A história do amor | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
72442 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> MAB FAAP estará fechado nos próximos dois finais de semana, devido ao Plano SP
>>> Exposição de Pietrina Checcaci é prolongada no Centro Cultural Correios
>>> Escritora Luci Collin participa de encontro virtual gratuito
>>> Máscaras Decoloniais: Dança e Performance (edição bilingue)
>>> Prêmio Sesc de Literatura abre hoje inscrições para edição 2021
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Kate Dias vive Campesina em “Elise
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Van Halen 2013
>>> Treehouse
>>> Música em 2004
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Jornalismo em tempos instáveis
>>> Rasgos de memória
>>> História da leitura (II): o códice medieval
>>> Rufo, 80 II
>>> Jeitos de trabalhar
>>> The GigaOM Show
Mais Recentes
>>> Apostila workshop urbano curso perícias em avaliação de imóveis. de Caavi pela Caavi (2011)
>>> Stewardship: Choosing Service over Self-Interest de Peter Block pela Berrett-Koehler (1993)
>>> Fuvest 2000 - Literatura de Célia N. A. Passoni pela Núcleo (1999)
>>> Doze Contos Peregrinos de Gabriel Garcia Márquez pela Record (1992)
>>> Outeiro da Glória Marco na História da Cidade do Rio de Janeiro de Jorge de Souza Hue e Outros pela Artepadilla (2015)
>>> Le Voyageur et son Ombre de Nietzsche pela Mediations (1979)
>>> Avenidas da Saúde de Dr Haroldo Shryock pela Casa Publicadora Brasileira (1963)
>>> Livro Anne Whit An E Lucy Maud Bordando com as Estrelas de Lucy Maud Montgomery pela Ciranda Cultural (2021)
>>> O Flâneur - um Passeio Pelos Paradoxos de Paris de Edmund White pela Companhia das Letras (2001)
>>> Memórias de um Sargento de Milícias - Coleção o Globo de Manuel Antônio de Almeida pela O Globo (1997)
>>> O mulato de Aluísio Azevedo pela Ática (2000)
>>> Veneno Digital de Walcyr Carrasco pela Ática (2017)
>>> Uma Longa Jornada de Nicholas Sparks pela Arqueiro (2015)
>>> Um Olhar Sobre a Ciência: Desenvolvimento, Aplicações e Políticas de Eloi de Souza Garcia pela Interciência (2003)
>>> O Verão e a Cidade - Os Diários de Carrie de Candance Bushnell pela Galera Record (2011)
>>> O Cotidiano de um Deficiente de Patricia Vaitsman dos Santos pela Interciência (2001)
>>> Um Porto Seguro de Nicholas Sparks pela Novo Conceito (2012)
>>> Um Ano Inesquecível de Babi Dewet, Bruna Vieira, Paula Pimenta e Thalita Rebouças pela Gutenberg (2015)
>>> A Hora da Estrela de Clarice Lispector pela José Olympio (1978)
>>> A Terra dos Meninos Pelados de Graciliano Ramos pela Record (1983)
>>> A Linguagem e Seu Funcionamento - as Formas do Discurso de Eni Puccinelli Orlandi pela Brasiliense (1983)
>>> A Sociedade Literária e a Torta de Casca de Batata de Mary Ann Shaffer e Annie Barrows pela Rocco (2009)
>>> Poesia Que Transforma de Bráulio Bessa pela Sextante (2018)
>>> O Livro de Ouro da Mitologia de Thomas Bulfinch pela Harper Collins (2018)
>>> Memórias Quase Esquecidas: Aqueles Olhos - Vol 1 de Alduisio M. de Souza pela Literatura Brasileira (2001)
>>> A Gênese de Allan Kardec pela Feb (1999)
>>> A Guerra Não Tem Rosto de Mulher de Svetlana Aleksiévitch pela Companhia das Letras (2016)
>>> Mais Coisas Que Toda Garota Deve Saber de Antônio Carlos Vilela pela Melhoramentos (2006)
>>> Engenharia genética - O Sétimo dia da criação de Fátima Oliveira pela Moderna (1995)
>>> O Ladrão de sonhos e outras historias de Ivan Angelo pela Atica (1999)
>>> Necronomicon: the Best Weird Tales of de H. P. Lovecraft pela Gollancz (2008)
>>> Um Dia "Daqueles": Uma Lição de Vida Para Levantar o Seu Astral de Bradley Trevor Greive pela Sextante (2001)
>>> A Cidadela do Caos de Steve Jackson pela Marques Saraiva (1990)
>>> O Calabouço da Morte de Ian Livinstone pela Marques Saraiva (1984)
>>> O Feiticeiro da Montanha de Fogo de Steve Jackson; Ian Livinstone pela Marques Saraiva (1991)
>>> Rostos da Portugalidade de Luís Machado pela Vega (2010)
>>> LIVRO NOVO! A Revolução dos Bichos de George Orwell pela Principis (2021)
>>> A Nave Espacial Traveller de Steve Jackson pela Marques Saraiva (1982)
>>> Norse Mythology de Neil Gaiman pela W. W. Norton & Company (2017)
>>> A Mão e a Luva de Machado de Assis pela Prazer de Ler (2016)
>>> Buda: na Floresta de Uruvella -vol. VI de Osamu Tezuka pela Conrad (2005)
>>> Buda. Em Busca da Iluminação. Vol. IV de Osamu Tezuka pela Conrad do Brasil (2005)
>>> Literatura Ao Sul de Luis Augusto Fischer pela Universidade de Passo Fundo (2009)
>>> Buda. a Outra Margem do Rio. Vol. III de Osamu Tezuka pela Conrad do Brasil (2005)
>>> O Cavaleiro da Esperança de Jorge Amado pela Record (1987)
>>> A Amiga Genial de Elena Ferrante pela Globo (2015)
>>> Passagens da Antiguidade ao Feudalismo de Perry Anderson pela Brasiliense (1987)
>>> O Não Me Deixes - Suas Histórias e Sua Cozinha de Rachel de Queiroz pela Arx (2004)
>>> George Sand de René Doumic pela Perrin (1922)
>>> Sybil de Flora Rheta Schreiber pela Círculo do Livro
COLUNAS

