De Siegfried a São Jorge | Celso A. Uequed Pitol | Digestivo Cultural

busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Workbook de Carl Honoré é transformado em lives
>>> Experiência Quase Morte é o tema do Canal Angelini
>>> 20 anos de Bicho de Sete Cabeças: Laís Bodanzky, Rodrigo Santoro e Gullane se reúnem em bate-papo
>>> Arquivivências: literatura e pandemia
>>> Festival Mia Cara promove concurso culinário “Receitas da Nonna”
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Influências da década de 1980
>>> 20 de Dezembro #digestivo10anos
>>> Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte II)
>>> Notas Obsoletas sobre os Protestos
>>> Uma norma para acabar com os quadrinhos nacionais?
>>> Pode guerrear no meu território
>>> Aconselhamentos aos casais ― módulo II
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Na CDHU, o coração das trevas
>>> A Vida e o Veneno de Wilson Simonal, por Ricardo Alexandre
Mais Recentes
>>> Revista Mãos dadas Equilíbrio Emocional (Revista de apoio) 19 de Vários pela Viva e Ultimato (2008)
>>> O Último Cabalista de Lisboa de Richard Zimler pela Companhia das Letras (1998)
>>> O Grande Amigo de Deus 18ºed. de Taylor Caldwell pela Record (2002)
>>> O Perfume de Patrick Süskind pela Círculo do Livro
>>> O Desenho de Aldemir Martins de Oscar D'Ambróso e Rubens Matuk pela Cepar Cultural (2011)
>>> O Desenho de Aldemir Martins de Oscar D'Ambróso e Rubens Matuk pela Cepar Cultural (2011)
>>> O Homem Que Sabia: a Inquirição de um Homem pela Verdade de Russel Norman Champlin pela Nova Época
>>> Handbuch Der Wissenschaft Und Bildung - 2 de Kultur Und Wirtschaft pela Deutsche Buch Gemeinschaft (1960)
>>> The 78th Art Directors Annual de ADC Publications pela Adc Publications (1999)
>>> Biblioteca da Matemática Moderna - 5 Volumes de Antônio Marmo de Oliveira e Agostinho Silva pela Lisa (1970)
>>> Biblioteca da Matemática Moderna - 5 Volumes de Antônio Marmo de Oliveira e Agostinho Silva pela Lisa (1970)
>>> Tratado de Fisiologia Médica de Arthur C. Guyton pela Guanabara (1986)
>>> Uma Nova República: História dos Estados Unidos no Século XX de John Lukacs pela Jorge Zahar (2006)
>>> Time For Poetry: a Teachers Anthology de May Hill Arbuthnot pela Scott Foresman and Company (1951)
>>> Vers un Nouveau Charleroi de Pierre Faure pela Alexis Redier (1931)
>>> Vers un Nouveau Charleroi de Pierre Faure pela Alexis Redier (1931)
>>> Twentieth Century China de O. Edmund Clubb pela Columbia University Press (1978)
>>> Realidade da Amazônia Brasileira de Otto Gilberto de Arruda Beltrão pela Não Consta
>>> Daar zit muziek in: mechanische muziekinstrumenten van speelklok tot pierement de Jan Jaap Haspels pela Bosch & Keuning Nv (1981)
>>> Bondade de Jacob Netto pela Não Consta
>>> Arquitetura da Paisagem Água de Instituto Monsa de Ediciones pela Monsa (2006)
>>> Perfis - 2ª Série - Obra Póstuma de Humberto de Campos pela José Olympio (1936)
>>> Van Gogh's Flowers de Judith Bumpus pela Universe Books (1989)
>>> Um Mundo Só - Vol. 1 / a Alemanha por Dentro - Vol. 3 de Wendell Willkie e Louis P. Lochner pela Nacional (1943)
>>> Obras Poéticas de Gonçalves Dias - 6º Volume de Manuel Bandeira (org.) pela Nacional (1944)
COLUNAS

Terça-feira, 4/6/2013
De Siegfried a São Jorge
Celso A. Uequed Pitol

+ de 7700 Acessos

O guerreiro Siegfried é um dos heróis mais importantes da mitologia nórdica. Personagem principal da Canção dos Nibelungos, tradicional história germânica que baseou a ópera de Wagner, aparece em várias outras narrativas do Norte da Europa, como a saga Volsunga dos islandeses. Seu inimigo mortal é o dragão Fafnir. Outrora filho de Hreidmar, rei dos anões, Fafnir transforma-se numa besta fera após matar o próprio pai e tomar posse do seu tesouro, guardando-o num buraco embaixo da terra. Fafnir é uma espécie de Caim germânico, mistura de traidor, parricida e ganancioso, desumanizado pelo dinheiro e pela cobiça. Típica lenda nórdica. Na verdade, a mais conhecida delas, que serviu de base para outra história conhecidíssima: O Senhor dos Anéis.

