jovem tem um espírito contestador. Alguns o usam, outros não. Eu mesmo, há alguns anos, tive a oportunidade de participar ativamente de movimentos estudantis - poucos, ainda bem - e com isso pude aprender uma das lições que você ensina no livro: pensar por conta própria. Mas, enfim, deixemos minhas experiências de lado.


Ao contrário do que parece, escrever cartas não é tão simples. O livro de Christopher Hitchens poderia perfeitamente ser um fracasso. Não por suas idéias, mas sim pela fragilidade da estrutura escolhida para servir de base para elas. Mas não. As cartas do jornalista inglês não são "aborrecentes". Muito pelo contrário. O leitor fica preso às palavras e idéias de Hitchens.

É incrível como nossa sociedade vem sendo alertada ao longo dos anos e ignora tais alertas. Me refiro às palavras de Émile Zola, que você reproduz em sua primeira carta: "Cem anos depois da Declaração dos Direitos do Homem, cem anos depois do supremo ato de tolerância e emancipação, voltamos à guerra religiosa, ao mais odioso e mais estúpido dos fanatismos".

Outra citação da qual gostei muito foi a de Eugene Debs que, segundo você, "costumava dizer a seus eleitores" que "ele não os conduziria à Terra Prometida mesmo que pudesse, porque se eles confiassem o suficiente nele para ser conduzidos para dentro dela, também o seriam para ser conduzidos para fora dela".

Acho que pensamos muito pouco por nós mesmos, Hitchens. Seria ótimo se todos colocassem em prática seus conselhos e suas idéias.


Que não devem ser vistas como um manual a ser seguido. O próprio Christopher Hitchens incentiva o leitor a se informar, pesquisar - ele cita e indica várias obras e autores em todas as cartas - e a pensar de maneira independente: "Procure o debate ou a discussão por eles mesmos; o túmulo fornecerá muito tempo para o silêncio". E um pouco depois, fazendo uso das palavras de George Konrad, "o dissidente húngaro que manteve sua integridade através dos tempos crepusculares": "Se você não gosta do estilo dos outros, cultive o seu próprio".

Bom, não vou me prolongar. Resolvi enviar-lhe esta carta inspirado em um respeitado jornalista brasileiro, Daniel Piza, que também lhe dedicou algumas linhas.

Mas, ao contrário dele, não posso acrescentar nada aos seus escritos ou discutir qualquer assunto com você. Daqui a alguns anos, com uma maior quantidade de leituras, e uma quantidade bem maior de conhecimento, quem sabe.

Esta carta que lhe envio serve apenas para demonstrar minha admiração por suas idéias e agradecer pelos conselhos em seus escritos. Bom, isso é tudo. Que você continue sendo sempre um contestador - mesmo que não tão jovem...


Instigante do primeiro ao último parágrafo, Cartas a um jovem contestador assume lugar cativo na estante das obras que visam abrir mentes e, mais que levantar questões, mostram o caminho para se chegar a soluções.

Nota do Editor
Texto originalmente publicado no Paralelos Blog. Rafael Rodrigues é estudante de Letras e atualmente, escreve para o Simplicíssimo, para a Argumento e para o Paralelos.org.

Para ir além


Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 9/5/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Uma nova corrida espacial? de Vicente Escudero
02. 2009: enfim, um ano musical de Diogo Salles
03. O dizer e o fazer em política de Luiz Rebinski Junior
04. País pequeno, inferno grande de Adriana Baggio
05. Ofício x Formato de Rafael Fernandes


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2006
01. A história do amor - 24/7/2006
02. Livro dos Homens - 7/8/2006
03. O soldado absoluto - 18/9/2006
04. O encontro marcado: 50 anos - 16/10/2006
05. Carta de um jovem contestador - 9/5/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Forró no Engenho Cananéia
Antonio Callado
Civilização Brasileira
(1964)



Inspired Level 1: Workbook
Judy Garton-sprenger, Philip Prowse
Macmillan Education
(2016)



Será Que Eles Falam? - Maio 2015
National Geographic Brasil
Abril



O Sol de Rovenah
Ana Cláudia Jadão
Coerência
(2018)



Ser
Sri Maha Krishna Swami
SMKs



Moral e Sociedade
Della Volpe e Outros
Paz e Terra
(1969)



Cantare Estorias
José Alaercio Zammer
Pleiade
(2011)



Elogio dos Intelectuais
Bernard Henri Lévy
Rocco
(1988)



Eternidade por um fio
Ken Follett
arqueiro
(2014)



Go Starters - Sb (2018)
H. Q. Mitchell
Mm Publications
(2018)





busca | avançada
57238 visitas/dia
1,6 milhão/mês