Segunda-feira, 24/7/2006
A história do amor
Rafael Rodrigues

+ de 17400 Acessos
+ 2 Comentário(s)


Ilustra by Tartaruga Feliz

É interessante como nas artes, uma obra leva à outra. Na música é assim, quando ouvimos um grupo ou cantor(a) e procuramos saber quais foram suas influências. Ou no cinema, quando gostamos muito de um filme e procuramos saber quem foi o diretor, o roteirista, para poder assistir uma outra filmagem escrita ou dirigida por aqueles tais.

Na literatura isso também acontece. Sempre que posso, pesquiso autores citados pelo escritor do livro que estou lendo no momento. No caso de A história do amor (Companhia das Letras, 2006, 320 págs.), da americana Nicole Krauss, o que atiçou minha curiosidade foi o fato de ela ser esposa do também americano e escritor Jonathan Safran Foer, autor de Tudo se ilumina (Rocco, 2005, 368 págs), um excelente livro.

Depois de tê-lo lido, pensei: por que não ler também A história do amor? Não vi ninguém falando dele, mas fui no site da Companhia das Letras, li a sinopse, achei interessante, consegui o exemplar e pronto: lá estava eu, lendo o romance.

No começo a narrativa me pareceu um tanto quanto estranha. Mas depois de algumas páginas, a leitura prosseguiu sem nenhum obstáculo. Muito pelo contrário: à medida que ia avançando nas páginas, eu queria ler mais e mais, e ficava aborrecido quando precisava interromper a leitura por algum motivo. Mas enfim, vamos ao romance.

A história do amor é narrado por diferentes personagens que têm seus caminhos ligados, direta ou indiretamente, por um livro chamado justamente... A história do amor.

Ele foi escrito por Leopold Gursky, um jovem polonês de vinte anos de idade, como forma de declaração de amor à sua musa inspiradora, o amor de sua vida: Alma Meremski, com quem teve um curto relacionamento. Leopold precisou deixar a Polônia às pressas, devido aos nazistas estarem invadindo o país e dizimando os judeus (ele é um). Antes, deixou seu manuscrito aos cuidados de um amigo.

É Leopold Gursky (agora Leo Gursky) sessenta anos mais velho que inicia o romance de Nicole Krauss: "Quando escreverem meu obituário. Amanhã. Ou no dia seguinte. Vai estar escrito: 'Leo Gursky deixou um apartamento cheio de m...'".

Constantemente preocupado com sua morte, o velho e solitário polonês, que agora vive em Nova York, faz de tudo para chamar a atenção das pessoas aonde quer que vá: "Faço de tudo para ser visto. Às vezes, quando estou na rua, compro um suco mesmo sem estar com sede. Se a loja estiver cheia, sou capaz de derramar meus trocados no chão, espalhando os centavos por todo lado. E me ponho de joelhos. Ajoelhar. É para mim um grande esforço, e me erguer, um esforço ainda maior. E no entanto. Talvez eu pareça um idiota".

Além disso, ele carrega consigo uma ficha com os dizeres: "Meu nome é Leo Gursky não tenho família por favor ligue para o cemitério Pinelawn tenho um terreno lá na parte judaica obrigado pela consideração".

Outra narradora do romance é a jovem americana Alma Singer. "Quando nasci, minha mãe escolheu meu nome em homenagem a todas as garotas de um livro que meu pai havia dado (sic) a ela, intitulado A história do amor".

Alma é uma garota introspectiva e muito curiosa. Em diversos trechos ela diz estar pesquisando algo ou ter feito uma pesquisa no Google. Ela tem quinze anos e vive com sua mãe, uma tradutora de livros, e seu irmão mais novo, apelidado de Bird. Seu pai falecera há cerca de oito anos, e sua mãe não superou o fato, apesar de aparentemente levar uma vida normal. Mas Alma sabe que, no fundo, sua mãe não está bem e tenta conseguir alguém para lhe fazer companhia e, quem sabe, minimizar a tristeza que a acompanha desde a morte do marido. Por coincidência, um editor europeu envia uma carta à Charlotte, mãe de Alma, propondo-lhe o seguinte trabalho: traduzir um livro de um "escritor pouco conhecido, Zvi Litvinoff, que fugiu da Polônia para o Chile em 1941 e cujo único trabalho publicado, escrito em Espanhol, se chama A história do amor".

Alma lê a carta e tem a idéia de respondê-la como sendo sua mãe, "no final da carta eu acrescentaria alguma coisa no sentido de minha mãe ser solteira." O que ela realmente faz, mas sem sucesso.

Curiosa que é, Alma passa a ler os capítulos de A história do amor, à medida que sua mãe os vai traduzindo. E inicia uma busca incessante pela mulher que "lhe deu" o nome.

Há uma terceira voz narrativa no livro, que pode ser o narrador onisciente (o que tudo sabe, tudo vê e pouco - ou nada - interfere) ou um crítico literário escrevendo sobre Zvi Litvinoff. Sua função (da voz) é de, aos poucos, esclarecer como o manuscrito, escrito por Leo Gursky sessenta anos antes, foi publicado por um escritor de mesma nacionalidade, anos depois, no Chile.

As tramas paralelas ainda contam com o primeiro beijo de Alma, o filho que Leo Gursky tem, mas nunca teve coragem de assumir, e as interessantes e engraçadas aventuras de Bird, que é o responsável pelo encontro de Alma e Leo no desfecho do livro.

Nicole Krauss ainda encontra espaço para citar Jorge Luis Borges e Julio Cortázar em seu romance. Admiradora da literatura latino-americana, ela declarou em uma entrevista a um site americano, que leu Budapeste, de Chico Buarque, e iria reler, de tão bom que achou. (Pra quem não gostou do romance do Chico, como eu, não julguem a moça por esse deslize...).

A história do amor é muito bem escrito, sem explicações ou reviravoltas mirabolantes. Cada voz narrativa tem sua própria linguagem, seu próprio "jeito de falar". O que dá uma maior autenticidade aos escritos.

Nicole Krauss é uma das convidadas da FLIP (Festa Literária Internacional de Parati), que acontece em agosto, e virá acompanhada do marido, que também é um dos convidados.

Aliás, o primeiro romance de Jonathan, Tudo se ilumina, tem uma estrutura bem parecida com a de A história do amor, com mais de uma voz narrando o livro, além de ter como pano de fundo os terrores provocados pelos nazistas (tema explorado "mais a fundo" por Jonathan).

E aí fica a pergunta: será que Tudo se ilumina é o A história do amor de Nicole e Jonathan? Será que foi o romance dele que os "ligou"? Quem for à FLIP, faça essa "pergunta-de-tiete" a um dos dois, por favor. Eu agradeço.

Nota do Editor
Rafael Rodrigues é estudante de Letras e também publica no blog Entretantos.

Para ir além






Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 24/7/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Doutor Eugênio (1949-2020) de Julio Daio Borges
02. Eu blogo, tu blogas? de Fabio Gomes
03. Nunca fomos tão vulgares de Julio Daio Borges
04. Boccacio sobre a peste de Julio Daio Borges
05. A proposta libertária de Gian Danton


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2006
01. A história do amor - 24/7/2006
02. Livro dos Homens - 7/8/2006
03. O soldado absoluto - 18/9/2006
04. O encontro marcado: 50 anos - 16/10/2006
05. Carta de um jovem contestador - 9/5/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
15/7/2006
15h17min
Nao li o livro da esposa. Mas pela sua descricao me parece que ela aderiu ao movimento de Princeton na literatura americana, com a ideia de personagens que revivem a historia de seus antepassados em um presente pos-moderno, sem referencias... A linguagem e os personagens costumam refletir isso... Por isso, acho mais plausivel que os livros sejam primos um do outro, e nao alguma respsota cuidadosa e trabalhada de um para outro... Eu prefiro o nosso casal de autores, que tiveram uma belissima historia de amor: Jorge Amado e Zelia Gattai. Dois autores muito bons por sinal.
[Leia outros Comentários de Ram]
13/9/2006
11h39min
O Safran Foer também gostou do Budapeste, aliás. hehe
[Leia outros Comentários de Jonas]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Uma Mulher Inacabada
Lillian Hellman
Francisco Alves
(1981)
R$ 20,00



Administração de Medicamentos - Revisando uma Prática de Enfermagem
Nébia Maria Almeida de Figueiredo
Yendis
(2006)
R$ 44,10



Passando a Limpo - a Trajetória de um Farsante
Pedro Collor de Mello
Record
(1993)
R$ 14,99



Nuevo Recreo - Vol. 4 - Livro do Aluno + Multirom
Roberta Amendola
Moderna
(2014)
R$ 134,95



A Moreninha
De Macedo , Joaquim Manuel , Lafonte (Editor), Editora (Editor) & 2 Mais
Lafonte
(2018)
R$ 12,00



Redação Publicitária - Sedução pela Palavra
Celso Figueiredo
Thompson
(2005)
R$ 22,00



Os Teledependentes
M. Alfonso Erausquin/Luis Matilla/Miguel Vásquez
Summus
(1983)
R$ 5,00



Histoire Générale Du IV Siècle a nos Jours- Tomo VI Louis Xiv
Ernest Lavisse e Alfred Rambaud
Armand Colin
(1895)
R$ 49,00



Acendedor 11 a 20
Igreja Seicho no Ie
Seicho no Ie
(1968)
R$ 8,95



Descobrindo a Si Mesmo - 4º Ed.
Migule Perosa
Moderna
(1996)
R$ 5,00





busca | avançada
72442 visitas/dia
2,4 milhões/mês