Quando os primeiros padres deixaram o sol acalentador do Mediterrâneo e aventuraram-se pelas brumas do Norte Europeu, aquela terra habitada por gnomos, orcs, goblins e toda sorte de criaturas imaginárias - dentre as quais Siegfried e Fafnir -, tiveram de convencer aqueles homens amigos da guerra que o cristianismo não era uma religião de fracos e pusilânimes. Para completar, a época em que os primeiros missionários chegaram - o século V - era a de decadência do Império Romano, então cristianizado e cada dia mais desprestigiado.Para a mente germânica, era difícil imaginar uma razão especial para um homem morrer pelo amor à humanidade, ainda mais se fosse filho de Deus. Para quê converter-se a algo que pregava o amor entre os homens, pois, como sabiam os germanos, os homens eram de dois tipos: ou como Fafnir, ou como Sigurd. Ou mesquinhos e avarentos, ou impulsivos e autoconfiantes.

Os primeiros padres da Igreja notaram logo que, para convencer guerreiros, era preciso trazer um guerreiro. E o melhor guerreiro que a Igreja do século V tinha era São Jorge da Capadócia. Era nada menos do que capitão do exército romano quando, numa reunião com o Imperador Diocleciano, proclamou em alto e bom som que a Verdade estava com Jesus Cristo e que os demais deuses eram todos falsos. A Jorge foi destinada a pena que, à epoca, se destinava aos cristãos: a tortura. Caso renegasse a fé, os martírios parariam. Jorge nunca renegou, mesmo diante das mais terríveis dores. Lutou contra o Império da única maneira que era possível a um cristão devoto. Acabou degolado no ano 303.

Ao contar a história para os germanos, os padres mudaram um pouco os detalhes do personagem. São Jorge foi transportado para um cenário um pouco diferente. Deram-lhe uma espada, semelhante à de Sigurd, e colocaram-no diante de um dragão, semelhante a Fafnir. O dragão exigia dos habitantes de uma vila na Líbia o sacrifício de ovelhas para manter-se longe dela. Aos poucos, porém, passou a exigir crianças. Foi raptada uma menina chamada Sabra. Jorge toma sua espada, Ascalon, e seu cavalo branco e vai atrás do monstro para salvar a criança e, assim, converter a vila ao cristianismo. Não é difícil ver, aí, o dragão como simbolo da falsa idolatria, do falso Deus, que acaba por tirar tudo o que de mais valor existe num povo. E Jorge o vence pela espada, assim como Siegfried venceu Fafnir. Estava morta a falsa idolatria e trilhado o caminho para a vida eterna dos povos louros do Norte. Mesmo que, para isso, fosse preciso vestir um santo com as roupas de outro.


Celso A. Uequed Pitol
Canoas, 4/6/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Murilo Mendes, poeta ilimitado de Rodrigo Gurgel
02. inquisição cultural - uma visita à bienal 50 anos de Fabio Danesi Rossi


Mais Celso A. Uequed Pitol
Mais Acessadas de Celso A. Uequed Pitol em 2013
01. De Siegfried a São Jorge - 4/6/2013
02. O tempo de Arturo Pérez-Reverte - 5/11/2013
03. Os burocratas e a literatura - 5/2/2013
04. A Vigésima-Quinta Hora, de Virgil Gheorgiu - 5/3/2013
05. O Direito mediocrizado - 26/3/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Barbie Super Princesa - História para Colorir
Ciranda Cultural
Ciranda Cultural
(2015)



Xaviera: a Rainha das Aliciadoras
Xaviera Hollander; Tradução Nélson Rodrigues
Record



Encontro Em Jerusalém
Tiago Rebelo
Presença
(2005)



O Livro das Diretas: Nasce uma Nação Apesar do Estado
Júlio César Monteiro Martins (texto)
Anima
(1984)



Marketing - Departamento de Marketing da Kellogg ...
Bobby J. Calder - Alice M. Tybout
Saraiva
(2013)



Dicionário de Management para Compreender a Dinâmica da Empresa
Ceneco
Instituto Piaget
(1996)



Adobe Photoshop 5. 5
Marcos Serafim de Andrade
Senac São Paulo
(2000)



2011 Anuário do Futebol Brasileiro
Rodolfo Rodrigues e Robson Morelli (orgs)
Letras do Brasil (sp)
(2012)



Guia Astrológico para o Sexo e o Amor
Sydney Omarr
Market Books
(2000)



Jovens Com Atitude Enriquecem Mais Rapido
Kent Healy e Jack Canfield
Universo dos Livros
(2013)





busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês